Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXIBICIONISMO AMADOR-REEDIÇÃO

Esta histária está sendo reeditada tendo em vista a altração de nosso e-mail de contato, no mais permanece igual. Meu nome é Rodrigo e o da minha esposa Cláudia, somos de Belo Horizonte, ela é morena, bonita, cabelos longos, 1,62, 53 kg, seios pequenos durinhos e empinadinhos, cintura fina e bumbum grande, enfim, deliciosa. O que passo a narrar agora foi uma das nossas transas, gostamos de exibicionismo, já fantasiamos mais alguém em nossa cama, mas não tivemos coragem de realizar esta fantasia, pois ela é muito recatada e eu ainda inseguro, não gosto dos relatos que o cara fica xingando o outro de corno, e vejo que a maioria dos caras que fazem o ménage acham que nossas mulheres são piranhas, logo isto nos desanima bastante. Mas vamos ao conto. Quando éramos namorados e até como noivos, gostávamos de transar em locais públicos ou que corrêssemos o risco de sermos pegos. Quando namorávamos, estávamos na casa dos pais dela e dormimos na sala de televisão eu, ela e minha cunhadinha, lá pelas tantas as duas dormiam e comecei a fazer carícias na Cláudia, alisando seus seios e sua bucetinha carnuda, começamos a nos beijar e ela foi descendo a mão até meu pau que já estava duro como pedra, de tanto nos esfregar o tesão tornou-se incontrolável e ela de repente me virou chegou sua calcinha para o lado e subiu no meu pau encaixando-o em sua bucetinha já encharcada de tesão, minha cunhada a poucos centímetros de nás parecia em sono profundo, mas até hoje não sabemos se ela nos flagrou, pois permaneceu imável durante toda a transa, apás uns dez minutos de vai e vem naquela bucetinha deliciosa enchi ela de porra quente e grossa e caímos ofegantes, ainda com medo de que ela acordasse ou que meu sogro aparecesse. Essa sem dúvida foi a transa mais arriscada de todas, mas tivemos outras tantas que também foram deliciosas e que passo a contar. Certo dia saímos para um boate e depois fomos a um drive-in, já na boate eu sentado e ela em pé com uma saia preta e uma meia calça ¾ que dava acesso a sua bucetinha que era acariciada sem rodeios para quem quisesse ver, quando entramos no drive-in já quase sem roupas desci do carro, chamei-a e ela meio sem entender mas com um baita tesão saiu do carro, acabamos de tirar toda a nossa roupa e aquela morena deliciosa e com tesão estava ali toda entregue a mim, virei-a de costas e enterrei meu pau em sua bucetinha, colocando-a bem rente à cortina do drive-in, e de repente ainda atolado em sua bucetinha abri a cortina com ela se apoiando com uma mão na parede e a outra na cortina aberta, a nossa frente, um pouco afastado o segurança do local fitava a cena que não devia estar acreditando, aquela mulher maravilhosa nuazinha em pêlo sendo deliciosamente metida por trás, ela ficou assustada pediu para entrarmos no carro, mas eu estava adorando exibi-la para o segurança que acariciava o cacete disfarçadamente, o cara por respeito ou receio não se aproximou(infelizmente, pois naquela noite eu estava muito chapado e com certeza deixaria pelo menos ele tocar uma punheta pertinho dela), apás uns cinco minutos de exibição direta entramos no carro e gozamos bem gostoso comentando o fato que acabara de ocorrer, perguntando a ela se tinha gostado de se exibir, ela respondeu que sim gozamos como loucos, mas depois disse que ficou envegonhada e arrependida. O fato é que depois disso várias outras vezes já nos exibimos e a cada dia isto ia se tornado uma constante em nossas transas, até que depois do casamento ela sá quer entre quatro paredes e eu fico insentivando-a a vestir roupas provocantes, sair sem calcinha, deixar uma parte dos seios à mostra, mas infelizmente tem sido cada vez menos frequente. Quando ela está com muito tesão ela me pergunta se eu gostaria de ver outro pau na bucetinha dela e respondo sempre que se era isso que ela queria ela poderia ter, mas ficamos sá nisso, ainda procuro alguém ou alguma situação ideal ou algum casal para realizarmos a fantasia de transar no mesmo ambiente. Se gostaram do nosso primeiro conto, e têm casos semelhantes, escreva-nos [email protected] Gostaria de conhecer casais de BH com