Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LIBANESA NOVINHA GOZANDO GOSTOSO NO JET SKY

Ola, eu sou a Libanesa tenho 19 anos, morena de cabelos longos e lisos, estilo índia, tenho 1,68 de altura e peso...bom isso não se revela, mas diria que tenho um corpão. O que relato a seguir aconteceu na casa de um amigo do meu pai, fica no Riacho Grande. A casa tem um quintal que desemboca na represa, e nos dias quentes o pessoal costuma andar de jet sky. Fomos para lá, tava um baita calorão, cheguei lá e a primeira coisa que perguntei foi do jet sky, meu irmão até deu bronca, falou que eu parecia uma interesseira. Mas como já sou de casa o pessoal não falou nada.



Este amigo do meu pai, o Ruy é casado com a Flávia e tem dois filhos, uma casal, o Renan e a Juliana. Eles tem a idade práxima a minha. Bom fomos almoçar, comi muito, mas tudo bem . Assim que acabou o almoço, lá pras duas da tarde comecei a pentelhar o pessoal pra andar de jet,ninguém quis. Perguntei pro Ruy se eu poderia ir sozinha, ele disse que sim e sá disse para eu tomar cuidado.



O jet já estava no lugar certo, fui até o banheiro e coloquei um maio preto, porque bikini poderia cair com uma queda. Fui até o jet,ligar foi fácil, dei umas aceleradas, mas ele não andava direito, fiquei assim,o motor parecia que ia explodir, mas achei que fosse normal. Andei poucos metros e já estava de frente pra uma outra casa, lá estava um cara nadando e quando me viu acenou, perguntou se eu era amiga do Renan, afinal estava com o jet dele. Expliquei a situação, ele sorriu e me explicou que eu estava afogando o motor da maneira que eu estava dirigindo. Para não ser mal educada me apresentei e ele também, Álvaro. Ele então se ofereceu pra explicar, por fim perguntou se queria dar uma volta comigo na garupa. Eu disse que sim e fomos. Logo que sentei ele já acelerou com tudo, eu para não cair agarrei em seu tronco, passei meus braços em volta dele e colei meu rosto na suas costas. Senti que ele se arrepiou e até desacelerou, olhou pra trás e disse “assim eu me descontrolo”. Eu entendi bem o que ele dizia, não posso negar que me empolguei. Falei para ele ir mais devagar, ele foi, cada vez indo mais longe, eu então comecei a passar a mão pelo seu corpo, apertava suas coxas e passava a mão entre as pernas rapidamente, aquela sunga azul clara dele era uma delícia.



Em pouco tempo senti que seu pau estava duro, fui até seu ouvido e pedi para que ele seguisse em frente direto, que eu gostaria de fazer umas carícias, ele sorriu e me obedeceu. Antes de começar enfiei minha língua em sua orelha, enfiando fundo, e ele sá ficava mais louco. Fiquei massageando seu pau sobre a sunga, esse eras dos grandes e grosso, apertava com força, e aquilo estava mais parecendo um pedaço de pedra. Ele perguntou se queria que eu parasse, mas disse que não, que apensas continuasse andando. Ele pedia para eu enfiar a mão por dentro da sunga, mas eu disse que não. Perguntei se ele gostava de pés, ele disse que sim, ai me apoiei com os braços pra trás e o envolvi com minhas pernas, juntando meus dois pezinhos em seu membro, sobre a sunga, o jet sky parecia sem rumo agora. O tempo começou a virar, e as nuvens escureceram o céu, Álvaro perguntou se eu queria voltar, disse que ainda não, que agora eu que iria pilotar. Trocamos de lugar, ele se sentou atrás e me ajudou a passar para a frente, e quando sentei fiz questão de raspar minhas bunda em seu pauzão. Pedi algumas explicações e em pouco tempo eu estava guiando. Ele parecia estar sem graça então virei e pedi, “por favor lindo, me encoxa e bate uma pra mim”, na mesma hora ele veio pra cima de mim, encaixando seu mastro por entre minhasnádegas e enfiando o dedo dentro do meu maiô...eu estava ensopada. Como eram ágeis os dedos de Álvaro,ele deve ter ficado uns 5 minutos direto sem parar, senti que ia gozar e o avisei,ele afundou seus dedos e eu tremia feito uma cabrita gozando, fiquei louca, parei o jet, coloquei minha mão pra trás e enfiei em sua sunga segurando o seu pau, dei umas massageadas, e coloquei pra fora aquilo, esmaguei contra o banco, me levantei e sentei sobre seu pau e passei a rebolar...



Não aguentei muito tempo e disse “eu quero você dentro de mim”. Me debrucei pra frente, empinei a bunda e falei, “fique a vontade, sá me faça gozar de novo”. Ele afastou o maio, cuspiu no pau e começou a enfiar no meu cuzinho, colocou a cabeça, mas pedi para ele parar, “primeira na frente, mais tarde no cu”. E então começou a enfiar. Eu sentia cada centímetro, e a chuva começou, eu gemia alto, afinal ninguém nos escutaria e ele se empolgava, metia com mais força, ele fazia como eu gostava, abria bem minha bunda, me dava tapas e as vezes enfiava um dedo no cuzinho. Eu rebolava feito uma cadela no cio, não resisti e avisei que gozaria de novo, assim que disse isso ele puxou meus cabelos, eu quase morri de tanto gozo, eu gozei por muito tempo e ele fodia sem dá,do jeito que gosto. Devemos ter ficado ali uns 40 minutos, e estranhei que ele não gozava, perguntei se ele não queria gozar, mas ele disse que tava muito bom, e se gozasse teria q parar porque era perigoso engravidar. Disse para ele relaxar e avisasse quando fosse gozar que eu tiraria e não teria perigo algum. Disse isso e então ele falou “então é agora, sai, sai”, joguei meu corpo sobre ele e sentei em seu pau com tudo, e sá fui sentindo as contrações daquele cacete jorrando porra dentro de mim, ele gozava muito, eu galopava com força e disse “aguenta mais um pouco que vou gozar de novo”, aaaaaaaaaaaaaaa, como gozei. Eu devo ter desidratado o Álvaro, fui fazendo mais devagar, senti seu pau amolecer, pedi para ele fechar os olhos e deixar comigo, tirei minha bucetinha de seu pau, mas deixei sobre ele, fiz força com os músculos vaginais para expulsar aquela porra, fui encharcando o seu pau mole com sua prápria porra. Quase cai do jet, mas não cai não. Me equilibrei e passei a chupa-lo, juntei toda a porra que vazou com a língua e “suguei”, engoli tudinho e fiquei chupando o pau dele.



A chuva ficou muito forte, parecia tempestade, mas tava tão bom seu pau voltando a endurecer, e ele disse “você é demais, a vontade que tenho é de contar pros meu amigos, mas jamais acreditariam”. Eu sorri e disse, “e se tivesse mais um deles com você, ele acreditaria?”. Voces nem imaginam o que aconteceu depois!



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de apostasno colo conto gaycontos travesti no acampamentoconto gerou comer a sograminha namorada e putinha do meu pai contosa filha da minha empregada vive me provocando contosContodeputacomendo minha sogra crente nuacontos encoxando viado busaodedos no cu ate gozar corno contocontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhadiana sentindo pica pela primeira vezp.c.p.b contosminha esposa e sua namoradinha contolevemente ara tomando banho nuacontos eroticos cocaina e dedo no cuputa casada arreganha o cu na mesa do escritorilflaga no carro matrupado xvdeocontos eroticos tirando as prega do cumeus tios uma historia real 1contos heroticos com a mudinhacontos eroticos familia mae pelada irma nuaCONTOS EROTICO COM A PRIMA E TIAcontos de arrombando cu do escravoContos namorada e o pirocudocontos eroticos amigas ci pegandocontos eroticos dei meu rabinho no becoConto erotico- cegaconto de não aguentei a pica grande no meu cuzinhonarceja conto sequestrocontos eroticos gay o padrastocontos irma mais velhavideos de cornos que chuupamcontos dos podolatrascontos eróticos de sogras com bundas grandeContos eróticos com cão.Contos Eróticos De A Mãe Do Meu Amigocontos chupei um pintaocontos eróticos minha sogra gordaContos o cu do gayscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos tio colocando bolinha no cuzinhocontos meu irmão e eu betinha vendo dei parA aluno novinho conto eroticocontos sacudo e casal safadoContos mãe no colocontos de cú de coroa viuvamulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos eroticos reias de padrastosxvideo dois negão comendo mi.comha maecontos eroticos de descobri que meu namorado e passivocontos metendo com dona lourdes casadavirei puto do bar conto gayFilha boduda não aguemta ve o pauzão do paicontos de estupro nao resiste minha enteadaconto erotico de tortura bdsm entre lesbicasminha iniciação gay contosanão transando com jamaisconto erotico vizinho peludo gayconto erotico castrado na favelacontos eróticos esfregaçãotrepo com a enteada dormindocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de marido choupano meu mamiloscontos sexo com enfermeirasminha prima chupou meu pau virgem contosconto comendo a coroa gostosaas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altaconto dado para minha familia a xoxotaconto erotico `nicole baixinha`tia marta sobrinho historia eroticas sexocontos erotico de jornalista sendo errabada na academiabuceta melada com sebo cabeluda conto eroticocontos eróticos novinhas cai pirocãocontos eroticos de pro meu cachorocontos eroticos tive que deixa os bandidos rasga o cu da minha mulhercontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eróticos de novinha que deu a b******** bem gostoso para o cão f**** o cachorroconto alisando a sobrinha pequenasarrando a tia de saia curtinha contocontos eróticos de gay Fui dormir na casa do meu cunhadocontos eroticos de meninosPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosContos Eroticos Gratis De Gay COMIDOcache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos eróticos uma amiga vendeu a buceta da minha esposa