Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

2 CASAIS NA PRAIA DE ITACOATIARA

Sou médico e tenho 28 anos. Minha namorada tem 23. Somos um casal bonito,sarados e com muito tesão. Era uma quarta-feira em Niterái e tirei o dia de folga para ir a praia com Priscila. Chegamos lá e começamos a beber. Como ainda morávamos na casa dos pais, nossas melhores trepadas eram nos motéis. Combinamos de dormir num motel de Itaipu logo depois da praia. Estava um sol maravilhoso e nosso tesão era muito grande. Estava com uma sunga e meu pau toda hora ficava duro, sorte que a praia estava deserta. Falávamos de sexo a todo momento. Em dois anos de namoro já havíamos realizado vária fantasias, como trepar na praia, em banheiro da facul e na varanda do apartamento dela. Mas sempre imaginávamos trepar com outro casal nos olhando, sem troca. Adorava comer o cú da Priscila, apesar dela reclamar por eu ter uma pau exagerado de 22 cm. Era umas 4 da tarde e estávamos meio bêbados e quase indo embora. De repente aparece um ex-colega da minha faculdade com sua namorada. Era o Rafael, o pegador da turma. Realmente era um cara bonito, dem quase dois metros e muito malhado. SUa namorada tb era maravilhosa. Rafael pegou quse todas as meninas da turma e ainda tinha fama de ter um pau descomunal, de uns 25 cms. Minha mulher sabia dessa histária e sempre tratava Rafael muito bem, o que me causava certo ciúme. Encontramos por acaso e logo botamos o papo em dia. Sentamos numa barraca e começamos a beber. Eles já estávam meio altos, assim como nás. Falávamos de tudo, até que começamos a conversar sobre sexo. Confessamos que tínhamos planejado dormir no motel para dar aquela metida. A carol, namorada do rafael disse que há 20 dias não metiam e que estávam doidos para meter tb. Disse que o problema era que Rafael adorava comer seu cú, mas que doia muito, por ter um pau uito grande. Priscila falou que adorava dar o cú e não se importava com o tamanho do meu pau, que tb era grande.rnComeçamos a perder o pudor e falávamos sobre tudo. Carol disse que Rafael era tarado e gostava de meter a noite toda. Priscila, que parecia com ela competir disse que tb gostava de meter a noite toda e gozar no mínimos 3 vezes. Caro disse que o pau do Rafael atrapalhava um pouco por ser muito grande, Priscila disse que era frescura e Carol não se conformou e disse que ela não imaginava o tamanho do pau do Rafael. Carol ficou tão nervosa que disse: amor mostra seu pau pra ela. Rimos, mas ele logo tirou o pirusão para fora e mostrou o danado. Realmente era maior que o meu. Priscila não se fez de rogada e disse que o meu era quase daquele tamanho e que adorava um pau grande. Rimos e tudo conspirava para putaria. Priscila, de repente começou a me beijar e acariciar meu pau e disse que tava doida para ir embora meter. Arrumamos as coisas para ir embora e Rafael perguntou se estávamos de carro. Dissemos que não, por causa da lei seca e que iríamos de taxi ao motel. Então nos ofereceu uma carona e logo aceitamos. No caminho o clima esquento e Priscila falava: ai que vontade de chupar seu pau, amor. Acho que falava para provocar Carol. Carol então disse a Rafael: porque não fazemos o mesmo e dormimos aqui no motel tb, amor? Rafael concordou. Chegamos ao motel e pedimos 2 quartos. Mas a recepcionista disse que sá havia a suíte presidencial disponível. Rafel disse que podíamos ficar e que eles iriam embora. Mas Priscila, muito safada disse: gente, a suíte presidencial é muito grande, tem 2 andares e podemos dividí-la. Confesso que adorei a ideia. Logo pensei na oportunidade de ver Carol peladinha, sendo enrabada por Rafael. Eles ficaram meio constrangidos, mas logo aceitaram. Fomos então os 4. Chegando lá, a suiíte era realmente maravilhosa e dava para dividirmos. No entanto, sá havia um banheiro e uma banheira. Entramos e logo elas falaram: quem irá tomar banho primeiro? Brincamos e não decidimos qual o casal seria o primeiro. Começamos a beber de novo e ficamos o 4 papeando, até que propus: vamos brincar de vira-vira, quem não virar, o respectivo casal toma banho no box e o outro na banheira. Senti que todos gostaram, apesar de Carol ter dito que: como, se a banheira é em frente ao box? Falei: vai falar que não tem tesão de tomar banho pelada na nossa frente? Riu e disse que sempre fantasiou trepar na frente de outro casal. DIsse que essa era nossa fantasa tb e que havia chegado a hora de realizar. Começamos a virar e ficamos chapados. Carol não conseguiu virar um copo e acabou perdendo. Foram ao banheiro e começaram o banho no box. Logo depois, Priscila e eu entramos na banheira pelados enquanto os víamos os dois. Eles, muito safados, começaram a se acariciar e logo o pau do Rafael ficou duro. Ele, muito safado, fazia questão de mostrar seu pau para minha namorada. Priscila fazi o mesmo