Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASAL SAFADO

CASAL SAFADO?rnrnEu tenho 32 anos, divorciado ha um bom tempo, tenho 01 filha de 19 anos que mora com minha ex-esposa. rnTrabalho em uma empresa de vendas pela internet, já faz um ano. Os ganhos são até razoáveis, e como não pago pensão pra minha ex, por ela ganhar bem mais que eu como gerente financeira de uma multinacional, levo uma vida até tranquila, sem muitas atribulações. Fins de semanas com churrascos, cervejadas e uma putinhas gostosas pra meter e ia levando a vida numa boa. rnSou moreno de 1.80, forte, corpo bem definido pela academia que existe no primeiro piso do prédio onde moro sozinho...a academia é muito boa. Tenho vários amigos, e entre estes tem um em especial que se chama Lucas. Ele trabalha em uma empresa de telefonia e como morava perto do meu prédio e frequentava o mesmo barzinho ali perto, acabamos nos conhecendo durante os jogos de futebol que passavam no telão. Ele tem 1.70, loiro, magro, casado com uma mulher super linda, como ele dizia.rnQuando vi a esposa do Lucas pela primeira vez, vi que realmente ele não mentira. Era uma loirinha de 1.65, com uma bunda fantástica, seios grandes, e também super simpática, pois toda vez que a encontrei ela estava sempre alegre. Eu comentava que mulher bonita sempre está de bem com a vida, as feias é que vivem emburradas. RSS. Ela trabalhava em uma loja de cosméticos no shopping e provavelmente devia levar um monte de cantadas, era uma mulher muito gostosa. Tinha 26 anos...um a menos que Lucas.rnTeve um dia que Lucas tomou umas cervejas a mais e começou a desabafar comigo que sua querida esposa estava tendo umas idéias bem safadas. Contou-me que há uns 02 meses antes, ele a esposa e uma amiga da esposa foram em uma festa da empresa onde ela trabalhava e beberam muito...a amiga acabou indo dormir na casa deles...como estavam bem alegres acabou rolando uma safadeza entre eles. Segundo ele aconteceu de tudo...tinha sido muito bom...sá que agora de vez em quando a esposa quando tomava uns drinks a mais, vivia insinuando que queria repetir aquela safadeza novamente...mas agora no lugar da amiga, ela estava querendo era outro homem...ele estava preocupado com as idéias eráticas da esposa super linda. Rss.rnEu ri da preocupação dele...mas acabei consolando-o dizendo que hj as coisas estão muito diferentes...as mu-lheres estão bem mais atiradas e liberais...mas brinquei com ele dizendo:rn-Lucas...vc foi bem safado né...comeu a amiga e a esposa juntas...ai vc não achou ruim né...agora aquenta! rn-é...verdade...se eu não tivesse feito isso...agora eu poderia chutar o pau da barraca...mas fiquei sem moral!rn-sim...mas não esquenta não...ja já isso passa...ainda bem que ela sá fala isso quando está bêbada! É sá não dar bebida que ela se esquece disso! RSS.rn-até parece...se bobear...Norminha bebe mais que eu...adora whisky com energético...fica louquinha...e amiga dela que fiquei é pior ainda...toma todas também...Bete é uma tarada insaciável! RSS. É foda...meu amigo!rn-bem que vc podia pedir pra tua esposa me apresentar esta maluca...to precisando de uma assim...até gosto de umas vadias assim...sem juízo...é tudo de bom!rn-tá bom...se aparecer uma oportunidade...eu falo sim...vc é meu amigo...não tem problemas...não!rnPassado uns 19 dias, Lucas tinha dado uma sumida...eu estava tomando minha cervejinha no barzinho quando ele apareceu todo sorridente e disse:rn-e ai...Pedrão...tudo bem meu querido amigo...tenho novidades pra vc...quer ir na inauguração de uma boate de-pois de amanhã...tenho convites...e a Bete amiga da minha esposa vai...mandaram eu convidar vc pra ir junto... vc não queria...meu amigo...vai conhecer a maluca! RSS.rn-claro que sim...meu querido...pra isso que existem os amigos...RSS. Mas senta ai...vamos tomar uma gelada.rnConforme combinado na sexta-feira fomos juntos para a boate...Fui apresentado a ?famosa? Bete...era uma