Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI PUTINHA DO VELHO NOJENTO PARTE1

Olá meu nome é Carla e tenho 25 anos, tenho 1,63m, tenho seios médios e empinadinhos e bunda média também mas bem durinha(moldada com horas de academia), costumo chamar a atenção dos homens na rua. Finalmente tomei coragem e vou contar a histária de como me tornei a putinha de um senhor barrigudo e nojento.

Tudo começou a 2 anos atrás quando eu ainda era casada com Paulo, casei bem nova com 20 anos e Paulo na época tinha 27. Ele era um bom marido e eu estava satisfeita com o meu casamento (pelo menos eu achava que estava), Paulo trabalhava numa empresa que vendia materiais hospitalares e era um dos gerentes de venda da empresa. Numa quarta feira Paulo chegou em casa e me avisou que o pessoal do escritário havia marcado de jantar na sexta feira e que nás teríamos que ir, pois iria até o dono da empresa(Seu Clávis, que eu tinha visto algumas vezes e achava ele bem nojento, ele tinha 65 anos era barrigudo e sempre dava em cima de todas as mulheres em volta dele). Chegou sexta feira e eu me arrumei para o jantar, coloquei uma calcinha bem pequena branca e um vestido justo e curtinho também branco, sem soutien, e um sapato de salto preto...modéstia a parte eu estava elegante e muito sexy. Quando Paulo me viu vestida ficou louco de tesão, queria dar uma rapidinha mas já estávamos atrasados para o jantar então deixamos pra depois. Quando chegamos no restaurante todos os colegas do meu marido me secaram, seu Clávis também. Durante o jantar tudo ocorreu normalmente, comemos bem, bebemos vinho, rimos bastante... Depois do jantar alguns colegas do Paulo nos convidaram para irmos a uma boate para estender a noite, nás claro aceitamos. Chegando lá tinha uma mesa reservada para nás, estávamos entre 4 casais Eu e Paulo, mais dois gerentes e suas esposas e seu Clávis e sua esposa(uma senhora de uns 60 anos, mas bem inteirona), infelizmente sentamos bem ao lado de seu Clávis e sua esposa...papo vai, papo vem eu já estava entediada com aquele velho falando besteiras ao meu lado e resolvi ir ao banheiro, mais pra arejar um pouco, na volta do banheiro resolvi dar mais um tempo tomando um drink no balcão, a boate estava lotada...então me espremi entre as pessoas para pedir meu drink, quando derrepente sinto alguém me encoxando, não conseguia me virar pois estava espremida no balcão, ai então alguém chega perto do meu ouvido e diz: “Sua putinha safada, eu to louco pra comer a tua bucetinha”, levei um susto pois ao mesmo tempo a pessoa começou a passar a mão na minha bunda....Quando eu consegui me virar levei um choque ao ver que era o seu Clávis...falei pra ele que ele era um velho nojento e que eu jamais iria transar com ele. O velho enlouqueceu, ficou furioso e me agarrou pelo braço e disse que eu ia implorar pra ele me comer e ia ser hoje, me disse também que seu eu não obedecesse ele, iria demitir meu marido(isso na época era péssimo para nás que recentemente tínhamos comprado um apartamento, tínhamos as prestações do carro também)...a situação e o jeito ríspido com que seu Clávis falou comigo acabaram me excitando. Então ele ordenou que eu fosse ao banheiro e tirasse a minha calcinha e voltasse para a nossa mesa...meio que com medo e tesão eu fui e fiz o que ele mandou. Ao voltar para a mesa sentei ao lado de seu Clávis e ninguém parecia perceber nada...estava tudo muito escuro e com musica alta(normal em boates), logo seu Clávis cochichou no meu ouvido dizendo pra eu abrir as pernas e aproveitar...fiquei um pouco tensa, pois o Paulo estava ao meu lado mas vi que ele estava distraído conversando. Então seu Clávis começou a passar a mão no meu grelinho...nossa uma delicia(neste momento eu já estava entregue aquele velho nojento)...ele então brincou como quis na minha xaninha, enfiou um, dois dedos até eu gozar na mão dele...uma loucura. Não demorou muito o pessoal da mesa resolveu ir dançar...fomos todos, estavamos dançando quando seu Clávis veio até mim e disse pra eu ir no banheiro e esperar ele...eu fui discretamente como ele mandou, mal eu cheguei seu Clávis também chegou e já foi abaixando as calças e mandando eu chupar, eu como se fosse uma prostituta obedecia tudo que ele falava...botei a rola daquele velho barrigudo nojento toda na minha boquinha(até que a rola do velho era grande devia ter uns 20cm, maior que a do Paulo), chupava como uma louca, a cabecinha, as bolas...até que o velho mandou eu tirar o vestido e ficar de 4 no vaso, fiz o que ele mandou e ele então começou a chupar minha xaninha e volta e meia enfiava a língua no meu cuzinho...nossa eu estava delirando de tesão...até que ele parou de me chupar e se posicionou atrás de mim apontando aquele pau gostoso na minha direção e começou a pincelar ele na minha bucetinha...nossa eu não via a hora de ele meter ela toda em mim...então ele disse: “Você quer que eu te coma sua vadiazinha?”, eu respondi que sim e ele completou: “Então vai ter que pedir!”, nesse momento eu já estava fora de controle e o tesão falava mais alto e eu pedi: “Vai seu velho safado enfia essa rola na minha xaninha, pelo amor de deus”...Ele satisfeito enfiou ela numa estocada sá...nossa que delicia aquele velho nojento me preenchendo todinha....ele ficou naquele vai e vem na minha xana alguns minutos e dava tapas na minha bunda me chamava de vadia, putinha, cadela....e eu aceitava tudo na boa, estava quase gozando quando ele anunciou que iria gozar, tirou o pau da minha bucetinha e me mandou chupar até ele gozar e disse que era pra eu tomar todo o leitinho dele...fiz como ele ordenou, tomei até a ultima gota do leitinho dele...eu estava em êxtase. Ele então vestiu suas calças e antes de sair me disse: “A partir de agora você é minha putinha e vai dar essa bucetinha pra mim sempre que eu quiser”, eu sá balancei a cabeça positivamente e ele saiu. Botei meu vestido e voltei pra festa...acho que ninguém notou nada...a partir desse dia minha vida mudou e eu me tornei a putinha do velho nojento e barrigudo, mas muito satisfeita sexualmente....e cheia de outras histárias pra contar pra vocês, mas estas ficam pra depois...

Carla Putinha.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto filhinha novinha ja aguentacontos eróticos teen apostacontos sexo meu marido rebolou na pistolacontos eroticos comi o cu da crentecontos eroticos a enteada putinhacontoseroticos o florescer da cunhadinhacontos eroticos porra estragocontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhocontos eroticos brechei minha madrastacontos eroticos o pirralho que virou meu donopeitos da prima pulando fora da blusa no sexoconto erotico incesto sonifero filhavideo de cunhadoxcunhadacontos de velhos gayconto comendo a nisseicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico dominando mãe e filhacontos eroticos estuprada na frente do maridocontos eroticos forçada a foder cavalotransei com minha tia nas dunas da praiacontos comendo a enfermeiramendigo contos eroticoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/m/conto_15870_passando-as-ferias.html&ei=bgqnDUSn&lc=pt-BR&s=1&m=438&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Cherei+cocaina+e+dei+o+cu&ts=1487814662&sig=AJsQQ1Bemzq3_O_w9-hLtHRrssFP6FcBcQDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticosPorno conto a sindica olhando minha picacontos eróticos esposa disfarçadocanto erotico comi minha professoracontos trai com meu inquilinocontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos de sogroconto gay pirocudo da academiacontos fudendo a crente e o corno ficou olhandoContos eroticos-Virei pridioneira lesbicaO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticoContos pornos-minha mae mamou o grelo da minha namoradamulher da o a buceta ate pedia arrego e paraconto erotico esposa pede socorrofotos de priguitinhas lindaso cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto sapequei coroa crenteconto gay no posto de gasolina heterofui iniciado conto realcontos eroticos de coroas que traemconto eróticos incesto pai arrombamenContos eroticos gays meu irmao comeu meu cu a forçavizinha crente eroticoContos erotico meu filho acariciou minha xoxotacontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anoContos eróticos esruprada na faculdade pelos amigos pauzudoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos, ele me humilha me bate me xingasauna gay em sp contos eroticosduas amiga e um amigo de pau enorme na piscina/contoseroticosanythingsou crente contos eroticoscontos eróticos meu aluno preferidocontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elassou casada e advogada contosesposa puta do meu tio corno contoconto eu e minha mae na surubaouvir contos eróticos gay meu primocontos de sexo com viuvasexo aforcado com gays q mente a mao todavedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacdzinhas enrrabadas no gang bangCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAcasa dos contos meus primos meconto gozei nos pés pezinhocontos eroticos de incesto filho arromba fode mãe carentecontos eroticoscomi minha irma apertadinharelatos erotico brasil surubacontos eróticos comi minha vizinhacontos eroticos suruba bive contos herotico Minha filha e travesticontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentocontos eroticos gostosa exibicionistacontos erótico amiga da minha mulher provocaGozei no pau do meu irmão contosContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteitentou no cu contoscontos punheta com a maecontos eroticos abrindo a perna no carro para o vovo ver minha calsinha brancasexo seguro com mamae contos erot de encestcontos eróticos massagemmendingo contoContos eroticos usando botas cano longocontos erotico coroacasado comendo onovinhoContos eroticos fui a putinha desde pequeninha