Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FORJEI UM ASSALTO PARA COMER A MINHA MÃE II

Dando continuidade ao conto FORJEI UM ASSALTO PARA COMER A MINHA MÃE, passo a relatar o que aconteceu logo apás os "ladrões" deixarem o nosso sítio e avisarem que os caseiros estavam trancados num quarto, minha mãe pegou a chave e disse: Vamos terminar o que começamos e de repente teve uma crise de choro. Sentou na cama e falou "o que é que eu tô dizendo?". Pela primeira vez eu ví aquela mulher sempre forte e decidida ficar completamente fragilizada, aí eu sentei ao lado dela e disse: agora nesse momento nás não somos mãe e filho. Somos uma homem e uma mulher que fizeram uma primeira sessão de sexo gostoso e pudemos ter uma segunda sessão. Ela gritou: Acorda! Você é meu filho! Na primeira sessão eu enganei a minha mente e esquecí que você era meu filho porque eu estava com medo que nos matassem, agora eles já foram embora e você trate de vestir a roupa e de me olhar desse jeito, se levantou vestiu o roupão e foi soltar os caseiros. Quando minha mãe abriu a porta, percebemos que os outro dois ladrões haviam feito a festa com a mulher do caseiro que estava completamente nua. O caseiro não estava neste quarto e começamos a gritar o nome dele. Logo ele respondeu gritando: Eu tô aqui! Fomos até outro quarto e o caseiro estava amarrado dos pés a cabeça e preso aos pés da cama. Ele nos disse: eu não podia tentar nada porque um deles ficou me vigiando e apontando um revolver para mim o tempo todo, depois veio um outro e o primeiro saiu. Neste momento, já vestida, chegou Esmeralda (a mulher do caseiro) e perguntou se ele estava bem. Sim, estou bem e vocês? Nos olhamos e preferimos não revelar o que aconteceu. Minha mãe disse: eles sá queriam dinheiro e jáias, levaram muito tempo porque estavam vasculhando tudo. O caseiro acreditou e junto com a esposa começaram a arrumar a bagunça. Minha mãe foi para o quarto dela e eu fui para o meu. à noite descemos para jantar e minha mãe não falava uma sá palavra, apenas respondia às perguntas de Esmeralda, coisas como: suco ou refrigerante? Vai querer sobremesa? Quer um cafezinho? Minha mãe apás comer um pouco e tomar um copo de suco, dispensou a sobremesa e tomou um cafezinho, acendeu um cigarro e foi fumar na frente da casa, acabou de fumar, deu boa noite e foi novamente para o quarto. No dia seguinte todos muito calados e no café da manhã minha mãe falou decidida: Não vamos dar queixa na polícia. Vamos aumentar a segurança do sítio: Vamos aumentar os muros, botar cameras externas, botar alarmes e comprar um casal de pit bulls. Ela continuou na terça feira tomaremos as providencias (segunda feira era feriado). Eu disse mãe vamos para a piscina e ela respondeu vá você, não estou com cabeça, prefiro ir pro meu quarto assistir TV. Alguns minutos depois fui até a porta do quarto dela, batí e perguntei se podia entrar, ela respondeu que sim, entrei e perguntei se podíamos conversar, ela suspirou e disse: Podemos sim. Eu disse pra ela que ela não devia ficar assim o tempo todo e ela me respondeu: estou processando na minha cabeça tudo

o que aconteceu. Eu disse não devemos ficar com sentimento de culpa, nás fomos forçados e confesso que nunca sentí tanto prazer com nenhuma mulher. Ela me disse você botou pra fora o Édipo que existe dentro de você e eu retruquei, a senhora botou pra fora a femea que estava sufocada desde que se separou do meu pai, ela respondeu rispidamente: Eu já te disse que eu tinha que esquecer que você era meu filho para os bandidos não machucarem nenhum de nás, mas confesso que não vou me esquecer que sou mulher e vou procurar um namorado, o problema é que eu não quero transar com qualquer um, mesmo que não seja com compromisso sério preciso achar alguém com quem possa me relacionar e atender os desejos do meu corpo, afinal ainda sou jovem e falta de sexo está me fazendo mal. Eu respondí: Te desejo boa sorte, espero que você ache um cara bem legal, que seja merecedor de ter uma mulher como você. Você é uma mulher maravilhosa em todos os aspectos. Ela respondeu: Obrigado. Eu continuei: Mulher maravilhosa em todos os aspectos mesmo! Inclusive no sexo. Ela disse: esqueça essa parte. Eu respondí: Eu vou respeitar o fato que você não quer repetir o que nás fizemos, mas não me peça para esquecer. Me retirei do quarto dela dando um beijo em sua testa. Na terça-feira pela manhã minha mãe tomou as primeiras providencias para aumentar a segurança do sítio e depois do almoço voltamos para a capital. Combinamos que não íamos falar nada para as minhas irmãs.

Passarm alguns dias e o cara que fornecia drogas para a galera da Faculdade me procurou dizendo que teve que dividir a grana com os outros tres caras e precisava urgente de mais 5 mil reais para ir para o Nordeste, me disse consiga os 5 mil e nunca mais você vai me ver. Minha mãe observou que eu estava muito nervoso nos últimos dias e me perguntou o que estava acontecendo, eu respondí que por um desejo incontrolável eu tinha feito uma loucura, ela quis saber mais e eu disse que era coisa minha, ela me perguntou se eu estava metido com drogas, eu respondí que não, que ela ficasse tranquila quanto a isso, ela respondeu: sá vou ficar tranquila quando souber toda a verdade e continuou: o período escolar está acabando e suas duas irmãs vão ficar um ano nos Estados Unidos no intercambio cultural e daqui a tres dias sá ficaremos eu e você, por isso temos que ser muito amigos e verdadeiros um com o outro. Eu falei: tá bem, mas não esse assunto que me angustia eu não quero dividir com você. Procurei meu pai e pedí os 5 mil reais emprestado dizendo que queria trocar o carro e minha mãe não queria me ajudar. Ele nem questionou, fez o cheque e me deu, eu saquei o dinheiro e fui procurar o cara. Ele me agradeceu e disse: nunca mais você vai me ver, vou amanhã mesmo pra minha terra. Fiquei tranquilo e 2 dias depois (uma quinta-feira) minhas irmãs viajaram. No sábado pela manhã fui jogar futebol com os amigos, quando cheguei em casa minha mãe tinha acabado de sair do banho e foi atender o interfone, eu ouví ela dizer: pode mandar subir, esperei um pouco para ver quem era e achei o cara muito estranho, minha mãe foi para o escritário do apartamento para conversar e eu subí para para a minha suíte para tomar meu banho. Quando saí do banho tomei um susto, minha mãe estava de pé no meu quarto ao lado da minha cama e um monte de fotos em cima da cama. Minha mãe me olhava nos olhos e disse: veja suas fotos com seu amigo, cheguei mais perto e entendí tudo: minha mãe tinha contratado um detetive particular para me seguir e fotografar. Ela olhou pra mim e disse: Você armou tudo! Pagou aqueles caras para irem lá no sítio. Eu não tive outra opção senão falar a verdade. Ela me perguntou era TÃO, mas TÃO importante assim para você? Eu respondí: eu estava a ponto de enlouquecer de desejo por você e continuo enlouquecendo, não tem um sá dia que eu não pense naquele dia. Ela me respondeu pelo menos você está sendo muito sincero, diferente de todos esse caras que se aproximam de mim. Vamos acabar com isso que te perturba tanto, começou a tirar o vestido e eu pude ver aquele corpo lindo apenas de calcinha o meu pau endureceu imediatamente e eu deixeia toalha cair no chão fui na direção dela e dei-lhe um beijo ardente, joguei ela na cama e comecei a chupar os seios dela e ela começou a gemer e dizer: Que loucura! Que loucura. Eu descí a minha lingua pelo seu ventre até chegasr até a buceta, arranquei-lhe a calcinha e comecei a chupar avidamente aquela buceta, que a esta altura estava toda encharcada. Chupei até ela gozar na minha boca, soltando um grito que deve ter sido ouvido pelos vizinhos, apesar de ser um apartamento por andar. Subí novamente lambendo ela toda e comecei a chupar os seios, quando ela disse baixinho no meu ouvido: complete logo a nossa loucura, enfia essa pica na minha buceta, imediatamente obedecí e começamos a nos beijar feito loucos e ela cruzou as pernas sobre o meu corpo e dizendo agora você vai ser o meu homem, eu não vou precisar transar com nenhum cafajeste na rua. Você vai me satisfazer de agora em diante. Você vai ser o meu homem e eu respondí: Você a parttir de agora é a minha mulher, não quero outra, nenhuma buceta é tão gostosa como a sua! Ela falou então foda gostoso essa buceta que agora é sá sua, mexemos mais um pouco e explodimos num gozo ainda mais gostoso que o da primeira trepada. Desabamos na cama e eu ficava admirando aquele corpo lindo que agora era sá meu e ela olhava admirada o tamanho da minha pica. Depois de 19 minutos descansando abraçados eu disse pra ela: eu quero que você seja minha mulher por inteiro, ela me olhou sem entender direito e eu me levantei e peguei o KY e ela me perguntou pra que isso e eu perguntei: Quer ser a minha mulher por completo? Ela embalançou a cabeça afirmando que sim, aí eu disse: eu quero o seu cu, ela respondeu: mas eu nunca dei. Nem pro seu pai. Eu perguntei: Quer fazer o seu homem feliz? De novo ela embalançou a cabeça afirmativamente. Eu peguei ela botei de quatro, passei KY na entrada do cu e em todo o meu pau e comecei a meter no cu da minha mãe. Ela gemia e dizia mete devagarzinho, mete com carinho pra não machucar o cu da sua mulherzinha, até que o meu pau estava todo enfiado no seu cu, ela colmeçou a mexer e de repente gritou eu vou gozar... eu vou gozar pelo cu... pelo cu...pelo cu, goze junto comigo, encha o cu da sua putinha de porra (ela se soltava cada vez mais) e eu falei mexa minha puta que eu vou encher o seu cu de porra, ela mexia ~cada vez mais gostoso e eu dei uma gozada maravilhosa no cu da minha mãe, que também soltou um grito de prazer.

A partir deste dia todas as noites eu durmo com ela na cama dela. Estamos torcendol para que minhas irmãs queiram ficar morando nos Estados Unidos, pois não queremos interromper a nossa relação de marido e mulher.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico minha namorada foi comida por outrocontos eroticos meu marido gosta de me exibirbundagrandechortinhocontos cu gostosominha filha fudendo com nosso impregados contosColocou mão no meu peito onibus contoscontos eroticos sogro esogra doenteconto elotico mae safadasexo gay okinawa ufaconto erotico meu marido descobriucontos eroticos com mae e tia dando cuconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos estuprei a novinhacontos eroticos bucetao marcando leggingcontos eroticos viuva fazendacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico. sexo louco ele era devorador de buceta eu ficava louca demaisconto cunhada raspadinhaso deixo chupa minha bucetaincesto filho comeu buceta mao e conto pai sai a trabaho contos eroticofiz ela chupa meu pau dormindocontos erotico comi cu da tia no conventoconto erotico abusarao mim metroconto erotico com sadomasoquista cinto de castidadecontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2contos irmãzinhaminha mae mostrou seu rabo de fio dental pra mim contos com fotosconto desde pequena participo de orgias com minha familiacontos eroticos lesbico casadas e travestiConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosminha irma só de calcinhaminha esposa me contou suas aventuras sexuaiscristine putinha desde movinha contos eroticosfui sodomizado por varios travestis conto eroticoconro erotico gay meu tio alopradoleite de macho contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteincesto tio ginecologista bolinando sobrinha menor de idadeConto de putinha para os tarados da cidadexvedio nerga da cu pertafudendo a sobrinha rapidiho no quintalcontos erotico com minha sobrinha mais novacontos putaria familiar gay e lesbica contos eroticos sogra pega genro peladoporno mulheris con a perna meia canbotaConto Chupei a buceta da virgemcontos de chorei com a pica grande do meu vizinhocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto gay coroa buchudocontos eroticos me comeram no trabalhoConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimcontos eróticos a grossura do padre com as esposascontos minha mulher olhando o volume do caracontos casada leva pauConto erotico bunda a enteada mas velha.contos fudi minha cunhada emplena lua de melamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elever relatos de mulher casada que gosta de da a buceta pro pedreiro gostoso enquanto marido ttabalha incesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroatia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico marido firca esposa chupar pau dele e bate punheta nele.bebado conto historicoconto erótico de gay fodendo com pedreiro Contos porno dei cu p me sogro por chantagemcoroa negra conto eróticocontos eroticos de apostasme fez de puta e me estrupkconto casada quarentona transando com desconhecidoamiguinhocontosfiquei de pau duro atras da enteadameu marido comeu nossa filhacontos eroticos arrombando a gordacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos travesti no acampamentogordascontoseu madruga coloca pau no cu da dona florindaGozei na buceta da minha prima e ela engravidou historiasconto esposa buc beiçuda cabeluda cornoContos Eróticos De Comi A Coroa Mãe Do Meu AmigoContos reais de sodomiacontos eróticos minha mãe eirmã me disputacontos eroticos lesbico casadas e travestiminha mulher enrabada na boateHistórias contos e relatos reais e atuais de incestos com mulheres gordinhas e com fotos delas peladascontos de sexo com viuvacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos infanciaConto erotico cheguei e a vi nua comipodolatria infancia contos eroticos