Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUE DELICIA DE IRMA

Desde pequeno, sempre tive um tesao enorme pela minha irma, que sempre teve um corpo perfeito, uma bunda redondinha e grande (sem nenhuma marca!!), seios medios, baixinha, cabelos compridos, realmente uma bela morena e tambem muito gostosa (hoje com 18anos, mas aparentando 16). Eu tenho 1,84m, 21anos, e desde pouco tempo tive percebendo que minha irma andava meio carente, ja que ela era bem esijente com seus dois ex-namorados (namorou apenas dois meses com cada um), os chamando de boboes... . Com isso sem eu perceber fui me aproximando de minha irma e me tornando tambem um confidente, ja que eu e ela estavamos sem namorados e viviamos em casa. Certo dia uns amigos nossos nos chamaram para bar que ficava um pouco distante de nossa casa e lá estaria tambem uma ex-namorada minha que tinha virado muito amiga de minha irma, chegando ao bar, cada um de nás foi para um lado para conversar com os amigos e percebi que minha irma que nao bebia estava pedindo uma bebida. A noite foi passando ate que chegou a hora de irmos embora, nos despedimos de todos, etive que puxar minha irma, por que ela havia realmente bebido um pouco, no que ha puxei ela veio de encontro ao meu corpo e me abracou, na mesma hora fiquei excitado e acho que minha maninha percebeu por que ela se calou e foi andando ate o carro. No caminho de casa ela me contou que tinha conversado muito com minha Ex e que ela havia dito que euera muito carinhoso, que tinha muita saudade de mim (aquela historia toda) e que tambem tinha sido eu que tinha arrebentado o cabacinho dela. Enquanto minha irma me contava isso, meu pau foi endurecendo sem eu perceber e minha irma que havia parado de falar, me confidenciou que nunca tinha visto um pau de perto... QUASE QUE GOSEI quando ela falou isso. Mas sem demontrar muito entusiasmo me ofereci para mostrar o meu(me fazendo de bobo, é claro!), ela negou!, mas eu incisti dizendo que eu era seu irmao e que era melhor que ela conhecesse o meu do que ela fazer uma besteira por ai. ela meio que concordou e eu entrei em um motelzinho que tinha bem a frente antes que ela desistisse. Ela gritou: -Eu nunca entrei num Motel!!! mas eu falei pra ela ficar calma por que ela estava comigo, entramos no quarto, ela se sentou a cama e me perguntou por que viemos aqui? falei para ela que queria tirar todas as suas duvidas sobre sexo e que ela podia fazer de mim o que quizesse, fou ao banheiro, tirei minha roupa, tomei um banho e voltei so de roupao, ela levantou a cabeca ainda um pouco tonta do alcool e sorriu, pois ela estava assistindo um filme porno, sentei-me ao seu lado fiz-lhe um carinho em suas pernas, barriga, ate que toquei emseus seios,ela de cabeca baixa nao rejeitou meu carinho e o meu pau que ja estava como uma rocha, apareceu, ela o segurou firmemente e me perguntou se eu ja havia me masturbado pensando nela, disse que sim e fui segurando em sua mao e comesei o movimento frenetico e ela foi gostando, derrepente ela o abocanhou, nao sei se por instinto mas ela pagou um boquete perfeito, daqueles que te leva a lua... Desamarrei seu vestido e fui sugando seus seios e ela foi deixando ete que quando fui tirar sua calsinha ela me segurou com forca e disse que ainda era virgem, olhei em seus olhos e continuei a arrancar sua calsinha e pude ver aquela xaninha virgem, depiladinha, bem diante dos meus olhos, abri suas pernas, e dei um banho de lingua em sua xaninha virgem, ate que nao aguentava mais e fui a luta e empurrei o meu pau pra dentro daquela buceta linda e apertada, estava muito dificil, confeco que tive ate pena de minha irma, mas apesar dos gritos de dor, seu olhar demostrava um prazer enorme, entao fui ate o fim e mesmo sangrando um pouco a coloquei no meu colo e ela se movimentava como uma putinha, nem parecia que era virgem, tinha que fechar meus olhos para nao ver aquele corpo que era perfeito se nao eu iria gozar mais rapido, ela estava louca, gritava, gemia, urrava de prazer, e nao se contentou apenas em perder o cabacinho da buceta e me pediu para comer seu cuzinho, a coloquei de quatro e comecei a estocar meu pau naquela bundona gostosa ate que nao aguentei mais e gozei dentro do seu cu(deitando-me sobre seu corpo). Entao senti seu corpo todo arrepiado e ela jorrou seu porra sobre a cama, gozamos juntos!!!

Foi uma das melhores fodas de toda minha vida, so minha irma mesmo para me deixar louco assim, entao fomos ao banheiro, tomamos um banho juntos, fudemos mais um pouco efomos para casa, hoje nás dois arranjamos namoradas, mas continuamos nossa rotina de prazer incestuosa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


com amigo na praiaconto eroticoxvideo esposo pauzudo fode sua esposa dondinha conto elotico mae safadacontos eróticos de carnaval pornodoidoodiava o marido da minha prima parte2 contos gaycontos crente casada zoofiliaconto erotico minha namorada cuidado de mimContos erotico exibi meus peitos enormes pro papaicontos verdadeiro aventura das melheres com mendigos roludoscontos eróticos sexo em banheiro públicoimcestos minha filha novinha cabacinho quiz fuder compapai vconto erotico gay chupando tio bebadocontos de sexo com viuvacontos amigo dorme em casa esposatranzei com minha esposa e minha filha viu tudo conto eroticomae acorda de fio dental vai na varandacontos sexo meu filho meu homem contos eroticos com idosasduas amiga e um amigo de pau enorme na piscina/contoseroticoscontos erotico com a crente do rabo alopradoContos eroticos comadrecontos erotico flagrei meu amigo encoxando minha esposa na piacontos eroticos arrombando a gordaesposa na praia de nudismo contomadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioucontos eroticos nora gravidaincesto contos da cunhadinhaconto me encheu de porracontos de caralho nas mamascontos/violada e enrabada na frente do maridoesposa puta do meu tio corno contocomo o cheiro da maça contoscontos eroticos elizandradei pra um dog bem dotado me arromboperdi a virgindade no ônibus contos eróticoscontos eroticos prima 32nosvideos incesto enteada gorda casadacontos filho mais novo foi dormir com a mãe e temino fudeno ela dormino e acordo e termino deixandocontos eróticos meu cunhado me acoxouo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosContoa erotico irmã casadacontos eroticos de casadas com instaladoresfudendo forte a gorda contocontos eroticos de roçacontos eroticos com primas bebadascontos erotico gaymeu titio gay contowww.cabaco loirinha e negao contoscontos erotico de puta fudendo com velhocontos eróticos abusando da cunhadinhacontos comi minha cunhadinha de oito anoscontos eroticos fiz meu ermaozinho virardando banho enteada novinha. contos eroticosconto erotico vizinha baixinhacontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulhernovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixocontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadoconto gay negro fedidoesposa bebada contos eroticoscontos eroticos com tia cabeluda nua em casade da semana santaconto erotico perdendo a virgindade da bucetacontos eroticos meu marido trouxe um amigo negao pra dormir em casacontos eroticos com cunhadacontos comi a minha norinha apertadinhaconto erotico fui arrombada depois de casadacontos eroticos fui ao ginecologista ele me fudeuconto tia saidinhacomendo cusinho da baba da minha.sobrinhaXvidio estrupando a mae violentamentwContos eróticos deixa eu ver só um poquinhoconto erotico anal chatagiado a madrastacontos muito grosso e grande sofricontos eroticos tiacontos eroticos meu sobrinho novinhocontos esposa fudendo com dog do meu amigithiagodepaudurominha esposa puta da excursão contoscontos eroticos do chavescontos eroticos arrombando a gordasacanaje no exercito policias cuzudascontossexo minha mulher negro pausudocontos eroticos apostacontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhocontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona conto erotico a Sra do refetórioa cunhada falsa magra contosminha mae deichava meu padrasto mi banho lavava minha buceta