Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CATADOR DE LATA II



Numa tarde de quarta feira apos a faculdade, dispensei

todos os compromissos, inclusive com a minha namorada

descendente de chineses, linda. Era uma namorada para

mascarar minha preferencia sexual. Sendo meu namoro com

ela, totalmente platonico.



Nas minhas transas com os homens, sentia muito peso

na consciencia. Estava sendo muito desonesto. Mas...

o meu instinto de putinha era muito forte. Impossivel de

segurar.



Tive muitas transas naquele parque e outros...

Nesse dia, aos 22 anos, estava com muito tesao, muita

vontade de dar, muita vontade de ser a mulherzinha

puta de algum homem gostasao com um mega pinto.



Desculpem-me os "pintinhos", eu gosto mesmo de pinto

grande. Os pintos de medias proporcoes sao gostosos. Ja

morei com um "namorado " assim.

Sem duvida, para ter sempre, o melhor seria pinto medio.

Mas, uma pica grande do tipo que exige muita preparacao,

choros, dor, lubrificacao eh DEMAIS!



Assim, sem comer nada nesse dia, tomei um banho demorado com um ENEMA (lavagem interna do reto e

intestino). Para essa lavagem, usei a mangueirinha do

chuveirinho sem o chuveirinho.

Introduzo a mangueirinha no meu anus e ligo a torneira.

Eh uma sensacao gostosa sentir a agua morna enchendo

minhas entranhas. Assim, eu seguro a agua dentro de mim

por algum tempo e solto.

Repito essa operacao ateh a agua sair limpinha.



Particularmente, acho muito importante fazer o ENEMA.

Alem, de proporcionar um sexo limpo, aumenta o tesao

e o penis entra muito mais profundamente nas minhas

entranhas.

Mas eh importante saber que o enema nao pode ser

feito todos os dias. Antes de proceder o ENEMA, converse

com seu medico(se tiver coragem...).



Bem, sou magro, e tenho um corpo sem pelos, pele

branca. Descendente de japoneses, filho de pais bem

sucedidos. Tenho 1.68 m de altura. Na epoca com uns

57 kg. A minha bunda eh meio deproporcional com bio tipo,

causando aparencia totalmente feminina . Sempre tive e

ainda tenho pernas bonitas. Tenho vontade de fazer

cirurgia para retirar o meu pinto. Quero ter uma bucetinha.

Mas, por respeito aos meus pais e pela vergonha, nunca

assumi meu veradeiro "EU".



Apos o banho de purificacao, morrendo de tesao. Sai

para a minha corridinha no parque.

Arriei o meu calcao de corrida e sai trotando lentamente.

Nao sei se eh habito ou devido ao tamanho da minha bunda,

mas sempre rebolo nas corridas.

Noto que alguns homens esperam para me ver nas outras

voltas das corridas. Para esses "fans" eu dou uma rebolada

mais forte.



Parei na frente de um dos "admiradores" e recebi uma

cantadinha "oi gatinha!" . Mas para meu desgosto, ele viu

que eu era homem ao me aproximar. Foi embora xingando-

me de bixa louca...etc.



Resolvi ficar por ali mesmo para as minhas flexoes de

esfriamento.

Um rapaz tambem corredor aproximou-se para fazer a

mesma coisa. Mas tinha jeito meio marica.

Ele comecou a cantada..."voce eh uma graca..etc"

Eu com muito tesao, apesar de gostar mais de homem com

H maiusculo. Aceitei o seu convite de ir para o seu apartamento. Pela aparencia, ele tinha a mesma idade, magro, porem, mais alto e mais forte do que eu.

Quando estava caminhando com ele em direcao ao estacionamento de carro do parque, ja escuro, procurei conversar sobre minhas prefenrencia sexual. Nessas ocasioes, procuro sempre uma brecha

para explicar que eu sou TOTALMENTE PASSIVO, sou sempre

a femea e que transo somente com homens totalmente

ATIVOS. Nao curto TROCA TROCA.

Alem do mais, meu pipizinho eh pipizinho mesmo! 6 a 7 cm

quando ereto.



Antes de chegar ao estacionamento, passei por um lugar escuro muito familiar e vi um vulto na arvore. Lembrei do

catador de lata.

Ao me aproximar mais, era ele mesmo.

Apos mais de 2 meses, ele estava lah. Meu Homem com

H maiusculo!

Larguei o rapaz marica dizendo que aquele homem de

vestimenta simples era meu amigo. Meio espantado, o

rapaz foi embora .

O homem disse que depois daquele dia, ficava me esperando

todos os dias.

Adorei saber que a melhor mulher da vida dele fui eu!

Ele dizia coisas como, "quero meter todos os dias com voce"

"vou te currar" "vou te fuder".

Da mesma forma que aquele dia, pedi para ser tratada como

mulher...

Ele me abracou e pegou minha pouchette de corredor que

ele jah sabia que continha hidratante de pele que servia

de lubrificante mais agua.

Como jah estava sem agua, pedi que ele lavasse o seu

pinto no WC mais proximo. prometi que ia fazer um bokete

muito gostoso para ele.

Quando ele voltou, eu pedi para ser lubrificada. Assim, ele

fez uma especie de siririca anal em mim com o creme

hidratante.

Ele tinha maos grandes, dedos grossos..uma delicia.

Sentada em seu colo, com seus dedos bricando no meu cuzinho, enfei o meu pipizinho por entre minhas coxas, e ele

adorou isso.

A outra mao apertava meus mamilos jah durinhos(adoro isso).

Ganhei coragem e dei-lhe um abraco com beijo de lingua

na sua boca cheia de barba dura e mau feita, muito aspero

e gostoso.

Sua barriga era grande, seu ombro era largo. Tinha aproximadamente 1.80 de altura e uns 90 ou 100 kg.

Peguei o seu pau enorme, durissimo. Apesar de jah ter

tido uma experiencia com ele, o seu penis era maior e mais

grosso do que eu pensava antes.

"da uma chupadinha menina..." disse ele.



Sai de seu colo e abocanhei aquele pepino enorme, muito

dificil de ser chupado(algum tempo depois descobri que era

um penis de 24 cm de comprimento, 19 cm de circunferencia

na parte mais grossa ).



Como eu nao conseguia um bom boquete ele disse que

queria meter em mim." e encostou-me num tronco de

arvore( o mesmo daquele dia).

Ja totalmente lubrificada, louquinha para ser fodida com

o cu piscando de desejo e tesao enorme, empinei a minha

bundinha para ele.



Senti ser agarrada na cintura. No comeco ele

so ficou deslisando o pica na raxa da minha bunda, balbuciando "gostosa..." bundinha ..delicia" ..."quer?"



Ele ficou perguntando se eu quero ate responder que sim.

"quero sim, meu amor, meu homem"

A pressao da cabeca do seu pau era enorme e nao queria entrar. Assim, ele introduziu dois dedos por um tempo e os

usou como guia para empurrar o seu pau para dentro de mim.

"se voce gosta tem que aguentar..." "vai menina..relaxa

...relaxa".

Com os seus dedos como guia, a cabeca do seu pau entrou lentamente, bem diferente da outra vez em que eu ajudei

com minhas maos . Na outra vez, eu empurrei sua pica para dentro de mim com minhas maos. Isso fez com que a cabeca

entrasse repentinamente causando grande dor(perigoso).

Apesar de estar sendo penetrada lentamente, a dor era intensa. Quando a metade da cabecinha entrou eu pedi para tirar e por de novo ateh conseguir entrar de vez.

"chorei quando a cabeca entrou" Devido a dor, eu tentei

empurrar a barriga dele para parar um pouquinho.

Como ele nao parava, segurei seu pau para evitar que ele entrasse mais sem eu estar preparada.

"calma menina..calma hahaha", notei certa satisfacao por

parte dele em causar sofrimento em mim.

Ele continuou empurrando o pau dele para dentro de mim e

eu traumatizada com aquela outra vez, fiz toda forca para segurar.

Na minha mao que estava segurando o pinto, comecei a

sentir leves toques do seu pelo pubiano. Isso indicava que

ele havia entrado mais apesar da minha resistencia.

Tentei apertar o meu cuzinho para segura-lo para era muito

grosso para usar meu recurso de pompoarismo(quando o penis eh muito grosso, eh impossivel acionar os musculos

do esfincter anal).

Assim meu corpo foi cedendo ateh eu sentir seus pelos e

saco na minha mao .

Uma mao dele segurou tao forte no meu pulso que pensei

que ia quebrar e assim ele retirou forcosamente a unica

barreira que tinha pela frente para enterrar todo aquele

pau para dentro de mim.

Senti uma outra dor mais para dentro de mim...acho que

essa dor interna foi causada por ele ter atravessado a entradinha do meu intestino.

Quando eu comecei chorar mais alto, ele tapou minha boca.

Pensei no momento..."isso eh estupro".

Depois de enterrar tudo segurando meus dois bracos para

tras..."vai putinha...""rebola putinha".

A dor comecou a ficar mais suportavel ..o tesao aumentando...comecei a rebolar, sentindo os movimentos

do seu pau dentro de mim.

Uma parte do seu pau estava alojado num lugar mais

profundo, alem do meu reto. Eh um buraco dentro de um

buraco.

Ao rebolar, senti a cabecinha do seu pau entrando e saindo

desse meu buraquinho interno. Isso eh muito gostoso.

Eh algo que um penis de tamanho normal nao consegue fazer.

Meu cuzinho e o pau dele jah estavam pegando fogo.

Calor, dor, queimacao. Mas a dor foi passando.

Continuei rebolando no pau dele tentando gritar de prazer, mas com a boca tampada, nao passava de shiados.

Pela primeira vez na vida senti que ia ter gozo anal.

Passei a rebolar mais..ele totalmente imovel.

Pelos gemidos dele, percebia que ele ia gozar, e tentei

segurar um pouco o rebolado, porem em vao.

Seus jatos de gozo, algo como cinco ou seis jorros fortissimos

e quentes encheram a minha barriguinha.

Por alguns segundos, esperei que ele desabasse sobre mim

ou que ele retirasse seu pau de dentro. Aguardei imovel.

Mas, para minha surpresa, ele me agarrou na cintura, arrastou-me para o chao sem tirar seu pau e fui posicionada

de quatro.

Seus movimentos comecaram lentamente a principio...bem

demorado...

Ficamos assim por algum tempo deliciosamente lento . Eu

naquela posicao de quatro com a cara encostada no chao sentindo o cheiro de grama.



Senti que estava comecando a ficar acostumado com o volume do pau dele e comecei a muito custo a contrair meus

musculos anais.

Ele riu e disse..."mas eh SA-FA-DINHA mesmo!" ."agora TOMA!" Nesse momento ele comecou com movimentos

tao brutos que meu corpo estava sendo empurrado cada

vez mais para a frente ateh encostar a minha cabeca naquele

tronco que estava uns 50cm de mim.

Novamente seu pau me perfurava internamente. Imaginei que ia morrer, pois estaria com as entranhas totalmente

destruidas por aquele cavalao grosseiro e selvagem.

Levantei meu rosto para nao machucar no chao ...estava empurrando tanto que minha cabeca chegou a bater no tronco.

Eu estava espremida entre o tronco e aquelo MACHO selvagem.

E...pela primeira vez na vida...pegando fogo por dentro...

GOZEEEEEEEIIII!!!!!...Meu corpo contraiu...cai de lado...

Mrodi o pau dele com meu cu...e ele tambem gozou novamente uma explosao de jatos de esperma em fogo.



Com ele sobre mim, ainda com o penis dentro...ficamos

deitados na grama ate....o pau ficar mole...



Quando ele tirou o pau, senti um liquido escorrer...

enfiei um dedo no meu cu totalmente aberto e molhado...

Acho que a minha ao caberia dentro de mim.

Cheirei o meu dedo...era cheiro de esperma fortissimo...

cheiro muito forte.



Resolvemos apressadamente ir embora.

Pedi que ele esperasse por mais um tempo para nao sermos

vistos juntos.

Dei um beijo na boca...e ele disse...

"Todos os dias a mesma hora ok?"

Respondi " ok"

"Sua bixa, puta safadinha!"

"tchau amor"...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseróticos/negropauzudoconto erotico gay colo tiocontos eroticos arrombando a gordacontos gays lekinhocontos quis dar pra um travesticontos de casa de swingcommini vidio porno so rabudas epitudasContos eroticos de de lindos travestis tarado por cunão aguentei acabei molestando contos eróticosmulheres de rabo e cocha super grossas quaze nao guentando pau na xanachupar em tetas impinadascontos abusada pelo cachorropapai me fudeu gostoso e eu gozei no cacete delconto erotico gay bebadoContos eroticos de sobrinhasconto novinho transando com empregada senhora de50 anoscontos eróticos de mães e filho de pau grandecontos gays seguranca de carro forte pauzudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos erotico prima danp pro primo roludo.arromba elacontos sado lesbico de incestoContos eróticos! Caçador de pau gigante me arrombou no matover conto erótico de afilhada 2 pelo padrinhocoroas falandoquero gozarconto erotico viadinho de calcinha no alojamento contos eróticos de mulheres casadas que curtem zoofilliacontos sexo minha esposa amigacontos eroticos dormindofui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau duroContos eroticos a rola enor do meu irmao mamae e filhas gemeas"anelzinho aberto" gay contominha mulher foi enrabada e me contouContos eroticos de mae e Enteadacoroa dona de banca em teresina dando bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos calcinhao lutinha tapinhacontos e tia olhando meu pauhomem estrupa cadelinha sem estar no cio conto eróticodando banho na sobrinha e pondo nas coxinhas dela gratisconto porno alargando a xanacontos eroticos cheiro de calcinhaa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliacavalogozou forte na boceta da safadaContos eróticos heterossexualcontos eroticos de incesto: viajando com a mamaecontos detias eirmasVideos travestis ativos sado contoscagando na cara contocontos eroticos gays estuprando meu irmão caçulinhamadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouCONTO COMI O CUZINHO DA VOVÓZINHAcontos eroticos espiando a sogracontos eroticos a coroa e o roludo 28 cmarrombada contosminha esposa ve meu cu arrombado casa dos contosminha irmã malcriada contos eróticoscontos eroticos de mendigos super dotadosContos erotico com menina do lanche novinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu avô chupou o meu pintinho:contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordaPeguei minha tia veridicoconto comi o cu da prima dormindo e ela cagou na camaConto erotico gay tranzei com meu padrinhomoreno gostoso contos gayConto de puta estuprada pelos mendigospai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadamamando no genro contosconto erotico eu levando rola na frente do meu maridosubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticocontos arrombei mãecumendo a prima vingwmcontos eróticos de travesti comendo b*****novinha pauzeraareganhando o cu e epois a boceta com a mao relaxandocontos eroticos dfsou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos arrombando a gordahttp://comto erotico onibus lotadovidiomuher com camizosexo gay okinawa ufacontos eroticos de meninas que ja perdram a virgindadequero tua jeba rasgando meu cuassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãoContos eroticos de mamae qcontos gays de enteado ver o vizinho de cueca