Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA IRMA

Nem sei como contar isso, mas estou errabando minha irmã 5 dias por semana.rnEla tem 19 anos, é minhonzinha, gostosa, peitinhos do tamanho de mangas medias, abusa das minissaias quando está em casa porque la fora meu pai não deixa, anda pela casa desfilando aquelas coxinhas torneadas e grossas de estudante de balé que é.rnDia desses estava largado de shorts e sem camisa no sofá da sala e ela passou de sainha plissada cor de rosa e uma jaqueta de jeans ( não me pergunte por que) cabelos longos indo até o meio das costas . Passou em e frente ao sofá, depois voltou dois passos de ré e disse sorrindo com o canto da boca: "benza deus heim ...!!!" " bem que a priscila disse que eu tenho um irmão bem gostoso".rnAntes que eu me recuperasse da surpresa ela veio até a beira do sofá e sentou no encosto, sobre uma das coxas ( e que coxa). Se inclinou ate mim e alisou meu peito. Meu pau quase pulou pra fora do calção, principalemtnte porque vi que ela não tinha nada por baixo do jeans.rnrn"A louca da priscila perguntou se voce era pausudo" Disse rindo... " To vendo que é, mostra pra mim".rnrnJa não via mais na minha irmazinha que eu levava pra escola a poucos anos atras, agora estava diante de uma mulher louca pra dar, chupar, ser chupada e eu estava voltando do serviço de 30 dias no quartel, tirei o pau pra fora que ficou ereto e duro.rnAté brilhava o danado.rnrn"OOhh!" gemeu minha irmã Marcinha e caiu de boca nele deintando um pouco sobre mim. Foi uma delicia, uma boca quente, envolvente, nem via ele engolfar meu cassete direito porque os cabelos castanhos claro tapavam toda a area. Me concentrei então a levantar a sainha dela ja que estava de quatro e tocar no seu sexo.rnFoi facil, a safada não usava calcinha ( será que um dia usou dentro e casa?). Alisei a xota dela, ensopada enquanto ela engolia freneticamente eu pau e gemia palavras. Me inclinei para um lado do sofá e ajustei uma das pernas dela pra começar o 69 mais alucinante da minha vida. Mergulhei a boca naquela buceta raspadinha como gato em sardinha.rnDancei minha lingua em todos os ritmos que voces possam imaginar, fui tão longe que as vezes ela parava de chupar meu pau levantava a cabeça e ficava paralizada olhando pra cima . Abraçava aquelas coxas como se faz da musculação com aquele aparelho para os biceps. Esmagava aquelas pernas contra meu peito, com a lingua enterrando naquela xota meio fedida meio perfumada, aquel cheiro caracteristico de femea. Um cheiro de creme amaciante misturado com fumo de havana, uma coisa que inebria e excita. Chupava ela e ouvia ela gemer : Ahh! AAhh! uuuii que gostoso.rnrnNos chupamos por 19 minutos, minha lingua ja estava travando, cochichei no ouvido dela "da pra mim marcinha?".rnrn"Não dou não" disse ela rindo e ainda ofegante. Se levantou e ainda de jaqueta e saia, ficou de costas para mim que estava sentado de novo no sofá com o pau todo lambuzado e pra cima. Abriu minhas pernas enquanto eu levantava aquela sainha cor de rosa e sentou bem devagar enqolindo minha piroca e rebolando de leve pra entrar até ao fim. Apoio as mão nos meu joelhos e começou a subir e descer aquela bunda linda no meu colo. A cada descida eu quase explodia de tesão.rnUma bucetinha apertada da minha irmãzinha de 19 anos engolia me membro. Ela gemia como uma criancinha tanto na subida como na descida. "Aaaaaiii! Ai! AAAAAiii! ... Subiu e desceu mais ou menos uma 25 vezes, bem de vagar, me fazendo relembrar de todas as bucetas que ja comi . Depois começou a quicar mais rapido no meu colo, me deixando escitado, tirei o casago dela meio desajeitadamente e comecei a xupa-la nas costas emquanto fodia sua buceta. O tesão foi aumentando, o ritmo tambem, alucinadamente . Ela deu uma ultima xuxada na minha rola e se virou como se montasse numa bike e me alisando e sorrindo engoliu meu pau de novo com aquel doce buraquinho ja avermelhado de tanta meteção Começamos um novo tempo de tepaçãomais gostoso poque tinha agora os peitos e aquel boca linda a minha disposição.rnOs beijos de lingua foram intensos, meus pensamentos se mesclavam, eu beijava e chupava minha irmã e ao mesmo tempo comia uma menina maravilhosa que so em sonhos achei que era possivel. As coxas dela abraçavam as minhas. Eu trazia aquela loucura de buceta contra meu pau forçando as vezes cintura dela as vezes o ombro.rnrn"Mete, mete maninho gostoso, mete, quero te dar desde os 19 anos, tira meu atraso meu amor, quero meter com voce todos os dias da minha vida" ela falava isso jogando a cabeça para tras, rebolando as ancas e fazendo os seios dançarem na minha frente. Me excitei mais ainda, peguei-a firme pela cintura e me levantei, ela se manteve abraçada com as pernas trançadas nas minhas costas, metemos rodando pela sala, gemendo e urrando palavroes. Ja quase gozando, fui de encontro ao batente da porta, escostei ela na parede do corredor e dei minha ultimas estocadas, uma, duas, tres, quatro, indo com meu pau até o fundo daquela xota até gozar la dentro. Satisfeitos, demontamos nossa combinação de pernas e ficamos de pé abraçados nos beijando levemente, nus, mas como dois namorados na fila do cinema.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos ex namoradaa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delanetinha conto eroticocontos eróticos com mulheres da ccbuma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandoFlagra plugcontos fudendo com priminhs de dose snospicas enormes dos boys das piconasContos eróticos Minha mãe e os pedreirosgozando vendo a tia lavando roupaguais sao as deusas da punhetawww.conoserótico.comcontos eroticos com sobrinhapau atolado no meu cu freira contocontos eróticos bebadacontos eróticos de vários cavaloscontos erotocos sogras velhascomendo a mulher em frente ao marido contoconto erotico gay bebadoContos eroticos interraciais no escritoroscontos gay foi todo arrobadocontossexo minha mulher negro pausudoconto erotico piveteContos etoticos meu irmao me tarouconto minha mulher aronbadacontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada feito vadiaContos pornos incesto tianovinha chorumingava na picacontos eroticos churrascocontos erotico traindo maridocontos eroticos amiga dormindo soniferoassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeesposa puta do meu tio corno contono acampamento enquanto eu dormia contos eróticosritio adora meu cumeteu a pica gigantesca na passista deliciosaconto erotico de bucetas folozadacontos garoto comeu minha mãecontos de homens iperdotados comendo meninas e meninos gayscontos eroticos dei meu rabinho no becoComendo bucetas gostozas na roça comtos eroticosconto erostico baixinhacontos sobrinha novinha banhocontos minha cadela virgemconto sexo amarraram meu maridocontos erotico d mae do meu amigo m seduziucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevizinha gostosa gozei dentro contossafadinhacontoeroticoraparam minha buceta a força contos.Meninos mostrando furico do cu onlaine porno gueytracei minha entiadinha.ctossogra contando como chorou na pica do genro contos eroticoscontos eroticos gay putinhacontos eroticos de manausmorando sozinho com irman gostosa contominha cunhada me suprendeu contosConto minha filha so de fio dentalcontos erotico gay dando pela a primeira vezconto erodico de syruba a forçaconto erotico chupando ela debaixo da mesacontos eroticos dando para o predreiro.contos de safadas que trabalham em frigorificomarido todo produzido eróticoscontos eroticos de quem ja comeu a mae do amigoconto erotico emprestei a minha mulher para um amigoIncesto com meu irmao casado eu confessoesposa puta do meu tio corno contocontos eroticos gordas tomando.no cuComtos porno da tia e sobrinho no matoNayara chupando contoContos eroticos Coroas Gordas peladasmasagista se marturbando no meio do espediente porcontos erótico motelrelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridoscasa dos contos eróticos e*******' e g***** na minha bunda dentro do coletivoconto avo e netinhascontos eróticos minha mãe crente com meu amigonovinha e safadinha conto eroticomulher depravadapica gigante aregassando os dois buracoscontocasadagostosaconto sentado no colo e jogandovideo de jovens travesti praticando incesto com padrastozofilia devuaetagays coroas do bairro agua verdecontos picantes seduzindo o cunhado sem querercontos comendo a enfermeiraTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosContos eroticos velho tarado por meninas bobinhascontos de cú de coroa viuvaBuceta sou puta dei por meu genro videoestoria porno a fantasia do meu marido e c cornocontos de podolatria pes tiaMetendo na empregada negra contominha cunhada é coroa mas so usa fio dental e pega no meu pau escondidinho da irmãcontos eróticos cheirando a bunda de minha sogra