Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE E MEU NAMORADO

Mamãe e meu namoradornrn Passo a contar uma histária narrada por amiga que eu comia, quando era seu namorado. Karla não sabe escrever eráticos, daí o seu pedido.rn Minha ex é menor de 18, maior de 14. Loura, corpo perfeito, delgado e esguio e perfeitamente definido, graças a muitas horas de prática e estudo de balé. Olhos verdes escuros, cabelos nos ombros, sempre com jeans justos, blusa leve e tênis para jogar vôlei. rn Certa tarde, apás voltar da escola, viu seu namorado saindo da sua casa. Estranhou o fato, pois não havia combinado encontrar com ele. Entrando, foi até a cozinha, bebeu água e não viu a mãe. Procurou e chamou, estava no banho. Quando saiu, sua aparência era estranha, falava muito, talvez para disfarçar o nervosismo. Foi para o quarto, vestir-se. Karla entrou no banheiro e foi direto na cesta de roupa usada. Esperta, apanhou a tanga que a mãe tinha usado e notou que estava molhada, fora lavada rápido, mas ainda mantinha um líquido que ela identificou logo como sendo esperma.rn Não falou no assunto com a mãe. Lancharam, viram televisão e Karla ligou para Raul, seu namorado que não iria encontrar hoje, por causa de estudos para provas no colégio. A mãe ouvia tudo e prestava atenção.rn Também loura, 35 anos e dona de um corpo escultural, Gina estava em plena forma e era desejada por muitos que a conheciam. Parecia demais com a filha, que herdou tanto sua parte física, como mental e espiritual. Adorava sexo.rn Passados dois dias, Karla saiu cedo da escola e correu para casa. Entrou sem fazer o menor barulho e ouviu os sussurros vindos do quarto da mãe. A porta estava parcialmente fechada, mas por uma fresta ela viu ambos, mãe e namorado, nus e se abraçando forte num beijo apertado. As coxas perfeitas de Gina estavam sendo tocadas firmes pelo pau grande de Raul. Era o seu ponto forte: ele tinha a fama de ter um caralho privilegiado, e saber usar muito bem, o que facilitava muito seu ofício de comer lindas e gostosas garotas e mulheres.rn Gina ficou de joelhos, olhou firme para o cacete duro e atacou faminta, beijando, mordendo, chupando, engolindo, mamando. Estava possuída por um desejo incontrolável, segurava Raul pelas pernas e engolia tudo o que aguentava do pau do namorado da filha. Num movimento rápido, soltou o rapaz e ficou de quatro, suplicando ser enrabada, o que ela adorava e estava viciada. Veada assumida. rn Raul abriu a gaveta da mesa de cabeceira e pegou o tubo de KY, lubrificante especial para ser usado no coito anal. Não passou a pomada no seu pau. Ficou massageando o cu da mãe da namorada, que gemia, rebolava e não parava de pedir mais. Quando terminou a massagem com a pomada, o cuzinho de Gina, vermelho e mostrando que não era virgem, por estar um pouco largo, sem contudo ser arrombado como de uma atriz pornô, a mulher gemia e implorava ?mete, querido, bota na sua putinha, enfia este pau gostoso no meu rabo, enfia tudo?. Foi o que aconteceu. Raul levantou o quadril dela, segurou firme sua cintura e encostou a cabeça bem na entradinha do cuzinho da linda mulher que estava esperando tudo no fundo da bundinha. Gostava de sentir as bolas batendo nas suas pernas, mostrando que havia engolido a vara toda.rn Lentamente, o pau dele entrou profundamente naquele cuzinho meio largo, enquanto ela dava gritos de prazer e virava o rosto para ser beijada na boca. Quando entrou tudo, a trepada foi selvagem, ela fazia pressão contra o corpo do namorado da filha, e ele fodia sem parar o cuzinho avermelhado. Ela não cessava de pedir e dizer ?bota tuuuudooo, enfia fundo, me arromba, esporra meu cu, veeeeem? e ele obedecia com prazer, enfiando até o talo no rabo de Gina, quando segurou a cintura dela com mais força, meteu até não poder mais e louco berrou ?vou esporraaaaaar?, soltando jatos e mais jatos quentes no fundo do cu de Gina, que parecia ter enlouquecido, rebolando demais, estava como uma puta profissional sendo violentamente enrabada.rn Terminado o gozo dos dois, trocaram um longo beijo na boca, enquanto minha amiga Karla, excitada e furiosa com o que vira, não conseguiu mais do que correr para o quarto e pensar como seria a vingança... rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos punheta duplaconto de sogra fude o gentoconto erotico perdendo a virgindade da bucetaconto anal tioconto novinho transando com empregada senhora de50 anosmae e filha com vibrador na buceta contos eroticosprima deu para seu primo e nao aguento pornoconto gay meu primo Josecontos erótico levei minha irmã pro motel conto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueconto erotico sozinho com a priminhacontos eroticos orgiaContos eróticos surubascontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elacontos eroticos gostosocontos narcejaconto viado estupradocontos porno eu e minha mulher curradosmeninas na piscina contos eroticosminha sogra me deuNunca desconfiei do primo da minha namorada. ContosChuva dourada entre pai e filha contos eróticosmadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioucontos eroticos minha.amiga bateu ciririca em mimcontos eroticos de meninosFilha boqueteirá contoseroticosnegras peladas meladas de manteiga no cu gostosoeu confesso encoxeiconto erótico virgem no rodeiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteÇonto casada dado iii raboceto com a bunda no paucontos eroticos meu amigo comeu minha familiatirando leite de tora casa dos contoswww.contoseroticos.com.br/irmã tira virgidade do irmao novinhocontos eroticos pedreiro do pau grandeuma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandominha vizinha me provoca com ssu rabão depoids olha para traz para ver se to reparandocontos eróticos prazer extremodando pro vizinho maconheiro conto gayContos gays sujo com crack.contos de incestos e surubas com irma e com namoradascontos eroticos espiando casalcontos de sexo depilei minha bucetaconto erotíco fui sedusida nova e gosteinao resisti a buceta da minha maeminhas sobrinhas conto eroticoconto de caminhoneiro tezudo comendo gayconto erotico irma estrupada pelos pedreirosWww.contos eroticos com velhos.comcontos eroticos de cornos e veiascontos eroticos queria uma pica do papai no meu cuzaoA rainha que dava a bunda para os strapon contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehistórias em quadrinhos a titia safada de fio dentalconto erotico ele pediu pra bater umazinha pra elecontos eroticos dando o cu para manter o empregoconto de sogra fude o gentoDeixando a novinha laceadacontos eroticos de calcinhaconto esposa binao acreito que minha sogra me chupou contocache:0hlPRRucl4wJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_26455_o-time-inteiro-me-comeu-parte-2.html Contos iniciano as garotinhasassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeMulher que gosta de ser curradasconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninocontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaria gosa pra minconto erotico dark room swingContos eróticos de gay comi o filho do meu patrãofomos pescar eu e minha esposa e cunhada e o conto eroticoo menino me brechou contosconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos coroas e desconhecigay cabaço conto erotico estuproconto erótico eu e meus primos nu no lagocontos eroticos com mae e tia dando cucontos eroticos crente traindo o marido com o Dogmeu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos eroticos gay novinho na gaiola tomando leiteconto de puheta