Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIRGEM ESTUPRADO POR 19 HORAS

Virgem estuprado por 19 horas



Tinha 19 anos, quando viajava para Salvador numa sexta-feira, 19 horas, quando saia de um posto de GV apás viajar desde a 4 horas da manhã, quatro homens, três negros (vou chamar de Val, Tim e Leo) e um branco (Nei) com farda de grande fábrica da região me pediram carona até Itaobim, pois eles haviam perdido o ônibus e estavam há um mês longe da família.

Durante a viagem vários assuntos surgiram e quando Val abriu o porta-luva para pegar um CD, ele encontrou algumas revistas pornô que carregava no carro, que ele começou a ler e passou para os outros.

Começou a chover muito forte práximo a Teáfilo Otoni e a BR-116, cheia de buracos e muita carreta, começou a ficar perigosa, quando Nei sugeriu que parássemos, tomássemos banho e depois seguíssemos viagem. Quando Leo sugeriu que podíamos aproveitar e assistir algum filme pornô. De imediato eu recusei, mas Val falou: Você está com medo da gente? Somos gente boa. Assim paramos em motel na estrada, entramos, ligamos a TV e fui tomar banho.

Ao sair eles estavam bebendo conhaque que Tim trazia em sua mochila, quando me ofereceram um copo, e eles foram um a um banhar. Apás tomar o conhaque como não bebia comecei a ficar sonolento, Nei falou para eu descansar que era o cansaço da viagem. Fui lá fora, liguei o alarme e escondi a chave do carro e deitei na cama para descansar, Nei aproveitou e me cobriu com um lençol.

Acordei com as mãos amarradas, com o pau enorme de Leo na boca (depois soube que tinha 27 cm, mas não era grosso como o de Tim, tinha apenas 6 cm como Leo disse) e com minha bunda toda melada com creme com Val forçando seu pau (cerca de 19 cm). Tentei escapar, mas eles tinham me colocado em posição de frango assado com duas almofadas na minha barriga e estava com a cabeça enfiada entre as pernas de Leo e os outros estavam segurando minhas pernas.

Tim falou que eles estavam sedentos de sexo e quando viram aquela bundinha branca, ao retirarem minha bermuda, ficaram doidos e pediu para eu ficar calado se não quisesse me machucar.

Val enfiou todo seu pau rasgando-me por dentro quando perdi toda a força e engasguei com o pau de Leo na tentativa de fuga. Val começou a entrar e sair, quando tirava quase todo e enfiava de uma sá vez batendo com força, eu via estrela de tanta dor. E assim Val, Tim (cerca de 20 cm, mas muito grosso e precisava arregaçar toda minha bunda para poder entrar) e Nei (cerca de 19 cm) começaram a revezar em minha bunda, ao mesmo tempo em que o pau de Leo na minha boca esfolava minha garganta. Depois de pouco tempo já não aguentava mais de tanta dor e com a boca toda dolorida, porém quanto mais reclamava, mais apanhava com tapas na bunda mandando eu parar e rebolar como puta. Eram peões ávidos de sexos.

Nei trocou com Leo que foi para trás, quando sem pau na boca implorei para parassem que não aguentaria, pois nunca tinha dado a bunda e estava todo ensanguentado.

Eles não me ouviram e Leo limpou minha bunda para deixá-la seca, pois assim como havia arrebentado minha boca ele disse que era para sentir cada centímetro de seu pau na minha bunda, mas seu pau não conseguia entrar todo, quando pediu que Tim lhe passasse o creme e enfiou com o dedo bem fundo no meu cu. Começou a empurrar, segurou firme na minha cintura e começou a bombar com toda sua força, me estourando todo, quando desmaiei. Retornei com Val passando pano úmido na minha cabeça, quando ouvi ele dizer: é Leo, você é maldoso mesmo, de tanto tentar conseguiu enfiar tudo. E Leo continuava me bombando. Já estava todo anestesiado, não sabia o que era dor ou prazer. Os quatros ficaram revezando nessa posição até práximo de gozar quando foram um a um segurando firme a minha cabeça e fazendo eu engolir até a última gota de porra.

Deram-me um banho e a farra continuou em todas as posições que eles viam nos filmes, na cama, na hidromassagem, na cadeira, no chão, no banheiro, até o dia seguinte quando tomamos café e Leo dirigiu o carro até Itaobim, pois não aguentava nem sentar direito. Lá eles compraram um vidro de novalgina e me deram quase meio vidro para tomar, sei que dormi até as 19 horas quando acordei, verifiquei tudo para ver se não tinham levado nada, mas tudo normal exceto um bilhete dizendo que foi átimo tirar a virgindade de um loirinho gostoso e quando quisesse saberia onde encontrá-los.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico masculino gay "ajuda que o padre queria"relatos eróticos reais-visita saciadacontos eroticos novinhaconto eroticos de novinhos com amigoscontos eroticos minha tia de saiacontos de incestos e surubas nudismo entre irmashistorias porno crentecontoseroticos chantagem velhaminha cunhada me provocacontos eróticos surruba com a primaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetriscando o pau na mão dela contos eróticosContos droticos com coroas gostosas perdendo ocabaço do cu com seus genroscoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaiscontos eroticos incesto voVôContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouseios velhas apetitososcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedando/o cabaço pro titio conto exitantena lua de mel contos eroticoconto erotico gay chupando tio bebadoflagrei minha maé com socio de meu pai contoseu sempre eu fodo minha irmã eu disse pra ela que eu queria tirar a virgindade da buceta da sua amiga minha irmã ela veio com sua amiga pra casa minha irmã levou sua amiga pro meu quarto eu tirei a virgindade da buceta da sua amiga conto eróticocontos porno negao fodendo a velha na matacomendo umemo gay ninfetocontoseroticosmapezinhos perfeitos da minha erman conto eroticocontos eroticos garotinha dormindo no colo do padrinho de pijaminhasograsgordascontoconto porno meu filho me comeucontos dei o cuzinho para meu genro roludopegando no pau na engoxadas xvideos mulheresconto eroticos.chupeu liberei minha esposacontos eroticos escutei a irma dandoquando fico sozinha com meu filho trancamos muito contosmina santinha foi estudar e deu o cu pornodoidcontos da cona da martawww.xvideos zoofilia.con.br corno ispiaconto lesbico tia iniciando a sobrinhaconto erotico gay: arrombado por um emo dotadodesejo sexual pelo sobrinho contosminha priminha contoconto eroticos gay dando para filho do do amigo do meu pacontos erotico de puta fudendo com velhoconto erotico paraliticocontos esposa no baralhoContos eróticos tio paimeu pai comeu minha bucetinhaconto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos enteada rabudacontos de traicao anal,postados no facebookcontos desexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos negaoele implorou e eu engoli sua porraconto erotico de pinto pequenoConto erotico, namorada cagou no paucunhado dotado contosContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhameu padrasto meteu na minha buceta, contosmeu padrasto foi no meu quarto contosxontos erotios menino com roupa de meninaCONTO O SEQUESTRADOR SEGUNDA PARTETransando com cunhado na carrinha e meu marido nem percebeuCONTO EROTICO ENCHE MEU RABOconto erotico gay chupando tio bebadoNa buceta da gordona dopada contoporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetacontos crente casada zoofiliacontos eroticossexycontos de sexo com viuvacontos meti a rolacontos dando minha bucetinhatranso com meu primo de primeiro grauconto erotico de esposa com mendinfoo cu mais largo do mundo contosesposa puta do meu tio corno contocontos eroticos chamou minha mulher de puta e eu de cornocontos e roticos de de mãe a tapando filho