Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEM TIRAR DE DENTRO COM O SEGURANÇA

Chamo-Me Nelma Tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanho (costumo tingidos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiências sexuais mais hoje quero falar o dia que dei pra um segurança da boate, que deu duas sem tirar de dentro.rnrnEu já estava mais de um mês solteira e recebi a ligação de um ex namorado, que era musico e estava em outra cidade e perguntou se eu queria ir a Brasília capital, como eu teria um feriadão e eu não tinha nada em mente fui mais sabendo que ele tinha problemas com drogas e ficava meio violento mais me prometeu que já estava tudo calmo com ele. Nesse mesmo dia eu tinha horário marcado no salão pra pinta meus cabelos de loiro ao qual particularmente fico mais fatal do que sou.rnPronto cheguei de manha no outro dia em Brasília fui direto pro hotel tudo reservado como ele havia combinado mais ele sá deu as caras a noite. Apresentou-me aos demais amigos tirando aquela onda antes da gente sair. Demos uma trepadinha básica (que eu não gozei) e vi que seu desempenho não estava muito bem ainda mais pq ele estava bebendo e muito. Coloquei um vestido tomara que caia preto mais um salto alto e sem calcinha, bem básica pra guerra.rnFomos para uma boate com musica eletrônica e eu sabia que não iria prestar porque ele é muito ciumento e não deu outra, ficamos numa área tipo vip e não ficamos 2 horas na boate e os seguranças já estava separando confusão dele com outro cara sendo que eu não tinha nada haver porque já conhecia a criatura. Mais o que mais me chamou a atenção foi um segurança (Jaime 32anos 1,80alt meio bombado) que saiu de um outro camarote e soube conversar com quem estava na briga e ficou na entrada do camarote que eu estava meio que tomando conta de mim.rnNão vou dizer que sou santa e já tinha tomados uns 3 a 4 sex and beach que me deixa bem alegre, e o segurança percebeu que eu estava sem calcinha e tirou seu palito pra tampar por cima, mais eu como sou muito sacana comecei a estigar o coitado, quando eu ficava sozinha com ele eu de maldade tirava o paletá e deixava minha bucetinha toda a mostra pra ele e ele se fazia de que não era com ele.rnDepois que eu desci pra a pista de dança abaixo fiquei sabendo que a esposa dele uma mulata baixinha trabalhava no bar e por isso que ele não me deu confiança, mais ele também não era nada bobo porque sempre que passava por mim disfarçadamente com a boate lotada dava uma apertada na minha bunda e eu dava aquela apalpada rapidinha no cacete duro como pedra que me deixou toda molhadinha.rnResumindo, voltei pro hotel cai no pau com meu ex bundão e ele de manha meteu o pé pra outra cidade me deixando com o hotel pago pra mais uma noite, pois a minha passagem de volta já estava comprada.rnDormi sozinha e passei o dia todo de ressaca nem sai do hotel acordei as 19hrs e fui tomar banho com aquele cacete na mente e toquei algumas siriricas, mais pra apagar meu fogo sá eu sei com um cacete daqueles.rnDeu 01 da manha e depois de brigar mais uma vez com meu ex pelo telefone, resolvi me arrumar e ir de novo na boate na intenção do segurança.rnChegando lá a boate estava um inferno, mais cheia do que a primeira vez e eu não conseguia encontrar ele mais vi que a mulher dele estava então comecei a ficar perto de umas meninas que estavam de olho em mim e nisso comecei a ficar com as duas nos 3 éramos o trio da putária na boate sendo que no cantinho, pois não podíamos nem circular direito que os homens caiam em cima. rnJá de manha paramos nos 3 e mais uma galera em um trailer pra beber mais para a minha alegria o segurança passou de carro e parou na minha frente, não pensei 2 vezes e entrei no carro com desculpa que já voltaria. rnEle me levou uns 19 minutos de carro pra uma birosca de um amigo dele e lá ele me falou