Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONFRATERNIZAÇÃO SURPRESA 2

Primeiro gostaria de agradecer aos votos, fiquei super feliz!



Bem agora vamos voltar ao acampamento...

Depois de um banho super relaxante, liguei meu celular para ver se tinha alguma mensagem, bem tinha uma do meu noivo avisando que so chegaria no sabado a tarde, pois não tinha terminado o serviço.



Puta da vida reclamei com a minha mãe sobre essas desculpas esfarrapadas, mas ela falou para eu não me preocupar, falou que era bom eu dar uma caminhada e pediu para eu procurar meu pai e ver se a reunião ja tinha acabado.



Fui em direção ao salão onde estavam reunidos e vi que a porta ainda estava fechada, dei meia e voltei para o nosso chalé.



No caminho passando pelos outros chales, alugados para os funcionários, muito xereta, fui espiando nas janelas, algumas so com a janela de vidro fechada, quando olho no chalé de uma das secretárias, levo um susto, vi um homem que acredito ser o marido, deitado na cama se masturbando, aquilo me deixou chocada, o cara estava com a maior cara de pau se masturbando e olhando para o teto.



Fiquei um tempão olhando quando ele vira o rosto para a janela e me ve, eu gelei na hora, virei o rosto e sai correndo.



Olhando para traz, eu acabo batendo de frente com o dono do camping, era um homem gordo, todo suado e com a pele bem queimada de sol, deu um sorriso para mim e pergunto o porque de tanta pressa.



Quando eu ia responder ele me falou na lata, os seus amigos ja foram embora... eu fiquei branca de novo e gagejando eu perguntei que amigos?



Olha eu patrocino os meninos e eles me contam tudo, alias eu ja tinha percebido que voce era muito safada, andando por ai com esse shortinho todo enterrado e essa blusinha.



Eu ate me esqueci do cara batendo punheta, olhei para o homem e falei que era tudo invenção dos meninos e segui em frente, ele me puxou pelo braço e falou:



- bem posso trazer os meninos para comentar perto do seu pai o que eles fizeram e falar da sua marquinha na bunda.



Olhei para ele e falei ta bom, eu fiz não vou mentir, mas por favor isso fica entre nás!



Claro que vai ficar ele disse, e ainda segurando no meu braço, me falou vamos dar uma caminhada quero mostrar tudo para voce.



Andando com ele eu falava, olha o senhor não esta entendendo, se eu falar o que esta acontecendo com o meu pai ele vai processar o senhor.



Mas eu não fiz nada, ele respondeu, so voce que fez por enquanto, e se quer guardar segredo precisa fazer novas amizades.



Olhando para ele eu pensei, bem vamos ver até onde ele vai levar isso tudo, e fui caminhando.



Chegamos até o escritário dele, ele abriu a porta com a chave e assim que entramos ele trancou novamente.



Aquele cheiro forte de suor, e as mãos asperas comçaram a mexer comigo, eu sentei calmamente na cadeira e perguntei?



O que o senhor vai mostrar para mim aqui, não vejo nada, so a sua mesa e um monte de papeis...



Ele riu e abrindo um armario tirou dois copos e me serviu uma dose de whiski, como não sou de beber muito, aquilo descer queimando minha garganta.



Quando olho novamente para ele, ele esta soltando o cinto, hipnotizada eu fico olhando e achando graça, quando ele abaixa completamente a calça eu vejo o volume na cueca, aquilo parecia ser enorme, rapidamente ele pede para eu apalpar por cima, com a mão ainda tremula eu aperto e levo e percebo que ainda não estava duro.



Ao abaixar a cueca eu vejo o pau mais lindo que eu jamais vi, era grande, liso, cheio de veias e com uma cabeça enorme, parecia uma maça, alisando o pau ele me fala:



- eu sei que voce gosta de ver homem se masturbando, então que tal voce me ajudar.



Eu estava louca para ver aquele pau duro, para ver qual o tamanho que ficava, eu falei olha eu so vou te masturbar e depois vou embora, ok?



Ele gemendo falou, faz so o que voce quiser.



Comecei a masturbar e senti o pau ficando duro, brilhando, era um contraste com aquela barriga enorme. Sentada na cadeira e ele em pé o pau cada vez mais duro apontava para minha cara.



Perguntei se ele ficava mais duro, e ele me responde se fizer bastante carinho... sim



Fechei os olhos e abri a minha boca, comecando a chupar aquela maça, chupava com força, engolindo pouco a pouco aquilo tudo, sentia latejando e ficando mais duro.



Criando coragem eu comeco a chupar todo o pau, passando a lingua por baixo da cabeça, chupando o saco, as bolas, apertava com uma mão e masturbava com a outra enquanto chupava a cabeça.



Derepente eu sinto a sua mão forte, apertando minha cabeça, forçando eu engolir cada vez mais, sinto a cabeça enorme socando minha garganta, ele gemendo e eu ficando ensopada, que delicia de pau, respiro fundo e abro mais minha boca, é um sinal que ele entende rapidamente, e enfia todo aquele pau na minha boca, sinto passar pela garganta me sufocando.



Ele entra em um ritmo e comeca a fuder a minha boca, dando estocadas com força e sem parar, sinto o pau latejar cada vez mais, duro como uma pedra, sinto um jato forte, quente e abundande, por um minuto penso que ele esta mijando, tanto que saia daquele pau, engulo o que posso, mas muito, escorre pela minha boca.



Olho para cima e vejo um rosto de felicidade, naquela cara de safado.



Me levanto e falo, preciso ir minha mão ja deve estar me procurando.



Ele rindo fala, pode ir, depois eu te mostrando o resto, mas não foge de mim, porque tenho muita coisa para voce ver.



Eu rindo falo, sá ver? Abro a porta e saio, olhando para ele, limpo a boca com a lingua e depois com a mão, isto é melhor que whiski.



Vou em direção ao chale lembrando o como era bonito o pau daquele gordo.



"Campanha - vote nos meus contos eu fico muito grata e me crio coragem de contar mais...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  condos erodicos perdendo virgindadeIzildinha gozando na buceta da outracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos heterossexuais na obra crente mulher do meu amigo contosChuva dourada entre pai e filha contos eróticosconto erotico titia coroacontos duas casadas putas trepando com cão e um homem tambempegando hetero casado conto gaycontos de minha sogra cheirou minha cuecacontos esposa dando pro pedreiro na reforma de casa sem o marido safada reaisconto erotico mae buceta peluda metendo com jegeperdi meu cabaço para o patrao sobre chantagegrelao 4cm contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos de masturbação com objetos no ginecologistaContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto transando com a domestica gordinhacomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017conto erotico fraldario do mercadocontos eróticos tia praiahestoria erotica do meu marido e c corminhoContos eroticos assanhadascontos eroticos varios travestis pauzudosnegra de calçalegue com a boceta abarecendocontos de mulheres que tomaram ativador sexualContos com cuzinhos rosadoscontos eróticos loirinha de calcinhaconto chantagem da minha irmaconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuContos Eróticos de. Como Dei Para o Amigo do Meu Filhoconto erotico a chantagem tony46conto erotico gay chupando tio bebadoContos Eróticos De Gay Comi a bunda do amigo Do meu Paicontos tia marta sua bundaapanhando e gozando contosestrupando a namorada bebada contoscontos eroticos de bbw do cu arrombadoconto erotico casada comdp e fotoContos erotico com minha vizinha no clubemae e filha sendo arrombadas contotanguinha suja contos eroticoscontos gay cheirei a cueca do meu genroconto bebada mandei goza no cuconto dei para o cachorrinhocontos eroticos no consultorio da maeMalandras e boasudas incestos contoscontos eroticos familiamulheres peladas passando manteiga uma na outraconto erótico cavalos irmã filhamulheres peladas com manteigapicudao e novinha e dimaia e goz xvidiocontos eroticos de casada no hospitalpono conta erótica de relato velha dando o cu e cagando no pautransparente e coladinha bucetinhaconto erotico gay chupando tio bebadoconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos assaltoconto erotico estuprado na frente da minha esposacontos eróticos de mulher casada f****** com velhocontos de sexo depilei minha bucetacontos meu corno viadinhoevangélico emcoxado em ônibus contosEróticospornô.comcdzinhas como tudo começou contosConto erotico cu jeova casadacontos traindo o marido com o sobrinho roludo 2contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos mijou na minha boca