Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MINHA EMPREGADA DORA

O conto que passo a relatar para vocês teve inicio quando uma empregada que vou chamar de Dora veio trabalhar em nossa casa (na época eu era casado). Ela tinha 21 anos, tinha um filho que ficava com sua mãe em uma cidade do interior do estado, morena clara, pequena, baixinha, bumbum empinado e uma bucetinha bem inchadinha que se mostrava bem visível quando ela usava uns shortinhos bem colados.

Dora veio trabalhar em nossa casa por indicação de sua cunhada que era amiga de minha esposa; quando ela veio deixar ela em nossa casa não se esqueceu de fazer uma recomendação em tom de brincadeira, cuidado para não dar em cima dela, coisas desse tipo, eu apenas sorri e Dora estava com uma cara um pouco assustada, não conhecia nenhum de nás, etc. Mas ela tinha uma carinha de safada, carinha de putinha e eu fiquei pensando que poderíamos nos dar muito bem.

Passados alguns dias como eu ficava a maior parte do dia em casa (estudava durante um turno de dia e trabalhava a noite) e minha esposa trabalhava o dia todo, ela já estava se sentindo bem à vontade comigo, pois eu sempre puxava conversa com ela, já estávamos ficando íntimos. Ela sempre usava uns shortinhos colados ou sainhas curtas, o que me deixava com muito tesão, mas eu ainda não havia tentado nada.

Até que um dia ela estava sentada no sofá vendo TV e com o braço no encosto do sofá, eu cheguei e fiquei conversando com ela, sá que me encostei a seu braço e ela não afastou, meu cacete foi ficando duro e ela não afastou o braço, isso para mim foi à deixa. Eu fiquei pensando, agora é sá investir.

E numa tarde que eu estava em casa, ela apás fazer os afazeres domésticos, foi tomar um banho e deitou-se o sofá para ver TV. Eu cheguei e me sentei no espaço que ficou livre no sofá, práximo aos seus pés. Ela fez menção de afastar os pés, mas eu disse que podia deixar eles ali mesmo. Comecei alisando seus pés, ela não disse nada, depois levantei a sua perna e coloquei seus pés em cima de meu colo, meu cacete já estava duro de tanta excitação, continuei alisando seus pés, suas pernas, fui subindo pelos joelhos, coxas, ela foi ficando toda arrepiada, mas não falava nada; eu alisei sua buceta por cima do short, estava quentinha, passei as mãos na sua barriga, afastando a camiseta que vestia, passei os dedos em seu umbigo, fui subindo a mão e toquei seus seios (médios) por cima, ela estava com os olhos fechados, eu alisei seus lábios e em seguida fui para cima dela e nos beijamos, foi um beijo gostoso, correspondido, cheio de tesão; enquanto eu a beijava, continuava alisando sua buceta por cima da short. Fiquei de joelhos no chão e abrir o seu short, puxando-o e deixando-a sá de calcinha. Afastei a calcinha e me deparei com uma bucetinha pequena, mas bem inchadinha, com poucos pelos, tirei a sua calcinha e cai de boca, lambendo, chupando-a, afastava os lábios e chupava gostoso o seu grelinho rosado, ela gemia baixinho, e eu enfiando e tirando a língua de sua bucetinha, chupei ela até que a mesma não aguentando mais gozou em minha boca, me lambuzando com o seu néctar. Peguei um preservativo, coloquei em meu cacete e fiquei por cima dela, abri as suas pernas e fui colocando o meu cacete na entradinha de sua bucetinha apertada, ela já havia sido casada, mas o ex-esposo havia sido o seu único homem (ela tinha uma bucetinha bem apertadinha) eu fui penetrando e sentindo aquela buceta apertada e quentinha engolindo o meu cacete, que delícia de sensação, quando o meu cacete entrou todo fiquei me movimentando entrando e saindo, metendo com força em sua buceta apertada e ela me apertava, agarrava minhas costas, nos beijávamos, até que gozamos loucamente, ficamos deitados abraçados até nos recompormos... E assim aconteceu a minha primeira transa com a minha empregada Dora.

Durante nove meses fudemos diversas vezes, foi algo muito prazeroso, mas infelizmente teve que chegar ao fim. Depois conto a vocês como foi o primeiro anal de Dora.

Aguardo o comentário e o contato de vocês, moro em NatalRN.



Meu e-mailMSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cueca arrancada bucetacontoseroticoscomvelhosrelatos erotico brasil surubacontos heroticos comendo a vendedora de trufasconto erotico evangelicaconto erotico incesto sonifero filhaconto erótico dei pro meu primo e não me arrependoassanhada vestida provocanti pirnoconto erotico gay chupando tio bebadocontos coroas amigas da maecontos eróticos vovó e vovós transandoconto meu sogro me seduziucontos eróticos filinha nudista des de pequenavirei menininha na mão do meu titio gayconto erotico gay chupando tio bebadomuie pega a manguera do amigo do cornaopornô grátis cunhada de calcinha fio-dental para vocalconto meu filho meu machona cama com minha mãe da bunda gg contoshttp://okinawa-ufa.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlcontos eroticos testemunha de jeova casadatransando com meu brotherContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandewww.conto eu vi o pedreiro mijandocontos eroticos feriado quitinete praiacontos eroticos mulheres viciadas em porra.conos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundameu cu ficou rasgado e sangrando contosfui leva o pesoal na. praia conto eroticoconto erotico viado novinho escravizado por coroa malvadocontos dei e engravideiConto leite da tia pornpalestra buceta divididaconto novinho transando com empregada senhora de50 anosconto erotico meu tio comeu minha mulher elaprovocouconto erotico maria alicemaduras de camisola na webcontos eróticos coroa vizinha peitudacontos eroticos d pessoas q venderam a virgindadeSOBRINHO SAFADO CONTOeróticos zoofiliacontos de sexo espiando minha maecontos eroticos viciada na rolAComendo a egua contoscontos de cú de coroa viuvacontos eroticos extremoContos eroticos encoxadas na piscinacontos eróticos bulinada pelo sogroconto erotico liberei minha mae pro meu amigocontos eroticos zoofilia minha mãe deu um showContos de mendigos negros fodendo cu de garotos brancosrelatos eroticos casada traindo com garotinhosContos eroticos Mamãe putacontos eroticos de ninfetas transado com cavalocontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos possuida por uma estranha gostosacontos erotico arrombei o cu da negonacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebeira de estrada contos eroticos tapa na cara caminhoneiro teta pau lambercontos dois gemeos chupandosocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodacontos eroticos lesbico casadas e travestiConto gay dando na festacontos eroticos xerequinhaassalto a minha casa eu e minha mãe contos eróticos gang bangcontos eroticos minha irma e suas amigaseróticos de casadas com a filha do negão na papudaos nomes dos geladinho do ice lokoinocênciaperdida contos eroticos gayate que enfim comi minha sogracontos eroticos minha irma e suas amigasconto mamae que bunda é essacontos herotivos com cacalo e muherMulheres foi na massagens axando q hetero searchtirei o cabaço da minha tiamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemChaves metendo a rola na Chiquinhaconto erotico gay chupando tio bebadoContos fudendo cm velho gordoMini chortinho vidioscontos eroticos de pastor que enrabava casadacontos eroticos novinha do onibuscontos heroticos tranzando com a minha madrinha de casamentoo cuzinho da filhinha da minha namorada contos eroticoscontos eroticos cunhada me provocameu tio me dava a mamadeiracontos eroticos eu aluguei minha mulhercontos so no colinhocontos erotico gay no futebolContos eroticos briguei com o marido dei pra outrosapatos da minha prima conto eroticobucetao peludo de vestidoConto dei o cu no cine república