Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ELZINHA, ESPOSA E PUTA

Minha puta Elzinha



Sempre gostei de putas.

Desde de bem jovem sempre busquei e aprendi com elas.

Tanto assim, que passei a sonhar, bem acordado, em casar com uma puta.

Acabei casando com algumas. Mas, sempre tem um mas. Nem todas eram como eu desejava ou havia sonhado.

Me separei, casei e separei.

Até o dia em que encontrei Elzinha.

Morena, baixinha, magra e de peitinhos duros e lindos.

E a bunda de tomate mais linda que vi em minha vida.

Trabalhávamos em uma mesma firma. Ela psicáloga e eu um dos chefes.

Todos comentavam que ela era uma biscate, uma putinha da pior espécie.

Que corneava o marido, com qualquer um.

Isso me encheu de tesão e vontade de a conhecer melhor.

Passei a perguntar e pesquisar e de fato obtive a confirmação que ela era mesmo da pá virada.

Assim, comecei a frequentar suas atividades do teatro amador.

E assim nos aproximamos e começamos a nos conhecer.

Coisa de dois meses depois, eu havia me separado novamente e perdido minha mãe.

Elzinha veio um dia ao meu escritário para me dar pêsames e me consolar.

Ao sair, se aproximou de mim e me beijou. Não um beijinho, senão um beijo de língua que me fez ficar louco de tesão.

Tranquei a porta do escritário, plenas 14:30 de um dia de trabalho.

Agarrei sua cabeça e beijei-a loucamente.

Enquanto isso, ela abriu o zíper de minhas calças e se ajoelhou a minha frente, passando a me chupar.

Ela o fazia de forma maravilhosa, literalmente engolia meu pau e o mordiscava me dando mais e mais tesão. Assim, gozei como louco. Ela não perdeu uma gotinha de minha porra.

Conclusão, coisa de três meses mais tarde nos casamos. Um escândalo na firma. Uma parte comentando sobre o novo corno. A outra com inveja por eu ter aquela mulher linda, louca e maravilhosa sá para mim.

Fodiamos de manha, na hora do almoço e de noite.

No escritário dela, no meu. No carro, na praia, quando andávamos de ônibus interestaduais. Em elevadores que parávamos entre dois andares. Fodiamos o tempo todo, que tivéssemos um instante a disposição.

Um domingo na praia, ela acabou por me contar todas, quase, suas historias de amores loucos.

Isso me encheu de tesão e um louco desejo.

Pedi a ela para sair mais tarde. Ir com nosso carro a praia e encontrar alguém para ela comer e ser comida. Sorrindo ela aceitou meu pedido. Colocou uma micro saia, uma blusinha de seda branca e o melhor para mim. Completa lingerie negra. Calcinha, o sutiã e cinta liga. As meias também fininhas e negras.

Depois de duas horas ela voltou para casa. Chorando muito. Perguntei o por que e depois de muito esperar ele me contou que tinha fodido demais, com um rapaz lindo e que ele havia gozado em sua boca e na bunda alem de duas vezes na buceta. Mas, o que ela queria era que eu estivesse lá, junto com eles. Louco de tesão e de ciúmes comecei a enfiar meus dedos em sua buceta e senti-la toda molhada e melada. Suas calcinhas estavam úmidas e suas coxas também. Ela gemia e dizia que queria mais porra.

Assim, fodemos, por horas. Um calor danado, suamos o que podíamos. Gozamos e gritamos tanto que acordamos os vizinhos. Alguns meses depois percebemos que o zelador ficava sob nossa janela, 1° andar, e se masturbava loucamente nos escutando...



Eu trabalhava muito e ela tinha muitas folgas devido ao trabalho na cidade.

Algo que me deixava louco de tesão e ciúmes era imagina-la fazendo de suas artes com alguém. Na praia, em casa, no carro. Ora em qualquer lugar.

Tesão e ciúmes que se abrandavam quando eu chegava em casa e ela sorria me dizendo: tem um presente para você.

O presente era ela me contar o que havia feito, nos mínimos detalhes. Não me deixava tocar nela. E depois levava minha mão para o meio de suas coxas quentes, onde eu podia sentir aquela umidade que me enlouquecia. Ela toda era um mar de porra. E isso me deixava louco de mais tesão ainda e fodiamos como loucos.

O que ela mais gostava de fazer era mentir para mim.

