Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE, MEU PAI E MEU PADRINHO

Meu padrinho tinha um sítio na serra e fomosmpassar uns dias lá com ele. Logo no 1° dia ele nos convidou para tomar banho de cacahoeira. Sá que havia uma exigência. Já que estávamos em contato com a natureza, tínhamos que ir pelados. Minha mãe reclamou um pouco mas meu pai insistiu e todos tiramos a roupa e caminhamos,peladfos para a cachoeira. Como não podia deixar de ser, ao ver minha mãe e minha irmã peladas, meu pau ficou duro. Disfarcei e sai correndo para a cachoeira. Mergulhei na psicina natural e alie fiquei esperando os outros chegarem. à medida que os via mais excitado ficava. Percebí que meu padrinho e meu pai estavam com os seus paus querendo ficar duros. Minha irmã tinha uns pentelhos ralos e claros, seu peitinhos pareciam duas peras.minha mãe, que mulher, lindos seios, os mamilos pareciam amoras, suas pernas maravilhosas. Chegaram os homens mergulharam. A água estav a fria o que desencorajou minha mãe e minha irmã. Minha mãe deitou-se sobre uma toalha para tomar sol. Minha irmã deitou-se ao seu lado. Ambas de bunda para cima. Que bunda lindas. Mas, de repente, meu padrinho de aproximou delas e perguntou se queriam que ele passasse protetor solar nelas. Responderam que sim e, minha nossa, que sensação deliciosa, ele começou a esfregar as costas de minha mãe, foi descendo demorouy umpoucomais na bunda dela, foi às coxas e chegou aos pés. Perguntou se estava bom e ela respondeu que sim. Meu pai olhava embevecido. Meu padrinho,o chamou e mandou que ele passasse o protetor em minha irmã. Meu pau estava duro de doer. Meu pai começou devagar, alisava as costas, descia para a bunda e para as coxas de minha irmã, quando pervei que ele estava de pau duro, meu padrinho já estava com o cacete em pé e eles não faziam nada para esconder. Ai resolvi sair da água e deixar que eles vissem que eu também estava de pau duro. Eles viram e riram.Perguntaram, se ei queria passar o protetor nelas. respondi que sim. Meu padrinho mandou que minha mãe se virasse de frente e mem mandou untá-la, o que comecei a fazer sentindo que ia esporrar de tanto tesão. Esfreguei os seus seios e ela deu uns gemidos gostosos. Desci até a sua buceta e a acariciei com maestria. Esfreguei suas coxas.Meu pau duro como nunca estivera e todos vendo. O tesão era demais e quando comecei a esfregar os pequenos seios de minha irmã, esporrei em cima dela. Envergonhado pulei na água. Meu pai e meu padrinho riram. Minha irmã perguntou o que era aquilo e foi se lavar. Minha mãe falou qualquer coisa com meu pai que ficou um pouco tenso, mas logo passou. Ficamos mais um pouco e voltamos para casa. Eu resolvi continuar pelado e pedi para minha irmã também ficar pelada. Ela me perguntou o que tinha acontecido que meu pinto jogou um catarro nela. Disse-lhe que não era catarro. Ao contrário era algo muito bom que muita gente gostava de engulir. Disse-lhe que à noite lhe ensinaria umas coisas gostosa. Ela respondeu que queria aprender coisas gostosas e me disse que quando se sentava no colo, do padrinho sentia uma coisa durta embaixo dela e gostava quando ele apertva os seus peitinhos e passava as mãos em suas pernas. Como eu não sabia disso, meu tesão aumentou. Comecei a perceber que havia algo entre meu pai, meu padrinho e minha mãe. Bom isso fica para outra ocasião. Se este relato fpor publicado, prometo que contarei casos reais maravilhosos que aconteceram entre nás 5. Até lá.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha esposa quer um menininhoraparam minha buceta a força contos.contos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhacontos eróticos cunhadinhas safadas com fotoscontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhoContoseroticosabusadaconto erotico madre superiora popozudaninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiscontos ele tinha um pau grande e grosso me fudeu eu era novinho contos erotico com mim tia sem calcinhacontos namorada bonde todomeu vizinho velho adora come um rabinho do novinho contospono conta erotica de relato di estrupo dentro do matocomo fazer pra minha sogra ter tezao por mimwww.contos enrrabando menina de rua novinhacontos eróticos seduzindoContos eroticos de submissa e inversaoConto erotico coroa patroacontos de comadres que foram enrabadas dormindomadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouconto erotico fiz sexo com meu alunocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos casada no onibuscontos de mulheres ninfomaniaca por sexomulheres com dhorte branquinho com cuzaoconto erótico arrombei o fortãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteputariaemfamilia.zip.netcontos travesti bundudo dando pra caminhoneiros em postoconto porno amigo punheta apostacontos minha enteada minha amantecontos eróticos gays perdi minha virgindade com coroa pauzudocontos eróticos comi minha vizinhacontos eroticos evangelicaporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhamae e filha sendo arrombadas contoconto d patricinha c o borrscheirocontos eroticos infanciaonto de encesto fui pega minha filinha no precontos eroticos o traficante comedor de casadascontos eróticos de incesto mãe que deu o cu para o filhocontos eroticos mulher fica engatada com cachorrofamilia fdemdo pornodoidoluta erótica tia e sobrinhocontó gratis o roceiro chupou minha bucetacontos eroticos arrombando a gordasujas de margarina no cucontos eróticos de mulheres casadas que curtem zoofilliacomi minha sogra fofinha contos eroticocontos eróticos dormindo com a porta abertacontos eróticos corno ...eu gritava que estava no período fértil...conto erotico gay chupando tio bebadocontos eróticos sadomasoquismo argola enfiada na bucetaconto erotico gay apertadinhoboduda banhao banheiro calcnhaContos eroticos galerapivete de penes de fora e tocando puietaconto erotico d quem perdeu a virgindade com pistoludcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de cornos asumidos 2005Contos punheta duplacontos eróticos minha namorada e amigo no banheiro juntoscontoseróticos/negropauzudoMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolverontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certocontos eróticos com infidelidade de esposacontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofaconto meu patrao mim comeu e comeu minha filhacomtos eroticos realidadeconto erotico trepei com meu primo engravideicasa dos contos flagrei meu filho fudendo o xoxotao da minha irma e sobrinha putonasconto gay dando o cu com anostenns gemeno e gritanocasada se vendendo pro caminhoneiro-contosmeu cao meu machocontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elaconto erotico vendo minha filha e meu genro gozei sozinhasarinha contos eróticos numero de telefonecontos com travesticontos eroticos ele comeu toda a famíliacontos eróticos com velhoscontos eroticos arrombando a gordavizinhasafada adora língua na xotacoto erotico de garoto com mototaxistavidiooporno professora trepando com alunoscontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgcomeu o cu sa cunhada contosconto erodico sexo irma e maecontos como adoro ser cofnohttp://okinawa-ufa.ru/conto_6970_estrupada-na-saida-da-escola.htmlcontos eróticos suportando três cacetesconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucontos eroticos negao pwgando mae e filha na frente do marido