Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulheres gosadasnacamacontos eroticos borracheirocontos mendigo e a casada na dpcontos esposa chupando travesticaralhudo contoSendo a putinha dos amigos contos eróticosconto erotico gay bebadoContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemfui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladarola de meu pai conto gaycontos eroticos meu irmao e meu amante incestofui rasgada contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezaContos Eróticos De Coroa Dona De CasaminhaxaninhaardeuContos eroticos Machucaram minha bucetacontos obrigando a cheirando o cu da empregadaanua e corpo inteiro melado de margarinacontos eróticos gordas virgemscontos eroticos escutei a irma dandocontos eroticos traindo com o gatinho contos eroticos no transei com a defurtaconto erotico chantageada pelo chefeTirei o c***** da minha enteada Camila e Ela gozou muitocom a spgra e a esposa nudismodeixei meu amante come minha intiada a força pá ela não mim entrega incesto contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentededo no cu da filha no colo da mãe contocantos eroticos SOU casada mais dei meu cuzaoSOBRINHO SAFADO CONTOConto ensesto com Fillhocontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadaconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos mendiga novinhacontos de incesto de maes treprando com filhosmendigo contos eroticoscoroa grita tica doida paucontos erótico ginecoligista e novinhacontos de macho pirocudocasado chupa travesti contoSou casada a muito tempo e amo muito mesmo meu marido mais acabei traindo econto erotico a mulher me encoxou no onibusconto erotico viadinho de calcinha no alojamento gozei nas coxas da filha contosconto eroticos primas gostosa veio min vizitarcontos curtos de tia com sobrinhocontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaoconto erótico comendo a irma do amigocontos eroticos lesbico casadas e travesticonto gay calcinhaconto pedreiro arronbou minha namoradarelato de corno que deu a esposa para o cunhadocontos eroticos: crente casada enrabadaos bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o pauela pediu pra parar mas continuei empurrando na putacontos de lesbicas timidafilho comendo a mae morena baixa contos reaisCorno ama levar chifre da mulher conto eróticocontos amiga e esposa brincando com o pau do maridon resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contoLigia Minha amiga crentinha gosta de esfregar ligia a bundinha no meu pauwww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de Menorcontos me ensinaram a bater uma siriricamulhe da bucetinha peqena fudedo com cara da pica grande e grosa asitidocomendo a tia que esta olhando pela janelabaixo forte troncudo e pau grosso gayfoda gostosa com amigos contos contos eroticos no escritorio sem calcinhafilmei minha irmã depois chantagiei contoscontos eróticos, meu chefe exige a minha esposacontos eroticos com as priminhas inocentisconto erotico flagrei minha mae com meu padrinhoConto erotico seduzi meu filho e ele comeu meu cuconto erótico dei pro meu primo e não me arrependocheiro de pica contos gaycontos eroticos o jardineiro comeu todas as mulheres de casaconto gay de pai com vaqueiroConto de sexo com animalArrombada por vários contosmulher casada mexendo muito cabelo com vizinhocontos eroticos sandraQuer mama na titia - contos eroticosvi minha esposa dando mole contoscontos eroticos com mendingosdescabacei a namoradinha de 13 aninhoscontos eroticos baba abusada