Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCOXADAS E GOZADA NERVOSA NO METRô

Há quanto tempo! Nem gozei direito na senhora baixinha do último conto e na semana seguinte tive mais uma experiência alucinante. Tudo no mesmo trajeto.



Primeiro o trem. Como entrou muita gente sá deu pra ficar perto da porta, mesmo, sá que atrás de uma mulatinha feinha mas com uma bunda grandinha e redonda, de calça jeans acinzentada mole. Nem bem cheguei e já me encostei, pois notei seus olhares para mim e sua mudança de posição para ficar exatamente grudada em mim.



O pau já ficou duro na hora, e comecei a amassar muito na bundinha dela. Com minha mão abaixada ainda pegava do outro lado nas ancas dela. Cheguei ao extremo de botar meus dedos bem no meio das coxas dela, quase entrando na bundinha, isso como pau se esfregando e empurrando atrás daquele traseiro delicioso.



Quando o trem desafogou, ela fez questão de continuar onde estava e até foi pra trás pra me sentir novamente. Esfreguei mais um pouco, mas ela logo desceu. Depois sá fiquei nas dedadas em uma coxona de uma outra mulher que estava do meu lado e umas esfregadas nas coxas de uma loira alta que ficou de olho em mim.



Depois disso, a fila para entrar no metro. Afogadaço. Naquele dia passou uns quinze. Ainda bem ;)



Tentei primeiro uma outra neguinha baixinha, mas ela não estava muito pra conversa. O jeito foi se agarrar em uma velhinha super baixa, mulata, com uma bunda super-redonda e grandinha em uma saia jeans, encaixou perfeito no meu pau.



Depois de grudar nela, apertava cada vez mais. Meu pau estava praticamente no fundo da bunda dela, quase estuprando a mulher. Mas ela gostava. Ficava falando sem parar e falou várias vezes que pelo menos aqui estava gostoso. E remexia sempre quando íamos para trás, rebolava mesmo. E eu sá na dedada e metendo o pau com tudo no meio da bundinha redonda dela, esfregando com tudo, às vezes até segurando.



Sá que isso não foi nada. O melhor ainda estava por vir quando entrei no trem. Fiquei do lado da porta, encostado na barra do lado da primeira cadeira, sá que uma loirinha de gorro já estava lá. Uma loirinha que não vi a cara, mas que era branquinha e tinha uma calça social e dentro dela uma bunda redondinha, daquelas que você sente muito prazer de encoxar porque fica encaixadinho dentro dela, parece uma almofada.



Fiquei no maior esfrega nela porque não tinha pra onde ir, e meu pau chegou a tamanhos inimagináveis dentro do trem. Eu esfregava de lado, pra frente e pra trás, e ela nada. Fiquei grudadão nela, conduzindo para onde ela ia. Não tinha como não gozar.



E foi isso que eu fiz, perto do final da viagem. Estávamos parados e eu estava praticamente dentro da menina, com o pinto no meio da calça social gigante e enfiado no meio da bunda dela. Mais uma reboladinha e não teve como: dei várias gorfadas sem tirar o pinto do lugar. Ela deve ter sentido o líquido pegajoso saindo e escorrendo para baixo, eu praticamente me melei todo do lado esquerdo, e ela sentindo a temperatura mudar, deve ter ficado supertesuda.



E foi isso. Depois dessa brincadeira, apesar de mais baldeações, não dava pra fazer mais nada.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos a cunhada da primatravesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudacasa do conto chantagem para esposacontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhoConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhamulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigacontos eroticos casadas traindo e tranzand cm 2homensloira resebi anal depois de treinamentocontos eroticos estava fudendo a empregada e meu pai pegourola na madrinha/contoCONTO CRENTE NO CUconto erotico casei e virei esposa da minha mulherconto perdi o cabaço com minha professora no sitioesposa puta do meu tio corno contocasada e o tarado contoscontos eroticos submissa chantagem casadasContos eroticos de sogra punheteiraMuleques aprendedo a bate puheita na ruaSequestro da minha sobrinha conto eroticocontos er passando em casabucetas vazando porra e ela passando a mãominha sogra perfeita na cama contos eróticoscontos incesto irma casadaxvideos não aguentou desmarroucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu ex tem ficou duro eroticos contosgozei sem querer na buceta da mulher do irmão contofodida por vários no ônibus conto eróticocontos eroticos mae sendo estrupada dentro no onibusmulher leva enrabado de cachorrocontos eroticos viadobucseta da cunhdinhae normal pai ficar com o pinto cabeçudo perto dos filhos na praia de nudistassexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reautravesti vizinha surpresa contos eróticosgostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentecontos eróticos gay coroa indo morar inteiro contos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeiroconto gay meu melhor amigo de 37 anosContos fudendo na vanconto erotico na troca de casal vi minha esposa sofrendocontos eroticos'a primeira vez que fiz um boquete na adolecencia'conto erotico incesto straponcontos sexo minha esposa amamentando eu e seu amante vendopornodoido transando na frente dos outros discretamentetesao em apanhar de havaianas contosContos gay primeira vezgeladinho queria tar na pica no meu pai conto eróticocontos eroticos arrombando a gordaA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirconto eroticocom vibrador e bonecaconto erotico fui no pagode e comi um travestidei a buceta pro catador de lixofingi q dormia e meu primo me comeu contovideo porno gero comendo a sogra e afilja olhandoContos eroticos fudendo gostoso com dois pauzudosconto clube de amamentacao de adultoscontos eroticos gays excitantesesposa puta do meu tio corno contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos eroticosdopando mae e irmas contosarrogante chantageada pornocontos eróticos flagrei meu marido com consoloContos Eróticos Nega bebada de leguincontos eroticos com a tiaContos eroticos com o irmao da minha amigaTitiataradacontos reoticos mulheres nuas de tamanco e salto altoesposa puta do meu tio corno contocontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos eroticos arrombando a gordaCantos erótico minha irmã grito quando estava cumendo elacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesti