Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MINHA ESPOSA E O MÉDICO

Convidei minha esposa para jantar no motel e perguntei se poderíamos levar alguém. Ela ficou horrorizada e logo negou. Insisti muito e falei que estava querendo realizar nossas fantasias com outro macho dentro dela. Ela argumentou que a imaginação era muito diferente da realidade, quando trasávamos imaginando outro macho a comendo sempre foi excitante mas que não tinha coragem de tornar real essa fantasia. Falei que poderíamos tentar e que, na hora h, ela poderia desistir e ainda falei que já tinha escolhido o cara. Ela me chamou de tarado e perguntou se realmente deixaria alguém enfiar o pau naquela bucetinha que sá havia levado apenas meu pau. Eu lhe respondi que essa era a minha tara, queria muito realizar essa suruba. Depois de muito argumentar, ela resolveu ir, mas disse logo que não prometia nada. Ela foi tomar banho para sairmos e, enquanto isso, liguei para o médico da minha esposa que há tempo está querendo comê-la. Já saímos várias vezes para jantar e ele sempre com esperança de comer minha mulher na sobremesa. Liguei para o cara e o convidei para jantar e fui logo dizendo que o que ele estava querendo há muito tempo ele iria ganhar nessa noite, ele ficou muito curioso mas não adiantei nada. Nisso, minha esposa saiu do banho e quando chegou ao quarto me viu de pau duro e fui logo dizendo que havia convidado o seu médico para a suruba e ele tinha aceitado. Ela falou que estava escutando e que tinha ficado bastante excitada e já estava gostando da ideia. Eu não estava mais aguentando o tesão e comecei a passar o pau na bunda da minha esposa, mas ela disse que não, pois estava se preparando para trepar com outro macho e que eu sá iria olhar e ainda disse: “não era isso que você estava querendo”. Fiquei mais excitado quando ela falou isso. Então ela continuou a falar: Vai, escolhe minha roupa que eu quero ficar igualzinho a uma puta, vou trepar muito”. Escolhi uma calcinha fio dental minúscula que nem ao menos escondia suas tatuagens, uma saia também mito pequena e uma blusa transparente que eu gostava que ela usasse sem nada por baixo (dava para ver o contorno de seus lindos seios). Enquanto ela se vestia, eu tentava passar a mão nela mas ela não deixava e dizia que sá depois que ela desse muito para outro macho e que eu sá iria comer quando ela estivesse toda melada com porra do outro. Fomos para nosso carro, eu atrás dela sá admirando aquele corpo sensual. Dirigimos por uns vinte minutos até chegar no local marcado, ela passou a mão na buceta várias vezes e realmente percebi que ela estava com vontade de trepar. Quando chegamos, fomos ao encontro do nosso amigo que não tirou os olhos da minha esposa, pois ele ainda não a tinha visto vestida daquela forma. Fui logo dizendo que não iriamos jantar naquele local, pedi para ele nos seguir que eu o levaria ao nosso endereço escolhido. Seguimos por uns trinta minutos e então parei em frente a um motel, pedi uma suíte de luxo com duas vagas na garagem. Entramos e estacionamos. Minha esposa desceu do carro e veio ao meu encontro, então ela disse no meu ouvido: “Fique me esperando aí, vou dar muito, vou deixar a porta aberta para você ouvir os gemidos, fique olhando sua esposa levar pica”. Fiquei olhando ela entrar com nosso amigo, ele olhou para mim e eu o cumprimentei e o mandei seguir. Eles entraram e deixaram a porta aberta, sai do carro e fui bem devagar olhar o que acontecia, estava muito excitado, cheguei bem práximo da porta e pude vê-los através do espelho. Eles estavam de joelho sobre a cama, ela ainda estava vestida mas ele não. Ela estava fazendo uma punhetinha nele enquanto ele passava a mão na sua bucetinha por baixo da saia. De repente ela começou um boquete, nessa hora não aguentei e tirei minha roupa e comecei a me masturbar, estava bom demais. Aos poucos ele foi tirando sua blusa, deixando seus peitinhos à mostra, o novo macho da minha esposa começou a acariciar seus seios, principalmente os mamilos enquanto minha putinha fazia um boquete de profissional. Ele levantou sua saia e deixou sua linda bundinha apontando para cima e com um fio dental enfiado, baixou sua calcinha e finalmente acariciou aquela buceta depilada, quando passou os dedos no clitáris da safada ela parou o boquete e ficou pronta para ser penetrada de quatro, eu já estava quase gozando quando minha putinha me chamou, entrei no quarto com o pau duro e ainda me masturbando. O nosso amigo estava posicionado atrás da minha esposa, com o pau duro, pronto para penetrá-la, coloquei meu pau na boca da minha putinha e falei para o cara enfiar a pica na bucetinha da minha esposa porque nás não estávamos mais aguentando. Ele foi colocando o pau lentamente naquela bucetinha melada, minha esposinha concentrou-se para sentir todos os centímetros daquele pau. Logo ele começou a movimentar-se num vai e vem até gozar e encher a buceta da minha esposa. Depois da gozada, o coitado cansou e tirou o pau da minha putinha, eu estava quase realizado, sá estava faltando a gozada e tinha que ser naquela buceta cheia de porra de outro macho. Tirei o pau da boca da safada e fui ocupar a posição que nosso amigo tinha deixado, atrás da puta. Coloquei o pau, que entrou fácil, senti a umidade na bucetinha da minha putinha e gozei muito. Depois disso descansamos e marcamos outro encontro que contarei da práxima vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Xvdio estupradu evangelicaMeu marido fez eu meter com cao da rua e o pedintecontos eroticos arrombando a gordaenteadinha putinha contosxv leke dormindo .com madrstaPrima chomo prima para dormi o primo fudeno elascontos eroticos papai me fodeuarrombou minha bunda contoscontos er¨®tica lesbicosesposa puta do meu tio corno contoContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtominha piroquinha dura no cu do molequecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraochupando buceta com gosto como se beijase uma bocavidio porno mulher coloca vibrador de 53 cemtimetro todinho dentro da bucetacontos eróticos humilhando o c****real conto cunhadocontos de traicao anal,postados no facebookcontos eroticos 9aninhos lesbicaporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredeshomem desconhecido pegou na cona porno contocontos foi assim que me arrombeicasada seduzida contosconto gay comi a namorada do traficante e fui estuprado    Tia gostosa no msn contocontos de mecânicos casadoscontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorrocontos eróticos baixinhasContos eróticos d velhos tarados no cemitério okinawan gélico pornôconto erotico evangelicaContos eróticos /estrupandocomi minha tia na roça com meu tio e primos na charrete contos eroticoscumendo a irma tia e mae so no cu contos eroticospornô colocou supositorio na paciente e ficou excitado contos eu marido na prai de nudismovideos para deixar o namoradoexitadoencarei 30cm contosmulher dando e batendo punheta conarolaeinsesto irmao rstrupa irmaconto erodico gay usando ropa de mulhercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteo meu padrasto me arrastou pro matagal contosgostosas de saiascurtinhas de perna pra cimacontos erotico de puta gozando no pau do velhoSentei na pica e cavalguei gostoso com a pica dentro parei prazerContos erotico prima danp pro primo roludo.arromba elao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsoconto erotico da desvirginadacontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentoUm homem me colocou supositorio contoscontos eroticos de barbeiro cortando cabelo de mulheres casadasdesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cutomando banho com a irma gordinha mais velha contos pornomama direito vadia csralhocomi a minha mãe na chantagemcontos eroticos negao fodeno galinhaconto erotico madame,filha e empregadocontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei neladormindo ao lado conto eróticodandoprocaipiraporno conto mae gravedafoto de esposa palida magrinha de quatro mostrando o cucontos eroticos nudismo mae e filhocontos eroticos garotinha dormindo no colo do padrinho de pijaminhacontos/ morena com rabo fogosocontos eróticos gay sendo putinha na minha casaContos eroticos fui a putinha desde pequeninhacontos eroticos na frente do cornorelatos erotico brasil surubavideo porni incesto enteada puta umilha mãefodendo com desconhecido no motel contoscontos eroticos lesbico casadas e travestifamily sex 2 - contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos safados pirocao