morena muito bonita...corpão de mulata, tinha 27 anos e dava pra perceber de cara que era bem putinha e bem vadia...isso Lucas não tinha falado...sá que ela bebia demais. Logo que entramos deu pra notar que a noite ia ser quente...as duas mulheres já começaram a beber e dançar todas animadas. Lucas não podia beber muito senão ficava bêbado muito rápido...tentei controlá-lo...Apesar de que depois de algum tempo ali dentro já dava pra notar que meu amigo...ja devia ser corno há um bom tempo...tanto a esposa dele como a amiga...deixavam que os homens as alisassem durante as danças...e do jeito que eram gostosas...não faltava machos querendo meter a vara nas vagavas...mas eu estava ali pra me divertir...seu meu amigo era corninho...o problema era dele...e logo comecei a dar uns beijos na amiga gostosa...a safada se esfregava com aquele rabo na minha vara sem pudor e eu passava a mão no corpo dela a todo instante, a boate era bem escura proporcionando quase todo tipo de sacanagem e ela então disse toda safada pegando na minha pica por cima da calça.rn-Pedrão...nossa...tudo isso é por causa de mim...ou faz tempo que vc não pega uma mulher?rnEu já sabia quase com certeza que tipo de mulher estava ali comigo...resolvi tratá-la como achei que ela gostavarn-sim...claro que é por vc sua safada..faz tempo que não pego uma putinha como vc...eu gosto de vadias assim... fico tarado...quando vejo putinhas safadas como vcs rebolando assim...deixando os machos de pau duro!rn-nossa...gostei seu safado...vejo que vc é bem melhor que o maridinho da Norminha falou...ele é bem devagar... achei que vc era assim também...enganei-me....vamos nos dar bem...gostei do teu pau...gosto de grande...RSS.rn-é....sim...dá pra encher tua buceta...sua putinha...é sá pedir...que meto ela inteira dentro de vc...sua safada!rnEla saiu toda rebolando dentro de um vestidinho de malha super curto colado ao corpo e voltou pra pista onde estava a esposa do Lucas que rebolava sem parar ao som da música...ela também vestia um vestido do mesmo tipo, sá a cor era diferente. Lucas ficava sá olhando...as meninas...e tomando uns goles. Rss.rnComo já fazia mais de semana que eu não transava...meu pau não abaixava de jeito nenhum...olhando Norminha e a safada da Bete...ficava uma barraca enorme na calça. Meu pau era bem grande e grosso com um saco bem volumoso...eu tinha o maior orgulho da minha pica...as mulheres de vez em quando até se assustavam com o tamanho dela. RSS.rnA boate por causa da inauguração estava completamente lotada...e estava até difícil de andar pra lá e pra cá...a gente encoxava e era encoxado de todo lado. RSS. Bete sempre dançava um pouco e vinha onde eu estava e alisava minha pica com vontade...dizendo que mais tarde...ia rebolar gostoso nela...a safada ficava me arretan-do...até que meu amigo Lucas...notou a barraca que minha vara tava armando e disse já meio bêbado:rn-Pedrão...meu amigo...vc colocou uma long-neck ai no meio das pernas é? Deus me livre...cara....que grande!rn-é Lucas...com o tesão que eu to...bundinha que ficar na minha frente tem que tomar cuidado. RSS. Também tá tão cheio de gente que é impossível não se esfregar. Teve até um gayzinho que tentou ficar com a bundinha en-caixada na minha pica...agora a pouco. RSS.rn-verdade...Pedrão...e ai o que vc fez com ele?rn-nada não...sá dei um tapa na bundinha do safado e mandei embora...dizendo que hj eu queria era buceta...Rss.rnSá pra dar uma zoada com meu amigo resolvi botar pilha dizendo:rn-é...mas tem uma coisa meu amigo Lucas. A Bete e a Norminha devem ta levando tanta passada de mão nas bucetinhas delas...que se bobear elas voltam aqui até sem calcinha...RSS...se é que elas colocaram pra vir!rn-é...