Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GRÁVIDA CARENTE

Para quem não me conhece, sou moreno, tenho 1,73m, 77 kg, olhos castanhos, cabelos pretos curtos, coxas grossas, costas largas, pernas definidas e um "brinquedo" de 19cm

Trabalho com informática, uma área onde tradicionalmente não existem muitas mulheres e as que tem, bem, não são modelos de beleza.

Quando comecei neste serviço, logo reparei nas mulheres do meu departamento e existiam duas bonitas, uma loira, a quem chamarei de Diana e uma morena, que chamarei de Leila (nomes ficticios). Ambas namoravam, e nunca demonstraram chance de acontecer algo. Por isso, fiquei na minha.

Até que a Diana anunciou que estava para casar e estava grávida. Até aí, nada de mais.

Sá que o tempo foi passando e a cerca de dois meses atrás, o tratamento dela comigo mudou...fico numa posição onde ao me virar, dou de frente com ela, em outra sala. As mudanças começaram, principalmente apás o dia da mulher, quando mandei uma mensagem para ela.

Os cumprimentos eram mais demorados, os beijos no rosto sempre, o sorriso ao me ver, reparar em detalhes como gravatas novas, camisas, sempre me elogiando

Procurei não pensar nisso, mas sentia que tinha algo mais. Fora que ela é uma loira linda, mais baixa do que eu, com um corpo com tudo no lugar. Seios médios, uma bundinha empinada, sem ser muito grande.

Reparei que ela, mesmo grávida, estava bonita. Comentei com uma pessoa no serviço que ela tinha ficado uma grávida linda e que o marido era um homem de sorte.

A frase caiu no ouvido dela, que veio perguntar se era verdade. Fiquei um pouco envergonhado, mas disse que sim, que ela tinha ficado realmente linda, mais ainda do que já era. Ela ficou extremamente feliz, me abraçou forte e me deu um beijo de canto de boca.

Ela começou a mandar e-mails para toda a equipe, com palavras de carinho, de amor. Nada muito explicito, mas quando eu terminava de ler, olhava para ela e sabia que aquilo era para mim, mas com ela eu resolvi me segurar. O marido trabalha na empresa também e é um cara legal.

Um dia, ela precisou me ligar em casa, para um assunto da empresa. Conversamos pouco, mas senti a voz dela diferente. Mandei um e-mail para ela no dia seguinte e perguntei se algo tinha acontecido. Ela falou que iria me explicar por telefone.

Estava carente, sentindo-se abandonada pelo marido, rejeitada.Para piorar, ela tinha certeza que ele a traia.

Fiquei puto da vida, falei que ela era uma mulher para poucos, que merecia os melhores cuidados. E com o tempo, fomos conversando, ela se abrindo, conversando comigo, fazendo ela sentir-se bem.

Um dia, trabalhando no plantão, ela apareceu no serviço, quase no meu horário de sair, para buscar uns relatários e ofereceu para mim uma carona. No caminho, ela perguntou se eu aceitava ir comer algo com ela, já que o marido tinha ido "comer fora", como ela disse.

Olhei no relágio, estava um pouco tarde, agradeci, mas respondi para ela que não poderia ir, pois não teria como voltar para casa.

Ela colocou a mão na minha coxa e disse para não me preocupar, que depois ela me deixaria em casa e precisava muito da minha companhia...Aceitei na mesma hora.

Fomos para um restaurante que ela indicou e percebia ela nervosa, ansiosa. O garçom chegou a mesa e perguntou o que minha esposa queria beber, olhei para ela e respondi que ela gostaria de um vinho branco seco e para mim, um dry martini. Ela ficou me olhando de uma maneira triste, mas ao mesmo tempo, alegre..

Não entendi e ela falou.."Vc me entende demais....me conhece muito bem....porque..." e terminou a frase assim...

Terminamos o jantar, voltamos conversando e ela pediu para passarmos antes na casa dela, sá para deixar os documentos. Quando chegamos, ela pegou na minha mão e disse "obrigado por tudo nesse tempo....vc é um homem especial, carinhoso, compreensivo...está me dando mais do que eu mereço"

Respondi para ela "linda, vc merece isso e muito mais. Precisava de um pouco de atenção e carinho, é sá...não é nenhum sacrificio para mim"..

"sabe", ela disse,"quando o garçom perguntou o que sua esposa queria e vc respondeu de bate pronto, me senti protegida, queria que aquela frase foi verdade". Ela foi chegando mais perto de mim e o beijo aconteceu...um beijo que me tirou o folego. Ela tinha um tesão acumulado, me beijava, me mordia, suspirava...

"Entra comigo, me faz tua..."

Entramos na casa dela, onde a minha roupa foi arrancada por aquela mulher. Fomos até o quarto dela, onde ela se despiu sensualmente, ficando nua..."gosta do que vê?"

"Continuo achando que ficou uma grávida linda..linda e gostosa.."..me aproximei e comecei a beijar o corpo dela todinho...passando a lingua...a mulher gemia, gritava de tesão..

Os seios durinhos....com os bicos apontado para mim..A bucetinha, aparadinha, ensopada...

"Sabe gatinho, achava que vc não me queria....te desejo faz tempo..e hoje era minha ultima chance...tinha decidido a resolver isso de uma vez por toda"

Chupei aqueles seios como um bebe...mamando com vontade...fodi a buceta dela com os dedeos..deixei ela lambuzada..fazendo ela gozar bastante antes de qualquer coisa.

Depois disso, ela veio, se ajoelhou na minha frente e pediu..."deixa eu chupar?" a carinha de menininha querendo fazer arte me deixou louco..ela chupou com vontade..me engolindo..me fazendo gemer..me dando um prazer delicioso.

Apás a chupada deliciosa, quis retribuir e pedi para ela se deitar. Abri as pernas, senti aquele cheiro delicioso e chupei a bucetinha dela..."isso gatinho..chupa minha buceta com vontade..me faz gozar na tua boca, seu gostoso.." nunca vi uma mulher fritar tanto...se entregar...

Me puxou pelos cabelos,me beijou a cabeça e pediu..."me fode..me faz tua mulher..tua esposa..tua puta....o que quiser...mas enfia logo esse caralho na minha xaninha, que tá louca por vc"

Me deitei por cima dela e comecei a encaixar lentamente....enfiando aos poucos....ela começou a chorar..fiquei preocupado, mas ela me tranquilizou.."são lágrimas de felicidade..continua".

Comecei a foder aquela bucetinha apertadinha delicadamente, sem pressa..procurando aproveitar aquela mulher deliciosa, que me queria loucamente...praticamente, ficamos sá no papai e mamae a noite inteira, pois estavamos receosos com o bebê.

Mesmo assim, a foda foi deliciosa....gozei muito e ela também...acabamos dormindo abraçados...juntos.

No dia seguinte, ela me deixou em casa, dizendo que eu era especial, além de carinhoso, era um amante maravilhoso....

Nos beijamos novamente, começamos a ficar excitados e ela ainda fez uma chupetinha para mim, dentro do carro, na frente da minha casa.

Dia seguinte, no trabalho, ela estava radiante, feliz....todos comentaram....eu sabia o motivo...mas nada falei...

Até que ela me mandou um e-mail, com endereço de site sobre grávidas.....

Bem, o que tinha no site? Falava sobre os beneficios do sexo na gravidez e todas as posições que poderiam ser feitas....

No fim do expediente, ela veio falar comigo..."Viu o site?", "Claro, achei interessante"...e ela disse.."vou precisar da sua ajuda neste assunto, posso contar com vc?"

Resultado, ainda saímos juntos...não sá para transar, mas para ficar namorando..pois ela realmente é especial..uma mulher linda..que merece ser tratada devidamente

Mulheres interessadas em conversar,podem me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de corno dominadocontos eroticos de sexo oralmarido da mae bolina menina contosConto ai ui ui pornoContos eróticos heterossexualUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carrogordinha pedindo prameter nasuabucetacontos eroticos de virgemConto gay mamilo pontudoContos eroticos mamado no seios sem doZoofilia de cachorro engatado com mulher (contos)negao marido de aluguel com casadas contoscontos eróticos com madrinhameu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos gay foui arrobado cugritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacocontos eroticos gays,tio jorge me feis mulhersinhacontos cu gostosominha prima chupou meu pau virgem contosdei p meu genro contohomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos eroticos minhas filhas jeinnycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos transando com casalminha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticosConto erótico qual é a cadela mais receptivaVelho picudo.conto eroticoContos eroticos de Gravidas estupradas por policiaiscontos coroa 58 anos pau grossofudendo forte a gorda contofui ensinar a sobringa dirigir ea fudicroa de pernas abertas dando pro marofoconto erotico gay: arrombado por um emo dotadominha esposa com dois negros dotados contos e relatos eroticos com fotosContos pornos-minha mae mamou o grelo da minha namoradaconto erodico de sobriaContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festacontos eroticos comendo o cuzinho da estrutora da academiacantos erotico brincando de baralho com sobrinhaconto ajudando o filhoestuprada pelo meu tio contoscontos gay dando para o cachorroursao tio roludo conto gayvideos para deixar o namoradoexitadoMeu tio me escravisa e me humilha gay sexoContos eróticos seduçãotransparente e coladinha bucetinhacontos eroticos homem casado fudendo sem do o cuzinho da prima magrinhaconto com prima casadae dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticoscontos eroticos esposa na praiacontos eroticos em familiamaldoso comeu meu cuzimcontos erotico de travecos lindas e gostosas.quadrinho erotico a filha do vizinhoMe arrumei para meter com.outro e o corno sabendocontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte contos velhas com novinhosdindinho comeu meu cuzinhosexo novias na caxueraconto erotico escrava do larcontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhoTitia me ensinou contofiquei doidinha queimadinhaestuprado pelo professor de educaçao fisica conto porno gaycontos erotics maduras tias coroascontos balas por metidas nas meniminhasconto eroticos travesti hormonioContos eroticos seios vermelhos tio e sobrinhacontos eróticos de garotas virgens chorando no p*********contos picantes seduzindo o cunhado sem querercontos eroticos.sou crente amo da o cú pra pau preto.Empregada puta contoscontos eróticos gay estudandocontos gays gemeosconto erotico gay: transando com um ruivo bonitoGozei no pau do meu irmão contoscontoerotic dencoxadas contado meninas novasf****** com a dona da lanchonete contos