Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GANHARAM MEU CU NUMA RIFA I

Oi me chamo Bianca, sou morena queimada de praia, tenho 19 anos, moro no Rio de Janeiro num conhecido condomínio da Barra da Tijuca. Eu esta com 19 anos e estudava num colégio tradicional da Barra. Tinha acabado de me transferir como sou extrovertida logo fiquei muito popular tanto com as meninas quanto com os meninos. Todo ano a época dos trotes terminava com o tradicional baile dos calouros como caloura eu tinha que participar e arrecadar fundos para o grêmio minha turma então teve uma idéia inventou uma rifa e o premio da rifa seria eu. Não adiantou eu protestar, estava sendo disputada pela galera. Como o objetivo da rifa eram os fundos para o grêmio o bilhete não era barato custava 30,00 cruzados. Como qualquer aluno(a) podia comprar foram vendidos mais de 150 bilhetes marcaram o sorteio para a véspera do baile. Baile em que eu seria entregue como premio ao vencedor ou a vencedora. Minha irmã como ex-aluna junto com a Andressa compraram 5 bilhetes e perderam a rifa saiu para um bilhete sá. Eu nem dormi direito de tanta ansiedade pra saber quem tinha ganho. Já no intervalo do baile momento em que o dono ou a dona do bilhete premiado teria que reclamar o tão esperado premio. Eu quase cai dura porque 5 alunos se apresentaram como donos do bilhete... eles tinham feito varinha para comprar. O cabeça dos 5 teve uma idéia ... que tal trocarmos o baile por ir pra minha casa ouvir musica já que meus pais tão viajando. Essa idéia foi imediatamente aceita.

Fomos caminhando mesmo porque era perto. Todos os garotos passaram a mão na minha bunda enquanto caminhavam. Chegamos na casa do garoto não era muito grande mas parecia ser confortável. Colocou um disco na vitrola, pegou refrigerante e uma garrafa de vodca colocou tudo sobre a mesa junto com um monte de camisinhas. Eu perguntei pra que era aquilo. Ele perguntou de volta “ adivinha”. E começaram a tirar as calças, em dois segundos estavam todos nus e me apresentaram seus caralhos. Fizeram uma roda envolta de mim para que eu os chupasse. Ai primeiro eu tirei minha roupa para que não ficasse amarrotada, voltei pro mesmo lugar no meio da roda e fui chupando cada um pouco quero que gozem praticamente juntos e me encham a boca. Eram 5 paus diferentes em cor e tamanhos, tinha 1 branquinho com pau fino mas comprido, 2 moreninhos com paus razoáveis em tamanho, 1 mulato co uma pica bem avantajada e u negro com uma pica colossal devia ter perto de 24 centímetros por uns 8. Quando eles avisaram que estavam perto de gozar eu abri a boca e fiquei esperando, eu contei foram ao todo 24 jatos de parra acumulando e enchendo minha boca. Quando o ultimo terminou de gozar eu estava com boca tão cheia que tava perto de transbordar. Sá então eu engoli tudo e mostrei a boca vazia no final.

Quando um dos meninos ia colocando a camisinha eu pedi que parasse e falei que se algum deles tivesse doença eu já teria pego e que não era sá na boca que eu gostava de porra. Eles riram muito, mas acabaram concordando.

O dono da casa disse não são 5 são 6, e explicou que a contada da irmã dele tava muito triste porque tinha gasto toda mesada dela comprando um bilhete e tinha perdido. Daí perguntou se eu me incomodava se ela participasse também. Como eu não me opus, ele chamou sua irmã ela já desceu peladinha e quando chegou perto me deu um delicioso beijo de língua. Ela era linda devia ter uns dois anos a mais do que eu também tinha o corpo queimadinho de praia, olhos verdes e cabelos cor de mel. Deitou no tapete, no meio da sala e me chamou para fazer um delicioso 69. Eu sá tive uma exclamação “que delicia” e deitei em cima dela ficando com a bunda bem empinada. Pedi pra colocarem uma almofada pra que ela usasse com apoio e alcançasse minha buceta com a língua. Também entregaram um vidro de áleo de amêndoa doce pra que ela passasse na minha bunda com fartura.

O dono da casa foi o primeiro a se colocar atrás de mim encostar seu cacete no meu cu e ir empurrando ate o talo enquanto os demais assistiam do sofá.



(continua)

Se você gostou de sua nota e entre em contato comigo pelo email [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dava pra ver sua buceta,conto lesbicoConto gay dormir pelado na salacontos escrava por santagemmulher botando a x*** para o cachorro lambercontos eroticos cunhada me ajudou quando me acidenteiContos eroticos- meu pai me xingando no sexoconto ermao fudendo o cuzinho do irmazinho pequenino novinhobem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiracontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anoscontos delícia de cacetaopono conta erótica de relato cagando no pau do estrupadorDesvirginando a irmazinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteler conto erotico a garota 25contos de coroa com novinhoconto gay sacudoconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecuspida na pica do papai contos de uma filha contos de homens sergipe dando o cu pela primeira vezpai menininha conto eroticocontos eróticos pai dotadodedada esposa corninho rindo otário contocontos fui banha no rio e minha tia foi atrazquero vídeo de conto erótica de lésbica mamando no seios como um bebê na praiacontos duas casadas putas trepando com cão e um homem tambemporno do irmao que fode a prima de 4minutodler contos eroticos okinawaTravesti surpresa contoscontos eroticos lesbico incestoContos d uma menina estrupada por taxistacontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridofilha flagra irmao comendo mae contoporno guardete teresina na rolaPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidopornoconendo a vizinhanao mexa com presidiarios pornodoidocontos eróticos minha esposa e o assaltantecontos eroticos troca de casais entre cunhadostive dar para um dotadocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos siririca no elevadorcontos marido fio terra pintimho gayCONTOS ESPOSA CERTINHAContos eroticos com velhoscontos eroticos meu corretor me comeu antes do meu marido cheharcontos de orgia corno bivídeos.pornôs.contos.eroticosdeincesto.mãe.efilhaso contos de insesto de gay pai aronbando o cu do filho ea buceta da filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMeu sogro me seduziu contoscontos eroticos de noraContos pornos incesto tiapeitos caidos da velha do cornoconto erotico com a sogra cegacomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticosconto erotico abusada pela babaela quer dotadocontos gay dando o cu para o cunhadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos de rabudas casadasadvogada casada contosanamorada esfrgou abuceta quen narola do namorado e no amigo osdois goara nabucetadelapornocontossiriricavelha cavala virando olhocontos prima novinha dando cuzinho de surpresagozando no cu peludinhos das velhas feiasContos eroticos encoxadascontos eroticos dei meu rabinho no becocontos eroticos esvutando minha amiga fuder cm maridoputa irmão contoera mulher mulheres mostrando a b******** se encontrar bem feitinho nesse bem limpinhoFodido na construção