Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO

Olá, me chamo João e sou casado, tenho 32 anos 1,9 m 85 kg, cabelo preto, em outras palavras, um cara normal. Minha esposa tem 26 anos,1,7 m 55 Kg cabelos ondulados, seios médio e uma bundinha de dar inveja em muita gente.rnSomos casados a 6 anos, temos uma vida sexual bastante ativa mas adoramos novidades. Nos últimos dias, talvez devido a correria do trabalho ou das provas finais da faculdades da minha esposa, nossa relação tinha dado uma esfriada, e o nosso aniversário de casamento estava chegando, então comecei a pensar em fazer algo diferente para reacender a nossa relação. rnMinha esposa, que aqui vou chamar de Bianca, sempre já tinha me falado que a sua maior fantasia era ver um show de sexo explícito,mas nunca tivemos coragem de ir até casas de swing com medo de encontrar algum conhecido.rn Já que não vamos até o show, resolvi trazer o show até nás, liguei para uma agência de acompanhante e expliquei a situação e marquei com um casal para ir até um motel e fazer particular para mim e para minha esposa. Agendei tudo com eles, reservei uma suíte em um motel daqui da cidade . Como o nosso aniversário iria cair numa quinta feira, tive que me agilizar para conseguir fazer tudo . Na quarta feira sair do serviço e fui direto para o shopping pois queria comprar uma lingerie bem sexy e um vestidinho provocante para a minha esposa.rnNa quinta feira de manhã, esperei a minha esposa sair trabalhar primeiro,e como ela sempre chega antes do que eu em casa, deixei a lingerie e o vestido em cima da cama e um bilhetinho escrito para que ela me esperasse vestida pois a noite seria especial e sai para ir trabalhar.rn Durante o dia enviei varias mensagem quentes para ela no intuito de deixar ela com bastante tesão. Vou te dizer que eu estava bastante ansioso e vou te confessar que aquele dia o meu serviço não rendeu nada e custou para passar.rnAs 18:00 eu estava chegando em casa, e a minha esposa estava no banho se arrumando. Meia hora depois ela saiu vestindo o presente. Fiquei de boca aberta quando ela saiu, o vestido caiu como uma luva, ele era um pretinho bem curtinho com um decote bem saliente, que deixava o seus seios bem saliente, estava muito gostosa, ela saiu do banheiro segurando com o dedo o sutiã e de uma forma bem provocante, falou que não dava para usar o sutiã com aquele vestido, e se isso era algum problema. Falei que não e pedi para levantar a saiu para mim ver a calcinha. Ela deu uma risadinha bem sacana e falou que somente no motel.rnTinha marcado com a agência de estarem no motel lá pelas 21:00, e iria chegar logo depois d eles, isso tudo para que desse tempo poder me arrumar e tentar elevar o tesão da minha esposa no máximo e para isso fui me arrumar e fui oferecendo algumas bebida para deixar ela mais solta .rnAté que chegou a hora, entramos no carro e ela sentou na no banco e cruzou as pernas fazendo com que o vestido subisse mais um pouco deixando amostras as suas coxas que eu tanto adoro. Antes de sair, falei para ela que para chegarmos até lá, teria que ser do meu jeito e vendei os seus olhos e coloquei fones de ouvidos nela deixando ela escutando contos eráticos onde havias mais de uma pessoas para que ela fosse se acostumando com a idéia. Pelo visto ela adorou a idéia, pois volta e meia eu ela mordia os seus lábios e passava as mão sobre os seus seios. rnAo chegarmos no motel, levei ela ate a suíte sempre com a venda dos olhos e quando entramos eu retirei a venda dela e ela pode ver o casal que estavam de pé na frente da cama vestindo apenas as suas roupas intima. De início ela levou um susto mas se acalmou quando eu expliquei todo o meu plano. Ela adorou a idéia .rnO casal que estava nos esperando eram muito simpáticos, o que veio nos deixar bastante a vontade, ela era uma morena de cabelos comprido, com seios durinhos e de um tamanho mediano, ela deveria ter 1,7 m com as pernas bem torneada, uma garota típica de academia. Ele também era de academia, deveria ter mais ou menos 1,85 m, um pouco musculoso um cabelo bem cuidado, em fim, um casal típico acompanhante.rnApás um breve conversa, resolvemos começar o show, sentamos em uma poltrona que ficava aos pés da cama e nessa altura eu estava somente de calça e a minha esposa continua com seus vestidinho curtinho, sentada no meu colo.rnA bruna e Rafael, esses os nomes do casal, começaram a se beijar e a se acariciar, passando a mão nos corpos, foi quando ele retirou o sutiã dela e começou a chupar aqueles bicos que estavam bem durinhos, enquanto isso ela acaricia o pau dele por cima da cueca, que já estava bem duro, logo tirou para fora e começou a masturbar ele com uma maestria sá. O pau dele era grande e grosso, e a Bruna começou a ficar de quatro com a bunda quase esfregando na sua nossa cara e começou a chupar ele. Enquanto ela o chupava, rebolava aquela bunda na nossa frente com aquela calcinha fio dental que deixava a sua bunda uma delícia.rnNão sabia se a minha esposa estava gostando, então resolvi começar a passear com a minha mão sobre as suas pernas, tentando provocar ela um pouco. rnNesse momento a bruna se levantou e o Rafael de joelho retira a calcinha dela, fazendo ela deitar de frente para nos, mostrando aquela xaninha bem depilada, onde ficava apenas um pequeno feixe sem depilar. Nesse momento o meu pau estava bem duro e a minha esposa já estava sentido que eu estava com tesão. O Rafael começou a chupara aquela xaninha me deixando cada vez mais exitado com a cena, e foi ai que comecei a avançar com a minha mão ate a xaninha da minha esposa, pois queria saber se ela já estava com tesão. Foi ai que eu vi a Bruna olhando fixo nos olhos da minha esposa, enquanto o Rafael a chupava, ela ficava passando a língua pelos lábios e nesse momento comecei a tocar a minha esposa por cima da calcinha e ela se jogou para trás demonstrando que estava adorando. rnEnquanto acariciava a xaninha da minha esposa com uma mão, a outra eu tocava os seios dela, e beijava o pescoço dela . Nesse momento eu falei para ela, quem sabe ficamos mais a vontade. E para a minha supressa, ela se levantou e ficou de pé na minha frente, eu abri o vestido por traz e levante as alças e deixando cair o vestido, uma cena típica de cinema.rnAproveitei o momento e tirei a minha calça, ficando sá de cueca e a minha esposa, volta a sentar no meu colo, e eu voltei a acariciar ela. A sua calcinha estava ensopada, e eu estava que não aguentava mais, já estava querendo tirar a calcinha dela e começar a come-la.Então puxei a calcinha dela para o lado deixando a xaninha dela que estava toda depilada e toda molhada, e comecei a comer ela com o meu dedo, colocando um e depois dois . Nesse instante ela se contorceu mais foi quando a Bianca se levantou ficou na frente da minha esposa e puxou ela pela mão . Minha esposa, ainda assustada olhou fixo nos meus olhos enquanto Bianca estava puxando-a e falou; _ Tem certeza, se eu for, eu vou entrar no jogo, tem certeza que você quer isso ? Como eu estava com muito tesão, não pensei muito nas palavras dela e concordei até para ver até onde ela iria.rn No que ela ficou de pé a Bianca lasca um beijo nela que para a minha surpresa ela a retribui, e começam a se tocarem de pé, ela somente de calcinha e a Bianca toda nua, quase gozei sá de olhar aquela cena. No meio de muito beijo, Bianca leva a minha esposa para cama e começa a chupar os peitinhos dela e ia descendo indo até a sua xaninha e puxa calcinha para o lado e começa a chupar a sua xaninha, minha esposa se contorcendo toda, abre os olhos olha para mim e dá uma risadinha bem safada, e eu como estava com muito tesão, tirei a minha cueca e me parei do lado dela. Ela pegou o meu pau e começou a brincar com ele e logo colocou-o na boca e me chupou loucamente.rnEu de pé pude ver que o Rafael estava deitada nos meios da perna de Bianca, enquanto ela chupava a minha esposa que por sua vez me chupava. Ficamos nessa posição por algum tempo, quando Bianca volta a subir e a chupar os mamilos de minha esposa, nesse momento a minha esposa fica apenas segurando o meu pau e a Bianca vai ate o rosto dela e começam a se beijar e foi ai que a minha esposa ofereceu o meu pau para que a Bianca pudesse sentir. Ela chupava muito gostoso e as duas começaram a se revezar . Apás algum tempo eu virei a minha esposa de quadro pois estava louco para começar a come-la, e nesse momento, Bianca ficou de pernas abertas na frente dela, mostrando aquela xaninha para a minha esposa que começou a chupa-la. Enquanto isso, Bianca estava chupando o pau de Rafael.rnComecei a comer a enviar na minha esposa mas ela estava com tanto tesão e tão molhadinha, que na hora que coloquei nela deslizou com tamanha facilidade que parecia até que ela não estava sentindo nada. rnNão demorou muito para que a Bianca se levantasse e foi ate a uma mesinha que tinha no quarto e foi buscar uma camisinha, e enquanto isso, minha esposa não pensou 2 vezes e começou a brincar com o pau do Rafael, foi quando eu senti uma mistura de tesão com ciúmes mas passou logo ao sentir a Bianca me abraçando por trás. Acho que ela fez isso para me conformar, e confesso que ajudou. Alcançou uma camisinha para Rafael e começou a me beijar descendo ate o meu pau, começou a me chupar loucamente. Ela colocou a camisinha e ficou de quatro ao lado e minha esposa que nessa hora estava cavalgando loucamente no pau do Rafael e me olhando com muito tesão.rnComecei a comer a Bianca e enquanto metia nela, ela ficava tocando na minha esposa. Não demorou muito e eu falei que não ia aguentar mais que ia gozar, foi ai que minha esposa pediu para mim aguentar um minuto, e saiu de cima de Rafael, e ficou de joelho na minha frente e começou a me masturbar até que a lambuzasse toda. rnEnquanto estávamos terminado, Rafael estava fazendo o mesmo com a Bianca, foi ai que Bianca se levantou e convidou minha esposa para tomar um banho, e foram as duas para a ducha.rnMe levantei também, e fui ver, não podia perder aquela cena. As duas começaram a se acariciarem e a se beijar muito, e logo eu já estava em ponto de bala novamente somente de olhar para elas, já estava ansioso para começar tudo novamente, mas isso já é outra histária.rnHoje estamos em busca de novos casais de serra gaucha para podermos repetir a dose.rnNosso email é [email protected]çosrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto minha babá mexeu na minha xaninhaMeu irmão mandou eu deitar com ele"que buracao" gay contovideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandocontos eroticos '; papai duasconto erótico "Olá a todos, me chamo guilherme e hoje tenho 20 anos, a histária que vou "conto - ela nao sabia porque os homens olhavam para a bundinha delacontos eroticos brincando escondido infanciacasada e o negrinho tarado contosContos eroticos da mamae quer ajudar filho a semastubarcontos eroticos de curra gaycontos sem calcinhaContos picantes incontrolável desejoconto porno com o tiocontos com travestitransei com meu irmao na cadeia contomeu irmao tirou minha virgindademinha sogra nina de 55 anos contos eroticoscontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimContos De maridos q empresto a esposaconto erotico chupando ela debaixo da mesagozando vendo a tia lavando roupaencixada na puta no trem contoscontos eroticos tiacontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarxvideo Chiquinha e jconto erotico carona com o sobrinhocontos lesbicas esposa com mulheradoro come o cu da delegadathiagodepauduroconto erótico enteada querendo dar po padrastovideo porno meu pai minha paixaocontoseroticos assaltocunhadinha dando o cu apoiando na mesacontos eroticos de ninfeta no consolocontos erotico esposa ezibecontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anosminha bunda seduz meu filho contos eroticosa minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindademulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos comendo o bucetao cabeludoContos eroticos dinheiroiniciando um cuzinho virgem contosporno mãe e filha jantando na mesa e depois a sogra vai tranza com o gerrocasa de swing contocalcinha usada contos eroticoscasadas raspadinhas contosboquete no casado contocontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadocontos eroticos comi.minha cunhada espertacontos eróticos com a priminha novinha inocenteContos eroticos nao tira a camisinhacontos eróticos f****** a neguinha na Fazendacontos erotico comi o hetero parte 19mulher caucinha tirando xoti para fudemeu irmao come meu cu feisde novinhconto erotico sogracontos eroticos coroa fudendo com vizinho pirralhocontos eroticos o motorista da van escolarmeu pai me insino a fudecontos de comadres que foram enrabadas dormindoComtos de sexo com sara nortecontos eróticos pegando o irmão da amiga na casa delaconto porno gay cacocontos.praia de nudismo com o pai roludocontos eroticos filho ver mae de calcinha incestocontos fiquei escondida pra ver o pedreiro peladoconto erotico segredos insanos de mae e filhowww.punheta de calcinha fio dental contosmeninha fata zofolia buntuda sexotitiatezuda