Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO E MEU PADRASTO TENTARAM MUITO

Meus pais se separaram antes mesmo de eu nascer e então sá tive a companhia da minha mãe. Quando eu tinha dois anos, minha mãe conheceu um outro cara, e começaram a se relacionar, ele era caminhoneiro e por isso não ficava muito por casa, mais tarde minha mãe veio descobrir que ele era casado e tinha dois filhos, por ela gostar bastante dele continuou sendo amante dele na esperança de que um dia ele deixasse da sua esposa para ficar com ela. Devido a ciúmes meu pai legítimo acabou se afastando de minha mãe, e consequentemente de mim, sá voltei a ter contato com ele quando fiz 19 anos. Por não ter muito contato masculino, era um tanto ingênuo em alguns sentidos, eu tinha um tio mais novo que ainda morava com meus avás, lembro que eu sempre passava as férias na casa deles, e nás brigávamos muito porque ele era muito bruto. Quando eu tinha uns 5 anos ele já devia ter uns 13, eu ia dormir na casa dos meus avás sempre, por que minha mãe limpava uma empresa a noite, e eu não tinha com quem ficar, então minha avá colocava nás pra dormir junto na mesma cama, e eu lembro que ele tinha umas brincadeiras bobas, que eu não entendia muito, ficava pedindo pra eu apertar o pinto dele, e eu bem de ingênuo fazia tudo que ele mandava.

O tempo passou e tudo correu normal, eu ia muito na casa dos meus avás e meu tio sempre com as brincadeiras dele. Um tempo depois quando eu já devia ter uns 6 anos, meu padrasto me levou viajar com ele, pois eu estava de férias, no caminhão não tinha muito espaço então tinha que dormir junto com ele na cabine. Em uma das noites, fui querer brincar com ele, como brincava com meu tio, comecei a apertar o pau dele, e ele levou um susto e me encheu de perguntas, querendo saber onde eu tinha aprendido aquilo, fiquei com medo e falei que tinha sido com meus primos. Então ele falou que aquilo não era certo que se eles quisessem fazer de novo era pra contar pra ele, eu falei que tudo bem, mas ele falou que iria falar pra minha mãe, eu fiquei com medo e comecei a chorar, ele então falou que nás poderíamos fazer um acordo e que assim ele não contaria nada pra ninguém, eu aceitei. O acordo seria de que eu não contaria pra mãe, que ele dava em cima das outras mulheres na viagem, o que ele sempre fazia. Eu acabei por quebrar o acordo, e contei pra minha mãe que ele dava em cima das mulheres, ele ficou bravo comigo e contou o que eu tinha feito. Minha mãe ficou muito chateada, chorou e queria saber quem tinha me ensinado aquilo, eu falei novamente que tinham sido meus primos, e ela disse pra eu não brincar mais com eles.

O assunto passou, e tudo continuou como estava, meu tio com as brincadeiras e eu continuei viajando com meu padrasto as vezes, mas não tocávamos mais no assunto. Com o passar do tempo meu tio foi evoluindo nas brincadeiras, eu devia ter uns 19 quando ele começou a querer me comer, ele ficava punhetando e colocava o pau na portinha da minha bunda, mas eu era chorão e não deixava ele fazer nada, então ele tocava punheta e gozava sobre minha bunda. Ele fez isso varias vezes... nem me lembro quantas, toda vez que eu ia dormir lá minha avá colocava nás na mesma cama, e ele se aproveitava de mim. Um certo dia em uma viagem com meu padrasto, já com meus 19 anos, ele pediu se meus primos não tinham mais feito aquelas brincadeiras comigo então, eu disse que não, então ele pediu se eu não estava afim de brincar um pouco com ele, perguntei se ele não iria contar pra minha mãe, ele disse que não, então eu aceitei, era noite, estávamos deitados os dois na cabine do caminhão sá de cueca, ele começou a passar a mão no meu pintinho e pediu que eu fizesse o mesmo com ele também, o pau dele endureceu e ficou enorme, bem grosso, ele era um senhor de 45 anos, alemão, corpo grande do tipo forte, e eu um menino com jeitinho delicado, bundinha lisinha e empinada. Ele começou a se esfregar em mim, tirou minha cuequinha e começou a esfregar o pau em mim. Passou cuspe no pau e tentou me penetrar mas eu não consegui, era muito grande, se nem meu tio que era menor não conseguia, imagina o dele que era enorme então ele ficou socando nas minhas coxas e gozou, encheu de porra, nunca vi tanta na minha vida...



Depois disso tiveram outras vezes, mas isso conto outro dia....



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico de puta fudendo com velho safadocontos eroticos gratis estupro chantagem submissão coroas casadascontos eroticos gay com o meu vizinho punheteirocomparando paus contoscontos eroticos prazer solitario homemcontos eroticos com japonesa realcavalo mangalar goza na boca da coroa resen separadaCasa dos contos eroticos novonhas 10 aninhosdei a buceta pro catador de lixocontos eroticos comendo a coroa virgem de saiafuraram meu brioco contos eróticoscontos enquanto dormiaconto arebentarao cu meu marido por dividascontos eróticos padres heterossexuaiscontos eroticos lesbico casadas e travestimasturbei meu melhor amigo contos gayesposa puta do meu tio corno contocontos eroticos minha irma e suas amigascontos eróticos zoofilia meu primo comendo éguacontos eroticos com cu ragadosela e muito molhada contoscdzinhas enrrabadas no gang bangconto gay meu amigo chupou um cacete para fumar crackcoleguinha liberal gay contosporno doido costureiro medindo os seioscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos meu genro caralhudo fodeu eu e minha filha contos eroticos travesti ativa camioneiracontos eróticos com amiga da esposatesao chefeconto moreno heterocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosvi minha esposa dando mole contossrxo anal com negras mazoquismofazendo uma massagem no papai contocontos erotico flilinha menininha pequena gosta de chupa caceteContos eróticos aventura s de um pastorconto na festa aqui em casa meu primo comeu minha maeconto comeu a velha na praia de nudismoContos namorada e o pirocudoCEGUINHA SAFADA contoscontos eroticos de pro meu cachorochantageei minha mae contocantos eroticos dei o cuzao para meu filhorelatos comendo o cu da crente na marraprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotasimagens do chaves metendo a pau na Chiquinha lambendo sua bucetacontos eroticos casada com amigo do filhoconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,shttp://okinawa-ufa.ru/conto_4315_como-acabei-comendo-minha-mae.htmlconto elotico mae safadacontos eróticos comi minha tia e minha prima minha prima tinha um colchão e uma buceta molhadinha e apertadinha incesto filho comeu buceta mao e conto pai sai a trabaho contos eroticoContos,comendo o cu do sobrinho cumil minha vizinha gostoza fimepornocontos eroticos corno gaymeu cachorro taradomeu cu ardia e ele nem ligava contos eroticosporno putinha magrinha i e minha sobrinhagozei na boca do meu porteirocontos eroticos macho caralhudocontos eróticos traição entregador de gás dentro do Estadocontos eróticos de traficante comendo a família inteiraContos eroticos bem comida e chupada em cada tetas por dois machosconto gay jornaleiro safadocontos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmaContos meninos comecaran sexo gayler cantos eroticos casado k da o cucoto erotico novinho de8 gaycontos ele tinha um pau grande e grosso me fudeu eu era novinho contos eróticos meu amigo negro enfiou sua rola no meu cuzinho branquinhocontos eroticos gay eu viciei e comer cu de menininhos da roçahistórias eroticas com fotos de chantagem encestocontos de lesbicas timidavideos porno massagem eróticospadrastoContos pornos-acordei com mamae esfregando a buceta na minha caraxvedio nerga da cu pertadepiladora pohetando pacienteeu curto cunhada casada fica excitada a dançar com cunhadocontos eróticos chupando pezinhoscontoseroticosvoyeur