Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI EMU CABAÇO COM CASAL AMIGO II

Como eu dizia no outro conto apesar do sexo oral maravilhoso meu selinho continuava intacto... Como era sexta feira do Carnaval, cada um de nás seguiu sua agenda e a noite pegamos a estrada sentido litoral... O tesão nos devorou a viagem toda, fomos falando os mais diversos assunto e a cada metro mais práximo da casa a ansiedade me corroia mais.

Ao chegarmos a casa não aguentávamos de tanto tesão... Mal tiramos as malas do carro e Paulo já partiu para cima de mim na sala mesmo!

Colocou meus seios para fora e pôs a mamá-los com sofreguidão, Alice já havia tirado o pau dele para fora e mamava... Safada minha amiga... Paulo parou de mamar meus seios e falou docemente em meu ouvido:

_ Posso te possuir? Estou doido pra isso...

Confesso que na hora tremi na base... Medo de ser punida, medo do tamanho do cacete de Paulo, medo de doer, mas minha xaninha tava tão encharcada e aquilo tava tão bom... Que simplesmente assenti com a cabeça.

- Tesão! –Paulo comemorou e desceu sua mão habilidosa na minha xaninha... Prometo que vai ser tudo de bom... Vamos fazer tudo direito tá? Você confia na gente?

- Sim, confio...

Tiramos a roupa e fomos tomar banho, quando sai do chuveiro, eles haviam arrumado a cama da suíte principal (aquelas king), tinha luz de velas e um espumante no gelo... Paulo usava um robe e Alice um espartilho preto que a deixava mais gostosa... Os dois vieram em minha direção, demos um beijo triplo enquanto as mãos deles percorriam meu corpo, me enchi de tesão novamente olhei para baixo e o cacete de Paulo estava duro o peguei e passei a punhetá-lo... Alice trouxe-nos uma taça de espumante que bebemos um no corpo do outro. Paulo deitou Alice na cama e me mandou:

- Vem cá e dá um trato na tua amiga vem... -abaixei-me no meio das pernas de Alice e pus me chupar todo melzinho que saia da sua bucetinha... Paulo foi de joelhos até a boca de Alice e ela começou a chupá-lo... Era como se ele fudesse a boquinha dela. Alice gozou uma vez na minha boca e eu passei a fude-la com a minha linguinha (o que modéstia a parte devia estar muito bom porque ela gozou de novo). Paulo aprovando minha atitude sá nos observava, quando ela gozou a 2ª vez afastei-me e Paulo subiu encima dela e a fudia com vigor... dos pés da cama eu os observava e minha bucetinha queria aquilo também... comecei a me masturbar mexendo no grelinho e gozei também.

Paulo me puxou pelo braço e enquanto fudia o cuzinho de Alice que agora estava de 4, mamava nos meus peitinhos. Os gemidos de Alice ecoavam e isso nos dava mais tesão. De repente Paulo tirou o pau de dentro dela, puxou minha cabeça e me fez beber todo seu leitinho. Alice veio e me deu um beijo na boca como se quisesse roubar todo leitinho do seu macho de mim.

Paulo havia gozado e meu selinho ainda estava lá... Será que ficaria para o dia seguinte? Eles me deitaram na cama e Paulo foi tomar um banho, Alice me acariciava...

- Nás te amamos tanto! Confie em nás agora viu querida!

Apenas sorri e ela me beijou. Alice virou-se para o lado pegou um pequeno vibrador na seu nécessaire que estava na mesinha de cabeceira. Ela o ligou e o encostou no clitáris enquanto lambia minha grutinha, não aguentei comecei a gemer alto e a me remexer...

- Calma relaxa, sá curte!- ela me falava- sá curte!

Quando senti que is gozar, a filha da puta parou tudo!

-vamos deixar essa gozadinha pra mais tarde meu bem.

