Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA IRMA

Nem sei como contar isso, mas estou errabando minha irmã 5 dias por semana.rnEla tem 19 anos, é minhonzinha, gostosa, peitinhos do tamanho de mangas medias, abusa das minissaias quando está em casa porque la fora meu pai não deixa, anda pela casa desfilando aquelas coxinhas torneadas e grossas de estudante de balé que é.rnDia desses estava largado de shorts e sem camisa no sofá da sala e ela passou de sainha plissada cor de rosa e uma jaqueta de jeans ( não me pergunte por que) cabelos longos indo até o meio das costas . Passou em e frente ao sofá, depois voltou dois passos de ré e disse sorrindo com o canto da boca: "benza deus heim ...!!!" " bem que a priscila disse que eu tenho um irmão bem gostoso".rnAntes que eu me recuperasse da surpresa ela veio até a beira do sofá e sentou no encosto, sobre uma das coxas ( e que coxa). Se inclinou ate mim e alisou meu peito. Meu pau quase pulou pra fora do calção, principalemtnte porque vi que ela não tinha nada por baixo do jeans.rnrn"A louca da priscila perguntou se voce era pausudo" Disse rindo... " To vendo que é, mostra pra mim".rnrnJa não via mais na minha irmazinha que eu levava pra escola a poucos anos atras, agora estava diante de uma mulher louca pra dar, chupar, ser chupada e eu estava voltando do serviço de 30 dias no quartel, tirei o pau pra fora que ficou ereto e duro.rnAté brilhava o danado.rnrn"OOhh!" gemeu minha irmã Marcinha e caiu de boca nele deintando um pouco sobre mim. Foi uma delicia, uma boca quente, envolvente, nem via ele engolfar meu cassete direito porque os cabelos castanhos claro tapavam toda a area. Me concentrei então a levantar a sainha dela ja que estava de quatro e tocar no seu sexo.rnFoi facil, a safada não usava calcinha ( será que um dia usou dentro e casa?). Alisei a xota dela, ensopada enquanto ela engolia freneticamente eu pau e gemia palavras. Me inclinei para um lado do sofá e ajustei uma das pernas dela pra começar o 69 mais alucinante da minha vida. Mergulhei a boca naquela buceta raspadinha como gato em sardinha.rnDancei minha lingua em todos os ritmos que voces possam imaginar, fui tão longe que as vezes ela parava de chupar meu pau levantava a cabeça e ficava paralizada olhando pra cima . Abraçava aquelas coxas como se faz da musculação com aquele aparelho para os biceps. Esmagava aquelas pernas contra meu peito, com a lingua enterrando naquela xota meio fedida meio perfumada, aquel cheiro caracteristico de femea. Um cheiro de creme amaciante misturado com fumo de havana, uma coisa que inebria e excita. Chupava ela e ouvia ela gemer : Ahh! AAhh! uuuii que gostoso.rnrnNos chupamos por 19 minutos, minha lingua ja estava travando, cochichei no ouvido dela "da pra mim marcinha?".rnrn"Não dou não" disse ela rindo e ainda ofegante. Se levantou e ainda de jaqueta e saia, ficou de costas para mim que estava sentado de novo no sofá com o pau todo lambuzado e pra cima. Abriu minhas pernas enquanto eu levantava aquela sainha cor de rosa e sentou bem devagar enqolindo minha piroca e rebolando de leve pra entrar até ao fim. Apoio as mão nos meu joelhos e começou a subir e descer aquela bunda linda no meu colo. A cada descida eu quase explodia de tesão.rnUma bucetinha apertada da minha irmãzinha de 19 anos engolia me membro. Ela gemia como uma criancinha tanto na subida como na descida. "Aaaaaiii! Ai! AAAAAiii! ... Subiu e desceu mais ou menos uma 25 vezes, bem de vagar, me fazendo relembrar de todas as bucetas que ja comi . Depois começou a quicar mais rapido no meu colo, me deixando escitado, tirei o casago dela meio desajeitadamente e comecei a xupa-la nas costas emquanto fodia sua buceta. O tesão foi aumentando, o ritmo tambem, alucinadamente . Ela deu uma ultima xuxada na minha rola e se virou como se montasse numa bike e me alisando e sorrindo engoliu meu pau de novo com aquel doce buraquinho ja avermelhado de tanta meteção Começamos um novo tempo de tepaçãomais gostoso poque tinha agora os peitos e aquel boca linda a minha disposição.rnOs beijos de lingua foram intensos, meus pensamentos se mesclavam, eu beijava e chupava minha irmã e ao mesmo tempo comia uma menina maravilhosa que so em sonhos achei que era possivel. As coxas dela abraçavam as minhas. Eu trazia