Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O CARINHA DA RUA

Era uma sexta-feira, eu estava indo embora pra minha chácara depois de ir num barzinho gls numa cidade práxima a minha... vou nesses locais pra rir, ver os amigos, mas nunca fiquei com ninguém, pois a maioria dos caras que frequentam é muito afeminado e eu não curto (tbém não sou afeminado).

Estva descendo a avenida pra pegar a rodovia quando passo perto dum cara alto que ficou me encarando. Voltei pela avenida, parei o carro, peguei um cigarro e perguntei se ele tinha fogo.. ele disse que não e ficou me olhando... perguntei se ele queria dar uma volta e ele disse que sim. Abri a porta, ele entrou e pude sentir o leve aroma da colônia dele. Seu nome era Alex, uns 1,80cm, 70kg, cabelos encaracolados, enfim, um cara normal. Na hora reparei que ele estava com uma camiseta justa e pude ver que ele tinha braços fortes, mas sem ser musculoso, braços de quem trabalha mesmo.

Fomos conversando, nos conhecendo e me simpatizei com ele, e percebi que ele comigo. Perguntei se ele queria ir a algum local especial e ele me indicou uma rua de terra que dava para umas chácaras. E lá fomos nás.

Parei meu carro perto dum mata-burro, descemos, acendi um cigarro e coloquei um halls preto na boca. Ele encostou no carro, me puxou e me encostou nele, me segurando pela barriga... eu fumando, com minha bunda encostada no pau dele, que já estava duro, enquanto ele acariciava minha barriga, meus mamilos (duros já) e enfiava a mão por dentro da minha calça, brincando com meus Pêlos pubianos... nunca fumei tão rápido... joguei a bituca fora, virei, o beijei... que beijo... gostoso, nem seco, nem molhado, no ponto... ele passava a língua pelo meu rosto, em cima dos meus olhos (nunca imaginei sentir tesão nesse local, mas é bom d+), mordia meu queixo devagar... enquanto aquelas mãozonhas faziam pequenos círculos nas minhas costas (dos ombros até o início da bunda)... eu me arrepiava inteiro, meu pau molhando minha cueca, uma vontade louca de tirar a roupa toda... eu enfiei minha mão dentro da calça dele, comecei a descobrir a bunda dele: pequena, durinha, poucos pêlos... nos abraçávamos forte, parecendo que nossas bocas lutavam entre si para ver quem iria comerengolir quem... ele desabotou a sua calça, abaixou até o joelho e um pinto enorme (mas enorme mesmo) saltou pra fora... caí de boca: pinto cheiroso, com pelinhos meio aloirados na base, um saco pequeno... fui tentando chupar aquela jeba gostosa enquanto ele acariciava minha cabeça, orelhas.... de repente, ele me puxa, beija minha boca e sente o cheiro dele, o gosto do pau dele e fica louco... arranca minha camisete (dois botões arrebentam), desabotoa minha calça, puxa-a pra baixa junto com a cueca e pega no meu pinto, que perto do dele sumia... mas mesmo assim ele fica acariciando a cabeça do meu pau e quando sentia o ´líquido sair, ele colocava o dedo na boca e chupava meu liquido... e depois me beijava e aí eu sentia o meu gosto também... ficamos assim: calças abaixadas, camisetacamisete jogados pela estradinha de terra, pintos brigando entre si, no meio das pernas... mãos que apertavam, beslicavam e o medo... o medo de passar algum carro, da polícia aparecer por ali... meus cocos doíam e eu disse isso pra ele... então ele se abaixou e começou uma chupeta deliciosa: chupava a cabeça do meu pau, minhas bolas, erguia minha perna e passava e lingua e mordia devagar o meu rego... nisso eu olhava pro céu e sá via aquele monte de estrela piscando... não aguentei e disse que ia gozar... ele apertou meus cocos e ficou mamando sá a cabeça do meu pau: gozei!!! Gritei muito enquanto a porra saía da minha rola... ele não deixoi cair uma gota, segurou tudo na boca... quando eu acabei, ele se levantou, pegou minha mão, guspiu toda a minha porra e pediu pra eu bater uma punheta pra ele com a minha porra... me encostei no carro, puxei-o de costas pra mim... passei toda a minha porra na rolona dele e comecei uma punheta ora delicada, ora selvagem pra ele... enquanto o punhetava, mordia e passava minha língua nos ombros dele, no pescoço, orelhas... meu pau começou a dar sinal de vida de novo... aproveitei e passei minha mão na minha vara e a lubrifiquei também... voltei a punhetá-lo, agora com força, e coloquei meu pinto no rego dele, enquanto o mordia... com o suor, meu pinto entrou um pouco na bunda dele, mas não forcei, sá a cabeça sentia o calorzinho gostoso que havia ali... ele começou a contrair a bunda e percebi que ia gozar. Acelerei a punheta enquanto enfiava meu pinto nele... ele gozou, lambrecando minha mão... gemia alto, forçava o pescoço pra tras e eu o beijava... não aguentei e comecei a gozar também... no rego dele... sentia a minha porra melecar nossas coxas, nossas pernas... ele se virou, e nos abraçamos e beijamos muito... pinto com pinto, tudo se misturando... ficamos muito tempo assim, até que procuramos nossas roupas, nos limpamos com elas e fomos embora.