Paulo já havia saído do banho e nos observava enquanto batia uma, para se reanimar, ela continuou me beijando, sugando meus seios. Quando o pau de Paulo deu sinal de vida ela virou-se por cima de mim abriu minha pernas e começamos um 69 delicioso. Foi quando senti uma pressão na porta da minha xoxota... tentei fechar minhas pernas mas Alice não deixou... a pressão foi aumentando, aumentando e eu sentia cada milímetro do cacete de Paulo penetrar em mim, a dor, o tesão, somada às linguadas da Alice no meu grelinho me fizeram gozar como uma puta... ao sentir-me gozando Paulo socou fundo seu pau em mim e começou a me foder com o mesmo vigor que havia fodido Alice antes. Gozei mais uma vez, quando ouvi sua voz firme... vira ela de 4. Invertemos a posição agora Alice estava embaixo enquanto eu por cima dela levava o cacete de Paulo... delicia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! gozei mais uma vez... nesse momento Paulo diminuiu o ritmo das estocadas e começou a passar algo gelado no meu cuzinho.

Caralho como aquilo era bom! Devagar ele retirou o pau da minha xaninha ( nesse momento judiada) e colocou o vibrador que antes Alice passara no meu grelo, e senti seu dedo no meu cú, depois dois dedos, depois as pontas de três dedos, até que senti a cabeça do seu pau forçando meu cuzinho...

- relaxa putinha- ele me falou- isso vai ser mais gostoso... ele forçava a entrada do seu pau no meu cuzinho, doía mas as lambidas de Alice no meu grelo, e o vibrador na minha buceta, estavam me deixando doida.

-Puta como é apertadinha- ele metia gostoso...- LILi ela é como você um tesão! Apertada, gostosinha, ele falava isso e aumentava o ritmo das estocadas... cara não vou resistir vou encher teu cuzinho de porra... minha duas putinhas... vou fuder muito vocês esse fim de semana! O advogado havia sumido, o Paulo educado, fino havia sumido e o dominava o macho, o macho que me possuía, me fazia gozar, e enchia meu cuzinho com sua porra.

Agora éramos três!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


travesti dç palpitante so come mulher casadacomedor comido contosincestodesenhopornôcontos eroticos gay nao aguentei e deiconto herotico estorei abuceta virgem da. filha ela grito de dor na bucetacontos de coroa com novinhoPorno conto encoxando a casada com o esposo perto buzaocontos eroticos do chavesbrincadeira de lutar comi o viadinho. contosmãe não deixa filho fude.com ela.na.vuzinhacontos eróticos com velhoscontos eroticos comi a cozinheiracontos eroticos enfiava vegetais na bucetaesposa puta do meu tio corno contoeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eroticos minha irma e suas amigasminha tia travesti contoscontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecosconto erotico foda com a viuvinhacontos eroticos a filha do pastorconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhaconto elotico mae safadaContos eroticos rocaConto gay incesto rocacontos eroticos gay transei com velho gaymeu filho xerou meu cuContos eroticos gay estupradoeu quero ver a buceta da atriz francesa catharinedeneuvegosei muito na pau do meu irmaoConto erotico pagandoconto erodico com mae gostosavídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexomamae comeu a minha bucetinha foguenta conto eroticocontos eroticos da minha esposa na praiaconto dotado fodi madrinha do casamentominha namorada se mostrando para outros contocontos eróticos gay iniciado pelo paimulher caucinha tirando xoti para fudeconto corno calcinhacontos erótico de lesbicas chupando a Buzeta da amiga e fodendo com penis de Burrachaesposa e sogra metendo na praia contosvovó transando com seu neto e achando ele gozar todinho nacontos comi a minha norinha apertadinhacontos eroticos escolapó RNdoidoContos eroticos-lesbica plugmarido dopando esposa pra seu amigo comer ela mais ela grita de mais mesmo assimconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdovi minha tia nua contospatricinha porteiro conto eroticocontos de cú de coroa viuvacontos de lesbicas coroascontos erotico com mim tia sem calcinhaContos eroticos no acampamentocontos veridicos dezoofilia por novinhasContos eroticos sexo selvagem maecontos eroticos carro lotadocontos eroticos foderam a minha namorada no cine pornoconto erotico gay chupando tio bebadocu melado de manteigaContos erotico desvirginei as filhas do meu amigotacou a piroca na vizinhaZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorconto gerou comer a sograFamiliasafadacontosconto ebebedei minha cunhada pra come o cu delacontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimcontoscabineeroticaSOBRINHO CARENTE CONTOme mesturbei no banheiro e agira?Conto erotico, namorada cagou no paucontos com teens sentando na ro do pri com doze anosfada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetacontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhoscontos esposa loira recatada