que deu um perdido na mulher dele e que teria que voltar em duas horas, pra pegar ela. rnEle pediu o lanche dele, pois estava com fome e como meu hotel era no meio do caminho ele foi dirigindo e eu segurando o cacete por dentro da calça e ele entre uma marcha e outra dava uma dedada na minha bucetinha que estava encharcada. rnEle parou o carro a traz do hotel e entrou depois de mim fui direto tomar um banho deixando ele no quarto e quando retorno em vez de ele tomar banho eu acabei não deixando, pois o cheiro dele me deixava louca de tezão, tirando a calça dele é ai que eu vi o tamanho do cacete que eu teria que aguentar não sá grande mais grosso do jeito que eu estava querendo uns 22cm, segurei ele com as duas mãos e enquanto eu o chupava ele ia tirando a roupa.rn Depois puxou meus cabelos e começou a me xingar e bater com aquele cacete na minha cara nossa eu ia as nuvens, forçava a guela a baixo pro cacete dele entrar todo na minha boca com violência me tirando o ar. rnE nisso ia brincando e enfiando o dedinho na minha bucetinha e no meu rabinho, depois me pegou no colo e me colocou de pernas aberta na cama me arreganhando toda e me deu um banho de língua que me fez gozar varias vezes, nossa eu gritava e dava tapa nele de tanto prazer e ele gostando. rnNão sei onde estava com a cabeça chamei ele pra entrar dentro de mim, pois queria muito o leitinho. rnEle se posicionou e enfiou a cabeça que me torci toda de dor mais, ele me segurou bem forte pela cintura e me xingando tudo que é nome, foi me rasgando centímetro por centímetro. rnFalei que estava me machucando então ele começou a me beijar e a socar mais ainda aquele cacete pra dentro, tentei sair do beijo mais ele disse que iria me machucar com vontade si eu não beija-se, então a dor foi indo embora e comecei a sentir um baita de tezao ainda mais com a língua dele toda dentro da minha boca, travei a cintura dele com as minhas pernas e ele socando cada vez mais, cheguei no ouvidinho dele com uma voz de tezao pedi pra ele gozar tudo dentro de mim e não demorou muito senti o pau dele mais duro e o corpo dele todo tremer ao gozar nossa era muita porra pois senti ela escorrendo pelas costas e nisso sem ele tirar o pau de dentro ele ficou deitado em cima de mim por um tempinho e logo voltou a me beijar e de me chamar de tudo que e nome e ele volta a estocar aquele pau meio mole que logo volta a ficar mais duro como da primeira vez e nisso eu fui ao delírio com aquele homem todo suado e com a bucetinha toda melada e sendo mais e mais ainda fodida, rnDepois sem tirar de dentro ele me vira de quatro e ai que mete com mais força e bater na minha bunda nem preciso dizer mais o tanto que eu gozei, ele tendo a visão privilegiada do meu cuzinho começou a enfiar os dois dedos e tentar abrir, me empinei mais ainda e perguntei se ele queria comer meu cuzinho, nossa ele abriu um sorriso e veio com tudo colocou a cabeça e quando ela o entrou fez escorregar o restante nossa nessa mesma hora me desmontei na cama e ele sem do e piedade comeu meu cuzinho com tudo, tirou umas duas vezes pra eu chupar e depois botava com tudo ate o talo, ficou intercambiando entre o cu e a bucetinha depois perguntou se eu queria que ele goza-se no cu ou na buceta e falei que ele que mandava, me virou de frente e começamos um papai e mamãe e aos beijos eu e ele em uma sincronia gozamos aos beijos e aperto e eu gritando como sempre. rnDepois ele tirou o pau pra eu limpar com a boca e nossa como tava melecado, ele foi direto pro banho pois ainda tínhamos uns 30 minutos e eu fiquei deitada na cama pois minhas pernas estavam fracas. rnEle voltando do banho sentou na beira da cama e ia passando a mão com vontade no meu corpo e eu fui direto com a boca naquele pau que ainda pedia mais, ele começou a se arrumar mais mesmo assim tirei o pau dele pra fora e em pé na beira da