Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEDUZINDO O PAPAI PARTE I

Olá, meu nome é Rubi (fictício) e venho hoje contar a primeira das minhas experiências com o meu papai.

Alguns podem achar insano, mas pra mim isso não importa.

O importante, é que consegui o que eu mais queria...



Sou filha única de pais divorciados, minha mãe é uma doida que se casou com um gordo nojento e velho. Meu pai também se casou de novo e atualmente mora em São Paulo. Eu morava com a minha mãe no interior do Rio de Janeiro até os meus 19 anos, onde resolvi morar com o meu pai e a esposa dele, pois prestaria vestibular na Puc em São Paulo.



Sou branquinha, tenho 1,75 de altura, e peso 65 kg. Meus amigos costumam dizer que moro dentro da academia, pois tenho o corpo muito definido e com curvas de invejar (modesta parte). Meus cabelos são pretos até o meio das costas e lisos, mas com certo volume.



No verão de 2009, 2 semanas antes do início das aulas na faculdade, cheguei em Campinas SP. Meu pai foi me pegar no aeroporto com sua esposa.

Fomos pra casa, onde conheci meu novo quarto. Era espaçoso e simples, mas muito confortável.

A esposa do meu pai se chama Magie, e meu pai se chama Luciano. Não ficamos muito tempo juntos, pois a Magie é agente de viagens e não pára muito tempo em casa.

No dia seguinte ela viajou pro Rio Grande do Sul e sá voltaria dentro de 8 dias.

Sá não gostei muito de ter que cozinhar, mas eu sobrevivi.

Meu pai se levantou cedinho, me deu um beijo na testa e foi pro trabalho, aproveitei pra conhecer melhor a casa e fuxicar um pouquinho da vida do papai.

Ele estava lindo. Ele tem um corpo muito bonito e musculoso e é jovem... Tem 39 anos.

Sua esposa já não é lá tão bonita, eu com certeza sou mais!

No quarto do papai tinha uma câmera, o que me despertou a curiosidade, pois a câmera estava direcionada para a cama do casal.

Comecei a olhar os vídeos gravados.

Tinha um vídeo em que meu pai agarrava a Magie pelos cabelos enquanto ela fazia um boquete nele. Outro vídeo dele comendo ela em pé, depois de quatro.

Nossa, meu pai sabe mesmo fuder gostoso. O pau dele não é nada pequeno, mas o que mais me chamou a atenção foi a grossura. Me encheu a boca d’água. Fiquei muito excitada vendo os dois transarem e nesse dia eu me acabei na siririca.

A partir daí, eu comecei a desejar feito louca estar no lugar dela, e esqueci completamente que o meu objeto de desejo, era o meu práprio pai.

Nunca fui santa sabe. Perdi minha virgindade aos 19 anos com um colega da escola.

Sempre gostei de caras mais velhos, pois esse colega da escola foi uma decepção.

Meu ultimo namorado tinha 32 anos e eu 16. Ele tinha um pau meio pequeno, então não sei bem o que seria trepar com um pau tipo o do meu pai. Mas eu ia descobrir, de qualquer jeito.

Foi perfeito a Magie ter viajado.

Meu pai chega do trabalho as 18:00 horas. Comecei a tomar um banho as 17:00 horas, coloquei uma maquiagem simples, mas com um batom mais ousado, uma camiseta bem decotada com uma saia bem curtinha e sem calcinha.

Quando papai chegou, me olhou com surpresa e com um sorrisinho meio tímido.

Eu o abracei e dei um beijo bem rente a sua boca.

Jantamos normalmente e abri uma garrafa de vinho, disse que queria comemorar por estar morando com ele, que era algo que eu sempre quis.

Acabamos bebendo mais do que eu imaginei.

Ele disse que estava cansado e que ia tomar um banho, pois precisava descansar.

Eu concordei e fui para a cozinha lavar os pratos.

Meu pai estava demorando muito no banho e fui conferir.

A porta do banheiro estava aberta e ele de costas. Rapidamente inventei uma desculpa para entrar. Disse que ia tirar a maquiagem, pois também ia dormir.

Fingi derrubar algo no chão e abaixei para pegar,

Fiquei de costas pra ele com a maior parte da bunda de fora, mostrando o quão gostosa eu sou.

Ele disse que eu estava linda com aquela maquiagem e que não queria que eu tirasse.

Resolvi ousar ainda mais.

Disse que estava morrendo de calor e perguntei se ele se importava que eu tomasse banho com ele.

Ele a princípio disse que achava melhor não, mas consegui convence-lo.

Ele ficou de costas para mim na maior parte do tempo, foi quando eu resolvi “ataca-lo”.

Abracei-o encostando os meios seios nas suas costas e coloquei a mão na sua barriga, bem pertinho do seu pênis.

Quando senti a mão dele na minha, direcionando-me mais pra baixo.

Quando segurei no pau dele, ele estava explodindo de tão duro.

Sussurrei no ouvido do papai:

- Paizinho, me deixa sentir o seu gostinho, deixa?

Ele se virou de frente, e eu ajoelhei pra chupá-lo.

Nossa, era ainda maior e mais grosso do que no vídeo.

Mamei no caralho dele até ele perder a força nas pernas.

Ele segurava no meu cabelo, como fazia com a Magie, e dizia que era a melhor chupada que ele já havia ganhado.

Ele era muito resistente e não gosou fácil.

Chupei o pau dele até a minha boca ficar doendo e ele não gosava.

Ele me puxou pelos cabelos até que eu ficasse de pé, me virou de costas e começou a chupar o meu cuzinho.

Enfiava a língua delicadamente entre o meu cu e minha xota.

Eu estava delirando com aquela chupada.

Implorei a ele para me levar pra cama.

Ele me pegou no colo, de frente pra ele e foi mamando nos meus peitinhos duros até chegarmos no quarto.

Ele chupava e mordia meu bicos me deixando cada vez mais louca de tesão.

Ele começou a mamar na minha bucetinha lisinha feito um gatinho bebendo leite.

Não tenho a mesma resistência que ele e gosei na boca dele.

Subi em cima dele e começamos um 69 perfeitamente sincronizado

O pau dele estava em chamas. Pulsando, louco pra me fuder.

Subi no pau dele e comecei a cavalgar. Ele gemia de tanto tesão.

Ele não curte muito ser dominado, rapidinho deu um jeito de me colocar de bruço e começou a me comer feito um cavalo.

Ele me batia na bunda e dizia que ninguém mais ia fuder a garotinha dele além dele.

Que ele ia me comer enquanto eu morasse com ele. Já que era isso o que eu queria.

Empinei bem a minha bunda e pedi pra ele fuder mais forte, pois eu estava quase gosando.

Pra me torturar, ele começou a me comer bem devagarzinho, rebolando e socando devagar.

Disse que queria me ver gosar de frente.

Virei de frente e encaixei com minhas mãos o pau dele todo babado da minha xota na portinha do meu cuzinho.

Ele ficou louco com isso.

Perguntou se eu já tinha feito isso antes e eu disse que sim.

Ele começou a forçar a entrada, mas estava doendo muito e pedi pra ele parar.

Acho que isso o deixou com ainda mais tesão e ele não parou.

Parecia que eu ia desmaiar de tanta dor.

E quando mais eu gritava e pedia pra ele parar, mais ele continuava e ainda falava:

-Você não queria? Eu vi que você estava sem calcinha. Empinou esse rabo pro papai pra eu te fuder, não foi? Agora aguenta minha putinha. Aguenta a rola do papai comendo o seu rabinho.hum... que delicia esse cuzinho apertadinho.

Ouvir o quanto ele estava gostando me motivou a aguentar e tentar relaxar.

Aos poucos eu fui relaxando e a dor foi se transformando em prazer.

Um prazer diferente e sem igual.

Logo eu estava pedindo pra ele botar tudo.

Quando senti a pica dele toda dento do meu cuzinho, eu me desmontei.

Gosei feito uma vaca.

Eu gosava e gritava pra ele socar mais, mais, mais.

Mais forte.

Ele batia na minha cara e socava com ádio.

Caralho, eu nunca gosei tão gostoso.

Dar o cú nunca foi tão bom.

Ele tirou o pau pra fora e mirou na direção da minha boca.

Eu fiquei com a boca aberta e implorando pelo leite dele.

Ele gosou muito. Não parava de sair porra da cabeça do pau dele.

Ele gemia, e jorrava leite na minha boca.

Eu engoli cada gotinha como uma recompensa.

Mas eu ainda não estava satisfeita. Eu queria mais.

Eu desejava o pau dele dentro de mim mais do que qualquer coisa no mundo.

Mas as práximas vezes eu conto nos práximos episádios!

Espero que tenham gostado!

Beijos a todos!

Rubi

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de mulheres ninfomaniaca por sexoconto garoto esperimentei da cuconto erotico apostou e me pagou com boquetecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos encoxei uma mulher aconpanhado noContos eroticos gay primeira vez traumaticaconto er0„3¡ì 0¡­3tico irmao tarado estuprou cuzinho da irm0Š0 gostosa contos devorei minha filha putqContos Bota no cu tiocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosmamae linda e brava/contosContos eroticos mae fode o seu filhocontos dois gemeos chupandoVacilei I o cao mim comeu contoschantagem com irma contosprimeira vez em fraldas tesãoirma feiz sexo comigo eu gozei na boca delameu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos eróticos minha namorada e amigo no banheiro juntoscontoerotico guria patricinha com menino pobreContos eroticos avo e netaMinha madrinha ela mora sozinha com sua filha eu vou sempre na casa da minha madrinha fuder ela eu fui na sua casa ela tava sozinha eu fui com ela pro seu quarto eu tava fundendo ela sua filha chegou sem fazer barulho ela entrou no quarto ela viu eu fundendo minha madrinha ela disse pra minha madrinha que ela queria perder sua virgindade da sua buceta minha madrinha disse pra ela tirar sua roupa pra ela deitar na cama eu chupei sua buceta virgem raspadinha minha madrinha disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau minha madrinha disse pra ela abri bem suas pernas minha madrinha disse pra eu meter meu pau bem devagar na buceta virgem dela conto eroticocontos abusadocontos eronticos a vizinha bapeu uma pueta para um garotocontos eróticos de marido e esposa com amigo sem camisinhacontos eroticos gay mulherzinhaSexo anal "nunca mais fui a mesma"musculosa - conto eroticocontos-cúzínho apertadinho da titiaEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticocomvidando e comendo amiga de sua mãecontos.encochando.uma.negra.bundudacontos eroticos de pai obrigando filho a foder com.outros homecontos de incesto chupei a bucetinha de minha sobrinha na infanciaconto gay fui foder um veado edeicunhada da xota amaciada contosconts erotics lesbisco mamae e filinhanovinha. vagava em traicasobrinha de calcinha na piscina contoscomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavaComi a puta dos meus sonhos contos eróticosconto porno instrutor de basqueteolhando a prima dormindocontos eroticos de joven trasformato em travesticontos erótico com enfermeiraDepravando a casada contoscontos flagrei travesti comendo o cu de uma mulherContos eroticos na estradahttp://transei com filho do amigo do meu pai gay contos eroticos gaycomi o rabao da minha mãe de camisola contoscontoseroticosnamoradavirgemcontos eroticos zoofilia minha mãe deu um showbucetinha babadinha contosContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brennoapalpar conas gajas carentes numa mesaconto gay colocontos porno me chupou dormindoconto erotico sou uma mulher casada adoro ver filme porno ver cavalo comendo mulherconto minha tia fica pelada na minha frentewwwvideossexoselvagemtio come sobrinha e irmã conto eróticosprimeiraveisdelahomem encoxa pinto por baixo da saia da mulher sem ela percebecontos erotico na balada com a irmacontos sado marido violentosZoofiliaconto erotico mamando na comadrerelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentecontos eróticos entiada tesudacontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anosVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandecontos esposa loira recatadacontos comi minha vo dormindocontos eroticos sou casada minha irma deixou meu sobrinho em casaconto elotico mae safadacontos eroticos dei um cha de buceta no.meu alunominha filinha meu amor conto eroticocontos eroticos eu minha familia