Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MANINHA GOSTOSA...

Desde pequeno, sempre tive um tesao enorme pela minha irma, que sempre teve um corpo perfeito, uma bunda redondinha e grande (sem nenhuma marca!!), seios medios, baixinha, cabelos compridos, realmente uma bela morena e tambem muito gostosa (hoje com 18anos, mas aparentando 16). Eu tenho 1,84m, 21anos, e desde pouco tempo tive percebendo que minha irma andava meio carente, ja que ela era bem esijente com seus dois ex-namorados (namorou apenas dois meses com cada um), os chamando de boboes... . Com isso sem eu perceber fui me aproximando de minha irma e me tornando tambem um confidente, ja que eu e ela estavamos sem namorados e viviamos em casa. Certo dia uns amigos nossos nos chamaram para bar que ficava um pouco distante de nossa casa e lá estaria tambem uma ex-namorada minha que tinha virado muito amiga de minha irma, chegando ao bar, cada um de nás foi para um lado para conversar com os amigos e percebi que minha irma que nao bebia estava pedindo uma bebida. A noite foi passando ate que chegou a hora de irmos embora, nos despedimos de todos, etive que puxar minha irma, por que ela havia realmente bebido um pouco, no que ha puxei ela veio de encontro ao meu corpo e me abracou, na mesma hora fiquei excitado e acho que minha maninha percebeu por que ela se calou e foi andando ate o carro. No caminho de casa ela me contou que tinha conversado muito com minha Ex e que ela havia dito que euera muito carinhoso, que tinha muita saudade de mim (aquela historia toda) e que tambem tinha sido eu que tinha arrebentado o cabacinho dela. Enquanto minha irma me contava isso, meu pau foi endurecendo sem eu perceber e minha irma que havia parado de falar, me confidenciou que nunca tinha visto um pau de perto... QUASE QUE GOSEI quando ela falou isso. Mas sem demontrar muito entusiasmo me ofereci para mostrar o meu(me fazendo de bobo, é claro!), ela negou!, mas eu incisti dizendo que eu era seu irmao e que era melhor que ela conhecesse o meu do que ela fazer uma besteira por ai. ela meio que concordou e eu entrei em um motelzinho que tinha bem a frente antes que ela desistisse. Ela gritou: -Eu nunca entrei num Motel!!! mas eu falei pra ela ficar calma por que ela estava comigo, entramos no quarto, ela se sentou a cama e me perguntou por que viemos aqui? falei para ela que queria tirar todas as suas duvidas sobre sexo e que ela podia fazer de mim o que quizesse, fou ao banheiro, tirei minha roupa, tomei um banho e voltei so de roupao, ela levantou a cabeca ainda um pouco tonta do alcool e sorriu, pois ela estava assistindo um filme porno, sentei-me ao seu lado fiz-lhe um carinho em suas pernas, barriga, ate que toquei emseus seios,ela de cabeca baixa nao rejeitou meu carinho e o meu pau que ja estava como uma rocha, apareceu, ela o segurou firmemente e me perguntou se eu ja havia me masturbado pensando nela, disse que sim e fui segurando em sua mao e comesei o movimento frenetico e ela foi gostando, derrepente ela o abocanhou, nao sei se por instinto mas ela pagou um boquete perfeito, daqueles que te leva a lua... Desamarrei seu vestido e fui sugando seus seios e ela foi deixando ete que quando fui tirar sua calsinha ela me segurou com forca e disse que ainda era virgem, olhei em seus olhos e continuei a arrancar sua calsinha e pude ver aquela xaninha virgem, depiladinha, bem diante dos meus olhos, abri suas pernas, e dei um banho de lingua em sua xaninha virgem, ate que nao aguentava mais e fui a luta e empurrei o meu pau pra dentro daquela buceta linda e apertada, estava muito dificil, confeco que tive ate pena de minha irma, mas apesar dos gritos de dor, seu olhar demostrava um prazer enorme, entao fui ate o fim e mesmo sangrando um pouco a coloquei no meu colo e ela se movimentava como uma putinha, nem parecia que era virgem, tinha que fechar meus olhos para nao ver aquele corpo que era perfeito se nao eu iria gozar mais rapido, ela estava louca, gritava, gemia, urrava de prazer, e nao se contentou apenas em perder o cabacinho da buceta e me pediu para comer seu cuzinho, a coloquei de quatro e comesei a estocar meu pau naquela bunda gostosa ate que nao aguentei mais e gozei dentro do seu cu(deitando-me sobre seu corpo). Entao senti seu corpo todo arrepiado e ela jorrou seu porra sobre a cama, gozamos juntos!!!

Foi uma das melhores fodas de toda minha vida, so minha irma mesmo para me deixar louco assim, entao fomos ao banheiro, tomamos um banho juntos, fudemos mais um pouco efomos para casa, hoje nás dois arranjamos namoradas, mas continuamos nossa rotina de prazer incestuosa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa com negao contosconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostaconto arumei um pauzudo pra minha esposa e ela vicioubaixo forte troncudo e pau grosso gaycontos com maes de sainha incestocontos crente casada vira p*** DVDConto fui fudida pelo mendigovalesca chupando e o namorado olhandocontos de sexo picante forcado por chantagemida a delegacia conto porno gayconto cunhada e sogra safadinhaconto praia nudismo familiacomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.Contos afeminado c shortinho socadohonme infinando a rola na bumda da molemulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticosconto estupradaFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carroconto com cunhada chantagistameu cao taradoconto com irmã casadaver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionárioscontos tia da banho em sobrinho.Contos eroticos bundudaconto erotico sobrinha inocenteconto minha tia so fica peladaDOU CU DESDE Novinha Gay Padrastovagina que contrai o peniscontos eroticos arrombando a gordaxvedio nerga da cu pertaconto erotico eu e minha sobrinha amanda safadinha em casacontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheirocontos lesbicos com minha irmatinha perder sua coroa no seu pau do negrãoconto lesbico tia iniciando a sobrinhaDei o cu pro policial, quase me rasgaO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocomo dopar uma mulher e fazer sexo contovestindo de mulher e dando o cuzinho contocontos eroticos zt i: blackmailcontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anospegando hetero casado conto gayconto erotico mulher deu buceta para mendigocontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balaContos eroticos de prostitutahistoria de mulher cazada que deu a.buceta e o cuzinho por seu sogro na marra e ele tinha um pau enorme e grandecontos a maluca punheteiraChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contoContos eroticos Machucaram minha bucetacontos eroticos arrombando a gordaconto gay primos no sitiocontos eróticos comendo minha alunaCU arrombado ABERTO madrasta contomandei meu marido chupar um pau de travesti contocontos de homem que comeu a sogra e a esposaconto erotico enpregata cavala peitudaconto com putinha novascontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhamimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaycontos eroticos incesto pai fzd massagem na filha inocentecontos minha mae minha puta 23cmdilataram minha buceta contosAdoro transar com mina amante menstruadacontos safados purezafoi fazer coisa errada e irmao chantageou pra fuder a gostosaa santinha conto de zoofiliacontos: exibindo a mulher para o cafetãocontos de zoofilia com antacontos eroticos o filho da vizinhaconto minha cunhada me deu cu e sua tambemcontos eroticos arrombando a gorda