é...verdade...agora vc me deixou preocupado...Pedrão...A Norminha me falou que a Bete quase não usa calcinha...aquela biscate vadia!rn-Relaxa...meu amigo...hj é dia de se divertir...bebe tua cerveja...as meninas estão se divertindo...relaxa e goza!rnFoi então que começou uma musica que todo mundo adora e começaram a pular...e como Lucas além de magro esta já meio tonto pela bebida...se desequilibrou e tive que segura-lo...acabei dando uma encoxada legal no meu amigo...minha pica se esfregou firme na bunda redonda dele...por instantes ele não disse nada...mas logo brin-cou meio sem graça:rn-Pedrão...agora fiquei com medo de vc...vc pau grande vc tem...minha bundinha até tremeu de medo.RSS.rn-Já te falei Lucas...hj eu to perigoso...com um tesão...danado...mas vou te falar uma coisa...meu amigo...a bundinha do gayzinho que se esfregou na minha pica era magrinha e meia sem graça....mas da tua bunda eu gostei... redondinha a e bem carnuda...se marcar...ja viu...posso me entusiasmar. RSS.rnEle timidamente sorriu e quando ia falar alguma coisa...as duas safadas vieram pra junto de nos...queriam mais bebidas...e o Lucas foi buscar...Bete então disfarçadamente ficou alisando meu pau extremamente duro...eu bei-java seu pescoço...a esposinha safada de meu amigo Lucas...estava encostada ao nosso lado...rebolando toda sensual e então Bete disse:rn-Daqui a pouco vamos embora...Pedrão...to doida pra sentir este pintão na minha bucetinha...hj to com um tesão ...vou dar gostoso pra vc...até disse que pra Norminha que hj quero dar gostoso...adoro pau grandão...que nem o seu...gosto de ser judiada...por uma pica grossa!rn-pode ter certeza...sua safada...vou arregaçar tua buceta...sua vadia...e vai levar uns tapas também...eu adoro tratar putinhas safadas como vc...do jeito que merecem!rnEnfiei a mão entre as coxas dela...com aquele vestidinho curto...isso era muito fácil...a calcinha estava toda mollhada...e então disse todo tarado e safado:rn-eu adoro buceta de vadia molhadinha...como a tua...até pensei que vc e a esposinha safada do meu amigo corninho...nem calcinhas estavam usando...enganei-me...contigo vadia!rnEla então...deu uma reboladinha no meu dedo que se enfiara pelo lado da calcinha e dedilhava seu grelinho e to-da puta disse ao mesmo tempo em que puxava Norminha pra mais perto da gente:rn-eu...ainda to de calcinha...mas Norminha já faz tempo que tirou...né amiga...quer passar a mão nela...pra confe-rir...seu tarado pauzudo...eu deixo...sá um pouquinho...malandro safado!rnMais que depressa, deslizei os dedos da outra mão na bucetinha completamente molhada da esposa putinha do meu amigo...ela gemeu...e bem safada enfiou a mão entre a bunda da amiga e meu pau...e apertou-o com vonta-de...dizendo toda sensual:rn-Minha amiga...que pica grossa...que delicia...vc tinha razão...é uma vara de macho...de verdade...vc vai gozar... gostoso hj...sua vadia...que inveja. RSS.rnLucas chegou com as bebidas, elas pegaram os copos e voltaram à pista...ele poderia ter demorado um pouco mais. RSS. Percebi que a bebida já tinha pegado ele de vez...e o pior é que o tonto ainda tinha trazido mais um copo cheio whisky com energético pra ele. rnComecei a pensar que talvez seria até bom aquele corno dar uma apagada...eu comeria a Bete e a esposinha dele com certeza...as duas eram muito putas...e sem saber bem o porquê resolvi continuar zoando ele e abraçando-o disse-lhe no ouvido...o som das musicas quase não deixavam a gente conversar... tinha quase que gritar...rn-meu amigo...eu tinha razão...a putinha da tua esposa...tá sem calcinha...como te falei...A Bete enfiou o dedo na bucetinha dela aqui do meu lado... eu vi...toda molhada...fiquei com minha pica mais dura ainda...olha pra vc ver.rnEu estava quase atrás dele...tinha um cara meio gordo na minha frente me impedindo de ficar ao lado de Lucas, mas ele virou o pescoço pra olhar atentamente pra minha barraca armada...ele disse meio sem jeito:rn-Pedrão...vc é tarado...que pintão enorme...coitada da buceta que levar isso ai...deve ficar arregaçada. Rss.rn Fomos empurrados e agora eu ficara atrás do Lucas...meu pau encostado na bunda dele...eu nem me importa-va e todo safado continuei:rn-Lucas...a gente é amigo...eu gosto de ti...mas vou te falar uma coisa...tenho quase certeza...que sua esposinha gostosa...deve meter gostoso com outros machos...ela e a Bete deve fazer umas safadezas juntas...e vou te di-zer mais...vc me disse que tua esposa queria transar com vc e outro macho né?...se vc gosta da safada...acho melhor vc topar...senão ela vai fazer isso...sem vc...é melhor gozar junto com a putinha gostosa...vc não acha?rnEle balançava a cabeça concordando com o que eu dizia...Rss...eu não me reconhecia de tanta sacanagem que eu fazia com meu amigo corninho...foi então que Lucas levou um empurrão e veio mais pra trás se encaixando por completo em mim...segurei-o firme pelos quadris...com meu pau duro esfregando entre as nádegas dele e continuei falando em seus ouvidos agora com muito mais safadeza:rn-Não se preocupe...eu não deixo vc cair...Lucas...relaxa...tá tudo bem...mas se vc quiser...realizar a safadeza da sua esposa vadia...vc podia me chamar...qualquer dia desses...ja pensou...eu, ela e vc...será que ela ia gostar de sentir a bucetinha ser arregaçado pelo meu pintão....e vc...ia gostar de ver eu metendo meu pintão na bucetinha dela sem dá...o que vc acha...ia ser uma delicia...sá de imaginar meu pauzão dentro da sua esposinha puta...ele fica ainda maior...e vc esta sentindo isso antes dela né seu safado...e sei que tá gostando...de sentir minha pica na tua bundinha...seu safado...to sentindo vc rebolando devagarzinho...sua bundinha é uma delicia também! Ele já estava entregue...timidamente já rebolava no meu pauzão duro...e continuei incentivando-o com frases ex-tremamente safadas e esfregando minha pica sem nenhum pudor naquela bunda carnuda...me dava um tesão louco saber que eu estava conseguindo transformar meu amigo corninho em meu escravo sexual e continuei:rn-Lucas...to sentindo que vc tá doido pra dar pra mim...pode rebolar...gostoso...na minha vara...se solta...aprovei-ta...tá cheio de gente...ninguem tá percebendo...rebola gostoso...no meu pintão...sá vou perguntar uma vez...se vc não responder... vou parar e não vou deixar vc rebolar na minha vara...quer que eu continue...seu safado...?rnEle sem titubear...se entregou por completo...e disse todo submisso:rn-sim...Pedrão...quero sim...eu...eu...não...o que vc tá fazendo comigo...eu to ficando louco...nunca...nunca...fiz isso...assim...vc é louco Pedrão!rn-Lucas....deixa de frescura...não precisa mentir pra mim que nunca... que não sei...tenho certeza que vc já deu a bundinha antes...eu também já comi cuzinho de viadinhos como vc...quando era mais novo...vc tá doido pra dar pra mim...e eu vou te comer...seu viadinho corno...vou comer teu cuzinho e a buceta da tua esposa vadia...vou comer os dois juntos...o dia que eu quiser...tá bom...meu viadinho....responde...seu safado!rn-Eu...eu...quero sim...mas...vc é louco...eu quero dar pra vc...sim...quero...sim...pode fazer o que quiser...comigo.rnSorri satisfeito de poder dominar aquele corninho sá esfregando minha pica naquela bunda gostosa...e pra acabar com qualquer resistência disse todo sensual:rn-é assim que eu gosto...viadinho corno bem submisso...tem que fazer o que o macho tá mandando...agora chega...teu pintinho tá quase gozando...sá de sentir meu pintão...duro...nesta bundinha gulosa.rnQuando soltei seu corpo...ele me olhou....quase que implorando pra continuar...acho que até o efeito da bebida tinha passado...o tesão que ele sentiu no cuzinho...fez com que despertasse quase por completo. RSS.rnAs duas safadas resolveram ir embora e fomos pra casa do Lucas, durante o trajeto como as duas continuavam ainda sob o efeito da bebida foram rindo e falando um monte de safadezas dentro do carro. A Bete até ensaiou umas chupadas na minha pica dentro do carro...Lucas tentava fazer parecer continuava tudo normal...até beijou a puta da esposinha safada...Quando chegamos na casa...logo eu e a Bete fomos