aquela loucura de buceta contra meu pau forçando as vezes cintura dela as vezes o ombro.rnrn"Mete, mete maninho gostoso, mete, quero te dar desde os 19 anos, tira meu atraso meu amor, quero meter com voce todos os dias da minha vida" ela falava isso jogando a cabeça para tras, rebolando as ancas e fazendo os seios dançarem na minha frente. Me excitei mais ainda, peguei-a firme pela cintura e me levantei, ela se manteve abraçada com as pernas trançadas nas minhas costas, metemos rodando pela sala, gemendo e urrando palavroes. Ja quase gozando, fui de encontro ao batente da porta, escostei ela na parede do corredor e dei minha ultimas estocadas, uma, duas, tres, quatro, indo com meu pau até o fundo daquela xota até gozar la dentro. Satisfeitos, demontamos nossa combinação de pernas e ficamos de pé abraçados nos beijando levemente, nus, mas como dois namorados na fila do cinema.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Titio me prostituiu pos amigos contos eroticoscontos eróticos comedor a família todacontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiramae flagra filha dando banho no cavalo contos eroticosfilha do caseiro e velho conto eroticosobiu no cu delacharmel bucetuda peluda 5 minutocontos eroticos de curra gaysobrinho contoscontos metendo testemunha de jeova casadacontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos eroticos '; papai duasporno faxineira domestica cinquentona na putariaconto chantagem afilhadameu sobrinho menor conto eróticocontos travesti com.commulherultimos contos eroticos de bundudasabusada com vibrador contostirando o cabaxinho da novinha fazendo ela chora com pau gg porno carioquinhacontos menininha lindacontos estupro sai na rua e min estupraramcontos eroticos domia ele cospi nu meu cuesposa puta do meu tio corno contosou umacoroa bunduda contosContos-fiz minha esposa chupar minha sogracontos de sexo com corretor na casacontos eroticos-perdi o cabaco e ate choreicontos carona q virei cornoamigo tenta estrupar amigo bebadoconto só uso fio dental sou gaúchatio velho gay contossograscontoseroticoConto erotico gay tranzei com meu padrinhocontos virgem encoxada no busContos eriticos virando empregada do vizinho e fudendo gostosoContos eroticas com cumadre bebadasesposa gorda contos eróticoscache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html contos minha esposa e as gemeasContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos esposa branquinhacontos erótico calcinha cheirando da minha contos eu chupei uma pica na gabinexvidio médico ginecologista estrupa mulher casadaCasadas safadas traindo em contosgostosa encarando o pau monstruosocontos gays em São Vicentecontos eroticos nas prostitutas com mendigoscontos de comadres que foram enrabadas dormindocontos eroticos irmão arrependidocontros eroticos de marido corno no churrascoconto erotico gay chupando tio bebadocgupando a querida contoaHistórias eroticas casais ajudando mendigo pintudoconto erótico gay com estuproNo cuzinho desde pequenacontos eroticos travesti sem camisinhajovenzinha first pornContos eroticos Comi minhas duas amiga chapadasContos eroticos estuprada pelos mendigosso um pouquinho contos eroticoscontos sou hetero fui sedusido dei a bunda e gosteiConto de puta metendo com todos no posto de gasolinacontos de macho pirocudocontos eróticos com animaiscontos eroticos esposa safada pintada de indiaconto elotico mae safadacontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maeComtos eroticos de incestoContos eroticos filha rabudacontos eróticos Patrick amiga comeuconto eróticos mana so de calcinhacontos lesbico eu a mulher do traficanteconto anal popozuda carnudacontos o pau do enteadoestuprada pela quadrilha conto eróticoeu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticoscontos erotico de puta fudendo com velho safadocontos buceta da novinha sem camisinhaconto erotico comendo crente fielfodida junto com o marido contos eróticosminha mae é puta dos meus amigos contosminha cunhada quis que eu a visse nuaporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedei para o papai contoscontospaicornocontos sexo mamae amamentando e nos chupavacontos de punhetascontos erotics maduras tias coroassonifero filha caçula contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente