Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CARIDADE NO ASILO

Ola meu nome é Barbara, tenho 27 anos, 56kg, 1,70m, morena claro, seios médios pontudos e completamente duros que segurando meu marido, um verdadeiro peito de puta por seu formato e o tamanho dos bicos, uma bunda redondinha e durinha e uma buceta grande que mau cabe em um biquíni que esta sempre com uma minúscula marquinha de sol, sou casada com um homem lindo e gostoso que me deixa louca na cama e em vários lugares onde nossa imaginação mandar, sempre fui uma mulher caridosa com as pessoas principalmente com os idosos o que fez com que meu marido despertasse em mim o exibicionismo, pois como ele mesmo disse o que e bonito tem que ser visto, porem apenas por quem merece ver o que pertence a ele, foi ai que meu gato teve a idéia de como eu poderia dar alegria para alguns velhinhos de um asilo perto de nossa casa e que segundo ele deveria ter um bom tempo que eles não tinham visto um corpo de mulher em sua frente, e como é aqueles asilos mais humildes alguns homens poderia nunca ter visto uma buceta de verdade em sua frente, porem meu marido colocou uma condição, de que eu sá sairia de dele ter certeza de que meus peitos, minha buceta e meu cusinho tivesse sido mostrado, perguntei como eu faria isto ele disse que eu saberia como; marcamos para uma sexta feira às 16:00hs, em casa me preparei como se eu fosse dar para meu gato, depilei deixando uma faixa estreita acima do grelo, coloquei um vestido rodado com alcinhas e é claro sem calcinha, meu gato ficou doido quando sai do quarto levantou meu vestido e viu que minha buceta estava inchada de tesão que segundo ele quando ela fica assim meu grandes lábios ficam enormes e que a visão seria perfeita, chegamos no asilo na hora marcada com alguns presentes do tipo dominá, baralho, dama etc, fomos recebidos por um senhor de aproximadamente 50 anos moreno queimado de sol que nos direcionou para o local onde ficam os velhinhos, quando chegamos em um dos quartos avistamos um senhor de aproximadamente 70 anos, que via TV, nos apresentamos e começamos a bater papo, o velho não perdeu tempo me olhando de cima embaixo, como tinha uma poltrona na frente da cama me assentei e dei loco o primeiro barranco para ele, que foi dos peitos que ao abaixar quase saiu do vestido pois ao entrar no quarto abaixei o vestindo um pouco para aumentar o decote, o velho ficou doido e como ele tinha muito para ver ainda abri um pouco as pernas para que ele tivesse a visão de minha buceta, como meu marido estava na mesma direção que ele, me disse mais tarde que minha buceta estava linda e que quase deu para ver o cusinho, porem quase ainda faltava algo, levantei e cheguei perto para ver se seu pau tinha dado sinal de vida e para minha surpresa estava durinho debaixo do cobertor, saímos e fomos para outro quarto au entrar tinha um senhor negro de uns 60 anos sentado em um sofá ouvindo rádio, nos apresentamos e sentamos e para facilitar sentei de frente para ele, e já fui abrindo um pouco as pernas o velho não perdeu tempo arregalou os olhos em minha bucetona a esta altura escorendo de tesão, pude perceber que seu pau já estava duro, fiquei curiosa e tive vontade de ver o pau dele pois parecia grande o bastante para minha buceta, pedi meu marido para buscar água para nás pois estava com cede, porem era um cádigo para ele sair e ficar olhando se alguém vinha, foi ai que sem nenhum pudor abri as pernas e mostrei toda minha buceta para ele que ficou olhado sem parar, sá desviou os olhos quando coloquei meus peitos para fora pois meu marido tinha me dito que eu deveria mostrar tudo sá faltava meu cusinho, então resolvi fazer diferente já que era para fazer caridade que seria feito direito, pedi para ver o pau dele pois parecia bem grande o velho sorriu e tirou o pau para vorá, que pau grosso e cheio de veia, parecia um toco, perguntei se podia pegar para sentir se realmente era duro mesmo, quando peguei não acreditei era duro como rocha, preto e uma cabeça que parecia um cogumelo, não resisti e comecei a bater uma punheta para ele que reagiu pedindo para eu abrir as pernas para tocar minha cuceta que escoria nas pernas, o velho enfiou dois dedos em minha buceta e um no cusinho, pensei que ele fosse gosar sá de tocar mas segurou firme, não resisti novamente e pedi para ele segurar seu pinto apontado para cima que eu ia sentar nele, o velho não acreditou levantei o vestido até a cintura abri as pernas na poltrona e toda aberta abaixei até aquela coisa cabeçuda, quando a cabeça encostou na minha buceta pute perceber o quando minha buceta estava molhada pois a cabeça foi entrando e abrindo