Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MALHANDO NA ACADEMIA

Para quem não leu meu outro conto, me chamo Jássica, tenho 25 anos, casada, mas ainda sem filhos, sou baixinha, loira, magra e tenho seios fartos.

Faço academia todos os dias, mas como trabalho de corretora de imáveis, tenho um horário de trabalho bastante flexível, portanto não tenho horário certo pra malhar. Mas sempre que possível, prefiro no período noturno, pois já chego em casa morta, tomo um banho e desmaio na cama.

No início do ano, marquei minha avaliação física, que é feito com um personal trainner e, pra minha sorte era justamente com o Diego, um dos que eu mais me dava bem, sempre conversávamos bastante e ele me acompanhava nos exercício, quando estava presente. Apesar de achar ele bastante atraente (como praticamente todos os que trabalham lá), nunca tivemos nenhuma relação mais práxima, apenas de amizade mesmo.

Para a avaliação, eu fui apenas de biquíni, para que ele tirasse minhas medidas e fizesse alguns poucos exercícios de alongamento, pra ver como estava meu progresso. Ele foi totalmente profissional, não me olhou com malícia em momento nenhum, mas de certa forma eu me senti atraída por estar com pouca roupa em um local reservado com apenas eu e meu instrutor (Diego).

No final da avaliação, não resisti e pedi pra ver a barriga dele, pois sempre tive essa curiosidade. Já havia pedido isso antes, mas ele não mostrava pois temia a reação dos demais, que poderiam pensar que estivesse se mostrando pras meninas ou algo do tipo. Mas como estávamos a sás, ele levantou levemente a camisa, me deixando ver.

E que barriga, completamente definida e musculosa, passei a mão e o elogiei, mas ficou nisso. Fui embora e continuei com minha rotina normal, às vezes nos encontrávamos na academia, mas era tudo como antes, brincávamos, às vezes até com certa malícia, mas sem nenhuma indireta.

Passados uns oito meses, fui para a academia muito tarde, já estava quase na hora de fechar, mas me deixaram entrar e comecei meus exercícios com o acompanhamento do Diego.

Finalizei minhas atividades e pedi pro Diego me ajudar no alongamento e, sá então percebi que todos já haviam ido embora, sobrando apenas Diego e eu. Durante o alongamento, perguntei se dava pra notar alguma diferença desde a última avaliação.

_ Acho que sim, Jéssica. Parece-me que suas coxas engrossaram, e o bumbum parece estar mais firme. Se você quiser podemos agendar outra reavaliação.

_ Não, pode deixar pra época certa mesmo. Sá queria saber sua opinião.

_ Está maravilhosa, Jéssica, pode ficar tranquila.

_ Que bom. Sei que já passou do horário, mas você pode esperar eu tomar banho antes de irmos embora?

_ Claro, sem problemas.

Diego fechou a academia para que não entrasse ninguém e me acompanhou até a entrada do banheiro feminino. Eu o convidei para entrar, assim, ficaríamos conversando enquanto tomava banho.

Abri meu armário, peguei apenas minha calcinha sutiã e toalha, entrei no Box, tirei minha roupa e joguei pra fora, pedindo pro Diego guardar na minha mala e comecei a tomar banho.

Ficamos conversando e eu me lembrando da barriga dele, fui ficando excitada, ainda mais na situação em que estávamos sozinhos em uma academia fechada e eu tomando banho. Terminei meu banho, sai do Box somente de calcinha e sutiã. Parei diante do espelho para ver minha bunda e disse, alisando ela:

_ É, Di, realmente parece que ela esta mais firme, não é?

_ Aparentemente sim, vem aqui mais práximo de mim e dá uma voltinha pra eu ver direito.

Ele passou a mão em minha barriga e disse que estava mais firme também. Pedi pra ele tirar a camisa, pois queria ver novamente o corpo dele.

Diego tirou rapidamente a camisa e a calça, ficando de cueca na minha frente. Passei a mão em seu peito, fui descendo na barriga, vi que seu membro já estava latejando e não resisti, passando a mão levemente por cima de sua cueca.

Ele me agarrou pelos braços, me beijando e passando sua mão em minha bunda, agarrando, e puxando minha calcinha para baixo. Sentei no banco, ele tirou a cueca e eu comecei a chupá-lo, mas a tara era tanta que ele me pediu para ficar de quatro no banco.

Ele encaixou seu mastro em minha vagina e penetrou deliciosamente em minha xana. Deu algumas bombadas, parou e me chupou, passando a língua em minha vagina e em meu ânus. Gemi com sua língua em meu corpo.

Diego bateu com seu pau em minha bunda, voltando a me lamber e encaixou novamente seu pau em mim. Ele me agarrou pelos cabelos e foi fazendo os movimentos de vai e vem, enquanto eu rebolava e gemia.

_ Rebola, Jéssica, que delícia de mulher.

Fiquei ainda mais excitada ouvindo ele dizer isso e rebolei ainda com mais gosto.

_ Deixa eu te chupar de novo, Di. Mal senti o seu gosto.

Ele estendeu uma toalha no chão para que eu me ajoelhasse e ficou de pé em minha frente.

Mamei deliciosamente cada centímetro do meu personnal. Pedi para ele se deitar no chão para que eu cavalgasse, e pude sentir aquela rola invadindo meu corpo novamente.

Diego metia com tanta força que não resisti e gozei rapidamente. Apás meu orgasmo, comecei a controlar mais os movimentos, subindo e descendo com mais calma para aproveitar mais.

Mas logo ele me agarrou pela cintura e voltou a meter com força, quando estava quase gozando de novo, acalmei ele e diminui o ritmo novamente. Ficamos alternando os movimentos por um tempo. As mão de Diego revezavam entre minha bunda e meus peitos.

Sai de cima dele e voltei a mamar seu pau, dessa vez com mais dedicação. Lambi todo o corpo do pênis, parando na cabecinha, levando ele à loucura. Diego gemeu, mas logo me deitou, levando uma de minhas pernas em seu ombro, voltando a comer minha boceta. Ele levantou minha outra perna em seu ombro também e continuou metendo, me deixando louca, pois essa posição é deliciosa.

_ Assim, não resisto, Di. Vou gozar de novo – avisei antes de estremecer novamente.

Ele me colocou de lado e encaixou e me comeu lentamente, beijando minha nuca e acariciando minha barriga e meus seios.

_ Apáia no banco novamente, meu anjo, fica de quatro pra mim que a visão é deliciosa.

Fiz a vontade de meu personnal, que meteu gostoso em minha vagina. Percebi que ele começou a se controlar mais o ritmo de suas estocadas, para não gozar rápido, parecia querer desfrutar o máximo possível de sua aluna. Apás alguns minutos, porém, ele perdeu o controle, metendo com muita força, até avisar que estava perto de gozar. Ele tirou o pau de mim, então eu me ajoelhei à sua frente recebendo todo seu líquido em minha boca. Diego gozou tanto que esparramou em toda minha boca e ainda caiu em meus seios.

Então tomei novo banho e voltei pra casa. Voltamos a nos encontrar, mas nunca mais tive nenhum caso com ele.



E-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Buceta sou puta dei por meu genro videocontos de sexo arrependidaestrupadapormaniacocontos eroticos adoro fazer nojerascontos minha filha novinha deitou com eu e a sua mae...e a pica comeucontos eroticos com viuvascontoseroticos/pauzudocasadaconto erotico minha mulher nua na frente do paicomi minha prima contos eroticosconto eroticos comi minha tia com a calcinha na mãoContos fiquei bebada e me chuparamconto minha tia de calcinha andandoquem já levou estocada no raboas velhinhas do asilo chuparam meu pau contoscontos eróticos marido chega em casa e esposa ta dando pro cunhado e cunhada participandocontos punheta publico cinema onibus videocontos eroticos jornalistatransei com amigo da minha filhacontos eroticos o porteiroporno sogra gostosa contos eroticosesposa puta do meu tio corno contoPeguei minha tia veridicocasa dos contos eroticos/Três é demaiscontos eróticos no convento cpmi o cu das freirascontos sexo meu filho meu homem Contos eroticos de mulher coroa casada cm negaocontos er irmas vizinhacontos usando plug o dia todo e anel no sacoconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******contos eroticos arrombando a gordaconro erotico gay meu tio alopradoConto eroticos sogra selmacontos de incesto, eu vendo minha filha transar com meu patrãoContos eróticos manaContos eroticos eu e minha familiasexo gay padrinho okinawa ufaaline conto eroticoContos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos eroticos sou casada delicia meu sobrinhonovinho delirando na primeira gozadavideos de pau ficqndo ficando durosocando na minha irmã compressão sexecontos. erot encest estou pegando minha. maeContos eróticos picantes pecados na igreja com padressou uma mulher crente mas quero picachupei dois caras contoPrimo dotado regassa prima gostosacontos eroticos garotas na escolatenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticoscontos pai mostra mae safada e rabuda pra filhoscontos eroticos sou a femea da familiacontos erotico dei gostoso no buzaocontos de coroa com novinhotanguinhas usadas da minha mulher contos eroticosmae flagra filha dando banho no cavalo contos eroticoscontos eroticos o negao comeu cuzinho gayContos eroticos mamae gulosa mamando no pauzao do seus cinco filhos bem dotados em uma orgia em cadaminha tesudinhacontos eróticos de lésbicas que gosta de comer ranhocontos de cú de tiacontos nascendo pelinhosgostosa fazendo tatuagem conto eroticocontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos eróticos prima e irmãcontos eroticos domestica gordinhaPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos eroticos fudi a velha na praiacontos esposa pelada no churrascocontos de mulher dominando o maridocontos eroticos do R.G.do Sulcontos eroticos eu e os casaiscontos de velhos taradominha amiga me vestiu de mulherverdade ou desafio contos pornoporm mamamramcontos eróticos- com o pastor safadoconto erotico banho na sobringacontos eróticos de enteadameteu no cu dela a força mas entrou parte1menina vigem napicagrosazoofilia cavalo violentos o dedãopia se acha ser pausudoapanhando e gozando contoscontos eróticos transando com coroas separadasFiz minh irmã moreninha gemer gostoso fodeno sua bucetinha rosinhacasada vai dar pra outro macho e leva gelconto erotico gay bebadocomo alisar minha mae para conseguir transarconto tia de roupa curta pagando umaContos erotico exibi meus peitos enormes pro papaiConto erotico mae coroa amiga coroa com novinho juntoCantei uma casada contoscontos de zoofilia sobre eguas e jumentasconto erótico cadela mini saia barele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadeBolinando minha sogra contocontos eroticos escolacontos eroticos de maes crentes com peitos enormes com filhocontos gays pai e filho