janela levei ate meu cuzinho que já estava todo arrombado e pedi mais um pouquinho, ele abaixou as calças e a cueca e começou a me comer na beira da janela nossa, eu não sei da onde tirei forças pra ficar de pé mais ele veio com tudo puxando meu cabelo me dando tapa na cara e na bunda e depois que eu dei umas gozadas ele pela terceira vez agora enche meu cuzinho de porra, tirou o pau de dentro e mais outra vez tive que lamber o pau dele todinho, depois ele sá lavou a rola na pia e nos despedimos, ele achando que eu estaria de novo na boate, mau sabe ele que eu já naquele mesmo dia voltaria pra casa rsrsrsr.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha bucha e grande dei muito em contos eróticoscontos gay fivo com meu pai no interiorcomtos eróticos eu minhas avó e mae juntasconto eroticos comendo a irma de perna quebradaJoão e chupando piru mesmo tempoxvidio tinho berbado asubrinha fica taradadepilei minha filha e chupei a xota contosbarxas buceta de meninascontos marido jogandocontos pornôs cinderela escrava sexual das irmãscontos eróticos trai com consentimento do meu maridocontos amigo dorme em casa esposaCONTOS: TOPO TUDO POR UM HETERO PARTE 1 E 2contos eroticos esposas arrependidascontos eróticos acreditei na minha esposa ela mentiudepos da bricadeira melevou pra tras da casa e comeu meu cu comto pornoConto erotico de uma femeazinhacontos esposa sentiu uma rola giganteconto erotico mendiga cuConto erotico.no cuzinho da caderantecontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotoscontos eroticos 9 aninhosConto a buceta peluda da minha irmaconto fizerao eu meu marido putinhascontos transei com travesti bem dotado tirando o c*****meu dotado contosacabei liberando para o meu tio e meu padrasto contos reais contos de travesti no onibusfudeu a entiada conto eroticocasa dos contos eroticos eu ensinei minha afilhada virgemContos eróticos gay de menino de menor idade dando o cuzinho pro professor de reforçominha sogra e ninfomaniaca contotravesti pito durocontos eroticos de cheirando minhas calcinhas contos putinha caralhudo corno chupaconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casacontos eroticos arrombando a gordacoroas falandoquero gozarconto ele me comeu pelo buraco da paredese exibindo pro.moleques conto eroticoComo eu copo CEDome ponoporno zoo insesto e dominacao en contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteempregadinha empolgadacontospaicornochamei minha prima novinha encoxando até ela fodeconto irmanzinha apertadinhanossa minha sogra me deu um cha de buceta meu pai tem ciumes de mim contos eroticosconto porno rola grandecoroascontoeroticoscontos.eroticos pedreiro velho.fode garotinhacontos fui encoxada no onibus e meu marido nem percebeuNetinhas putas contoseroticoscontos eroticos de mae danu filha para seu patrao comercontos erotico comi minha mae com meu pai em casacontos eroticos com mae e tia dando cucontos erotico negro goza na buceta da noiva para o cornocomi uma egua na roca contocadela lambe porea do dono zofiliacontos eroticos na praiacontos fudendo com priminhs de dose snosfui desvirginada pelo meu namoradocontos eroticos convidei meu colega para fude mia irman inocentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasIrmao dotado conto gayConto com foto vizinha peluda de vestido no matoconto eroticos- minhae estuprou leabicacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocavideos de cornos que chuupamcontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos - leitinho do tiocontos eróticos prima gordinhaperdi minha virgindade com minga irmã de des anos contos eróticosmulher de. corno. em casa. com. buceta. cheia de porra. corno. lambercontos deu para homen de rola grande e gozou muito de esguinchocontos : meu filho falou que minha buceta e bonitameu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticos