Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TESÃO DE PRIMA.

Olá! Venho até aqui contar e de certa forma dividir com todos que curtem o site, a minha melhor transa até hoje, e muito mais do que isso, a realização de minha maior fantasia sexual, fetiche, loucura e tudo mais.rnrnTenho uma prima muito, mas muito gostosa. Algo fora do normal, sem explicação. Tem 29 anos, coxas grossas, cabelo comprido práximo a cintura, encaracolados,pele clara, uma bunda perfeita e grande, gostosa demais, que sá de tentar descreve-la, fico excitado. Rosto lindo e peitinhos médios deliciosos, saltitantes em seus belos decotes que costumamente usa.rnrnDesde os meus 19 anos, tento comer a minha prima, por varias vezes tive a oportunidade, mas desperdicei. Sempre fui louco por aquela bunda e aquelas coxas grossas, com pelinhos amarelinhos, reluzindo ainda mais a beleza absurda de suas coxas.rnSempre que surgia uma oportunida eu tentava tirar um casquinha da gostosa...rnEncoxava ela, passava a mão entre suas pernas e bunda, e ela sempre permitiu, faltava-me sá concluir a ação de foder gostoso com ela, porém eu sempre dava mancada e perdia a oportunidade, e a maior de todas as mancadas foi apresenta-la para um amigo, quando ela tinha 19 aninhos, e este sortudo, casou-se com ela, e são casados até hoje, o que de alguma forma, deixou que minha missão de comer ela ficasse quase que impossivel.rnrnAnos se passaram, eu sempre na volta, abraçando, cativando ela, tentando de uma forma qualquer seduzi-la, mas a médida que os anos passavam, ela tornava-se cada vez mais uma esposa séria e reservada, e menos eu tinha moral ou chance de avançar o sinal.rnJá estava bem claro nas suas atitudes, que ela não trairia o marido, pois os dois eram felizes e realizados, bem sucedidos e tinham uma relação estavel demais. Ele dava tudo que ela queria, e nem arriscava perder uma mulher daquelas, que a cada verão que passava, ficava mais e mais gostosa, e os amigos do marido, mais e mais afim de come-la. rnTeve um caso de um amigo nosso em comum que certa vez tentou convida-la a dar uma trepada, foi uma catastrofe, ela contou tudo pro marido e até hoje os dois que eram amigos, não se falam mais, e o cara chegou a perder a namorada que tinha na época porque a mesma ficou sabendo do que ele tinha feito.rnIsto me deixou ainda mais medroso e com muito receio de tentar comer minha prima. Uma situação constrangedora como a que o nosso amigo passou, seria trágico pra mim. Perderia minha namorada, meus amigos e me queimaria com minha familia... Ao pensar nisso eu sempre freiava meus instintos, mas continuava sempre me esguelando em punhetas sem fim, pensando na minha prima tesuda. rnJá era paixão, loucura, eu não aguentava mais...rnrnMinha prima, apesar de ser uma mulher bem sucedida e de respeito, tinha um ponto fraco bem interessante, e ao perceber isso, comecei a investir nessa fraqueza entre aspas, que ela possuia. Ela quando bebia, se possuia, virava pirigueti, dançava funk até o chão, rebolava muito, me chamava pra dançar musicas coladinhas, e apertava e seu corpo no meu e beijava meu rosto dizendo que me adorava... e imaginem o tesão que eu ficava cada vez que isso acontecia. Por esse motivo, eu sempre convidava ela e o marido para sairem comigo, ir em baladas, beber e curtir, lágico, assim ela iria se possuir e minhas chances aumentarem, pro desespero do marido que sempre tentava disfarçar o descontentamento com um sorriso de canto de boca. rnEm uma destas festas cheguei a me passar um pouco, e encoxei ela, logo que fiz isso, ela deu uma resposta negativa, e se afastou, mesmo assim um pouco depois, estava eu alisando sua bundinha sem que ninguém percebesse, e desta vez ela não fez nenhuma mensão negativa, ficou alí paradinha enquanto minha mão corria seu bumbum. Assim foi em algumas vezes na praia, ou na piscina, encoxando ela, ou passando a mão desfarçadamente, mas sempre quando ela estava bêbada, pois assim ela não se importava ou nem percebia.rnrnTrabalhando em cima desta sua fraqueza, enfim que chega o dia da minha sorte, e apesar de toda a sorte que tive, foi valido de muito a minha determinação e tesão na pica, pois antes do dia que isso aconteceu, eu havia passado duas semanas consecutivas me masturbando e pensando nela de uma forma compulsiva e anormal. Como nunca tinha sido. Eu não conseguia parar, cheguei a pensar em ir em sua casa e agarra-la enquanto o marido estava trabalhando, mas me segurei firme e forte e pensei que na práxima festa em que ela estivesse bêbada, eu iria avançar o sinal mais do que nunca tinha avançado.rnrnE foi assim mesmo.. rnrnCerta noite, haviamos nos programado de sair em turma, todos os amigos de infancia, para uma festa em uma disco de uma amigo nosso. Foi uma grande reunião, amigos que não se encontravam a anos, muita bebida, e música, uma grande festa. Tudo muito divertido, e minha priminha tesuda, mandando ver na caipirinha, cervejinha, wisky com energético, misturando tudo e eu adorando aquilo, sá olhava ela enxugando e enquanto isso eu fazia que bebia, pra ficar o mais consciente o possivel, na hora de encoxar e tentar comer aquela gostosa.rnMeu plano era o seguinte; não passava pela minha cabeça comer ela naquela noite, até mesmo porque ela estava acompanhada do marido e seria muito difícil tirar ela de perto dele, mas eu iria aquela noite, me abrir com ela, aproveitar sua bebedeira, e encoxa-la, beija-la, passar a mão, seduzi-la e assim por fim, dizer a ela oque eu sentia. E tentar marcar algo para o outro dia ou algum dia seguinte. Queria tentar conseguir ao menos, um beijinho escondidinho, e isto seria o maior tesão da minha vida. Imaginava ela nos meus braços beijando minha boca, e me acabava masturbando-me. Eu estava a beira da loucura.rnrnE no dia da festa estava ela, toda gostosa, com uma microsainha jeans,realçando suas coxas poderosas, os homens todos olhavam, e isto me excitava demais. O corno do marido estava entusiasmado com os amigos que revia, e por muitas vezes deixava ela sozinha, e eu mais do que ligeiro me aproximava e levava bebida pra ela que não fazia cerimonia e bebia logo. Numa dessas, ela já me abraçava e me tirava pra dançar, levei ela ao fundo da disco atrás de umas caixas de som enormes que tapavam toda a visão do resto da festa, e lá começamos a dançar um forrá, bem coladinhos, minhas pernas entre suas pernas e aquela sainha subindo cada vez mais, e eu com a rola que era um ferro, esfregava em sua cintura e mais ainda ela me puxava pra junto dela.rnrn Eu delirava, amigos... Delirava!rnrnToquei a mão em sua cinturinha e fui baixando, e percebi que pelo relevo de sua calcinha, era uma fio dental minuscula, e eu sou tarado por calcinhas fio dentais, se a mulher tiver usando uma calcinha pequena, eu nem tiro, sá arredo a pontinha pro lado, e soco a vara. Assim eu já imaginava eu fazendo isso com ela.rnrnTomei coragem e comecei a beijar seu rosto e dizer que ela estava linda aquela noite. Ela sorria e dizia que eu também estava um gato. Eu aproximei mais ainda nossos rostos e sapequei um selinho na sua boquinha, ela retribuiu e sorriu, e eu quase GOZEI nas calsas.rsrsrsrss.rnrnEntão, comecei a falar tudo que sentiapor ela. Disse mais ou menos assim:rn-Prima, poxa, nem sei como te dizer, mas do fundo do meu coração, eu te amo muito, e é algo tão mais forte do que amor de primo, ou de irmão, ou amigo, é amor de te querer.rnrnEla sorriu e me abraçou e disse que também me amava. Eu continuei a falar:rnrn-Mas oque eu quero te dizer, é que... sinto um puta tesão por ti, há muitos anos que venho tentando controlar isso, mas cada dia que passa fica mais dificil. Eu preciso te tocar, te sentir, te ter, na real...te comer ao menos uma vez, ou não vou conseguir continuar feliz em nossa relação de primos. rnrnEla olhou com olhar de espanto... Ficou muda um tempo, mas sorriu. E disse:rnrn-Eu sou casada, e ele é teu amigo de infância, tu és meu primo, e isto tudo é muito errado e proibido, mas confesso que da um tesão do caralho sá de imaginar a gente fudendo escondidinho de todos.rnE ao terminar de falar isso, ela segura a minha rola e me da um beijo gostoso na boca.rnrnImaginem minhas pernas como se pesassem milhões de toneladas, eu tremia meu corpo todo, e meu pau... ah meu pau quase furava minhas calças.rnNão quis arriscar, e logo peguei ela e pedi para que dessemos uma volta, ela olhou em direção ao salão a procura do marido e viu que ele estava rindo com os amigos e bebendo e parecia nem sentir falta a dela. Então ela rapidamente disse: rn-Vamos, mas temos que ser rápidos.rnrnMinha alma gelou! Eu não sabia se ria, se gritava de alegria, se tirava o pau pra fora, se agarrava ela...Ah, eu estava fora de mim!!rnrnSaimos da festa, subimos duas quadras em direção a uma pracinha que tinha uma peça abandonada, entramos alí já nos beijando. No caminho até lá, ela me contava que a relação com o marido já não era mais a mesma, que ele pouco procurava ela, que ela brigava muito com ele, e que estavam quase separando. rnEu ouvia aquilo com uma alegria indisfarçável.rnrnAo entrarmos na peça abandonada, levei ela até um ponto onde tinha uma janela, dali podiamos ver se alguém se aproximaria. rnBeijando-a levantei sua saia e acariciei aquela bunda enrome e deliciosa. Descia e lambia suas coxas e bunda, e chupei sua xoxotinha molhadinha e cheirosa, e assim quase gozei, sá de aflição em querer meter naquela gostosa monumental. rnEu repito, não tem como descreve-la, ela é simplesmente a mulher mais gostosa do mundo, ou ao menos a mais gostosa que conheço. Ela é puro tesão, sá de olhar em seus olhos, o pau de qualquer homem endurece.rnÉ fora do normal. Deliciosa!rnrnTirei minha roupa e logo ela caía de boca em minha rola. Agachadinha com aquela calcinha branquinha fio dental, eu podia vislumbrar a mulher de meus sonhos chupando a minha rola, do jeito que eu sempre imaginei, com uma micro calcinha enfiada e realçando ainda mais, sua bunda enorme e perfeita.rnrnBatia com meu pau na cara dela, ela gemia enquanto chupava, eu estava quase gozando e pedi que ela parasse um pouco, queria comer a xoxota dela antes de gozar.rnPra esperar baixar um pouco minha vontade de gozar, comecei a chupar sua xoxotinha e lamber suas deliciosas coxas. Era um sonho pra mim.rnrnLogo não aguentava mais, e coloquei ela encostada na parede com a bundinha empinadinha pra mim, e arredei sua calcinha pro lado, e comecei a enfiar minha rola grossa e latejante em sua bucetinha meladinha e apertadinha. Ela não tinha filhos, e em toda vida sá tinha fudido com o marido, que pelas más linguas, diziam ser um caso de pau pequeno, suas ex namoradas sempre comentavam isso entre os amigos. E modestia a parte, eu tenho uma rola grossa de 24 cm que sempre faz um bom trabalho..rsrsrrs. rnEla gemia muito alto e dizia:rn-Primooo, que pau é esse? Ah que tesão!!! Me fode, vai! Fode tua puta, aquele corno nunca me comeu feito puta, me fode feito puta, vai seu gostoso!!!rnEu gemia muito e chamava ela de puta e dizia pra ela contar pro corno que eu tinha comido ela bem melhor que ele. Ele gemia e dizia que sim...rnrnNão aguentei muito e gozei litros dentro dela. Enquanto ela rebolava mais e mais, eu perdia o equilirio e minhas pernas bambeavam.rnrnDeitei-me sobre minhas roupas no chão, para recuperar meu folego, e ela insaciável, começou a me chupar, logo já estava eu de pau duro novamente, e ela sentada em mim, rebolando e gemendo muito! Eu me contorcia de tesão, ela sentava de frente e de costas, depois coloquei ela de quatro, e terminei fudendo com força, e espancando aquela bunda enorme, até eu gozar em sua boquinha. rnrnFicamos uns minutos mais alí e voltamos pra festa.rnNo caminho conversamos, e combinamos um outro encontro e ela me disse, que não queria deixar de foder comigo, nunca mais, que eu comi ela muito melhor que o marido, e eu sorria sozinho e me beliscava pra ver se era real oque estava acontecendo.rnrnNos encontramos outras vezes, continuamos a relação, escondidos, por vezes em sua casa, outras em minha ou em moteis, e a parte engraçada de tudo que estamos apaixonados, e ela já pediu divorcio pro marido.rnrnSe vamos assumir um relacionamento sério? Não sei... mas que não deixarei de comer esta mulher maravilhosa, nunca mais, ah isso é certo.rnrnEla sem dúvidas é a mulher mais deliciosa que eu conheço e hoje realizamos todas as nossas fantasias, inclusive alguns menages com outras garotas, mas isso fica para um outro conto.rnrnAbraços.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pai gosano dentro da eintiada. ela gritaContode puta que deu buceta cavalo lascaeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaConto gay mamilo pontudoarrombado cu de subrinha contocontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofacontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemContos eroticos esposas visita em casacontos eroticos/virgens estuprada pelo padrinhocontos coroas amigas da maeconto primeira vez com meu irmao travestiler contos eroticos de casais trepando dentro de cinemas com outros homensfudendo pra valer com tubo de gel no raboconto gay arrombado pelo ceguinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei a xana escondida contostransei gostoso com minha aVò insertosconto erotico peguei no fraga meu pai comendo meu maridoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposaporra minha secretária tem a bunda deliciacontos eroticos com coroa taradocontos eroticos dei para o meninocontos eróticos incesto comendo mamãe minha musacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eróticos com senhor de idade com rapazvideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosoContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudaContos eroticos esposa certinha sendo encoxada na frente do maridoCONTOS ERoticos cozinhaconto erotico travesti trabalhando e foi fodida no trabalhoEngoxadas pegando no pauComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigocuzudas contoscontos eróticos de novinha dando para garanhãohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_25933_fodendo-o-recepcionista-do-hotel.html&ei=h1fTW1EH&lc=pt-BR&s=1&m=739&host=www.google.com.br&ts=1489513220&sig=AJsQQ1A6LGGFLRL7NY2__JYTuAweTMayWwcontos eroticos minha tia tomando banho de solAdoro ser cdzinhacontos eroticos arrombando a gordaescolteiras novas safada na fazendacomeram meu cuzinho conto gayconto erotico comendo minha vizinha carminha contos eroticos arrombando a gordahiatorias eroticas com amigo hetero porno adivogada trepa com criericontos eroticos gays com vaqueirosrelatos de esposas de cornos mansoscontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanoContos eroticos como chantagieicontos perdi minha virgindade com casadotias coroas em festa despedida de solteiramulhe chupa caserte do jeguecontos eroticos em familiaconto erotico dona de casa casada cantadacontos erotico de meninas que vendeu seu cabacinho ainda bbcontos eroticos minha sogra se machucoucontos de coroa com novinhocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos isto e realver conto erotico sob velhos etrupadoremeu irmao tirou minha virgindadeconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhasconto eróticos menina de 9aninho mamando na pica do tio da vam cnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscontos de zoofilia :a depravadaconto eróticos menininha entrando na picaAcordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos eróticos zoofilia meu primo comendo éguaela me endinou a roçar grelo com gtelo/contocontos eroticos gordinha dando pro serventecarro matrupado xvideoconto erótico aninhosgosto defazer foi terra no meu maridocontosmeu primo pegou no meu penis de 10cmconto erotico gay apertadinhocontos eróticos encoxada no ônibuscontos eroticos lesbico casadas e travesticontos eróticosContos eróticos apagao sograContos eroticos como perdi meu cabaço com meu vizinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comendo avócontos eroticos de mamar no peito da primatetudas contosconto erotico sentei no colo com o carro lotadocontos-cúzínho apertadinho da titiacontos eroticos dando a bunda pra um caralhudo contos erotico enganada mae e filhatravestis comeu o cu virgem da evangelica,contos eroticos