Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

2 CASAIS NA PRAIA DE ITACOATIARA

Sou médico e tenho 28 anos. Minha namorada tem 23. Somos um casal bonito,sarados e com muito tesão. Era uma quarta-feira em Niterái e tirei o dia de folga para ir a praia com Priscila. Chegamos lá e começamos a beber. Como ainda morávamos na casa dos pais, nossas melhores trepadas eram nos motéis. Combinamos de dormir num motel de Itaipu logo depois da praia. Estava um sol maravilhoso e nosso tesão era muito grande. Estava com uma sunga e meu pau toda hora ficava duro, sorte que a praia estava deserta. Falávamos de sexo a todo momento. Em dois anos de namoro já havíamos realizado vária fantasias, como trepar na praia, em banheiro da facul e na varanda do apartamento dela. Mas sempre imaginávamos trepar com outro casal nos olhando, sem troca. Adorava comer o cú da Priscila, apesar dela reclamar por eu ter uma pau exagerado de 22 cm. Era umas 4 da tarde e estávamos meio bêbados e quase indo embora. De repente aparece um ex-colega da minha faculdade com sua namorada. Era o Rafael, o pegador da turma. Realmente era um cara bonito, dem quase dois metros e muito malhado. SUa namorada tb era maravilhosa. Rafael pegou quse todas as meninas da turma e ainda tinha fama de ter um pau descomunal, de uns 25 cms. Minha mulher sabia dessa histária e sempre tratava Rafael muito bem, o que me causava certo ciúme. Encontramos por acaso e logo botamos o papo em dia. Sentamos numa barraca e começamos a beber. Eles já estávam meio altos, assim como nás. Falávamos de tudo, até que começamos a conversar sobre sexo. Confessamos que tínhamos planejado dormir no motel para dar aquela metida. A carol, namorada do rafael disse que há 20 dias não metiam e que estávam doidos para meter tb. Disse que o problema era que Rafael adorava comer seu cú, mas que doia muito, por ter um pau uito grande. Priscila falou que adorava dar o cú e não se importava com o tamanho do meu pau, que tb era grande.rnComeçamos a perder o pudor e falávamos sobre tudo. Carol disse que Rafael era tarado e gostava de meter a noite toda. Priscila, que parecia com ela competir disse que tb gostava de meter a noite toda e gozar no mínimos 3 vezes. Caro disse que o pau do Rafael atrapalhava um pouco por ser muito grande, Priscila disse que era frescura e Carol não se conformou e disse que ela não imaginava o tamanho do pau do Rafael. Carol ficou tão nervosa que disse: amor mostra seu pau pra ela. Rimos, mas ele logo tirou o pirusão para fora e mostrou o danado. Realmente era maior que o meu. Priscila não se fez de rogada e disse que o meu era quase daquele tamanho e que adorava um pau grande. Rimos e tudo conspirava para putaria. Priscila, de repente começou a me beijar e acariciar meu pau e disse que tava doida para ir embora meter. Arrumamos as coisas para ir embora e Rafael perguntou se estávamos de carro. Dissemos que não, por causa da lei seca e que iríamos de taxi ao motel. Então nos ofereceu uma carona e logo aceitamos. No caminho o clima esquento e Priscila falava: ai que vontade de chupar seu pau, amor. Acho que falava para provocar Carol. Carol então disse a Rafael: porque não fazemos o mesmo e dormimos aqui no motel tb, amor? Rafael concordou. Chegamos ao motel e pedimos 2 quartos. Mas a recepcionista disse que sá havia a suíte presidencial disponível. Rafel disse que podíamos ficar e que eles iriam embora. Mas Priscila, muito safada disse: gente, a suíte presidencial é muito grande, tem 2 andares e podemos dividí-la. Confesso que adorei a ideia. Logo pensei na oportunidade de ver Carol peladinha, sendo enrabada por Rafael. Eles ficaram meio constrangidos, mas logo aceitaram. Fomos então os 4. Chegando lá, a suiíte era realmente maravilhosa e dava para dividirmos. No entanto, sá havia um banheiro e uma banheira. Entramos e logo elas falaram: quem irá tomar banho primeiro? Brincamos e não decidimos qual o casal seria o primeiro. Começamos a beber de novo e ficamos o 4 papeando, até que propus: vamos brincar de vira-vira, quem não virar, o respectivo casal toma banho no box e o outro na banheira. Senti que todos gostaram, apesar de Carol ter dito que: como, se a banheira é em frente ao box? Falei: vai falar que não tem tesão de tomar banho pelada na nossa frente? Riu e disse que sempre fantasiou trepar na frente de outro casal. DIsse que essa era nossa fantasa tb e que havia chegado a hora de realizar. Começamos a virar e ficamos chapados. Carol não conseguiu virar um copo e acabou perdendo. Foram ao banheiro e começaram o banho no box. Logo depois, Priscila e eu entramos na banheira pelados enquanto os víamos os dois. Eles, muito safados, começaram a se acariciar e logo o pau do Rafael ficou duro. Ele, muito safado, fazia questão de mostrar seu pau para minha namorada. Priscila fazi o mesmo comigo. Logo estávamos metendo, cada qual em seu espaço. Priscila gemia alto e metia muito. Falava baixo no meu ouvido que estava com muito tesão e que tava doida para ois dois virem para a banheira tb. Disse que podia chamar. Chamou e ele vieram. Priscila, que estava sentada de costas no meu pau, ficou doida ao ver Rafael se aproximando com aquele pau enorme perto dela e logo o puxou e começou a chupá-lo. Comeáu então a maior suruba de todos os tempos. Carol veio me beijar e chupar meus mamilos. Logo Priscila estava sentada no pau do Rafael e Carol no meu. Metíamos e nos beijávamos muito. Passávamos as mãos uns nos outros, até que Priscila pediu para Rafael comer seu cú. Carol não acreditou e por ciúme pediu o mesmo a mim. Gozamos os dois ali, lado a lado de quatro. Metemos a noite inteira e dormimos pelados na cama. No dia seguinte, pela manhã, rolou mais meteção. Foi demais aqueles momentos. No dia seguinte fomos embora e tá hoje não os encontramos novamente, mas Priscila e eu sempre lembramos dessa putaria em nossas transas. Nossa relação está excelente e com tesão maior a cada dia. Esperamos repetir a dose qq dia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos surpreendeu a esposaporno filha esitadarelatos eroticos veridicosContos eróticos de esposas coroas de amigosconto erotico viadinho de calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos meu furinho do cuconto tia segurou sobrinho para ele dar gay contos eróticos fodida com sadismoContos eroticos calcinha da vizinhacontos eróticos infânciabundudinho conto gaycontos deixa tioconto amiga cabacinho da minha irmaesposa puta do meu tio corno contocontos er apaga a luzconto namorada virgem amigosavo coroas gostosas do bundamete com netocontos eroticos, meu sogro come minha esposaContos eroticos comendo mãe e filhaconto erotico fazenda incestominha sobrinha no motel no meu pau conto eroticoUsando ropa de mulher curtinha conto gaycontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotoseu quero ver a coroa instigando o marido com a calcinha fio-dentalmulher entrando na chapeleta do pôneicontos eroticos eu e minha amiga levamos piça ggconto erotico tema esposa travesti casa dos contoscontos o cheiro da rola do papaicontos inserto fatos reais gayconto erotico de sogro fudendo a noracontos eroticos amiga negracontoeroticoinsestoMeu meio irmão do pau de chocolate contosConto de casada nao resistiu a pica do vizinhohestoria porno a fatasia do meu marido e c cornocontos mulher casada da o cu pro cãolevei minha mulher para 5 dotadoscontos erotico com mim tia sem calcinhameninas na piscina contos eroticoscontos com a visnha casada escondido oasentando meu sobrinho no colo contos eróticosconto engravideu minh sobrinhacontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhocontos eróticos, meu chefe exige a minha esposahomem estrupa cadelinha sem estar no cio conto eróticowwwvideossexoselvagemContos eroticas com cumadre bebadasler contos eroticos picantes mulher c heteros a primeira vez casadasauna gay em sp contos eroticosConto erotico cuidando de minha enteada1www.contos+filho+pega+mãe+calvacando+na+rola+pai.com.brconto erotico gay: arrombado por um japonesputinhas de quinze anos xexo uricuiaContos de minha mãe é uma deusacontos eróticos traição com jardineiroContos erotico de travesti lindas."anelzinho aberto" gay contocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos o pirralho que virou meu donohistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva bivirei puto do bar conto gayconto de tara anal na surubaflgle minha tia ser mastubandoas busetao.mas abertos e mas gostozas do mundo porno ater das eguascontos eróticos de meninasabusada pelo filho contoconto erotico comendo crente fielconto erotico ex maridocontos eroticos colocou a mao dentro da buceta da minha esposaminha prima chupou meu pau virgem contosaiiao taradocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos meninos pintinhosobrinho tarado contoincesto tirando virgindade de garota de oito anos no semáforoconto erotico moca bonitacontos eróticos meu marido eu e meu alazãocontos eróticos meu padrasto lambia minha buceta como loucorelatos eroticos de lesbicas minha mulher e outraconto mae e filho e bunda da mamaecontos eroticos de enrrabadoscumendo a prima vingwmcasadoscontos/filinhojovenzinha first porncontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos marido compra piroca enorme esposa diz que nao aguentaSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeunatalia do ceará chupando o paugostosao aguenta doi pipinos no cúconto erotico travesti trabalhando e foi fodida no trabalhoinocente sentei no pinto mole contocontos zoofilia com cobrasContos eroticoa comendo a mae e amiga