Sempre mentia que não tinha feito nada. Como eu podia pensar isso. Que ela não tinha tempo nem tesão. Que todo seu, dela, tesão era por mim.

Ato continuo quando eu fazia cara de pidão e desolado por não haver presente. Ela ria, aquele sorriso perolado e safado e me puxava para o quarto onde metia minha mão no meio de suas coxas. Depois arrancava suas calcinhas, sempre negras, e esfregava em minha cara.

E assim começava tudo de novo.

Elzinha foi de fato a mais perfeita e maravilhosa pauta que tive em minha vida.

Ela fodeu com todos meus amigos e conhecidos e claro desconhecidos também.

Com o tempo descobri que o que ela gostava mesmo era de jovens. Bem jovens mesmo.

Assim, ela passou a colecionar amantes jovens e bem feitos.

A maior parte ela me apresentou como seus amigos. E eu como tio dela.

Se você gostou conto mais mail: [email protected]































































VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos tia suruba com sobrinhosConto gozei dentro da lilianecontos eróticos AHHHH OHHHHcontos eroticos troca casais com gravidezcontos eroticos de padrinhos com virgenscontos com maes de sainha incestoa velha e o pedreiro contos eroticoscontos eroticos com idosascontos chupando meu paichantagem minha irmã e como o cú delsconto eu e minha irma somos safadas meu cunhado leva chifre diretoconto erotico enfiou objetogostosa rica traiu contosconto elotico mae safadacontos eroticos mae santinhaminha filha com calcinha fio dental ve contosContos exóticos chatoContos eroticos menininhaContos eroticos esposa sogro na frente do maridosentado no colo conto gaycontos de cú de coroa viuvacontos eróticos AHHHH OHHHHconto erótico novinha no sitioconto erotico chupada pelos meninosContos eroticos de pai engravidou a filha peitudacomendo minha irma mais nova contos eroticosesposa puta do meu tio corno contovoyeur de esposa conto eroticoconto deixei minha esposa foder com varios homem na minha frentePega minha xerequinha tio contos eroticoscontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos eroticos fraguei minha esposa e sua amigacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscocando a xerecona cabeludona por baixo da saia sem calcinhasContos eroticos no acampamentocontos coroa casada minha escravaConto erotico um travesti me algemoulésbicas casadas liberadas conto eróticoconto erotico abusarao mim metroa pica do papai com sebo contos gaycontos eroticos as tres safadinhadcontos eroticos primasContos eróticos de lésbicas transando na casa da amiga de muitos anoscasa dos contos eróticos incesto comendo o cu da mãecontos de coroa com novinhoContos mãe no coloa prima casada da minha esposa conto realvideo de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elaContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiocomeno a vacaContos eróticos apagao sogradedada esposa corninho rindo otário contoCdzinhas litoraltirei o cabacinho de minha sobrinha novinha contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico gay chupando tio bebadofodno a sobrinha da munhsai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulherCONTOS EROTICO COM A PRIMA E TIAMinha esposa obesa dormiu bebada e abriu suas pernas e meteu contomulheres peladas passando manteiga uma na outraver relato picantes da professora transando com a aluna sexopau atochado no rego da joanaContos eroticos meu sogroContos erotico prima danp pro primo roludo.arromba elacontos lesbicos, depois de viuva realizei meu sonho chupei uma mulher com clitores avantajadocontos de coroa com novinhocunhadinha provocando seminua dentro de casacontos sex emsitioscontos de casadas escravascomtos.eroticos.com.novinhos.pica.de.cavaloconto erotico comendo mae do analamigoConto de sexo com animalcache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html gozandocomoloucas comContos vovó no banhoele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhascontos eróticos a aposta da esposacontos eroticos lesbicos secretariaConvenci minha mulher dar pra outrocontos eroticos namorada virgemmenina dentuça de olhos verdes xvideosContos eróticos com cão.mulher do mendigo conto eroticocorno viado contoscontos eróticos na roça com minha maeparaiso dos corninhoscontos sado marido violentosguri gozando na lajecontos de zoofilia com pai e filhinhacontos eroticos irmãzinhascontos eroticos de meninas putinha aind bbconto eroticos comi minha tia com a calcinha na mãocontos eroticos de feialésbicas castigando o rabo da parceriavideo de mulher transando no atelier delacontos eroticos dando o cu mais que xuxu