Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEVERINO PICUDO

Oí punheteiros do Brasil,para quem ñ leu meu primeiro conto vou me descrever como sou:branca(1,72),64k,coxas grossas,peitos grandes e a bucetinha bem cabeluda,detesto raspar...vou contar em detalhes o que aconteceu em maio deste ano(2009),como sabem sou professora e logo que acordo de manhã vou ao banheiro,dei uma gostosa mijada e como acordei mais cedo resolvi tomar uma ducha antes de ir ao batente,lavei gostoso as partes íntimas de meu corpo,em especial minha xana,logo me sequei e coloquei minha calcinha preferida,tinha o desenho da "puca"na frente,posso dizer que quando uso essa calcinha fico uma ninfetinha,nem parece que tenho 29 anos,cheguei no colégio e fui direto para a sala de aula,o tempo foi passando e veio a hora do recreio,um intervalo de 30 minutos,resolvi ir ao almoxarifado pegar uma caixa de giz,o almoxarifado ficava no lugar mais deserto do colégio e longe de todos pois tudo que chegava ía pra lá,era o local onde trabalhava sozinho seu Severino,um senhor com 72 anos de idade,logo que cheguei bati na porta e ninguém veio me atender,será que seu Severino saiu,abri a porta e entrei,o lugar estava lotado e vi a mesinha que o coroa senta e anota o que saí para depois prestar contas,fui na direção da mesa e me sentei na cadeira,curiosa abri a gaveta e o que vejo me deixou de boca aberta,uma revista de sacanagem daquelas "bem safada" e com diversas páginas coladas,porra,o velho fica aqui sozinho e vendo essas bucetas acaba quebrando uma,olhando algumas páginas minha xaninha começou a ficar molhada e sem receios levo minha mão até ela e começo a esfregá-la por cima da minha calcinha de "puca",meu tesão acabou aumentando e abri as pernas e sem pensar em nada coloquei a calcinha pro lado e fechando os olhos comecei uma siririca gostosa,me retorcia na cadeira,que tesão,minha xana aquela altura já pedia uma bela rola,quando abro os olhos seu Severino estava em minha frente com sua benga super dura,tomei um susto do caralho,a pica do coroa devia ter uns 22 cm,sem tempo para uma reação o velho disse que havia trancando a porta do almoxarifado e que entrou logo assim que entrei,que safado,ele me espiava por uns 19 minutos pelo menos...vem professorinha mamar na benga do vovô, vem putinha safada...depois de ouvir essas palavras caí de boca no tarugo do coroa,aquela pica suada e com gosto de urina me dava mais tesão,minha buceta já estava encharcada e o fdp fazia eu engasgar naquela vara,me sufocava em seu pau,ele tirava e dava com ele em minha cara...puto,gosta de bater na sua putinha,bate então cachorro,depois do delicioso boquete ele abriu minhas pernas e quando viu minha xota...caralho!!!!!essa puta ñ raspa a buceta,meteu a lingua com vontade e o cheiro de meu sexo exalava no ar,chupa coroa essa buceta,vai puto faz eu gozar na sua boquinha,seu Severino lambia como um lobo faminto,há muito tempo sá via buceta de papel,me pegando pelos cabelos me colocou de quatro em sua cadeira e vi quando colocou a camisinha,veio por trás e apontou sua pica para a entrada de minha racha e foi empurrando devagarinho,senti aquela tora invandindo minha xota completamente,o coroa ficou loco,uirrava feito lobo,comecei a rebolar em seu pau pedindo pra ele bombar sem dá,vai seu puto,fode essa buceta seu velho tarado,vai cachorro dá rola,dá,mete caralho,mete porra,fode essa racha cabeluda seu pinto mucho,o coroa fodia de um jeito que minha buceta parecia partir ao meio,que pica era aquela,gozei várias vezes e quando ele falou que iria gozar pedi pra gozar dentro da minha bucetinha o que ele fez prontamente,sentia as contrações de sua jeba em meu útero,quando tirou o pau pra fora e olhei a camisinha falei que esse era o resultado de dias de solidão,ele se vestiu o que também fiz,peguei a caixa de giz e fui embora meio que cambaleando,na sala apás o recreio quase ñ conseguia dar aula,minha xota estava inchada pela benga de seu Severino.Um beijo aos punheteiros do Brasil.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto ex namorada incentuosacontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhoCONTOS EROTICO COM A PRIMA E TIAestórias eróticas sequestrocontos fiquei sozinho com bunda branca cunhado viadimcontos gay tio bebado negro dotadoconto erótico seduzi a casadaesposa cheia de porra na festa casa dos contoshomem maduro contando porque deu o cufodendo gostosa e esporo contos eróticosnovinho mamando na boleia contos eroticos gayquero so no cucontosbuvetao adtianavi minha irmazinha de caucinha nu rabo ve contos eroticosContos eroticos,dando pra o professor e o directorconto gay a chantagem e é me comeubucetinha inchada de minha esposa orgia contoContos eroticos incesto meu maridoContos o casado foi enrabadoconto - amor de pica doentioconto eroticos acampando em familiacontos eu durmo de saia sem calcinhavirei putinhaconto erótico minha esposa botar um bebê do peito para largar meu amigo loucocontos eróticos gay putinha pedreiroscontos eróticos vc me acha bonitacontos relatos sexuais primeira vez da filhasou cadela pratico zoofiliacontos eróticos enteadosconto depravadacontos eróticos gay apostei e fui arrombadocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos gays de escoteirostias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realcontos eroticos enganada e oferecida pelo maridovidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delacontos eu e minha esosa estrupado. por pedreiro gordominha primeira vez travestia sogra vadia contos eróticoscontos porno ajudou marido comer sogracontos eroticos o corninho e esposinhacontos eróticos encesto fudendo com o meu filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos etoticos dpcontos eroticos gay pai de cuecaTaradaporcalcinhasContos eroticos marido convence esposa com pintudoconto erotico mae chora pau esposovisitei a cunhada e ela me de a bucetaContos eu nao sabia bate punhetacontos eroticos minha cadelinha manhosacontosninfeta gordaMeu amigo deu sonifero pra sua mulher pra eu ver ela peladinhacontos eroticos arrombando a gordaContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos stressvelha cavala virando olhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteGordinha da buceta grande pegando um40 cmConto estrupo casada namarracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay primocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos amiga da primasarinha contos eróticos numero de telefonecontos eróticos gay bombadoconto gordinha baixinha carentecontos esposa branquinhacontos a sogra gostosanua e corpo inteiro melado de margarina