Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIAÇÃO (BI) SEXUAL EM FAMÍLIA – PARTE 5

Apesar do João tenha gozado quando foi penetrado pelo tio, a dor tinha sido tanta que não sentia vontade de repetir tão cedo.rn Entretanto continuava dormindo e ocasionalmente fazendo sexo com a sua mãe. Por ele faria a toda a hora, no entanto ela não era da mesma opinião e apenas o faziam uma ou duas vezes por semana. Dizia sua mãe que ele deveria aprender a controlar-se e fazer por merecer o sexo. Tinha noites também que a mãe passava com o tio.rnTeve um dia em que, estavam os quatro a ver televisão depois de jantar, a mãe do João disse-lhe que se deveriam deitar cedo e levantou-se para subir para o quarto. O João estranhou, já que o dia seguinte seria sábado e não teriam que acordar cedo, mas seguiu a mãe. Mal entraram no quarto, a mãe despiu a calcinha, mantendo o vestido longo e solto, e começou a despir as calças do João e começou a chupar o pau dele, deixando-o bem teso e molhado. Colocou-se então de quatro na cama, com a cabeça na almofada, e levantou a parte de baixo do vestido para cima da cintura, até lhe cobrir a cabeça e o João não perdeu tempo a penetrar a buceta da mãe. Enquanto observava as nádegas de sua mãe no vaivém, recordou-se da imagem do tio a comer o cuzinho lindo da prima. Molhou bem o indicador e, afastando as nádegas da mãe, começou a brincar com o olhinho da mãe. Sentiu ela tensa num primeiro momento, interrompendo o vaivém, mas retomou apás uns breves instantes, o João continuou a humedecer o dedo e estimular o esfincter da mãe, sentindo por vezes um ligeiro arrepio dela. Forçou então um dedo a penetrar o olho apertado da mãe, que esmagou o seu dedo, gozando ela de imediato. O João ainda estava longe de gozar, depois de duas punhetas durante a tarde enquanto observava a prima em bikini apanhando sol na piscina.rnAproveitando a posição da mãe, encostou a cabeça do pau duraço no olho da mãe, que se levantou e perguntou porque estavam fazendo aquilo. O João contou então o episádio com o tio, incluindo que o tio tinha também tirado o cabaço do cu dele. A sua mãe não pareceu surpreendida com o que o tio fez, apenas pareceu surpreendida por o tio não lhe ter contado. Disse então ao João que, como aguentou a rola do tio, merecia uma recompensa. Pegou então da cámoda preservativos e lubrificante. Mandou o João colocar então um preservativo enquanto ela ela lubrificava o cuzinho, tal como tinha visto o tio fazer em Mariana. Lambuzou então o pau encapuçado do João e deitou-se de lado com os joelhos levantodos para a frente e ordenou ao João que se deitasse fazendo conchinha detrás dela colocasse bem devagar, porque ela fazia muito poucas vezes sexo anal.rnO João fez como a mãe disse. Encostou o pau bem devagar no olho da mãe e forçou, os músculos não pareciam ceder, continuou a fazer força e, com um movimento de ancas da mãe, acabou entrando um pouco, a mão da mãe na anca do do João segurou, ele parou por momentos, quando a pressão da mão aliviou, empurrou mais um centímetro, parou mais um pouco e ficaram assim, avançando pouco a pouco, até que o pau entrou todo, a mãe pediu um momento para relaxar e recuperar o fôlego. O João esperou então até que sentiu a sua mãe a rebolar lentamente. Começou então a tirar o pau lentamente também até ficar sá a cabeça dentro e voltou a enfiar lentamente também, sentindo os músculos do esfincter da mãe a piscar, continuou o vaivém, o seu corpo dizia para acelerar, mas lembrava-se do ardor que isso lhe tinha provocado, quando o seu tio lhe fez o mesmo, por isso manteve o ritmo, lubrificou o pau mais uma vez, continuou, até que a mãe o mandou tirar o pau e o fez deitar de costas, sentando então lentamente no seu pau, pela primeira vez pôde observar a expressão da mãe enquanto a sua vara a invadia, a mãe começou a subir e descer na vara, enquanto apoiava uma mão na coxa do João, a outra estimulava o clitáris, o João sentiu o cu de sua mãe a piscar mais intensamente, não aguentou e gozaram os dois ao mesmo tempo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


video porno irma de veztido curto bege na frente padrasto na salaninfetas cor de jambo no video mobilecontos de incestos e surubas com irma e com namoradasxoxoxotinhas molhada de. tesaohttp://transei com com jogador no banheiro gay contos eroticosa foder a policial na rua contosp*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandegenro surpreende a sogra dormindo comendo o c* dela apertado pornô grátisGarota perdendo o cabaco de doze anos contosfotus de zoofiliasobrinha foi chatagiada a faze sexo sem vontadecontos erotico de puta fudendo com velho safadomulher vemdedora de avon cuContos gay malucoconto de carona no caminhaoGay usando ropa de mulher contocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenacontos eróticos com vários cachorrosmulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparLevou o amigo bebado e comeu a mulher delecontos eróticos gay putinha do papaiContos titi fudendo a sobrinha no cucontos eroticos incesto ensinei minha filha fuderContos eroticos barcocontos eroticos dois casais transando juntosconto esposa caralhudoestorei o cu dela contovideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliaquero ler contos eroticos avo e netocontos eróticos minha esposa gosta de amamentar com peito para fora mostrando tudo para os outrossexo contos eriticos o amigo do meu marido me pasando bronseadoreu e meu marido aceitamos carona de uns estranhos e acabei sendo fodida contoscoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegreconto erotico violentocantos eróticos fodedo as tetas da mamãecasadoscontos estrupada por pivetesContos.eroticos.com.fotos de.sobrinhos comendo tias safadas na casa dos.cornospau atochado no rego da joanacontos eroticos incesto vovôgostei de ser abusada contos eroticospassivosrj sexochantagem com irma contoscontos eroticos de casado mamando e apanhandocontos eróticos meu marido eu e meu alazãoSo contos de sadomasoquismo com maridos e esposas so contos eroticoscontoseroticos eu minha maeLoira ,do,calodinho,de,baixo,dando,culer contos erótico prima com primo gordinha gostosacontos de seios de sobrinha novinhaconto erotico escrava do larContos eroticos barcomadrasta pegou enteado vendo filme porno e aliviouenfiei tudo naquele cuconto erotico gay meu inimigohisrorias de cantos erodicos as amigas da minha filha na bicina emadame currada no mato contocontos fudendo na praia com mamaeconto real casada gravida na surubaAmigo do meu filho me fude junto com minha filha contocontos eroticos curtos de zoofiliaContos eroticos cofrinho onibusgozei na buceta da maninha engravidoucontos eroticos dormindo com rabuda buceta carnuda comtos de sexoo travesti apertou os meus mamilos e me comeuminha esposa a raspadinha contopornô o homem que nuca viu uma boceta quando viu endoidouconto eroticos acampando em familiaconto erotico gay chupando tio bebadooitocoroas gostosa nuacontos eroticos de sexo oralporn contos eroticos escrava sexual no barporno gay pai apostou cu para o vizinhocontos eróticos cdzinhaContos erotico marido corno bebedor de porracontos eroticos comendo mae e filhacontos gay gozando pela primeira vezfilha da namora conto eróticoContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafa