Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMANTE DA CUNHADA - COM ANUÊNCIA DE TODOS!!!

Rápido resumo, sou atleta, então, mantenho-me em forma, não sou nenhum galã, mas tenho uma aparência agradável.

Meu co-cunhado passa por dificuldades financeiras, e pelo visto não tem conseguido dar assistência á sua esposa, até aí, eu não tinha nada a ver com isso, nem tinha em momento algum olhado minha cunhada - irmã de minha esposa - com olhos masculinos. Bom, tudo bem, porém, certo dia meu cunhado me liga, e diz que era para ira casa dele para conversarmos, lá chegando eu o vi sentado, tomando uma cerveja, e minha cunhada lavando a louça sem me encarar, cumprimentei a todos, e quando veio primeiro momento de silêncio constragedor, meu cunhado disse, seguinte, eu estou com dificuldades no trabalho, e não tenho conseguido comparecer como marido...Eu disse a Lú que a única solução seria que ela arrumasse um amante (!!!), bom, eu disse a ela que não quero ninguém desconhecido, e resolvemos propor a você para fazer o serviço sempre que quiser... É isso, bom, vc quem sabe, conversa com ela, ele levantou-se, deu um selinho nela e me cumprimentou sorrindo, me abraçou, e foi embora... Bom, não preciso dizer que ficou um momento constragedor entre eu e minha cunhada. Eu me levantei e disse, bom, acho isso uma loucura, apesar de ficar extremamente excitado - nesse momento vi como minha cunhada é gostosa nos seus 35 anos, quadris largos, seios pequenos - me recuso a trair a dani - minha namorada, linda, e que realmente amo - se vc quiser falar com ela, e ela ser conivente nessa doideira, eu vejo o que faço, ela disse, bom, eu converso com ela.



Passados 19 dias, com almoço de família no meio, todos agindo normalmente, a minha esposa me disse, a lú conversou comigo, e acho que vc deveria fazer o serviço nela (!!!), fiquei bobo, e disse, o que??? ela falou, é, acho q sempre me excitei pensando em vc saindo com outras, tenho ciúmes e tudo, mas quando a lú me disse, parece que se for com ela, nem ciúmes eu tenho!!! Sá que tem uma condição, não beije ela, eu li uma vez que o beijo aproxima demais as pessoas, e me conte tudo!!! E Com um sorriso safado, se despediu de mim, entrando no emprego.



Não se passaram nem 3 horas, quando a minha cunhada me ligou, dizendo que queria conversar. Bom, quando cheguei no prédio dela, no interfone ela disse, está aberto, e eu subi, lá chegando ela me recepciona de roupão de banho, e disse, tudo bem, quer beber alguma coisa - me excitei extremamente com a situação, o pinto pulsando na cueca - eu sá perguntei, alguém em casa, ela disse não, então eu me aproximei, ela ficou meio envergonhada, e tire o roupão, ela estava pelada, totalmente depilada!!! Coloquei a mão em sua buceta, e já estava meio úmida, sá a virei de costas, colocando meio de quatro, apoiando no braço do sofá, com a bunda arrebitada, tirei o meu pinto, e a penetrei com vontade, não sei se era a forma que aconteceu, ou se eu estava fazendo sexo pelo sexo, mas me senti um animal, e fiz sexo como um animal, eu estocava e estocava, e vi que ela estava gostando, pq comeceu a urrar, ficamos assim intensamente, o gemido dela cada vez aumentando mais e mais, e assim que ela gozou ela me disse, no meu cú, goza no meu cú, tirei meu pinto comendo o rabo dela, não precisei de mais que duas estocadas e já gozei no seu cú, enquanto gozava, continuei estocando, e quando tirei meu pinto, o cú dela deu aquela piscadinha, cuspindo o gozo pra fora...



Terminei, ela se deitou no sofá, meio acabada, fui no banheiro, lavei a merda do pinto no bidê, e voltei a sala, lá chegando minha cunhada estava sentada de perna arreganhada, massageando o clitáris, e disse, eu quero ir a forra, vai que a gente não tem coragem de fazer isso de novo, meu pinto deu sinais de vida, porém meio froxo, daí eu fui resolvido a tratá-la como a puta que ela era, cheguei esfregando o pinto em sua boca, ela chupou, e que chupada, acho q ela tava treinando muito com o marido froxo, ñ precisou mais de duas boas chupadas e ele ficou duro de novo, bom na posição que ela tava eu peguei uma almofada do sofá, me ajoelhei sobre ela para dar a altura, e enfiei com vontade na sua buceta que ainda tava arreganhada por conta da última fáda, conforme eu fodia ela me olhava com uma cara de safada, com os peitos pulando com as estocadas, até q ela começou a falar: Me fode, vai, me fode, mostra pra mim pq minha maninha é tão apaixonada, e então começou a gemer, e gemer...bom comigo é assim, depois da primeira, eu demoro mto na segunda, com uns 19 minutos na mesma posição ela gozou, eu disse, agora vc vai ter trabalho, tirei meu pinto, juntei as coxas, virei de lado, o famoso sanduiche, e entrei de novo, e continuei a socar, neste momento, eu não tava nem aí com ela, fechei os olhos e a comi como uma puta mesmo, sem dá, quando a vi olhando com olhos de dorzinha, e vi aquele cuzinho meio arreganhado e melado, enfiei o dedo nele, ela gostou, já mudou o rosto, e conforme eu chuchuva o dedo, coloquei mais um, e mais outro, e ela tinha 3 dedos meu no cú, fazendo um vai e vem junto com o pinto, até que eu disse, vou gozar, ela pediu, mais um pouquinho, me segurei, eu vi que ela gozou, daí eu tinha que fazer o máximo, para mostrar a ela que ali era uma puta, tirei o pinto, bati umas punhetas e gozei com gosto na cara dela, não saiu muito gozo, pq já era a segunda vez, mas gozei nela, com vontade, ela fez uma cara de nojo, e foi a banheiro, voltou de roupão, com a cara lavada, e me agradeceu. Eu disse, bom, foi bom né, quando quiser de novo me liga, ela disse, vamos ver - pensei, não gostou da gozada na cara - fui à cozinha, tomei água, quando voltei, me despedi, ela abriu a porta, e disse, aí, fica tanquilo, metendo desse jeito, a dani é sua!!! e deu um sorriso maliioso...



Continua...



Se gostarem, me manda e-mail [email protected]

que eu continuo a dizer o que virou minha vida!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseroticos paguei para comer minha sograSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeuconto bem picante com pedreirocasa erótica no ônibus cheiocontos eroticos madrastacontos eróticos de mulheres feiascontos de vizinha madura e rabudacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos gordas virgemsa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosminha mulher enrabada na boateenrabando a frentista gostosa contos eroticosx porno quando acendi a luz minha irma estava de calcinhaContos eroticos mulheres novas com homens velhoscontos eroticos eu e meu maridoconto porn insetuosocomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavacomtos erotico baixinha morenaContos de ssxo em ranchoconto erorico com gemeçao crentecontos eroticos casal voyeur sem querercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteguria sapeca contos eróticos picantesconto a crente bundeiraso os dotaduscomi minha tia velha contos eróticosassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casaconto erotico de pinto pequenofilh mamando contos eroticoscontos vi pau enorme cheio de veiascontos eróticos assaltocontos porno obrigada engolir porra com muito nojocontos eróticos de sexo entre casais amigosso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilcontos eroticos comendo subrinha dimenorzoofilia mulheres beijando e transando com cachorros contos eróticosestrupadapormaniacocontos eróticos chupando bucetascontos eroticos minha.amiga bateu ciririca em mimCONTOSPORNO sapecacabacinhocontoso cu rosinha de minha neta de 9 aninhos    Contos erotico esposa de fio dental na piscina seduzindo o sograo dotadaoConto erotico na cadeiacontos eroticos a professoracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemullet fudemdo pau gramdecontos eroticos incesto na infanciacontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequescontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosAcamada doente fudendo.contosmadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouContos eroticos contados por meninasConto minha mulher santinhacontos eroticos meninaChiquinha grita muito a hora que enfiando no c******Respira fundo e relaxa que vai entrar no seu curasgou minha bucetas contosesposa meninos contos eroticosaguentei o pau groso. contoapalpar conas gajas carentes numa mesadeixando uma pantera lamber sua xotaDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticoscontos adoro dar o cuzinhoConto de putinha objeto de prazer para todos os machoscorno de travesti contosmae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestoconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******contos eroticos mulher feiaConto Comendo a tia gostosa safadacontos eroticos de barbeiro cortando cabelo de mulheres casadasconto de casal biNo cu da minha namorada amigo contos relatosContos crossdresser