comigo. Logo estávamos metendo, cada qual em seu espaço. Priscila gemia alto e metia muito. Falava baixo no meu ouvido que estava com muito tesão e que tava doida para ois dois virem para a banheira tb. Disse que podia chamar. Chamou e ele vieram. Priscila, que estava sentada de costas no meu pau, ficou doida ao ver Rafael se aproximando com aquele pau enorme perto dela e logo o puxou e começou a chupá-lo. Comeáu então a maior suruba de todos os tempos. Carol veio me beijar e chupar meus mamilos. Logo Priscila estava sentada no pau do Rafael e Carol no meu. Metíamos e nos beijávamos muito. Passávamos as mãos uns nos outros, até que Priscila pediu para Rafael comer seu cú. Carol não acreditou e por ciúme pediu o mesmo a mim. Gozamos os dois ali, lado a lado de quatro. Metemos a noite inteira e dormimos pelados na cama. No dia seguinte, pela manhã, rolou mais meteção. Foi demais aqueles momentos. No dia seguinte fomos embora e tá hoje não os encontramos novamente, mas Priscila e eu sempre lembramos dessa putaria em nossas transas. Nossa relação está excelente e com tesão maior a cada dia. Esperamos repetir a dose qq dia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto minha enteada de sete anos sentava no meu colocontos sexuais titia e esposocontos eróticosgaysmeu primo de menorcomendo a carlinha casa dos contoscontos estoricos travedir fode marido e a esposa n salao d depilacaocontos eróticos vovó gay militarcontos eróticos fantasia. traiçãocontos buceta assadarelatos sexo eu e minha filha novinhatransa ariscadaxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo ela buceta carnuda comtos de sexocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoContos Gay trai ela com meu manocontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosacontos eroticos patricinha caminhoneiroscontos eroticos tranzei com meu netogostosa encarando o pau monstruosoesposa puta do meu tio corno contoconto erotico gay chupando tio bebadocasadas que so dao cu contos veridicosconto erotico gostosonacontos porno de corno compartilha esposinha branquinha na viagem de onibus com negros hiper dotadoscontos eróticos encontrei minha cunhada f****** com cachorrocaminhoneiro meteu em mimconto madrasta tranformo enteado en travestiContos de sexo en onibusWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contosZoofilia com mais drenacontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysconto comi mulher do meu irmaoContos eróticos tias e sobrinhosmulheres casadas com picudos/contos com fotossexo porno doido com a caçulinha virgemconto erótico corno bicontos dormindo com a tiacontos eroticos dono de mercearia comendo a casadaLóira safada narra conto metendo na coberturaencoxadas nos blocos do carnaval contoszoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos eroticos marido mandando mulher saracocando a xerecona cabeludona por baixo da saia sem calcinhascontos erótico bhsexo contos deposito de porracontos eroticos flagraESTRUPO GAY PORNO CONTOS NA PRAIA ESTRUPOEvangélica em ônibus contosEróticospornô.comrose empregadinha contosconto de grávida transando com pilotofudendo minha cumhada crentefodido pelo pegador do bairro conto gaycontos eroticos incesto fazendo minha filha gozar no meu paucontos erotico novinhas inocentecontos eroticos pegano amiga da primacontos freirasespiando a comadre tomar banho contos eróticosconto erotico brincando com a filhinha femdomContos gay pau com pauconto troquei de papel com a minha mulhercontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaContos eroticos fui ajudar a miha tia e viramos namoradascontos erotico gozei como uma puta velhacontos eroticos fiz meu ermaozinho virarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea minha mulher e o casetao cavalarcontos de sexo com viuvacontos eróticos crueldade com cornocontos eroticos gordinha dando pro serventecontos eroticos seios grandes de leiteFiquei parado olhando a bunda delacontos eróticos mulatana piscina com minha sobrinha - contos eroticoscontos erotecos dei mel rabao pro mel felho toludoContos eroticos de sexo com sogra luciaContos eroticos esposas visita em casaleitinho do papai contosBianca trabalho conto eroticocontos gay tio bebado negro dotadoconto erotico com minha sobrinha novinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente"gostosona de fortaleza"conto erotico minha mim deixado de castigocontos eroticos arrombando a gordaflagrei minha filha fudendo castiguei ela depois comi ela chorandomedica assusta ao ver garoto pelado/contoseroticosContos eroticos de padreconto erotico empregocontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos transei com minha prima sem camizinha virgemcontos eróticos vendadaLóira safada narra conto metendo na coberturaporno gostei da foda contoscontos eroticos gays no cinemacontos erotico com deficiente