Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ENTEADA

Minha esposa saiu e sá iria voltar á tarde, ficou em casa eu e minha enteada. Ela é uma menina linda, 19 anos, cabelos castanho e longos, morena de sol, peitinhos pequenos mas lindos e uma bundinha durinha.

Eu estava no quarto vendo um filme quando ela chegou, falou que estava com medo de ficar sozinha e se poderia ficar comigo. Sem maldade, deixei ela deitar do meu lado. Ela ficou na frente e eu atrás mas sem encostar nela cuja mesma estava indecente, usava um shortinho curto e uma camisetinha sem sutiã que dava para ver o biquinho do peito pelo decote.

Foi impossível deixar de olhar tanto para o pequenino seio quanto para suas coxas e a poupinha da sua bundinha que estava bem à mostra.

Fiquei ecitado, tentei me controlar mas o cheiro de seu cabelo molhado(ela tinha acabado de sair do banho)me deixou doido. Como quem não quer nada passei levemente a mão em seus cabelos e depois parei. Ela perguntou porque eu parei se tava bom, e eu continuei. Percebendo que ela estava gostando comecei a fazer carícias em sua nuca e ela respondeu com um leve suspiro, nisso desci a mão e acariciei suas costas.

Ela chegou mais pra trás encostando sua bunda em meu membro, já ereto de tanto tesão.

Passei a mão em sua barriguinha e fui subindo por debaixo da camiseta até chegar aos seios. Fiquei um bom tempo acariciando eles enquanto ela rebolava em meu pau.

Já dominado pelo tesão, puxei ela pra cima de mim e ela foi logo me beijando e eu passando a mão na sua bunda e em todo seu corpo. Tirei seu shorte e ela estava com uma calcinha vermelho de rendinha. Nisso me disse que era virgem mas morria de tesão por mim, então fiz um trato com ela, eu sá a chuparia e me satisfazeria ralando em seu corpo.

Deixei ela toda peladinha e comecei chupando os peitinhos, passei para a barriga e cheguei até sua bela pererequinha, ela gemia se agarrando nos meus cabelos, ela gozava e eu sugava tudo com minha límgua ágil.

Cansada de tanto gozar na minha boca, pediu para me chupar, eu me despi, deitei na cama, ela pegou meu pau com as duas mãos e colocou na boca. No começo estava sem jeito, mas logo foi pegando prática apesar de meu pau ser muito grosso e ela ter uma boquinha.

Quando estava preste a gozar pedi para ela parar, coloquei ela de bruço e subi por cima, roçando meu caralho na sua bundinha, pediu para penetra-la pois queria me sentir dentro dela. Puxei ela pra cima ficando de quatro, chupei sua bucetinha e seu cuzinho, peguei um gel lubrificante e passei no seu anelzinho que não parava de piscar. Enfiei lentamente o indicador até ela começar a se acustumar, logo em seguida lubrifiquei mais um pouco e enfiei dois dedos ela gemia como uma louca. Passei bastante lubrificante no meu pênis e enfiei a cabeça bem devagar, ela deu um grito me chingando, mas pediu para continuar.

Fiz suaves movimentos sem passar da metade do pau, e com as mãos massagiei seu clitores ela gozou até as pernas bambearem e eu enxi seu cuzinho de porra quente.

Fomos tomar um banho e depois continuamos a assistir o filme, sá que dessa vez, abraçados como dois namoradinhos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


estórias pornográfico cu de bêbeda não tem donome arrombaram contos eróticosFábio chupou o pau de Sávioquer q minha mulher trepe com outrocontos flagrei minha irmã e seu filhoconto erotico madrinha e afilhadoconto erótico virgem no rodeiocontos eróticos professora com garotinhoscontos esposa branquinhapornô contos sobrinha se assusta com o pau mostro do tiochupava a noite inteira ele amarradoContos rebolo na cacetecontos eroticos evangelicacomeçando se transformar travesti .. encarando pau enormecontos eroticos mechedo na encanasao da pia da casa da tiaquase matei amiga da minha mae contoscontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosecanador trocando torneira e olhando a xota de mulherconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos eróticos meu filho me acoxoucontos herotivos com cacalo e muhercontos eroticos de traiçãocontos abobrinha na bucetacontos eróticos estava bebeda e meu primo me comeuburaco na parede contos eroticoconto erotico gay chupando tio bebadofudedo cadela labardor no ciu homecontos erotico mendigomamae comeu a minha bucetinha foguenta conto eroticohega gotosaele me cobria com seu corpanzil contos eroticostravestis loucas por picas chupandocontos eróticos mamãe deu o cu eu viContos eroticos incesto com titias e crentescontos eroticos lesbico casadas e travesticontos contos mãe e amiga travesticasa dos contos virei vadia do meu filho e estou amando ele adPORNO GOSANDO RU QUADVideo insesto filho empnotiza a mae e tranza com elaconto erotico ordenha corno dedos no cucontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhano acampamento enquanto eu dormia contos eróticoscontos eroticos evangelicas estupradas submissascontos de negros iperdotados comendo meninas e meninos gayscontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoescontos eróticos meu filho me engravidoucontos eroticos armadilha amigos mãeprofessor peludo conto gayprimo cumedo aprima di noitecontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaContos eroticos Tia veridicobuceras com paj giganti dentroContos eróticos boca maciaver contos eroticos de empresarios comendo o cu de empregadocontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhacontos erotico fisioterapeuta travestiPornocasada nao contoContos Amanda e sua irmã safadinha Contos. Contos eróticosConto erotico sou madura e sobrinhoO filho do meu chefe comeu minha jovem esposa bundida na marra na fazenda eu vi contosContos eróticos malíciacomvidando e comendo amiga de sua mãegostosao aguenta doi pipinos no cúpapai me viciou a dar a bundinha desde de pequenacontos eroticos de enrrabadoscontos erot amigo safado do meu maridoPutinhas mamando contoseroticoscontos viciado em leitetransando pela primeira vez no boa f***conto erotico viadinho de calcinha no alojamento conto erotico violento