para um quarto...e quando ela tirou o vestido e a calcinha...vi que a puta era muito gostosa...uma buceta toda depiladinha e bem cheinha.rnA vagava caiu de boca na minha vara....chupava com uma puta profissional...enfiava minha pica no fundo da garganta...sem dá...logo botei a putinha de 4 na cama e comecei a chupar aquele grelinho saliente...e enfiar minha língua profundamente dentro daquela buceta toda molhada...ela rebolava deliciosamente e gemia alto...de vez em quando dava um tapa bem forte na bunda da safada...ela gemia mais alto...a puta logo deu um grito e gozou na minha língua convulsivamente...Nem dei um tempo...engatei a safada por trás e comecei a meter minha pica grossa na buceta dela...metia com força...minha pica entrava gostoso...a buceta da putinha era apertada...e rebolava como uma louca...eu estapeava a bunda da vadia sem dá...mesmo morena já estava com as nádegas bem vermelhas...ela gritava de dor e de tesão. Ainda bem que era uma casa...se fosse num apartamento os vizinhos poderiam chamar a policia achando que uma mulher estava sendo espancada. Meu amigo Lucas e a esposinha puta...deviam estar dando uma trepada no quarto ao lado. Deitei-me na cama e fiz com que Bete se sentasse no meu pauzão e rapidamente a vadia começou a cavalgar em cima de mim...parecia um vulcão aquela vadia...era uma puta bem escandalosa...gostava de dar uns gritos e eu iria ajudar a ficar mais gostoso...e segurando-a pelos cabelos...dei 2 tapas fortes na cara dela...ela até tentou dar uma refugada...me xingando...mas ai foi pior...bati sem dá...a safada percebeu que quem mandava era eu...e acelerou os movimentos e começou a gritar como uma louca...e gozou copiosamente...junto comigo...enchi a buceta daquela vadia de porra...ela tremi-a sem parar...num orgasmo intenso.rnEla desabou em cima de mim...e ficamos deitados por um bom tempo descansando.rnQuando ela se levantou disse toda dengosa:rn-Vc é muito ruim...Pedrão...tá tudo ardendo...que mão pesada...que pau grosso.rn-deixa de ser fresca...até que bati pouco...vagabundas que nem vc...precisam de mais corretivos pra aprender a serem putinhas obedientes...e até que gozei rápido hj...tava com muito tesão...senão eu ia deixar esta buceta ardendo ainda mais...ia quer ficar metendo pelo menos mais meia hr...bucetinha apertada a sua....gostosa!rnEla sorriu toda safada...dizendo:rn-Realmente me enganei sobre vc...vc é um macho...muito gostoso...sabe como tratar uma mulher...como te disse na boate...achei que vc era meio tonto igual o corno do Lucas...quando vc quiser...vou querer vc de novo!rn-pode deixar putinha...a gente vai se encontrar de novo, adoro judiar de vadias iguais vc e a puta da Norminha.rn-é...eu sei...ela com certeza quer dar pra vc também...depois que pegou na tua pica...e sentiu o tamanho...ficou toda empolgada...apesar de ser um cara legal o pintinho do Lucas...não empolga muito nenhuma mulher...RSS.rn-Principalmente quando se é casado com putinhas vadias como a Norminha que tem amigas iguais ou mais safadas como vc...vcs já devem ter feito um monte de orgias juntas...vcs tem vulcões entre as coxas. RSS. rnEla deu uma gargalhada e se levantou pra tomar um banho...e disse que ia chamar a Norminha pra tomarem banho juntas e fofocar sobre o que tinha acontecido...antes de sair a safada colocou meu pau na boca e depois de uns minutos deixou-o quase duro dizendo que era pra eu ficar com saudades dela. RSS. rnSaímos do quarto pelados e Bete abriu a porta do quarto do casal...e nos deparamos com Norminha deitada de barriga pra cima toda nua, aquela loirinha peituda era uma gostosa...e Lucas estava deitado de bruços também nu expondo aquela bundinha arrebitada e carnuda...e então Norminha nem se preocupou em cobrir aquela bucetinha branquinha toda depilada...disse toda sorridente:rn-Menina...quase que pensei em chamar o resgate...de tanto que gemia e gritava...sua biscatinha safada. RSS. Mas agora olhando pro Pedrão ai do teu lado...eu to vendo que vc tinha um ?grande? motivo pra gritar daquele jeito...sua tarada...RSS. Se fosse eu...acho que gritaria mais ainda...nossa...como é grande. RSS.rn-Larga de ser tonta Norminha...mas...vamos tomar banho...juntas...eu vou te contar em detalhes...sua safadinha.rnLucas não dizia nada...continuava deitado...de olhos fechados...mas assim que as duas entraram no banheiro do quarto...me sentei ao lado dele na cama e disse todo safado:rn-E ai...meu viadinho corninho....gozou gostoso na bucetinha da esposa vadia?rnEle abriu os olhos logo olhou pra meu pauzão meia bomba...pertinho do rosto dele e disse todo nervoso:rn-Eu...eu...sim...ela tava mais tarada hj...escutando os gritos de vcs...eu também estava com muito tesão...eu...rn-Eu sei...Lucas...eu sei...tudo...vc gozou nela...pensando na minha pica grossa no teu cuzinho né? Pode dizer!rnDeslizei a mão pelas costas dele e deslizei um dedo pelo reguinho da bundinha e quando senti seu cuzinho enfiei o dedo profundamente dentro dele...ele gemeu alto...e eu disse todo sensual:rn-Hum que cuzinho gostoso...como morde meu dedo...aproveita meu viadinho...enquanto tua putinha tá tomando banho...pega meu pau...com tua boca...chupa minha pica grossa...chupa...veja como é grande...chupa...rnEu dedava aquele cuzinho profundamente...ele rebolava gostoso...e logo meu pau era engolido com fervor por aquele viadinho...continuei todo sensual e dominador:rn-Que boquinha gostosa....tem meu viadinho...eu queria que a putinha da tua esposa tivesse aqui pra chupar mi-nha pica junto com vc...ia ser uma delicia...vc ia gostar...né meu viadinho corno...rn-sim...sim....seu tarado...louco...que to adorando...chupar este pintão...nunca pensei que ia voltar a fazer isso...rnsá fiz isso quando era adolescente...agora vc me fez querer de novo...seu tarado safado...rn-cala a boca...viadinho...continua chupando....faz teu macho gozar...quero encher tua boquinha de porra...chupa teu macho...antes que as duas saiam do banho...como teu cuzinho é guloso...como morde meu dedinho...queria enfiar minha pica dentro desse cuzinho...que delicia...de cuzinho...rn-coloca um pouquinho Pedrão...então...dá tempo...acho que elas vão demorar ainda no banho...coloca...rn-pede...como mais vontade...pede de um jeito pra agradar mais teu macho....libera tudo...viadinho...fala...rn-eu...nem sei....seu safado...o que vc quer...me come meu macho...me enraba gostoso....enterra esse pintão...rnEra o que eu queria...um viadinho bem obediente...me deitei por cima dele...encaixei meu pau na portinha do cuzinho dele...e comecei a enfiar com firmeza...ele tentou dar uma refugada...mas eu enfiei meu braço por baixo de seu peito segurando-o e cravei minha vara grossa naquele rabinho...enfiei tudo até sentir minhas bolas baterem nas coxas dele...ele deu um grito contido...eu nem importei...e disse todo sensual:rn-pronto meu viadinho...tá tudo dentro de vc...meu pau grosso...tá enterrado no seu cuzinho apertadinho...rebola rnno pau do teu macho...rebola....meu viadinho...rebola e faz teu macho gozar...goza comigo... rnEle timidamente começou a rebolar embaixo de mim...eu então comecei a tirar e enfiar com vontade naquele rabo gostoso...ele gemia e rebolava como uma putinha e eu dizia todo safado:rn-isso...isso...assim...meu viadinho...rebola gostoso...no pau do teu macho...que cuzinho delicioso...goza...quero sentir seu cuzinho....morder minha vara....goza sua bichinha safada....goza...rnEle gemeu alto...perdendo por completo o controle...rebolando e gozando todo...molhando a cama...eu dei um grito e comecei a encher aquele rabinho sequioso de porra...metia até o talo...naquela bundinha deliciosa...rnFiquei dentro dele até meu pauzão começar a amolecer...e então eu olhei as duas safadas de pé...ao lado da cama assistindo tudo...nem me importei....me levantei tirando minha pica daquele cuzinho gostoso...e disse:rn-Que cuzinho gostoso tem o teu maridinho corninho Norminha...uma delicia...cuida dele coitadinho...deve tá todo dolorido. RSS. Bete ficou sorrindo ao lado...sem dizer nada...eu fui tomar um banho...rnLogo depois Bete veio conversar comigo dizendo ter adorado me ver comer o maridinho da Norminha...como ela e Bete viviam se pegando...agora não precisaria esconder mais nada...tudo tinha ficado mais fácil...e safado. RSS. Logo depois eu fui embora pro meu AP e a Bete foi embora pra casa dela, todos teriam trabalho no outro dia e já era bem de madrugada.rnDepois vou contar pra vcs como comi a esposa putinha junto com o marido viado...fiz os dois viciarem na minha pica grossa! R[email protected]HOTMAIL.COM====REV.===============rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Virgem inocente contocontos de negão advogado comendo loira clienteconto erotico crente puta contandomulher dando a bucsta para o cachorro lomberneguei e os garotos me comeram conto gayfui transformado em menina contos pornocontos muito grosso e grande sofricontos eróticos filinha nudista des de pequenacontos casada com meninosxvideos pai tica cabasso da filha mais novasentiu o cu preenchido contocontos eroticos de ingridporno finho brexa tia tocado de rupaconto erotico minha mae se masturbaconto erotico liberei minha mae pro meu amigoConto erotico de travesti biancacontos eróticos no colinho do tio em um gol lotadoconto erodico de syruba a forçaquero ver menininho dançando com shortinho dando moleconto menina safadinha anosdona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha porncontos minha mulher transava e me beijavafilho tava batendo ponheta e a,mae cetou em cimaprofessor e aluna contosdando o cu para o padrinho - contosxzoofilia animal casaro casadaContos eroticos minha sogra me chantageou oara comelacontos eroticos incesto arrombadaeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eróticos engravidei de um garotocontos eroticos gay dei o cu quando era pequenocontos eróticos se esfregando em coisasaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosachei uma mulhe pelada no banheira e ela chuppaucontos usando plug o dia todo e anel no sacocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentezoofilia filhotes bricando com a buceta da donadepois da briga e mais gostoso contos eroticosContos eroticos bueta inchada irma amigosexo.pirralho.fode.a.prima.e.anigavirges bundudas contos eroticosvideo de travesti tirando a virgindade e fazendo elas gozorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erótico fode cm clientes no camarotetesãozinho metendocontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposaconto gay ciumes exageradocontoseroticosviolentadaDebaixo da mesa contosler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos sexo com a sobrinha dopadaContos atuais de esposas que engravidam de outro machoconendo cu da tica contotrasex vestida pau aparecendoconto erotico adolecenteconto engravideu minh sobrinhatalaricas putas casadas porradacasa dos contos meus primos mecontos esposa branquinhaGay violado no ônibus contosEróticospornô.comcontos sogra ajudandocontos viajando em familia pra serra papai micomeu no chao da salaconto erótico sequestro relampagocomia mae contosPORNO BARSILEIRO MOLHER FOCOSA MICOMEcontos eróticos meu filho comeu a mãe dele minha mulherContos eroticos incesto com titias e crenteszoofilia mulheres beijando e transando com cachorros contos eróticosVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolameu pai e meus tios fez eu fazer um delicioso gamg bamg costos eroticosContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2coleguinhas gay de quinze anos trepandoconto sexo lutador pirocudomulhri putaContos eroticos rocaescravizando minha funcionaria conto eroticomulheres casadas de shortihno bunbumgrandeConto ai ui ui pornoconto.incesto enteadaArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outrocontos gay um roludo mim arrombou quase caguei