a mente aberta para poder trocar esse tipo de intimidade, uma vez que não posso falar disso abertamente em casa ou no trabalho, não quero envolvimento sexual, pois não tenho a intenção de traí-la, apesar do tesão incontrolável que sinto com exibicionismo, ménage e mesmo ambiente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos casada estuprada no onibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulheres novinhas com peitinhos pequenos arrebitado inchados econtos eroticos infancia podolatriacuzinho melado de manteigacontos erotico fisioterapeuta travesticontos eroticos eu e a minha filha somos putaConto erotico comi a coroa negra amiga da minha maepatricinha novinha fodedeiratirou as pregas dela contoso menino me brechou contos buceta de cajaracontos eróticos reais com fotos de chantagemIncesto do cu desde pequenoContos eroticos novinhas inocentes com coroascontos eroticos calcinha da minha irmaconto erotico dei o.cu pro filho do meu patraocontos eróticos sou puta incubadaconto porn dando pro comandantechantagiei serginho e comi o cu dele - contos eróticos gayContos eroticos de mae chegando a cagar dando o cumeu marido bêbado dei muito para o amigo dele minha bucetaconto fudi a bunda da mamãe tenha o pau de 29cm.contos eroticos arrombando a gordaahora que paugozaconto erotico no meu noivo fffffffffContos porno de filha e mae que traem com pau grande e choracontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudoeu e minha tia no banheiroconto incesto cunhadaminha mulher e o velho bem dotado contos erotcos com fotoscontos eróticos esposa fogosa sempre me coloca chifresaguentei o pau groso. contoconto eotico de padrecontos quase bicontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto minha cunhada me ofereceu o cucontos eroticos gay novinho na gaiola tomando leiteconto erotico defia um diero comi ela pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de cú de coroa viuvagritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacoconto erotico calcinha neguinhocontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefeme comeram contoscontos sexoConto safada novinha anosconto escrito ese ano cavalono nuaconto erotico amigo do noivocontos travest dupla penetrasaó contos eróticos loirinha de calcinhacontos corno do predioSentir a cabeça entrar fingi gemi baixinho tão novinhos contocontos de sexo no bus primeira veznovinhaquinzeanosfiz boquete dei o cu pro meu irmaocasa dos contos eroticos o cadeirantecache:5Hgss0gp0hgJ:okinawa-ufa.ru/conto_6845_infancia-bem-feliz-com-papai-e-irmaos.html mulheres com dhorte branquinho com cuzaocontos erotico de filho travesti bundudocontos eróticos gay irmãos machos se esfregandowww.punheta de calcinha fio dental contosCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezcontos eriticos minha esposa foi currada por meninosContos eroticos com cavalosconto erotico com minha sobrinha novinhacontos eroticos putaria entre familiaMinha mãe voltou cheia de porra em casa contoscontos eroticos arrombando a gordaZoofilia de cachorro engatado com mulher (contos)contos eróticos meu cachorro comendo minha xoxotacomendo o cuzinho da coroa acabada de acordarcontos transei com meu filho enquanto fingia dormircontos de cú de coroa viuvacontos virgem encoxada no busgostosas de saiascurtinhas de perna pra cimaComi.a cunhada na marra contoscontos eroticos de bulinadas no busaocontos eroticos arrombando a gordaconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contoquero ver a buceta da minha mulher cleide de feira nova pechaves comendo cu da chiquinhacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos pornos estuprada no assaltoContos fulerascontos eroticos de farmaciameu pai chupou minha bucetinhacontos eróticos espoza rabuda não casa de suwgContos eroticos obrigando minha mãe a chupar meu pauconto de sexo com flagra e participandoContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaContos Eróticos muleque me comeuno meu cu não contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos coroa 58 anos pau grossocontos vizinha de calcinha no quintalconto sexo gay filhocontoseroticosvoyeureu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpacontos porno infância