Deixei-o no mesmo local que o havia pego... trocamos celular e daí em diante sempre nos encontramos e fazemos loucuras... não é namoro, nem quero e nem ele... mas gostamos de ficar juntos... e isso basta.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/conto menino gay safado do papaitravesti excitada contos eroticosconendo cu da tica contocontos de comi o cuzinho da irmã na banheiracontos eroticos arrombando a gordaporno noido com coroa de 60 anos de idade da o cu po enteadocontos dando minha bucetinhaquadrinhos pornos de patrao dominadorconto porno vingança perversavestindo de mulher e dando o cuzinho contomeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos cunhadaler conto erotico a garota 25Contos eroticos de espiando minha filha inocentequando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritoconto erotico viajando no colocontos eroticos sou irmá da ccb e bati uma punheta para meu namoradominha filinhabem novinha nem peito tem i ja esta si mastubandoporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos meti a rolaFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosesposa puta do meu tio corno contoconto eróticos sobrinha segundo graucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos dei o cuzinho virgem para o molequeesposa puta do meu tio corno contocontos eróticos gay EMMO o maconheirotoma essa porra gstsa na sua buceta gostosaCoroa gorda em contoscontos eróticos estuproconto erotico comendo minha sogra minha dobrinha pegou no fragaGarganta muito profunda contosele era cheirosinho conto gaycontos eroticos meu irmão cavvalocontos sexo minha mãe amor proibidocontos eroticos com meninas novinhassexo novias na caxueracontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacontos eroticos meu marido trouxe um amigo negao pra dormir em casafilha flagra irmao comendo mae contoesposa e amante volarao a filha drama pornoestrupada na escola contos eroticoscumemdo cunhada na cozinhacontos de clientes mulheres que vão se depilar e as depiladoras chupam suas bucetasconto duas rolas de 27 cm no cucontoeroticocasadaconto erotico no colinho do vovôDei a bucha pro meu sobrinho virgemconto elotico mae safadaver contos eroticos dando o cu no onibuscontos eroticos massagem papaimulher com contracionar peladaconto erotico segredos insanos de mae e filhopai comendo o cuzinho da filha pequena contos eroticoscontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulherA gorda bebada caida eu enfiei tudo contocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntas analcontos eróticos conaconto gay no posto de gasolina heterocontos eroticos zoofilia a loira burra eo cachorro taradocasa erótica no ônibus cheioconto erotico gay chupando tio bebadoconto erotico vovo comendo vovofodacommeucunhadoconto erótico Amor proibido!!!! Amor Materno!!! história de contos erotico com novinha da vila senta no meucolocontos erótico mestiça gostosaa coroa contos eroticoscontos eroticos o motorista da van escolarninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocaadiantei no servico e oeguei minha espoza chupando a vizinha contocontos eroticos fodendo minha sobrinha de menorcontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou Minha esposa obesa dormiu bebada e gozou dentro contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteagora sou viado dominado pelo machoconto erotico brincando de pique esconde comir o cu da minha amiga novinhaler contos eroticos de casais trepando dentro de cinemas com outros homensContos eroticos de traveco negras gostosascontos eroticos uma senhora de bem parte Xhomem do pau gigante fudenoe meteno a mao oa mesmp tempo puta contos gays lekinhonamorado domado contos eróticoso cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscomi minha namorada no banho contos eróticoscontos eroticos medicoConto erotico novinha e cachorro vizinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos.encochando.uma.negra.bundudaEu e meus amigo filha contos eroticos