caminho até as bolas encostar em minha bunda, que delícia minha buceta estava alargada ao Maximo que parecia rasgar, o velho começou a rebolar feito louco, e eu a subir e descer até que sentir que ele ia gozar, levantei e direcionei aquilo na entrado do meu cusinho que teve uma certa resistência mas quando entrou foi até o talo tirando de mim um orgasmo maravilhoso, o velho não aguentava mais então percebendo que seu monstro ia explodir tornei a colocar seu pau na buceta para receber toda dua porra que chorrava sem parar, nunca tinha sentido tanta forca em uma gosada, quando leventei parecia que minha buceta não ia parar de escorrer, fui até o banheiro me limpei despedir do velho e fomos embora dizendo que voltaria para mais uma visitinha, quando chegamos em casa meu marido me comeu tão tostoso que gosei novamente, e assim pude fazer mais uma caridade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos tia pede laber sua xerecamulheres com dhorte branquinho com cuzaocontos eroticos mae e filhoconto ru e minhas filhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos sobre filha bucetudatrasando com asogra derrepeteconto erotico incesto sonifero filhaSo contos eroticos com maridos violentos sadomasoquismocontos realizei o sonho do corno engravidei de outrovizinha sapeca contoA mulher obesa dormindo e eu abusei contocontos eróticos comendo minha alunacontos de dotado safado e puto fudendo casalconto eroticos rolas na beceta das mulheres taradacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos de vizinha oferecidatrans roluda com28cm de rola em spperdi a aposta e chupei meu amigo contos contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de menina sem pelo tomando banho com paiconto fizerao eu meu marido putinhasmulher dando o cu para o Rexcontos eróticos - meu pai fez vazectomia para vermos juntosContos eroticos comadrevideos porno massagem eróticospadrastoultimos contos eroticos fazendo a festa da molecadacontos chamei meu marido para foder sua amigacontoseroticosabusadasrelato erotico calcinha fio dental da madrinhacontos de gay passivo dando pro machoconto erotico dois pau no rabo insesto gaycontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecoscontos porno negao fodendo a velha na matacontos eroticos nunca penseicontos erotico uma buceta velhaconto erotico com pai e tio sebo gayTransei com minha prima brincando de esconde escondecontos eroticos real sexo cm 13 aninhoscontos porno miudas e velhos Eusouhetero e chupou o pau do meu cunhadoporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaoTravest litoral contosconto gay iniciada pelo velho taradominha esposa gordinha de toalha andando dentro de casa no pé da pia da cozinha de baby dollmae desfilando de calcinha fio dentalenrabado dormindo acordei gosteicontos eroticos de travestis fudendo o tiotenho 22 anos e sou canbota como fasso para minhas pernas vouta nomalcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adelecontos gay fivo com meu pai no interiorcontos eroticos de irmãoscunhado da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticoscontos eróticos traindo marido na festaconto meu filho meu machocontos eroticos lesbico casadas e travesticontos eroticos com subrinhascontos eróticos bem maior que a do.meuchaves lambe a buseta de chiquinhacontos eroticos minha tia me seduziuconto erotico rapidinhacontos garoto comeu minha mãecomendo a mulher em frente ao marido contovídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexobuceta carnuda comtos de sexoConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendoai que lambida contosContos Contos de zoofilia cavalo gozando na barrigaComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculomulheres sentam e mexem gostoso.homem não aguenta e goza rapidomconto erotico o meu padrasto tesudoconto porno alargando a xanacontos evangelica desesperada com sexocontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridoContos eroticos filha rabudarelatos eroticos de Araguaina Tocontos de sexo com negrinhas casadasLekinho cú apertadinho contos gayscontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterocontos eroticos mulheres trazando no carnavalcontos erortico esposas zoofoliacontos eroticos pegano amiga da primacontos eroticos estuprei a novinhacomtos.eroticos mimha esposa gosta de varias rolasconto erotico aconteceu no onibus"voce e muito corno"olhando a prima dormindomulhe baxinha danddo a bulceta pro minino de1614aninhos xotas lizinhasexo gay titio okinawa ufa contoscontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoContos eroticos enteadascontos eroticos fetiche trans branquinhaContos eroticos corno panaca