Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO UM VIADINHO...

Em uma tarde chuvosa de terça feira, a vontade de comer um cuzinho falava mais alto, e a vontade de fuder um viado era imensurável. Eu jovem garoto de 22 anos, olhos e cabelos castanhos, corpo atlético e 19 cm de rola, jamais havia sentido tamanha vontade de fuder um garoto e foi motivado por esta vontade que nesta mesma tarde me aparece o lindo e mensurável priminho de apenas 19 anos, gay assumido, lindos olhos e parecia uma gazela desmunhecada me fazia delirar, gostava dele e relevava sua viadagem, pois sua linda bundinha me ilustrava, jamais tive vontade de fuder o radinho dele, mas desde que o vi todo pelado se trocando no quarto minha vara disparou a imaginar, eu batia punheta direto, mas jamais tive a oportunidade e a coragem de falar em uma possível transa.



E foi desta forma que motivado por vontades e medos, e que sozinho apás a saída da minha tia que o recebi, dei uma boa tarde empolgada, tirei minha camiseta para ver se aquela bicha reparava no mastro e no corpo e o cumprimentei, ele todo sorrindo perguntou da tia e respondi que haviam todos saídos e que somente estava eu em casa. Neste misero momento pergunto para ele o que ele andava fazendo da vida e se havia pegado muitas gatinhas na escola... Ele sorri e me pergunta se é uma piada, respondo que não e ele se contra vem dizendo que todos sabem que ele é gay e eu estava me fazendo de idiota. Sorri e de imediato jogo uma bela indireta, pergunto se ele curte é rola da boa, ele não responde.



Eu sem medo de falar e com uma puta excitação me atrevo a ser mais ousado e começo a passar a mão na minha pica por cima do calção, ele começa a olhar e eu para não perder o foco fico o admirando e conversando sobre coisas do dia a dia, ele me da uma bela cortada quando o indago que graça tem fuder com um homem e que o que era bom era uma bucetinha quentinha. Ele me diz que não curte a minha pessoa e que a sexualidade é dele e o cu também, o mando parar de falar se não iria mostrar o q era bom... Ele no imediato sorri e me pergunta de como eu faria isto, sem medo tiro para fora minha pica que neste instante estava pulando de excitação e digo “não é isto que você gosta... rsrsrsrs”.



Ele se levanta e diz que sou ridículo, fico com raiva e falo que ridículo era ele que adorava mamar uma pica ele se atreve a me responde “adoro mamar numa rola mais não sou você que não sabe pegar ou ate mesmo conquistar um viado, esta doido para me comer e não sabe chegar em mim...”



Fico imável diante da resposta e neste instante começo a ficar com raiva, o pego pelo braço e o mando calar a boca, ele revida e o jogo no sofá, pego a força e falo para ele ficar quieto se não iria o comer a força, ele tenta se soltar mais devido a força minha ser maior ele não consegue, ele ameaça em gritar.



A coisa fica tensa e minha rola com vontades, o seguro e aras to para o quarto o mando calar a boca, ele tenta se soltar, ele o coloco na minha cama de bruços, o seguro e começo arrancar o shots dele ele ameaça em gritar e eu ligeiramente tampo sua boca.



“Cala a sua boca viadinho filha de uma puta... você não estava a fim de me zoar, agora eu te estupro, pois a titia da putinha vai chegar somente a noite, se prepara para ser fudida.”



Começo a segurar e a passar meus dedos no rabinho dele, ele começo a susurar e começo a enfiar o dedinho no cuzinho dele. Ele parece gostar e começa a se soltar, começo a chupar o pescoço dele, começo a fazer dele a minha putinha.



Neste momento estava eu e o viadinho da minha vida, a bicha estirada na cama sendo massageada e toda acariciada sem medo de ser feliz. No momento a mesma era toda chupada, começo a liberar e a dominar a passagem dele, começo a chupar seu cuzinho lisinho, e ao mesmo tempo acariciar suas lindas pernas, ele era meu, estávamos dominado pelo desejo e não nos deitamos diante da forma e das vontades.



O beijava com volúpia, o fazia feliz, sugava seus deliciosos lábios e fazia dele uma gatinha manhosa. Apertava seu rabinho e neste mesmo instante sentia a vontade de comê-lo.



Começo a ficar todo nu, minha rola começa a esfregar em sua perna ate achar seu devido lugar, a entrada é forçada e o gemido do viadinho é deslumbrante... em pouco tempo estava ele, dominado e todo rasgado diante de uma linda rola, estava eu matando meu desejo e comendo um belo e saboroso cuzinho, um delírio de rabo, uma linda entrada... Ele gemia e me fazia sentir tanto prazer que jatos de porra dominavam minha movimentação de entra e sai jamais em toda minha vida senti tanto prazer ao comer um cuzinho, nunca se deixei levar pela violência e pelo desejo, mais era inevitável. O ato estava feito e as acarias, beijos e desejos estavam ao Maximo.



Uma tarde, um detalhe, um primo, uma bela bunda, isto sim que era foda de verdade, eu dominado, o estocava com força enquanto o ouvia gemer de desejo, ele me dizia que estava gostoso e me falava para continuar, pois queria sentir minha porra no teu rabinho. Éramos somente eu e ele, nos dois, sem roupa motivada pelo desejo e pela vontade... Eu estava metendo com força e com vontade e sem demorar vim a GOZAR, era um jato de porra enorme que me levava a um grito de desejo... Estávamos nos dois, na cama, ele com o cuzinho melado de porra e eu o beijando como forma de agradecimento pela foda. Pedi desculpas para ele e disse que quando ele me quisesse estaria pronto para servi-lo.



Com medo de levar um fora depois de um estupro ele se levanta e me da um beijo de retorno e disse que havia gostado mais que a práxima seria melhor.



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Ass: ThyAggo



MSN:



[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordalavar xoxotinha contominhasobrinhae sua amigacontosVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguecurra gordinha contocontos eroticos cunhada me ajudou quando me acidenteiContos com espermapiroquinhacontosele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaiscontos meu corno viadinhocontos eróticos orgias bicontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetaseduzindo a minha mae e irma conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos meninos e coroascontos erótico mestiça gostosaela olhou e disse que rica piça contosmadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouMinha esposa viciou em roludo contoscontos eroticos na arvoreconto erotico gay o marido da minha amigaconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos de maridos brochasmeti na minha tia de 40anos contoesposa querendo rola preta contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos enteadascontos erotico com foto de menino gay perdedo a vigidade do cuzinhovideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfcontos eróticos transando no metrôContos sou alegria dos coroascontos eroticos minha.amiga bateu ciririca em mimContos eroticos minha amiga me contoucontos zoo velha carentepriminho de pau durocasadoscontosgays/ realporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculocontos chantageano minha mae peitudacontos sexo família biDei meu cu gay pro seguraca do meu paicontos viciado em leitecomeram minha esposa,contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaContos heroticos com ninfete morenasContos eroticos comendo o sgt de dia no quartelnao mexa com presidiarios pornodoidoconto maninhaContos eroticas com cumadre bebadascontos narcejawww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...contos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadoconto erotico novinha curiosaconto velha deu o cucontos eroticos comi minha espetoracontos putaria de crentescasa d contos peguei minha sogra no flagra grudada c o m cachorrominha bucta greludacontos eroticoscontos eroticos mais lidos novinhas metidarcontos de sexo depilei minha bucetacontos eroticos elizandravesti as roupas da minha mulher por curiosidade fui flagrado pelo vizinho e virei sua putinha gayrelatos coroas defloraçãocontos eróticos abusadaContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteia pica do papai com sebo contos gaynovinha chorando no pirpcao do taradoconto de casada que adora soca a banana na bucetaconto erotico incesto sonifero filhaConto troquei o oleo com meu patraopegado carona um casal com camionero contos eroticocontos de sexo entre conhados gaycontos eroticos pegei carona e dormi com o camioneiroQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormipegei no flagra fudeno a novinhacontos d mulher dando pra dois e marido vendocontos lesbico meus pais viajaramcontos coral eroticoscontos minha tia dava pra mim