Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A DELICIOSA BUCETINHA DA MINHA AMIGA..

Oi sou novata por aqui, mais resolvi publicar minha historia ...

Tenho 20 anos e essa historia aconteceu a 2 meses atrás ... Eu nunca fui dessas meninas festeiras, namoradeiras nada disso sou bem queta, na minha, nunca precisei de nenhum homem para me dá praser, apesar de não ser mais virgem rs, bom sempre gostei de me masturbar tarde da noite e etc .. bom mais vamos ao que interessa .. Como já falei não sou muito festeira nem nada, mais tenho 2 amigas inseparáveis mais uma delas me atrae muito como mulher, Ela faz aquele tipo, Loirinha dos olhos claros, corpo saradinho, pele branquinha, toda deliciosa .. Sempre sonhei coisas com ela não sei porque, e ela é a amiga que tenho mais intimidade eu falo pra ela que me masturbo e tal e ela fala pra mim que também se masturba, nos trocamos experiências e tudo, Mais certo dia meus pais iriam viajar e insistiram pra mim os acompanhar eu estava muito afim também e pra não ir ‘sozinhaÂ’ resolvi chamar a *Ana* minha amiga para ir comigo e ela topou, então na sexta –feira a tarde fui arrumar minhas malas depois de arrumar minhas malas, encontrei com os meus pais e fomos até a casa da * Ana * Para pegarmos ela, quando nos chegamos lá ela ainda não estava pronta, então eu desci do carro acompanhada dos meus pais e como agente se conhece a muito tempo, nossos parentes também passaram a se conhecer enquanto meus avás ficavam na sala conversando com os pais da * Ana * Eu subi, ainda nos degraus da escada eu gritei

- * ANA *, e ela respondeu eu subi e entrei em seu quarto, ela estava sá de calcinha com uma toalha na cabeça ‘ tinha acabado de tomar banho ‘ e eu vendo aquela cena ela sá de calcinha e com uma calcinha minúscula e com os seios amostra, os seios bem durinhos e excitantes, enfim fiquei olhando fixamente pra ela enquanto ela arrumava sua mala, depois ela sorriu pra mim e se vestiu .. enfim fomos para o carro e seguimos viagem .. chegando lá ( casa de praia ) .. eu e a * Ana * fomos direto tomar banho de mar de roupa e tudo, depois de um longo banho de mar e altas risadas resolvemos sair da água e tomar um banho, chegando na casa minha mãe estava no banho e na casa sá tinha 2 banheiros, resolvemos tomar banho juntas .. o banheiro ficava dentro do quarto que eu e a * Ana * iríamos ficar, entramos no quarto, fechamos a porta e eu e ela começamos a falar dos tipos de beijos que nos mais gostávamos, a * Ana * falou que gostava dos beijos que tinha muita língua e eu também, falei com um tom de brincadeira – Eu gosto muito de chupar .

Mais no fundo eu sabia que eu não estava falando de brincadeira, Bom depois de papo vai e papo vem a * Ana * entra no banheiro e me chama .. eu logo em seguida pego minha toalha e entro no banheiro, quando eu entro já me deparo com aquela cena .. ah *Ana* se ensaboando toda, eu sorri e começei a tirar minha roupa e eu reparo que ela não tirava os olhos do meu corpo, depois que estava toda nua fiquei olhando ela esfregar o sabonete em sua bucetinha toda raspadinha ela me olhou e deu gargalhada da cena que se passava ali, eu deixei pra lá e entrei junto com ela no chuveiro como o box era bem pequeno eu resolvi ir pra banheira e ela falou .. – Ai! Eu quero ir junto .. eu sorri e falei que tudo bem, enquanto a torneira enchia a banheira eu me olhava no espelho completamente nua, a * Ana * me olhava e através do espelho eu via que ela estava me olhando e sabendo disso, propositalmente empinava mais minha bunda .. depois de alguns minutos a banheira ficou pronta, peguei uns produtos de fazer espuma e joguei na banheira, depois entrei devagarzinho, ainda de costa olhei pra ela disfarçadamente e notei que ela ainda estava me olhando, gostei muito disso, parecia que o olhar dela fixo em mim me excitava muito mais, entrei na piscina completamente, amarrei meu cabelo .. e falei – Você não vai entrar ? .. ela gaguejou e me olhou e disse – Sim .

Ela entrou, eu como quem não quer nada fiquei me ensaboando devagarzinho, depois fui me inclinando para trás fazendo com que ela visse minha bucetinha toda depiladinha gritando de desejo por aquela boca carnuda e deliciosa, comecei a passar meus dedos entre os lábios da minha bucetinha, e ela olhando fixamente e eu via que ela mordiscava seus lábios de tesão, eu olhei pra ela e ela sorriu de lado, mergulhei na banheira e nesse mergulho aproveite para passar a mal na bucetinha lisinha dela, ela sentiu e quando eu voltei vi que ela estava de olhos fechados, fui aproximando minha boca da dela .. quando ela sentiu o calor da minha boca abriu os olhos e também aproximou a boca da minha, foi ai que nás nos beijamos, eu passava minha lingua pela dela, mordiscava a pontinha da língua dela e chupava intensamente, ela foi parando de beijar e indo com a boca diretamente para o meus pescoço e orelha, ela passava a língua na minha orelha, eu me arrepiava todinha ela ia chegando mais perto, dava pra sentir os bicos dos seios delas durinhos, ela roçava eles nos meus biquinhos já todo durinho, ela foi se levantando e me chamando para fora da banheira, eu não respondi, sá movimentei a cabeça dizendo que sim, ela me pegou pela mão e nos saímos da piscina direto para o quarto nás nos secamos e ela foi checar a porta para ver se ela estava fechada, depois ela veio em minha direção e susurrou no meu ouvido : Deita ai deita !Eu deitei encima da cama e rapidamente ela deitou sobre mim, Ai que delicia, senti o corpo dela quentinho sobre o meu, ela começou a me beijar e esfregar os bicos dos seios dela nos meus, ao mesmo tempo passava a língua sobre minha boca, explorava cada cantinho da minha boca, eu cada vez mais me surpriendia com ela depois ela trocou de posição e fez com que nossas pernas formassem um X .. Começamos num movimento delicioso, ela sarrava sua buceta lisinha na minha, cada vez mais eu ficava mais molhada, e ao mesmo tempo ela passava uma das suas mãos nos meus seios, nos gemíamos baixinho, antes que eu tivesse um orgasmo ela saiu de cima de mim e se deitou do meu lado e susurrou em meu ouvido : Agora me chupa, Vai me lambuza toda ... eu me sentei de frente para ela e lentamente fui abrindo as pernas dela

fiquei no meio dela me inclinei para baixo e fui dando beijinhos na bucetinha dela, ela se tremia todinha e levemente eu passava a língua nas virilhas dela, ela pressionou minha cabeça contra a buceta dela fazendo com que eu sentisse o cheirinho de sexo delicioso, depois eu fui passando meu dedinho por cima do grelinho dela, fui passando a língua lentamente em cada cantinho daquela bucetinha gostosa, ela estava com a respiração ofegante, eu me posicionei corretamente, e comecei a chupar e sugar o grelinho dela deixando ele todo vermelhinho e de vez em quando dava umas mordidinhas nele fazendo com que ela gemesse, comecei a explorar a bucetinha dela com a língua, eu lambia do começo ao fim depois fiquei no grelinho sugando, e rodando minha linguinha, ela gemia e mordia o lençol de prazer .. quando ela gemia ela me estimulava mais e mais eu chupava aquela buceta deliciosa, eu dava uns tapinhas na bucetinha e cuspia em cima, eu chupei e chupei ate que ela gozou na minha boca e eu lambe tudinho sentindo o melzinho dela . Derrepente minha vá bate na porta do quarto eu me assusto e levanto da cama, a * Ana * ainda se recompondo do orgasmo riu da situação e eu gritei : To me trocando vá, escutei minha vá descendo as escadas e voltei a deitar ao lado da * Ana *, ela me olhou e nás nos beijamos por vários segundos .. em seguida ela ficou por cima de mim e eu puxei o rosto dela fazendo com que eu mordesse o lábio dela, ela gostou e pediu pra mim fazer de novo e eu falei : Deixa eu fazer lá em baixo ( me referindo a buceta dela ) ela riu e disse : Agora é minha vez, ela falou isso e foi descendo mordiscando meu queixo, chupando meu pescoço, chegando nos meus seios ela passou a língua em um deles, fazendo com que o biquinho ficasse todo durinho, em seguida fez no outro .. eu pressionei as minhas duas mãos na cabeça dela fazendo com que ela descesse a te minha bucetinha que já estava toda molhadinha, eu inclinei minha cabeça para olhar ela descendo e disse:Me enche de prazer sua vagabunda .. ela fez que sim com a cabeça, eu respirei fundo e senti ela tocando a língua no meu grelo que já estava todo durinho, segurei fortemente minhas duas mãos no lençol da cama e geme baixinho, com minha bucetinha já toda lubrificada ela começou a colocar o dedo mindinho lá dentro, eu me contorcia de prazer e ela começou a fazer movimentos de vai e vem, lentamente ela foi tirando o dedo e colocando dois dedos e eu comecei a gemer mais alto e pedindo pra ela me fuder todinha, e ela perguntava você quer que eu te foda sua cachorra ? e eu respondia aos berros que sim .. ela foi parando o movimento e passando a linguinha no meu grelo, eu gemia : Ai, Ai, Ai.. ela voltou a enfiar os dedos na minha buceta mais dessa vez foram 3 e já com os 3 dedos dentro da minha bucetinha ela fazia movimento incríveis de enlouquecer qualquer uma, eu me contorcia toda, tremia de prazer gritava : Ai, me fode caralho, fode minha buceta, Vai .. depois de vários minutos gemendo de tesão ela tirou os dedos e começou a me chupar, eu quase já tendo um orgasmo pressionei a cabeça dela na minha buceta e fiquei rebolando minha buceta na boquinha dela ela aumentou a velocidade da língua dela e ficou em movimento giratário e eu gozei na boca dela, e ela sugou todo meu melzinho eu com a respiração ofegante puxei ela pra cima de mim e beijei enlouquecidamente, depois nos duas cansadas depois de tudo aquilo fizemos conchinha e dormimos a tarde toda.

-

DEPENDENDO DOS VOTOS DE VOCÊS EU CONTINUO A HISTORIA BEM MAIS DELICIOSA .. BEIJOS MOLHADINHOS NA XOTA DE QUEM LEU!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de travesti tarado do pau grande.contos eroticos nojentoscontos gay negrinhoconto transformado travestiidoza caseta toda gozadacontos eroticos arrombando a gordacontos trai com desconhecidoContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tioscontos relatos eróticos mamãe exibicionistaassistir filme pornô mãe então você tá grande meladamae dano a buceta de quatro para filho dequinze anos em pornocontos eróticos no busao€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritosquero uma buceta envolvendo meu paufilme de sexo com homens acordem no pênis grossoconto erótico domando o maridorabinho impinadinho em fio dental da irmabibita contos eróticosfofinha putaria goiania contoscontos chamei meu marido para foder sua amigamulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaomeu marido adora me ver toda gozadasexo gay quando eu era pequeno okinawa ufa contoscontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandosurba com um casal de amigo sem querer primera ves comtoscontos de incesto de maes treprando com filhoscontos eróticos no morroCONTOS EROTICOS PROVADORaposta vestido de mulher contoconto minha babá mexeu na minha xaninhaconsertei o celular da cunhada q me deu a xota contoscontos eróticos meu irmão comeu minha mulher e me vinguei continuaçãoliga contos de loirinhapivete de penes de fora e tocando puietacontos filha pequenaDOU CU DESDE PEQUENAcontos eroticos mostrei a calcinha ao meu cunhadocontoseroticos curraram minhas filhastravestiszoofiliafotoskiko masturbando a chiquinhaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosContos pornos incesto tiaconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorcontos de sexo chupadaseu minha esposa demos carona o cara era um pintudomalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadacontos erotivos mamar no pau infanviaconto erótico comendo o c****** da cunhadaconto cabeçudoContos eroticos em onibusmorema gostosa na balada so esperando uma trepadacu de mulher de corno conto eroticohttp://okinawa-ufa.ru/conto_25883_matei-minha-vontade-com-uma-travesti-linda.htmlcontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comicontos eroticos traindo meu marido com meu filhofui estrupada pelo meu pai com cabo da escova de cabelo e cenoura cobtosContos eroticos com cavalosconto comeu afamilha todacontos eroticos arrombando a gordaconto erótico filha filha virar p***contos eroticos de enrrabadoscontos eroticos sexo em familia contos de menina nova perdendo o cabacoconto erótico sentada melcontos eróticos amiga do trabalhocontos com teens sentando na ro do pri com doze anoscontos eróticos gay meu primo me rachoconto gay sozinho em casa pepinocontos eroticos com padrastos e enteadaspai pintudo abusando da amiga rabuda da filha dormindotem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetacontos erticos gozao no cu da minha mulhercontos eróticos vi minha esposa gozar no pau de invadir negãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha esposa seu patrão e sua filhaconto gerou comer a sograconto erotico sogracontos de incesto pirralhacontos eróticos comendo avócontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha mae meu primoinfância;contos eróticos;enrabadocontos eroticos com animaiscasadas que so dao cu contos veridicosconto erótico meu tio engravidou Eu e minha priminhatroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primosmarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexoconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos pedio para mamar nos meus seios cheios de leite materno.sogro sogra genro e esposa fazendo suruba contos eroticosf****** irmã mora nos peitos das gostosasconto erotico eu e minha sobrinha amanda safadinha em casacontos esposa me amordaçou encoxado crentinha safadas