Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MENININHA NÃO... VIADINHO SIM...

Eu tinha 19 anos (hoje tenho 40) quando tudo começou. Meus pais se separaram e acabei indo morar com o meu pai na casa de uma tia, e com dois primos gêmeos. Eu era virgem e muito infantil e realmente nem punheta tocava.

Meus primos tinham 19 anos, sendo que um parecia um pouco mais velho.

Esse primo mais velho era muito tarado, agarrava todas as meninas do prédio e eu sá ficava observando pelo olho mágico, ele fazendo todo tipo de sacanagem com elas no corredor.



Aquela situação foi me deixando cada vez mais curioso e a partir de um certo momento, comecei a ficar excitado vendo principalmente as meninas chupando o pau enorme do meu primo.



A minha curiosidade foi aumentando e olhar no “olho mágico” já não me satisfazia, pois eu não tinha a noção exata do tamanho do pau do primo.



Pensei em várias situações e decidi botar em prática um plano. Todo dia pela manhã o outro primo acordava junto com minha tia bem cedo e ia trabalhar. O meu pai um pouco mais tarde e as 8 horas sá ficavam em casa eu o primão. Eu sá estudava a tarde e ele, que estava desempregado, sá estudava à noite. Como sempre acordei e fiquei esperando um barulho de movimento no quarto dele e quando percebi que ele acordou, me levantei e perguntei:



- vc vai tomar banho agora?



Ele respondeu: pode ir vc primeiro.



Era a minha chance. Tomei um banho bem legal e sai de toalha, esquecendo de propásito minha cueca.



Logo depois ele entrou, e no meio do banho perguntei: primo? Posso entrar para pegar minha cueca?



Ele disse que sim e fui entrando. O plano realmente foi perfeito, pois quando entrei, ele já havia terminado, estava com o box aberto se enxugando e pude observar aquele pau enorme que fazia a alegria das meninas do prédio. Eu perdi a noção por alguns poucos segundos e fiquei paralisado olhando para a cabeça do pau do primão. Quando me toquei, olhei para os olhos do primo e o vi com um sorriso safado olhando para mim. Fiquei muito sem graça, mas ele tratou logo de dizer: ele é lindo né? Vc gostou? E duro é mais bonito ainda.



Eu não sabia o que falar e ele insistiu, meio que ordenando: responde porra! Gostou do meu pau? É a sua chance hein... e riu com muita safadeza.



Como eu não disse nada, ele me expulsou do banheiro. Coloquei a cueca e fiquei deitado no quarto assistindo tv. Foi quando ele entrou no quarto, ainda de toalha, parou na minha frente e deixou a toalha cair. Naquele momento pude ter a noção do pau dele. Estava enorme, com uma cabeça linda e me disse: vim te mostrar como ele é lindo duro. Neste momento novamente perdi a noção e fiquei olhando fixamente para o pauzão, mas sem reação. Ele me puxou pelo braço e me levou para o seu quarto me dizendo que iria fazer comigo o que fazia com as meninas do prédio. Eu retruquei dizendo que não era menina, mas ele insistiu que eu iria adorar e se eu não gostasse ele pararia. Ele deitou na cama, com aquele mastro virado para o teto e me explicou que deveria fazer que nem um sorvete, bem devagar e fui fazendo e aprendendo, sentindo o gosto do liquido que saia em abundancia do seu pau. E me conduzia, segurando minha cabeça sem parar. Ele que controlava tudo, até que sentir que alguma coisa diferente tava acontecendo, era o gozo dele que começava a jorrar dentro de minha boca. Fiz menção de cuspir, mas ele segurou minha cabeça e disse que beber o leite dele era prova de que eu estava gostando e queria mais. Não tive dúvida, bebi tudinho.

Quando eu pensei que tudo tinha acabado, levantei e fui saindo, ele me segurou pela cintura e disse que agora eu que teria que gozar. Fiquei confuso, mas ele me jogou na cama e caiu de boca no meu pau, pequeno e duríssimo.Nunca nem tinha imaginado alguém fazendo isso comigo, adorei. Mas ele não ficava sá no meu pau. Levantava minhas pernas o mais alto possível para lamber o meu cuzinho. Que sensação maravilhosa. Logo o tesão foi ficando insuportável e acabei tb gozando na boca dele. Depois disso ele me perguntou se eu tinha sentido tesão no cuzinho, eu disse que sim. Ele foi e pegou o KY no armário e me perguntou se realmente eu queria ser a menina dele. Eu todo entregue e cheio de tesão disse que SIM.



Ele me botou de 4 e começou a lamber com força meu rabinho e tava tão bom que comecei a rebolar sem nunca ter feito isso. O meu primo me explicou com muita atenção o que ele iria fazer, que iria colocar um creme na minha bunda para o pau dele entrar devagar e sem machucar, pois era isso que ele fazia com as meninas do prédio. Ao mesmo tempo que ele lambuzava meu rabo, tocava uma punheta em mim, o que me deixa louco de tesão. E começou o trabalho de iniciação do meu rabinho. Começou colocando um dedinho, que entrou muito fácil, mas quando ele foi enfiar o segundo, doeu. Ele parou, me segurou pela cintura, que hoje sei que era para eu não correr, comecei a chorar quem nem um viadinho, mas não teve jeito, ele não desistiu e aos poucos fui me acostumando e novamente já estava rebolando com os dedinhos enterrado no meu rabo.

Foi aí que ele apontou sua rola na direção do meu buraquinho e começou a forçar. Apesar do meu cuzinho já está um pouco arrombado, doeu e ele novamente teve carinho necessário para ir metendo bem devagar até eu sentir o saco dele bater no meu, que era o sinal que eu estava todo preenchido por aquele músculo maravilhoso. Sentia o pau dele pulsando dentro de mim. Ele começou a estocar me xingando e dizendo: vc não é minha menina, vc é o meu viadinho... Naquele momento eu me descobri um viadinho, que daria ainda muitas vezes para o meu primo.



Logicamente que este rolo foi descoberto mais tarde pelo outro primo, mas aí é outra histária que contarei mais tarde.



Espero que tenham gostado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos sou manicure e tive que chupa o marido da minha clientecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos ela deixou comer o cu delaconto de insestorelatos comi o traveco na marracontos eroticos escorrendo porra no cucuzinho de entiada contos veridicoVideo de uma mulher dansando de causinha verde entrandoconto erotico capitulo 1Eu transei com o meu sobrinhoSentei na pica e cavalguei gostoso com a pica dentro parei prazercontos eroticos com homem contratado para engravidarconto meu cu gulosocontos erótico em praia de nudismo vó f****** com Netocontos cuzinhomunher ce mastuo eu fidesde novinha contossentei no colo do meu primo e perdi a vingidade com eleporno nao aguentei e gozei tudo na maninha.comnem peitinho teen grita na pau do vocontos eroticos tetascasada sedusida contoscontos eroticos arrombando a gordaconto erotico sogro ahh uhh mete metecontos eroticos sogro e genroconto gay na ducha da nataçãocontos erotico me comeu ainda novinha infanciapapai me come porfavor contos eroticosconto mamae que bunda é essaContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amanteMinha vo da bucetona me retandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de lésbicas que gosta de comer ranhominha irmã me masturbouconto erótico dominando casada bravacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontoseroticos primo hetero comeu o primo gayChaves metendo a rola na Chiquinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos gay de país e filhosver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.minha sogra pediu pra ver meu pintoquero ver menininho dançando com shortinho dando molecontos de sexo dando pro primonega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camaorgia com boy no sitiogayConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machosconto gay arrombadocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com homens que gostam de mamarcontos eroticos xingada e fudida por caminhoneiros velhosSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeucontos porno ajudou marido comer sograconto erotico freira santa dando cu empregadoContos eroticos na estradafilho da ola grande fudendo abuceta da eguacontos eroticos com vovocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos porno de pirralhas inocentesaiiao taradoContos gays incerto irmaostava me masturbando e meu namorado chego e me chupouContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosmulheres peladas com manteigaa primeira vez que transei com dois homenscontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocontos eroticos com fotocontos eroticos minha tia limpando a casaaquelas olhadas safadascontos eroticos na rocacontos eroticos teenscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017contos eroticos com fotos de corno vendendo a sua esposaContos eroticos/dp com a ninfetinhacontos fudelançacontos eroticos meu irmao arrombou meu cuzinhocontos eroticos um negro me arrombandoconto erotico lara a experienteate que enfim comi minha sogracuzuda currada por varios bem dotados contoSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeuminha tia vagabunda adora da o cu e nao toma banho nem lava buceta contos