Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIAÇÃO (BI) SEXUAL EM FAMÍLIA – PARTE 5

Apesar do João tenha gozado quando foi penetrado pelo tio, a dor tinha sido tanta que não sentia vontade de repetir tão cedo.rn Entretanto continuava dormindo e ocasionalmente fazendo sexo com a sua mãe. Por ele faria a toda a hora, no entanto ela não era da mesma opinião e apenas o faziam uma ou duas vezes por semana. Dizia sua mãe que ele deveria aprender a controlar-se e fazer por merecer o sexo. Tinha noites também que a mãe passava com o tio.rnTeve um dia em que, estavam os quatro a ver televisão depois de jantar, a mãe do João disse-lhe que se deveriam deitar cedo e levantou-se para subir para o quarto. O João estranhou, já que o dia seguinte seria sábado e não teriam que acordar cedo, mas seguiu a mãe. Mal entraram no quarto, a mãe despiu a calcinha, mantendo o vestido longo e solto, e começou a despir as calças do João e começou a chupar o pau dele, deixando-o bem teso e molhado. Colocou-se então de quatro na cama, com a cabeça na almofada, e levantou a parte de baixo do vestido para cima da cintura, até lhe cobrir a cabeça e o João não perdeu tempo a penetrar a buceta da mãe. Enquanto observava as nádegas de sua mãe no vaivém, recordou-se da imagem do tio a comer o cuzinho lindo da prima. Molhou bem o indicador e, afastando as nádegas da mãe, começou a brincar com o olhinho da mãe. Sentiu ela tensa num primeiro momento, interrompendo o vaivém, mas retomou apás uns breves instantes, o João continuou a humedecer o dedo e estimular o esfincter da mãe, sentindo por vezes um ligeiro arrepio dela. Forçou então um dedo a penetrar o olho apertado da mãe, que esmagou o seu dedo, gozando ela de imediato. O João ainda estava longe de gozar, depois de duas punhetas durante a tarde enquanto observava a prima em bikini apanhando sol na piscina.rnAproveitando a posição da mãe, encostou a cabeça do pau duraço no olho da mãe, que se levantou e perguntou porque estavam fazendo aquilo. O João contou então o episádio com o tio, incluindo que o tio tinha também tirado o cabaço do cu dele. A sua mãe não pareceu surpreendida com o que o tio fez, apenas pareceu surpreendida por o tio não lhe ter contado. Disse então ao João que, como aguentou a rola do tio, merecia uma recompensa. Pegou então da cámoda preservativos e lubrificante. Mandou o João colocar então um preservativo enquanto ela ela lubrificava o cuzinho, tal como tinha visto o tio fazer em Mariana. Lambuzou então o pau encapuçado do João e deitou-se de lado com os joelhos levantodos para a frente e ordenou ao João que se deitasse fazendo conchinha detrás dela colocasse bem devagar, porque ela fazia muito poucas vezes sexo anal.rnO João fez como a mãe disse. Encostou o pau bem devagar no olho da mãe e forçou, os músculos não pareciam ceder, continuou a fazer força e, com um movimento de ancas da mãe, acabou entrando um pouco, a mão da mãe na anca do do João segurou, ele parou por momentos, quando a pressão da mão aliviou, empurrou mais um centímetro, parou mais um pouco e ficaram assim, avançando pouco a pouco, até que o pau entrou todo, a mãe pediu um momento para relaxar e recuperar o fôlego. O João esperou então até que sentiu a sua mãe a rebolar lentamente. Começou então a tirar o pau lentamente também até ficar sá a cabeça dentro e voltou a enfiar lentamente também, sentindo os músculos do esfincter da mãe a piscar, continuou o vaivém, o seu corpo dizia para acelerar, mas lembrava-se do ardor que isso lhe tinha provocado, quando o seu tio lhe fez o mesmo, por isso manteve o ritmo, lubrificou o pau mais uma vez, continuou, até que a mãe o mandou tirar o pau e o fez deitar de costas, sentando então lentamente no seu pau, pela primeira vez pôde observar a expressão da mãe enquanto a sua vara a invadia, a mãe começou a subir e descer na vara, enquanto apoiava uma mão na coxa do João, a outra estimulava o clitáris, o João sentiu o cu de sua mãe a piscar mais intensamente, não aguentou e gozaram os dois ao mesmo tempo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo a bundinha da menina contos eroticosconto erotico familia zoofiliavibradoresmeladosContoseroticos meninas novinhas virgem estupradas pelo tiocontoeroticoinsestochefe e demissao conto eroticoeu falei Jaime de bucetaContos.encestos.mae.no.campo.de.futebolContos heroticos esposa quer muitas picasA chapeleta arronbou minha bucetinha contosconto: crente safada da ccb em swingcontos eroticos em quadrinhos casada transando com negaofiquei doidinha queimadinhaPORNO GOSANDO RU QUADDepravando a casada contoszoofili negao magro com umaacontos eroticos mulher fica engatada com cachoro au faser sexoconto erótico- minha irmã e meu filhomenininha de um homem contos gaysmadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouconto gay gusttavo limacontos eróticos da casa da irmã queridacontos gay cavalosexo porno doido com a caçulinha virgemminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatosesposa puta do meu tio corno contoos empregados de papai me comiam todo dia conto eroticoNão esquece de se expor negãocontos mulher da na frente dos filhosarregaçando conto heterocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteEliana experimentando calcinha fio-dentalContos Eróticos De Comi A Coroa Mãe Do Meu Amigovideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladacontos eróticos realrelatos de sexocontoseroticos massagem na tiasurra vaginal amordaçada contosou casada vi o meu vizinho na punhetasou puta do meu genroConto erotico sado gay sequestrado e arrombadosou casada mais chupei um pau grande e bonito contocontos eroticos congresso medicoBusca por contos de esposa reais, que vai para balada e deixa o marido transtornado quando ela demora no banheiro e pega ela transando no estacionamentocontos eróticos defamíliacontos eroticos de ninfetas transado com cavaloconto erotico encoxando e estuprandoa velhaGozei dentro da gorda dopada de vestido contocontos de corno acampandoconto fui abusado pelo tio da van gayconto dopei ela e mamei o grelo e chupei o peitinho ela gozoucontos de coroa com novinhocasa de swing contocontos de coroa com novinhopodolatria infancia contos eroticosminha namorada se mostrando para outros contomarido dormiu eu me depilei toda contosAcordei com o pau dentro da minha bucetafiquei doidinha queimadinhacontos eroticos cadela banheiro plugfiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5contos excitantes no onibuscontos sexo na oficinacontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa delecontos de cú de coroa viuvadesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cuporno guardete teresina na rolaTia de calça leg conto eroticoconto erótico a babá nos ensinou tudoconto erotico cornotio chupando buceta contocontos eroticos arrombando a gordaconto de sexo comi o cu da minha mae quando meu pai saiuMeu irmão mandou eu deitar com elecontos minha mae minha puta 23cmcontos menage inesperadoconto erotico no colinho do vovôconto eroticos meu sobrinho viu minha bucetacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos menage inesperadoSimpratia para minha sobrinha ficar louca de tesao i mim da abuceta delacontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaCostoza andano d calzinha pela cazamae flagra o filho traveco dando o cu no terracocontos eroticos gay hetero bebadoler contos de zoofilia homens estrupando cadelinhashistorias eroticas gay teensexo com renata crentinhaler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludasvelho fudedo ninfetas no cu contoFoto picudo estotando a bucetinha da casadaCONTO EROTICO ENCHE MEU RABOcontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto erotico viado casadomenino pau grande me arrombou o cu contosesposa puta do meu tio corno contocóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficanteconto erotico roberto jumento