Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXPLODINDO DE TESAO



Bom pessoal, meu primeiro conto, entao vou comecar com minhas caracteristicas... Homem moreno, cabelos castanho claro, curto, estilo militar, olhos castanho mel, 1,72alt, 76Kg, corpo atletico, pois minha profissao exige que no minimo esteja em forma, meu apelido diz com que trabalho, sou do ABC paulista, vamos ao conto...

Era um Domingo, recente, estava fazendo Hora Extra no meu trabalho... e saíria somente as 19 hrs, mas por destino, meu superior graduado decidiu que iria liberar o efetivo daquele dia, saí por volta das 15hrs e 30min, fui para casa da minha namorada para tentar ve-la mais cedo, chegando la nao estava em casa, e ninguem estava la, liguei mas seu celular sá dava caixa postal, imaginei que tinha saído com minha sogra, e resolvi ir para minha casa. Mas acontece que sou ninfomaniaco e estava ha 2 semanas sem dar uma trepada, resolvi que iria matar minha curiosidade naquela hora, de tanto ler contos de masturbação em cine porno, e resolvi conferir... fui direto para o centro da cidade onde tem alguns, e entrei num deles com o tesao fluindo pelos poros do meu corpo...

Ao entrar, nada enchergava, mas com fui ate la com sacanagem na cabeça, parei do lado de dentro, e fiquei em pé assistindo ao filme enquanto minha vista se acostumava com a iluminação fraca... ao acostumar, comecei a ver pessoas sentadas longe umas das outras, sozinhas, nao vi nenhum casal, nem um grupo, resolvi me sentar num local onde nao havia quase ninguem por perto... e conforme ia chegando ao local.... sentei e fiquei ouvindo os barulhos e os gemidos do filme foram me dando um tesao que sá aumentava, vi que uma garota sozinha estava se aproximande onde eu estava, na hora imaginei a garota sentando no meu pau... ela parecia nao estar enchergando nada.... pois andava curvada, procurando as poltronas com as maos, fiquei bem quieto sá olhando, e para minha surpresa... ela senta na mesma fileira que eu estava, com uma poltrona vazia entre nás, penso que ela não sabia da minha presença ali... na hora meu pau ficou duro igual uma barra de ferro quente, na aguentei e fiquei olhando para ela, esqueci completamente o filme, e fiquei passando a mão em meu pinto por cima da calça, logo a vista dela foi se acostumando, nesse momento meu pau ja fazia o maior volume em minha calca, e ela percebeu alguem ali... olhou para mim, olhou em seguida para o volume, e depois voltou a olhar para a tela. Apos alguns minutos passados, ela comecou a passar a mao dela por cima da sua calca jeans, bem na boceta, ela devia estar cheia de tesao como eu estava, eu a comia com os olhos... ela comecou a passar a outra mao nos seios, que pareciam ser deliciosos... fiquei ali olhando ela se esfregar e se contorcendo na cadeira, soltando as vezes uns gemidinhos, nao aguentei e aproveitei o fato dela estar de olhos fechados, sentei-me vagarosamente ao lado dela, sem que percebesse minha movimentacao... eu estava com tanto tesao que nao sabia mais o que estava fazendo, tirei meu pau pra fora da calca, nunca tinha visto ele duro desse jeito... "tenho 20cm e grosso, veias grossas, a cabeça nao eh enorme como todo conto, todos tem paus enormes, mas o meu considero normal"... meu pau estava muito duro, com suas veias bombando muito sangue nele, comecei a me masturbar levemente ao lado da garota... agora conseguia ver melhor e posso descreve-la para vcs... era bem magrinha, estava usando um oculos de armação fina, cabelos presos e compridos, castanhos, carinha de boa moça, estudante, parecia uma professora de emeb, aquelas professoras bonitinhas, com um corpinho nao de modelos gostosas, mas magra, com medidas suficientes para deixar um homem de pau duro dentro dela, aquelas falsas magras, ela estava de calca jeans e blusinha ao meu ver sem sutia... pele bem branquinha... entao continuei ao seu lado... mas acho que devido a minha respiracao, ela percebeu minha presenca e abriu os olhos... e por ter ficado de olhos fechados deve ter desacostumado com a iluminacao, e nao enchergava novamente, mas para saber se tinha alguem la... ela tirou a mao da buceta e resolveu tatear minha poltrona... quando encostou em mim... encostou em mim perna... assustou-se e recuou a mao... fiquei imovel... e para minha surpresa, ela aproximou sua mao novamente... e comecou a passar a mao pelo meu corpo... sentiu minhas coxas, apertou elas, passou a mao pelo meu tronco, meu pescoço, ombros, rosto, e entao puchou meu rosto para perto do rosto dela, e veio suspirar no meu ouvido.... quando ela me disse oi, que sente sua respiracao em meu ouvido, confesso que senti minhas pernas tremerem e se estivesse punhetando ainda teria gozado na hora, nessa hora perdi a nocao, e disse para ela se gostaria que eu tomasse o lugar da mao dela com as minhas, ela respondeu pegando minha mao e colocando ela em sua perna, ela passou minha mao por sua coxa, deslizou minha mao pela parte de dentro da sua perna, e quando estava chegando na boceta, desviou e subiu para a coxa, passou pela cintura e subiu por sua barriguinha, passou minha mao entre os seios e a levou ao seu pescoco, posicionou minha mao abaixo de seu ouvido segurando com os dedos em sua nuca, colocou meus dedos dentro da boca e chupou ele com vontade deixando eles bem molhados, e entao colocou finalmente minha mao bem em cima da sua boceta, era bem inchada, e ela estava suspirando jah... fiquei ali massageando sua bucetinha por cima da calca mesmo enquanto ela passavas as maos nos biquinhos dos seios e gemia bem gostoso, resolvi abrir sua calca e enfiei a mao por baixo, descobri que ela nao estava usando calcinha, que delicia, que boceta enxarcada, um tesao, meus dedos ficaram completamente molhados, fiquei ali masturbando ela... entao ela colocou a mao no meu pau e ficou me punhetando e dizendo besteiras no meu ouvido, o que so me dava mais tesao.... dizia coisas deliciosas do tipo....

Que pau delicioso, adoro segurar ele, adoro bater uma punheta gostosa nesse cacete... enfia esses dedos na minha buceta gato, me masturba, sente minha buceta bem enxarcada por causa dessa pica gostosa... seu safado, gosta da minha punheta? espera so pra vc ver!

Entao nao aguentei, nessa hora eu estava quase gozando avisei que se ela continuasse assim eu iria gozar na mao dela.... ela na hora parou e disse, AQUI NAO! Guarde essa porra toda pra depois, eu quero sentar no seu pau e quero que goze no meu corpo... vamos sair daqui....

Saimos e fomos direto pro meu carro, com ela me punhetando e falando putarias ate o motel quase gozo novamente no caminho... ela se chamava fernanda, e eu me chamo junior, chegando no motel, nem tive tempo de trancar a porta... ela jah me arremessou na cama.... e arrancou toda sua roupa... disse para ela se deitar e esperar, que iria satisfazer um desejo dela, voltei no carro e peguei minha farda e meu cinto operacional com arma, algema, cacetete e tudo que tinha direito... entrei no banheiro do motel e a vesti, quado saí ela nao acreditou no que viu e pediu para ser revistada por mim dizendo que sempre quis um policial passando a mao em suas partes mais intimas numa abordagem... coloquei ela proxima a parede.. abri suas pernas, e mandei colocar as maos na parede, e entao fiz todo procedimento como se ela estivesse vestida, passei a mao entao nao sua bucetinha por tras, de delicia, estava escorrendo de tanto tesao, enquanto a revistava coloquei o meu pau pra fora da calca, e entao estava duro e babando por ela novamente... coloquei ela um pouco mais curvada para averiguar melhor aquela bunda e queria ver seu cuzinho... aproximei meu quadril ao dela... esfregando de leve a cabeca do meu pau em sua buceta toda melada, e fiquei esfregando assim ate que nao aguentando mais, ela me pediu para ser fodida...

Me fode, enfia esse cacete gostoso na minha buceta, por favor...

Sem exitar fui enfiando, entrou facil, tao molhada ela estava, ali naquela posicao mesmo... ela com as pernas abertas e as maos apoiadas na parede eu a comi com força... metia fervorosamente ate sentir minhas bolas sendo lambuzadas na sua buceta... ficamos metendo e se chingando de varias coisas um bom tempo....

Fernanda --- Mete esse pau em mim, fode essa cachorra! aH ahh aaaaaahhh, delicia, fode, me fode!

Junior --- Gosta de pau na buceta sua cachorra, sua vadia, geme gostoso com meu pau em vc sua gostosa!

Fernanda --- Ai que delicia, adoro seu pau em mim, mete gostoso vai, enfia tudo em mim... aaa

Junior --- Sua safada, geme pra mim, rebola no meu pau vai.

Fernanda --- Vem safado, vem pra cama, quero sentar nesse pau.



Aproveitei para tirar o restante da minha roupa, sentei na beirada da cama e deitei meu tronco, ela veio por cima, ficou de pe, com os pes ao lado do meu tronco e foi abaixando, apoiou as maos nos meus ombros, e desceu sua buceta em direcao ao me penis,ao encaixar a cabeça na entrada enxarcada, ela sentou com tudo, e nao parou de sentar mais, sentava no meu pau com toda força que conseguia fazer, gemia alto...

Fernanda -- Aiiiii, que gostoso... AHHhhnnnnn, hunnnnnn, ai que pau gostoso e duro, adoro sentar nele seu cachorro filho da puta, mete essa porra em minha boceta que ela ta doida por esse pau seu filho da puta.

Junior --- Senta forte no meu pau sua cava, sente ele invadindo essa buceta gostosa....

E era o que ela fazia... tava me deixando maluco.

Ate que nao aguentando mais... pedi pra trocar de posicao, ela entao saiu de cima com tudo e meteu a boca no meu pau, chupava deliciosamente e com muita volupia, sentia na boca o gosto do meu pau misturado com o liquido da sua buceta.

Tirei meu pau de dentro da sua boca pois nao aguentava mais e iria gozar agora.... disse para ela que agora iria fazer o que ela pediu e iria gozar no seu corpo... ela se deitou na cama e eu fiquei ajuelhado em cima dela.... que me punhetava deliciosamente... minutos depois gozei como um louco... saiu tanta porra... tava acumulado... lambuzei todo o seu torax, pescoco e parte do rosto.... ela entao esfregou toda minha porra em seu corpo com as maos e ficou mais melecada ainda... me deitei na cama.... em quem disse que ela parou... subiu em cima de mim e comecou a me chupar novamente... mas dessa vez num 69 maravilhoso.... adorei chupar aquela buceta toda molhada e lambuzada.... ela esfregou sua boceta na minha boca e rosto inteiro.... fiquei com a cara cheirando a buceta.... chupei ela assim ate que ela gozou em minha boca... ela continuou me chupando ate eu novamente gozar, dessa vez em sua garganta, engoliu tudo...



Depois fomos para a ducha, e apos fomos embora, me arrependo de nao ter pego o fone dela, mas fazer o que, assim eh melhor, fica marcado pro resto da vida com uma das melhores fodas que dei.



Mulheres que quiserem fazer contato, fiquem a vontade para mandar-me email...



mjuniorgcmsbc yahoo.com.br beijos!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erotico travest crenteconto erótico de homens que tiveram experiência com alguns homensContos eroticos de mulheres menstruadas estupradasconto submissa ao paus negros e grandecontos gays transei com meu amigocontos de negra casadaContos erotico amigas devendoo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto gay meu melhor amigo de 37 anosesposa puta do meu tio corno contoconto erotico minha namorada me enganousomos casadas e adoramos levar na boca e no rabo contos eróticoscontos eroticos cadela no ciocomendo a tia que esta olhando pela janelaNayara chupando contocontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadocontos eróticos se divertindo com a sobrinha buceta inchada da cunhada...contosHistória narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmcontos eroticos gays no cinemaconto erótico arrombei o fortãocontos incesto com pai ajudado o filho come a mãe pela primeira vez contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay cabaço gordinhocontos eroticos srntar no colo inceztoChefinho marcos me comeu contos eroticoshomem do pau gigante fudenoe meteno a mao oa mesmp tempo puta contos eróticos humilhando o c****tracei minha irmã contoscontos verídicas de sexo em montes clarosFui violada por pirocao contos eroticosloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaonora dando pro sogro contosnao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem quereconto: crente safada da ccb em swingContos eroticos corno panacaContos Gay trai ela com meu manocontos eroticos rasgandoputinha filhocontominha amiga pervertidacontos eroticos dei buceta e o cu dupla penetracaogostosa dando a b***** pela metade de mim loucamenteassistir porno comendo gostosa dopando mulher na casa delconto erotico irmaos ensinando amaninha crentehttp://porno contos sobrinhos divide a tia com os amigosfoda no cu da casada ela pediu contosconto erotico briocosexo na irman dopada contosConto erotico- cegamaninho comeu meu cu contoscontos de coroa com novinhovideos de mulheres vige napicagrosa Contos pornos-enrabei a velhacontos de punheta com botasler contos eroticos picantes mulher c heteros a primeira vez casadaela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com eleConto erotica de mulher fuder a cagararregaçando conto heteroconto.de.cormoConto erotico amiga da minha irmaEmpregada de shortinhos partindo a bucetacontos eróticos de estupro no ginecologistaContos eroticos tio taradochaves comendo cu da chiquinhaMulheres se jutao para fazer xexo contoscontos eroticos arrombando a gordaconto erotico segredos insanos de mae e filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15fudendo a boca da namorada/contos eróticosloira casada e filho conto erotococontos eroticos um bebado me comeu violentamenteminha sogra me deu