Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA IRMA CACULA

COMI MINHA ÍRMãCAÇULA



Era um dia quente de verão. Estava na janela olhando a paisagem ao redor. O calor era insuportável. Não havia nada para se fazer naquela tarde ensolarada. Resolvi ir para o quarto e ditar um pouco.

Quanto entro no quarto, vejo minha irmãzinha deitada na minha cama de bruços. Ela estava dormindo. Estava usando mini-blusa e uma saia curtíssima. Aproximei-me e comecei a tentar acordá-la. Mas ela dormia profundamente. Dava para ver o volume da buceta na calcinha. Afastei-me um pouco e comecei o observá-la com atenção. Aproximei-me novamente e virei ela de frente para mim. Suas pernas ficaram abertas em minha direção. Era uma visão maravilhosa. Não resisti à tentação e resolvi passar as mãos nos seus seios. Eles eram de tamanho médio, firmes e, para minha surpresa, começaram a ficar durinhos com as minhas carícias.

Desci as mãos até chegar à sua buceta. Volumosa e macia, acariciava com cuidado com receio de acordá-la. Passava o dedinho na entrada. Não resisti e afastei sua calcinha de lado. Foi a visão mais maravilhosa que tive em toda a minha vida. Sua buceta era linda. Depilada e lisinha: Perfeita. Percebi que sua buceta começava a ficar molhada. Minha irmã mesmo dormindo já estava ficando excitada. Me abaixei na sua frente, abri suas pernas e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa. Com o passar do tempo, chupava com mais força. Estava bebendo todo o leitinho que saia daquela xoxotinha deliciosa.

Estava com tanto tesão que resolvi tirar sua calcinha: talvez fosse a única chance de fuder minha írmã, não podia desperdiçá-la. De repente, ela começa a se movimentar: estava acordando. Quando se encontra de pernas abertas e eu agachado na sua frente ela sem calcinha, solta um grito ensurdecedor (deve ter sido ouvido em toda a vizinhança).

Fiquei apavorado. Tentei acalmá-la. Ela estava muito nervosa. Perguntou se eu havia visto ela pelada. Disse que sim. Ela perguntou por que eu tinha feito aquilo com ela. Porque era louco por ele, respondi. Disse a ela que não diria nada a ninguém se ela fizesse isso sá essa fez comigo. Ela pensou um pouco e disse que sim.

Comecei a chupar novamente sua buceta. Ela gemia de prazer. Pedi para ela sentar na cama e coloquei meu cacete para forra. Pedi que chupasse. Ela abocanhou todo de uma vez. Chupava deliciosamente. Mas não estava interessado nisso. Fui direto ao ponto principal: sua buceta.

Com as pernas bem abertas, coloquei meu cacete bem na entrada de sua xoxotinha. Ela disse que estava com medo de doer. Prometi que se doesse, eu pararia. Comecei a empurrar meu cacete naquela buceta maravilhosa bem devagar. A cada centímetro que entrava, mais alto ela Gemia. Começamos a nos beijar. Meu cacete já estava todo dentro dela e ela pedia para que eu mexesse mais rápido. Estávamos fudendo intensamente. Metia nele com todo força. Ela dizia que me amava. O que fazia eu meter mais forte ainda.

Ela começou a tremer, percebi que estava gozando. Iniciei uma sequência de estocadas com mais intensidade. Queria gozar junto com ela. Enfiar tudo, pediu. Ela gemia e se contorcia de prazer: estava gozando. Pouco tempo depois era minha vez. O gozo veio de forma tão intensa. Esporrei tudo dentro dela. Aquilo foi maravilhoso.

Estávamos exaustos. Prometemos um ao outro que essa seria a primeira de muitas transas gostosas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos-mulata adulteraContos eroticos fudendo um cuzinhocontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhogozando no cu peludinhos das velhas feiascontos chupei minha namorada a forçaconto erotico filhinhaEu e meu irmao em uma viagem de feriado eu e ele fomos pro hotel eu e meu irmao na cama do hotel eu chupei o pau do meu irmao ele chupou minha buceta meu irmao fudeu minha buceta conto eroticoConto erotico de sexo incesto cheiro da buceta suada da irmacontos de cú de coroa viuvaconto foda com cachorrocontos eroticos mulher carinhosaContos sexo esposas taradas por negoes da picas grandescontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludocontos filha menor pai banheiroconto erotico sogracontos eroticos enteada rabudaContos de estupro na praiacontos eroticos esperando o motoboi peladacontos: neu amigo comeu mimha filhinhacontos eroticos medicof****** irmã mora nos peitos das gostosasmulher casada crente da o cu para o travesti ,contoscontos eróticos humilhando o c****casada limpano porra do negaoVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocawww.contos euroticos n bar notornoconto erotico da cunhada pegando no pauContos dei pro meu sobrinho e pro seu amigocontos dos podolatrascontos er dirigindo no coloconto sexual com cadela zoofiliaconto porno instrutor de basquetecontos eroticos em portugalcontos viajando em familia pra serra papai micomeu no chao da salaConto erotico soquei piroca na mulata casadaContos implando porra na bocacontos eroticoscomi monha mae idosacontos comendo a vizinha velha.conto erotico matobrincando de médico contoscontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola delecontos eronticos a vizinha bapeu uma pueta para um garotoconto erotico gay chupando tio bebadocontos erotico de estuproContos namorada arrombada por doiscontos eroticos de travestis fudendo o tiobuceta goza po 19minutocomendo a vendedora contos eróticosconto chantageei minha irma evangelicacasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhoContos eróticos tio e tiazoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneicontos sou professor de educaçao fisica e torei minha aluna de doze anosConto erotico chantagem com a empregadacontos eroticos porteirocontos eroticos mae e filhocontos eroticos pai e tio violentando sexualmente meninhafui chupada igual uva contoscontos eroticos amiga da sobrinhacontos de danadinhas com homens casadoscontos eroticos peguei minha cunhada dormindono apartamento da minha cunhada casada .contoscontos eroticos de estuprosno carnaval de ruacontos eróticos de Pouhonme infinando a rola na bumda da moleConto erotico quiquei na rola do meu tio taradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedopando sogra contoscontos eroticos comendo a vizinhaminha cunhada casada nunca tinha sido chupada contosContos eroticos de mulheres casadas de manausGarganta muito profunda contossou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos Meu meio irmão do pau de chocolate contoscontos marido jogandocontos eroticos ninfeta aventureiracontos eroticos gay hetero bebadoconto engravideu minh sobrinhasexo zoofilia gato felino chupando buceta de mulhertio e dogro conto