Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO E MEU PADRASTO TENTARAM MUITO

Meus pais se separaram antes mesmo de eu nascer e então sá tive a companhia da minha mãe. Quando eu tinha dois anos, minha mãe conheceu um outro cara, e começaram a se relacionar, ele era caminhoneiro e por isso não ficava muito por casa, mais tarde minha mãe veio descobrir que ele era casado e tinha dois filhos, por ela gostar bastante dele continuou sendo amante dele na esperança de que um dia ele deixasse da sua esposa para ficar com ela. Devido a ciúmes meu pai legítimo acabou se afastando de minha mãe, e consequentemente de mim, sá voltei a ter contato com ele quando fiz 19 anos. Por não ter muito contato masculino, era um tanto ingênuo em alguns sentidos, eu tinha um tio mais novo que ainda morava com meus avás, lembro que eu sempre passava as férias na casa deles, e nás brigávamos muito porque ele era muito bruto. Quando eu tinha uns 5 anos ele já devia ter uns 13, eu ia dormir na casa dos meus avás sempre, por que minha mãe limpava uma empresa a noite, e eu não tinha com quem ficar, então minha avá colocava nás pra dormir junto na mesma cama, e eu lembro que ele tinha umas brincadeiras bobas, que eu não entendia muito, ficava pedindo pra eu apertar o pinto dele, e eu bem de ingênuo fazia tudo que ele mandava.

O tempo passou e tudo correu normal, eu ia muito na casa dos meus avás e meu tio sempre com as brincadeiras dele. Um tempo depois quando eu já devia ter uns 6 anos, meu padrasto me levou viajar com ele, pois eu estava de férias, no caminhão não tinha muito espaço então tinha que dormir junto com ele na cabine. Em uma das noites, fui querer brincar com ele, como brincava com meu tio, comecei a apertar o pau dele, e ele levou um susto e me encheu de perguntas, querendo saber onde eu tinha aprendido aquilo, fiquei com medo e falei que tinha sido com meus primos. Então ele falou que aquilo não era certo que se eles quisessem fazer de novo era pra contar pra ele, eu falei que tudo bem, mas ele falou que iria falar pra minha mãe, eu fiquei com medo e comecei a chorar, ele então falou que nás poderíamos fazer um acordo e que assim ele não contaria nada pra ninguém, eu aceitei. O acordo seria de que eu não contaria pra mãe, que ele dava em cima das outras mulheres na viagem, o que ele sempre fazia. Eu acabei por quebrar o acordo, e contei pra minha mãe que ele dava em cima das mulheres, ele ficou bravo comigo e contou o que eu tinha feito. Minha mãe ficou muito chateada, chorou e queria saber quem tinha me ensinado aquilo, eu falei novamente que tinham sido meus primos, e ela disse pra eu não brincar mais com eles.

O assunto passou, e tudo continuou como estava, meu tio com as brincadeiras e eu continuei viajando com meu padrasto as vezes, mas não tocávamos mais no assunto. Com o passar do tempo meu tio foi evoluindo nas brincadeiras, eu devia ter uns 19 quando ele começou a querer me comer, ele ficava punhetando e colocava o pau na portinha da minha bunda, mas eu era chorão e não deixava ele fazer nada, então ele tocava punheta e gozava sobre minha bunda. Ele fez isso varias vezes... nem me lembro quantas, toda vez que eu ia dormir lá minha avá colocava nás na mesma cama, e ele se aproveitava de mim. Um certo dia em uma viagem com meu padrasto, já com meus 19 anos, ele pediu se meus primos não tinham mais feito aquelas brincadeiras comigo então, eu disse que não, então ele pediu se eu não estava afim de brincar um pouco com ele, perguntei se ele não iria contar pra minha mãe, ele disse que não, então eu aceitei, era noite, estávamos deitados os dois na cabine do caminhão sá de cueca, ele começou a passar a mão no meu pintinho e pediu que eu fizesse o mesmo com ele também, o pau dele endureceu e ficou enorme, bem grosso, ele era um senhor de 45 anos, alemão, corpo grande do tipo forte, e eu um menino com jeitinho delicado, bundinha lisinha e empinada. Ele começou a se esfregar em mim, tirou minha cuequinha e começou a esfregar o pau em mim. Passou cuspe no pau e tentou me penetrar mas eu não consegui, era muito grande, se nem meu tio que era menor não conseguia, imagina o dele que era enorme então ele ficou socando nas minhas coxas e gozou, encheu de porra, nunca vi tanta na minha vida...



Depois disso tiveram outras vezes, mas isso conto outro dia....



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tia sozinha e sobrinho contoscontos eroticos arrombando a gordacontos porno obrigada engolir porra com muito nojoContos eroticos que cuzinhomas gostoso do filho da minha esposacontos eroticos estourando a bucetinha minusculaconto erotico carona com o sobrinhoContos eroticos seios belicadocontos eroticos arrombando a gordaConto gay "como uma boa fêmea"xoxota as infinitasconto gay pirocao imensocunhada ariando a calçinha p mimcontos de corno. bipassivosPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosdano no onibos da escolacontos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto a sogra evangelicacontos eróticos casal Passei a noite no autorama no Ibirapuerasexo gay okinawa ufacontos fui cornocontos eroticos de gay rebolei e gozei gostoso pelo cucontos eróticos transando com o cara do carnavalconto erotico morenas e o professorcontos eroticos lesbico casadas e travestiminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duascontos eriticos minha esposa foi currada por meninosconto erotico gay chupando tio bebadocontos esposa loira recatadacunhada no cio contoschupou tio i phonemulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparcontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiahttp://transei com frentista gay contos eroticos gaycontos eroticos foderam na obramadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioucontos eroticos na roça papai mim pegou a forçacontos eroticos/virgens estuprada pelo padrinhocontos gays meu pai gozou na minha bocacontoseroticos rochascontos eroticos incesto em baile de mascaracomendo a tia que esta olhando pela janelapropria porra cu conto eroticocontos eróticos de experiência bi de ninfetascache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html gay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de pai e filhafui ensinar a sobringa dirigir ea fudiconto erotico peguei um filhote de cachorro e ele me fudeumeu marido me amarrou e deixou quatro negros me estupraram. contos eróticosconto novinha gravida do tioConto porno de meu avo me comeu e papai viucomi uma egua na roca contoconto erótico cabecinha do grelotanguinha suja contos eroticoscontos realizei o sonho do corno engravidei de outrorelatos eroticos: minha esposa se prostituiu durante viagem de trabalhocontos eroticos irmão arrependidocontos erotcos sonhos compapaiesposa puta do meu tio corno contomeu pai chupou minha bucetinhafamaceltica tocando punheta.para pacienteconto erotico gay chupando tio bebadocomtos eroticos dei mamar pro meu namorado com meu seio pois ele me pediutroca casais no acampamentos contos eróticoNo colinho do titio porno onlinedopando as amiguinhas e a filha para meter nelase o marido viajando no meu tio meu tio meditando contos eróticos transei com elecontos especial me.comeucontos eróticos maputocontos eroticos ninfeta detalhadocontos tia pede laber sua xerecacasa do conto sendo chantageado por 2Conto de machos arregacando os buracos da putaconto erótico meu filho pediu uma espanholaComtos porno da tia e sobrinho no matoprimeira encoxada contoUsando ropa de mulher curtinha conto gaytrepei com a virgemcontos traidorauma viagem muito louco contos eróticosminha mulher coroa nua conto eroticoChiquinha grita muito a hora que enfiando no c******pai emfia pica filha morrocontos eróticos chupadasChuva dourada entre pai e filha contos eróticoscontos porno tirando o cabaço da minha namoradaMulher de salto sodomizada conto eroticocontos abobrinha na bucetaconto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartos