Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA CUNHADA UMA LOUCURA

Bom meu nome é Kalil tenho um corpo não muito atlético, moro em São Paulo, a minha cunhada se chama Leila morena dessas bem gostosas ela mora em Natal, ela se separou do marido faz uns dois anos, bem vamos ao que aconteceu.rnTrabalho com vistoria de obras numa grande construtora, viajo muito por causa do serviço, no começo do ano fui designado a fazer uma vistoria numa obra na cidade de natal a minha mulher então deu a ideia de ficar na casa da irmã aceitei normalmente já que ela poderia me apresentar a cidade pois nunca tinha ido.rnChegando no aeroporto lá estava ela, fazia um muito tempo que tinha a visto pelo que vi parece que a separação tinha feito muito bem a ela, ela estava com uma roupa de tirar o fôlego, um vestidinho curto de mostra a poupa da bunda.rnQuando sai da área de desembarque ela me deu um abraço desses bem apertado o meu pau subiu na hora, acho que ela percebeu pois ela deu uma olhadinha pra baixo e deu um sorriso meio sacana, seguimos pra casa dela chegando la fiquei sabendo que as filhas estavam passando as férias com o pai.rnA noite bati uma pensando naquele avião que tava o quarto ao lado, no dia seguinte sai muito cedo e passei o dia trabalhando, quando cheguei a noite ela me chamou para sai para jantar fui meio cansado mas fui, ela me levou num restaurante que tinha uma espécie de baladinha numa área anexa, jantamos e depois fomos para essa área, chegando la ela me chamou para dança falei que não sabia ela falou que me ensinava, aceitei meio comedo de passar vergonha, quando ela me abraço e colou seu corpo ao meu não me controlei e fiquei de pau duro outra vez, ela me olhou nos olhos e comentou se eu andava assim o tempo todo ou se era so quando ela chegava perto, desconversei e continuei dançando com ela, na volta pra casa ela me perguntou se já tinha traído a irmã dela, respondi que não, ela falou que não acreditava pois me achava um tesão desde da primeira vez que me viu, fiquei meio sem graça e continuamos, chegando em casa ela me chamou pra acompanha-la numa taça de vinho aceitei, depois ela falou que ia vestir uma roupa mais confortável, fiquei na área da piscina admirando a bela casa que ela tinha e pensando no que ela tinha falado sobre oque ela achava de mim, derrepente ela chegou com uma camisolinha meio transparente que da dava pra ver melhor ainda o corpão que ela tinha, fique sem jeito mas me mantive pé no chão.rnContinuamos bebendo vinho e a conversa foi esquentando, derrepente ela tirou a camisola e entrou na piscina e me chamou para entrar respondi que não tinha roupa de banho ela falou que poderia entrar pelado fiquei sem graça, daí ela respondeu que não era pra mim ficar com vergonha ela saiu da água e falou que pra mim ficar mais relachado ela tiraria o que ela tava usando, daí do nada ela tirou o restinho de roupa que ela usava, nossa que visão, uma bucetinha so com uma fiadinha de pelos, sem pensar tirei a minha e a agarrei dando um beijão de tirar o fôlego, logo ela se abaixou e começou a chupar o meu pau e que chupada ficou ali um tempão peguei ela me deitei e ela veio por cima fazendo um 69, quaando cheguei perto da buceta dela, que coisa de louco, cheirava a tezão fiquei louco e meti a língua levando-a goza na minha boca e eu na dela. rnNunca tinha sentido tanto tesão assim na vida pois logo depois de goza já tava de pau duro, ela então veio e foi sentando no meu pau e começou a cavalgar devagarzinho e foi aumentando o ritimo ate que gazasemos novamente, fomos durmi junto no seu quarto.rnPela manhã sai e ela ficou durmindo, quando cheguei a noite ela tava me esperando so com uma lingerie de tirar o fôlego fui logo agarrando ela.rnEla então me falou que ia me da a melhor noite da minha vida pois no dia seguinte eu voltaria pra casa, ela foi logo tirando a minha roupa e fazendo uma gulosa muito melhor que a do dia seguinte a coloquei no sofá e fui a beijando o corpo todo ate chagar na buceta dela e chupei um certo tempo quando me levantei para penetrala ela falou que ia me dar uma coisa que nunca tinha dado a ninguém que era um presente para que eu se lembrar-se dela, então ela apoiou-se no sofá me deixando a visão daquele cuzinho vermelhinho, sem pensar dei uma lambidinha e coloquei o dedo na entradinha para dar uma lasiadinha ela gemia de tezão, fui passando a cabeça do pau e comecei enviar, ela gemia e se contorsia toda do nada ela pediu para enfiar tudo, peguei e enfiei e comecei a bombar com força e gritava e pedia pra ir mais rápido derrepente ela gozou e se virou e pediu pra por na buceta dela coloquei e fiquei ali ate goza dentro, transamos mais umas 4 vezes naquela noite, foi uma noite realmente inesquecível, quando chegou a hora de volta pra São Paulo ela me falava que ia ser o nosso segredinho e que logo logo íamos nos ver, vim embora e essa semana a minha mulher falou que ela vai vim passar uns dias aqui em casa, se acontecer alguma coisa eu posto pra vocês.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eroticos em portugalconto erotico minha prima dedando meu pruquito a noiteconto erotico comendo mae do analamigoconto erotico casada do cuzinho apertadoVelho picudo.conto eroticocontos eróticos de gay Comi o cuzinho do Pai da minha MADRINHAmãe puta, contoesposa puta do meu tio corno contocontos eroticos comi a buceta da minha cadelaconto gay ferias primo dormindohistorias de irmaos trepando no cu das irmascontos eroticos velha assanhadaFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contostacou a piroca na vizinhaContos Eróticos De Dando Para o Amigo Do Filhobuvetao pretocontos no orfanato gaycontos sado marido violentoszoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguamamilo vazando contoscontos comendo gay na vielao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosqueria que minha esposa me traísse contosSexo com a tatuada contoconto: enrabado e mamando outroCONTOS EROTICOS DE CASADAS ABUSADAS DA CHANTAGEMbucseta da cunhdinharelatos deliciosos de sexocontos de cunhadas tesudascontos eroticos arrombando a gordacontos erotico dominadaContos eróticos estreiando á xaninhanegra de calçalegue com a boceta abarecendocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimcontos eroticos feiaconto erotico macho dominador obriga puta a fuder com cachorrocontos eroticos prima 32noscontos esposa branquinhadesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cuvideos incesto enteada gorda casadametendoo con vpontadi porno buceta carnuda comtos de sexoconto erotico vizinho peludo gayconvencir minha mulher zoofiliaContodeputacontos erotico d mae do meu amigo m seduziufoda develha bundeiracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentejhuly cdzinhaContos de novinho chupando kct de caminhoneiroContos eróticos, ai tio, goza na minha mãoconto seduziu heterocontoseroticos rochasconto erótico de padrasto tiracontos eroticos coroa estelameutio metirou cabacocontos eróticos entiada tesudacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelato de mulheres estupradas por coiotesContos eroticos cunhada safada jeovafudendo do lado do marido contoContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos eróticos novinha brincando com a rola grossa e tomando porracontos de incesto descobertascontos er matagalContos eróticos! Caçador de pau gigante me arrombou no matoContos,comendo o cu do sobrinho contos eroticos de corno do rnvoyeur de esposa conto eroticocontos erotico lesbico tirei a virgindade da minha irma com uma cenouraconto erotico violentada na escolaeu cheirei lambi e chupei a sua calcinhaSexo com a tatuada contoContos-fiz minha esposa chupar minha sografude me primo contocontos eroticos toma putoeu meu caseiro e minha filha e suas amigas contoscontos eroticos de casada no hospitalcontos manacachorro pinche lambe buceta e festaContos gay carnaval em Veneza conto erotico com camionistaContos eroticos de estrupoContos xxx meu primo me engravidouconto erotico gay chupando tio bebadoconto real levei minha mae para ficar com um travestipresenciei minha mãe ser arrombada contostem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetacontos sexo amamentava e faz sexoperdi virgindade contos gaycasada enrabada contos eroticosgrande rabo da buceta gulosa ingolindo porraConto enteada nao aguentou tudo