Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSINHA DANDO PRA DOIS NA MINHA FRENTE

Dois Safados Comeram Minha EsposarnrnEu sou Carlos, tenho 34 anos e minha esposa Fabiana tem 25, é uma loira linda, olhos azuis, pernas torneadas, seios durinhos e bumbum delicioso. Sempre que transamos, ela fica chupando os dedos como se estivesse chupando outro pau. Sempre que ela goza fica dizendo que adora sentir um pau gostoso na buceta e na boca. Uma vez ela enfiou um vibrador no cuzinho enquanto eu metia na xoxota dela. Um dia ela criou coragem e me confessou que sempre que estávamos transando e,a imaginava que estava fudendo com mais alguém além de mim e o que seu maior desejo era transar com dois caras na minha frente e que queria que eu a visse sendo fodida. Eu disse que não tinha problema nela ficar imaginando e falando. Sempre que transavamos ela antes de gozar dizia: Mete gostoso, tá chei de safado querendo meter na sua esposinha. Confesso que no início ficava com raiva, mas sempre que ela falava estas coisas, isso dava mais tezão ainda aí fundíamos iguais loucos. Eu a chamava de putinha, vadia, safada e quando eu enfiava o vibrador no cuzinho dela e dizia que tinha dois machos fudendo com ela ela começava a gozar como louca. Certo final de semana, fomos para uma praia práxima de nossa cidade, quando chegamos no hotel, observamos que o carregador era um cara forte e simpático de uns 28 anos. Ao entrarmos no quarto, ela me jogou na cama sentou em cima de mim, ageitou meu pau na buceta e disse: Mete em mim carregador, mete. - Percebi que ela estava delirando de tezão pensando no carregador. Entrei no jogo e comecei a agir como se fosse o carregador. Minha esposa gozou tão rápido como eu nunca tinha visto antes. Na hora fiquei meio irritado, mas aquilo não saia da minha mente e me deixou excitadíssimo. Resolvi então satisfazer a fantasia da minha esposa. Disse a ela que mesmo sem gostar muito iria topar sá ma vez esta histária de ve-la fudendo com outro. Decidi criar uma situação para ver até onde ela iria chegar, propôs que ela inventasse um defeito no chuveiro, dizendo que estava sozinha no apartamento e chamasse o cara para consertar. Ela deveria ficar sá de toalha e provoca-lo. Perguntei se ela teria coragem e como eu já imaginava, ela topou logo. Ao cair a noite, mes escondi e Fabiana logo tirou a roupa e se enrrolou numa toalha, ligou para o serviço de quarto e disse que não conseguiu fazer o chuveiro aquecer e que estava sozinha e precisava de alguém para revolver aquele defeito. Desliguei o disjuntor do chuveiro e combinamos que me esconderia no armário para observá-la. Nunca vi Fabiana tão excitada. Quando a campainha tocou, ela foi logo abrir a porta, mas para nossa surpresa Paulo, o carregador não estava sá, veio acompanhado por outro cara, um moreno, também forte e mais novo, de uns 22 anos. Achei que por este motivo ela desistiria, contudo continuou, os levou até o banheiro para olhar o defeito. Fabiana de toalha logo chamou a atenção dos rapazes que começaram a puxar conversa com ela. Eles perguntaram por mim e ela disse que estava sozinha e que eu o marido sá voltaria por volta das 22:00hs. Os rapazes pareciam agora mais a vontade. Eles começaram a mexer no chuveiro e logo descobriram que o disjuntor estava desligado. Minha esposa ficou acompanhando o trabalho e depois de pronto eles foram para sala, pois o combinado seria que eu visse toda a ação. Na sala ela os agradeceu e chamou-os até o quarto para que ela pegasse uma gorgeta, eles disseram que não precisava, mas a acompanharam mesmo assim. Estava na cara que eles estavam cheios de desejos por minha esposa. Fabiana mexias nas gavetas fingindo procurar a carteira e eles se deliciavam com a visão do rabinho dela aparecendo. Os rapazes já estavam com o pau totalmente duros e Fabiana já havia notado isso. Foi ai que Fabiana deixou a toalha cair de propásito no chão deixando seu corpo completamente a mostra na frente deles. Os rapazes ficaram loucos de ver aquela deuza loira, linda, nuazinha na frente deles! Elas já dentro do quarto perguntou se ela queria que eles saissem. Ela com um olhar de safada perguntou se eles estavam com medo dela. Um dos rapazes não perdeu tempo pegou Fabiana pela cintura e disse: Já sei o que você quer putinha. - Pôs ela sentada na cama e mandou que desse um trato no seu pau, minha esposinha tirou o cinto da calça dele, abriu o zíper, enfiou a mão dentro da cueca e tirou aquele pau enorme para fora, mal pude acreditar no que via, minha mulherzinha amada com um cacete enorme na mão, ela o acariciou, bateu uma punhetinha e daí começou a lamber aquele mastro com volúpia, depois enfiou todo na boca, chupava e lambia igual a uma vadia. O cara moreno mais novo tirou o pau e colocou na cara de Fabiana e disse dá um trato aqui também sua vadia, ouvindo isso e vendo aquele pauzão enorme em sua frente Fabiana largou Paulo e caiu de boca no pau descomunal do outro cara. Nunca pensei que minha mulherzinha linda, minha princesa fosse tão tarada e safada, mais isso me deixava muito excitado, passei a me masturbar vendo minha putinha chupar aqueles cacetes. Enquanto ela chupava o moreno, passou a bolinar a bucetinha dela, a chupar e lamber seus seios, Fabiana se contorcia de tesão, sendo abusada por aqueles dois caras safados. O safado puxou Fabiana, abriu suas pernas e disse ?Agora sua puta você vai ser penetrada na xaninha, do jeito que você gosta putinha? - E meteu aquele cacete enorme na bucetinha de minha mulher. Vi minha mulher de pernas abertas e o moreno ajoelhado no chão metendo uma pica gigantesca na bucetinha dela, ele metia bem devagarzinho e depois foi acelerando, minha esposa gemia muito, se deliciava com aquele cacete. Fiquei pasmo e excitado vendo aquela cena, ele a fodia com força e ela delirava, mexia sua cintura pra entrar mais e mais, depois ele subitamente tirou sua pica de dentro, colocou ela de costas e ajoelhada no chão e ele meteu por trás na sua bucetinha, estocava toda sua tora, botava e tirava sem parar, de repente o pauzão dele escapou, ela então esticou o braço por baixo, pegou o pau dele, direcionou na sua bucetinha e empurrou com uma carinha de vadia. Enquanto isso chupava o pau do outro e não parava de olhar para mim no armário. Ele gozou na bucetinha dela, daí veio o outro que estava sendo chupado a comeu também, o pau desse cara era grande demais ele lambia o corpo inteiro dela e ela obedecia a ordem dele como uma puta, como eu nunca havia imaginado que fosse. Ele mandou cavalgar e ela obedeceu, o pau dele entrou rasgando sua xaninha, ela gemia igual a uma putinha. Quando o moreno gozou na bucetinha de minha mulher, o moreno já estava novamente a ponto de bala, ela saiu de cima do moreno e começou a passar a língua carinhosamente naquele outro pau, abocanhou seu caralho e chupando com toda vontade, depois, sem ele mandar nada, ela sentou em sua pica bem devagarzinho, foi cavalgando lentamente, pegou os braços dele e levou até seus seios, as duas mãos dele massageavam seus seios enquanto ela cavalgava e gemia igual a uma vadia. Ela dizia: ?fodam essa putinha seus safados?. Vendo isso, o moreno veio até minha esposinha inclinou para frente e começo a estocar o cuzinho dela, ela disse a ele que não, pois, já tinha feito anal com seu marido, mas o pau dele era muito grande, iria rasga-la ao meio, ele disse ?fica quieta sua putinha, você está louca para ser errabada também!? O cara tinha um pau enorme e estava prestes a penetrar o cuzinho de minha mulher. Ele lubrificou o pau na bocetinha dela e começou a penetra-la, fiquei com muita raiva, mas confesso, com muito tesão também, em vê-la ser enrabadas, vi aqueles caras se revesarem no cuzinho fabiana. Ela sentia dor, mas percebi que o tesão era demais, e como uma vadia se deliciava ao ser fudida por dois caras na bucetinha e no cuzinho. Foi uma cena deliciosa vê-la ser devorada. Os caras agora gozaram juntos na carinha dela, lambuzaram todo seu corpinho de esperma, apás isso a deixaram saciada e exausta. Apás isso eles foram embora, daí pude sair do armário, Fabiana me beijou ternamente e disse que me amava muito por deixa-la realizar suas fantasias, e que faria tudo que eu quisesse se eu deixasse ela ter outras aventuras iguais a essa. Disse-lhe que a amava também e que faria qualquer coisa para vê-la feliz, apenas não queria que ela fizesse isso sem eu estar junto. Depois disso comi Fabiana como nunca antes, ela trepou gostoso demais, a chamei de vadia, de puta ela ficou louca de tesão, gozamos várias vezes nesse dia!rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pai de 50 anos gay com menino conto eroticocontos me chamo camila transei com felipe meu irmaocontos de esposa como colocarxerequinha juvenil de perna abertacontos eroticos de ninfetas transado com cavaloconto erótico vestir roupa de menina sair na ruaContos eroticos currada no onibus de fio dentalcontos eroticos de padrinhos com virgenshomen em purra seus ovos no cu de brunacu de mulher de corno conto eroticocontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosaai que lambida contostravesti dç palpitante so come mulher casadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulheres da bunda grande com calcinha enfiada no rabo b************ que transa com caminhoneirocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasenfiando a escova de lavar banheira todina na buvetahttp://googleweblight.com/i?u=http://okinawa-ufa.ru/conto_13249_estuprado-pelo-pai-e-amigos....html&grqid=m3KUNZ93&s=1&hl=pt-BR&geid=1055Contos primeira chupadamete tudopapai contoscontos encostando a buceta no ombro Contos eroticos esposa gosta de ve machos tocando punheta nos cinemacontos eroticos com cunhadacontos coroas barrigudoscontos eroticos brincando com os filhoscomo seduzi meu filho contoscontos eróticos comi o cu da minha irmãzinha virge contos eróticos namorada outracontos espiando minha amiga fudendocontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos eróticos com irmão de santoConto meu marido me devorou na madrugadaesposa puta do meu tio corno contocomtos eroticosi minha esposa eo zeladorcontos de sexo com viuvaO namorado da minha mae me comeu gostosopau gostoso na xana da prima conto eroticorossou em mim contoscontos eróticos femininos de putapresenciei minha mãe ser arrombada contoscontos casada se imaginando no filme pornocasada crente estuprada.contoscontos eróticos minha mulher e meu afilhadoxcontos de familia minha familia w evangelica mas fpmos na praia de nutismocontos eroticos de imceto dopadascontosdesexotiacontos eroticos meu corretor me comeu antes do meu marido cheharconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2Contos-fiz minha esposa chupar minha sogrademorou mais eu fodi minha irmaconto gay usando a cueca de outrohomem rasga cu de garotinho contosmeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianascontos centei no caceti do negaobucetas gostosa e gordinha e bem luzinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefiz ammor com minha irmamulher entrando na chapeleta do pôneiMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,masturbei meu melhor amigo contos gayxvidios da ninha vizinhaConto sogra idosa sexo genroconto herotico comi meu irmão caçula Contos eróticos japonesaconto mamadinha deliciosacomi o cu da tia no acampamento na barracaver conto erotico sob velhos etrupadorecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu fundendo a buceta da minha tia ela gozo eu disse pra ela tia eu quero fuder seu cu ela disse pra mim eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu ex marido ela disse pra eu fuder seu cu virgem conto eróticoContos sobre beijos e podolatria