Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO APOSTOU E EU PAGUEI A DÍVIDA

Meu nome a Andréia e o que vou contar agora aconteceu de verdade. Meu marido é louco por jogo de cartas e ele sempre joga apostando. As vezes ganha e outras perde. Sempre fico sozinha em casa enquanto ele vive nos bares jogando. Nem preciso dizer que meu passa tempo favorito é ver filme pornô e me masturbar, já que meu marido não tem tempo para me fuder gostoso. rn rnAs vezes trepa em cima de mim goza e vira pro lado pra dormir. Num sábado a noite notei que meu marido estava meio preocupado, perguntei o que estava acontecendo e ele dizia que não era nada. Lá pelas dez horas da noite, a campainha tocou e fui atender, dois homens armados me mandaram chamar meu marido, fiquei nervosa e eles disseram para eu me acalmar que não iriam fazer nada comigo. Meu marido devia dinheiro a eles e não tinha para pagar. Eles amarraram meu marido na cadeira para assustá-lo e deram uma semana para ele arrumar o dinheiro. Com medo que fizessem algo de ruim com ele, pedi pelo amor de deus que eles não o machucassem. Um deles me olhou com cara de safado e me fez uma proposta: Se você estiver disposta, tem um jeito de pagar a dívida pro seu marido. O outro também gostou da idéia e disse: É mesmo, se fizer o que mandarmos e fizer gostoso podemos deixar a dívida prá lá. Eu estava morrendo de medo, mas confesso que esta proposta me fez ficar um baita tezão na hora. Meu marido nunca me satisfazia e agora teria a oportunidade de ser fudida por dois homens ao mesmo tempo. Eu disse que não faria isso e que arrumaríamos o dinheiro. Um deles colocou a arma na boca do meu marido e disse: O que você prefere, levar um tiro na cara ou ver sua mulherzinha dando gostoso para nás dois? Meu marido me olhou e balançou a cabeça como que permitindo aquilo. Um dos homens se aproximou de mim e começou a passar a mão na minha bunda. rnrnMeu tezão aumentou mas fingi não estar gostando. Logo os dois começaram a me apertar toda, mexeram na minha bunda, peitos, pernas, buceta e me beijavam os dois ao mesmo tempo. rn rnEu já estava louca de tezão por dentro, mas continuava fingindo não gostar, pois meu marido estava vendo tudo. Os homens colocaram os paus pra fora e me mandaram chupar. Abaixei devagarinho e comecei a chupar aquelas varas grossas e deliciosas. rn rnEu chupava e punhetava aqueles cacetes. Meu marido amarrado na cadeira me olhava sem dizer uma palavra. Fingi que não contunuaria com aquilo e novamente eles ameaçaram atirar nele. Meu marido pediu para que eu fizesse o que eles queriam. Então com a autorização dele, voltei a chupar aqueles pirocões duros, agora chupava com gosto e punhetava. Os homens gemiam de prazer e me xingavam de puta e diziam: Chupa gostosos piranha, chupa, chupa. Um deles me pegou no colo, abriu minhas pernas e mandou o outro chupar minha buceta enquanto beijava minha boca. rn rnEu nunca havia sentido tanto prazer. Eles estavam sendo tão carinhosos que eu não tinha mais nenhum medo deles. O outro começou a lambiscar meu cuzinho e minha xaninha ao mesmo tempo. rn rnA essa altura eu já gemia de prazer, não conseguia mais fingir que não estava gostando. Os dois me colocaram na cama e um deles me chupava com carinho enquanto o outro enfiava a vara na minha boquinha. Eu não via a hora daqueles paus entrarem em mim. Um deles com muito carinho abriu minhas pernas e foi colocando o pau na minha xota. rn rnEle metia com cuidado e cada vez mais eu ia delirando de tezão. Meu marido sá olhava eu levando na buça e chupando um pau ao mesmo tempo. Fiquei de quatro e levei na xota igual a uma cachorrinha, era assim que eles me chamavam. Enquanto um me fodia o outro enfiava na minha boca. rn rnDerrepente eu comecei a sentir um cacete entrando no meu rabinho, eu rebolava a bunda enquanto sentia aquela vara enterrando no meu rabo. rn rnO cara enfiava e tirava, enfiava e tirava e meu cuzinho estava meladinho com aquele entra e sai. Para minha surpresa os dois decidiram me fuder ao mesmo tempo. Um deitou embaixo de mim e meteu na minha xana enquanto o outro enfiou no meu cú. rn rnEu estava sendo fodida por dois ao mesmo tempo e estava adorando isso. Quando me lembrei do meu marido ali olhando, aquilo me exitava ainda mais, meu macho me vendo ser fidida por dois paus e ele sá olhando. Quando olhei para ele novamente, percebi que ele estava de pau duro. Pedi para os homens soltá-lo e o deixar participar da festinha. O cara que comia meu cuzinho soltou meu marido e falou pra ele não fazer nehuma estupidez e voltou a enterrar aquela vara no meu rabo. Meu maridinho colou o cacete pra fora e disse: Sua piranha, gosta de dar pra dois, agora vai ter que dar pra três. Eu estava me realizando naquela noite, logo comecei a fazer uma chupetinha bem gostosa pro meu marido que parecia gostar de me ver sendo arrombada pelos safados. rn rnFui fodida de todos os lados e de todas as posições que vocês imaginarem. Meu marido pediu para fuder meu cuzinho também e o cara deixou e meteu na minha boca de novo enquanto meu macho fodia meu cuzinho. A esta altura eu já tinha gozado duas vezes e já estava exausta de tanta vara me fudendo. Um deles soltou um jato de porra na minha cara. rn rnO outro gozou na minha xana rn rne meu marido gozou loucamente no meu cuzinho. rn rnEu estava lambuzada dos pés a cabeça de tanta porra quentinha. Os homens se vestiram e foram embora dizendo que a dívida já estava paga. Meu marido voltou para cama e me fudeu novamente, ele gostou de me ver dar e me fudeu como nunca tinha fudido. Eu agora gosto quando ele perde no jogo, porque ele sempre leva homens diferentes para que eu pague a dívida dele. Já fiu fudida por três colegas dele e depois meu marido me vê dando, ele sempre quer fuder em seguida. Posso garantir que agora fico satisfeita quando ele perde. Parei de assistir a filmes ponôs, porque agora não me falta mais vara.rn rnE aí, este conto é ou não é da [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dei buceta e o cu dupla penetracaoconto erotico vovo comendo vovoTio comeu minha esposa relatocontos eroticos entre mae filho na praiaFotos erótico padratos e entiadazofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorrola monstro contosConto erotico cu jeova casadaContos Eróticos abusada todos os dias por estranhoscontos eroticos minha esposa e os meninosconto erotico matoadoro andar sem calcinha contosesposa puta do meu tio corno contoconto menor me comeuconto lesbico tia iniciando a sobrinhacomi veterin¨¢ria contos eroticosOs travestis qui São quaz mulhercontos eróticos priminha caçulacontos porno deficientecontos eroticos de fui sodomizado por um negrodei p meu genro contobabás gostosas contoscontosFazendo Anal Com Minha Irmaconto familia da esposa nudistacalcinha pedreiros conto eróticosMeu cuzinho contosnora baixinha rabuda adimirada com o tamanho da rola do seu sogrocontos eroticos arrombando a gordacontos comi minha sobrinhacontos traidoracontos linguada homemrelatos comendo o cu da crente na marraGozou na minha buceta contos eroticosContos homens comendo terneirascontos eroticos com gordinha.mulher do amigo comipapai disse que me ama contos eroticosMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contoContos eroticos o motorista e a ninfetacontos eroticos velhas rabugentas de 60 anos limpando a pica de 2 mendigos a forcacontos eroticos comi uma desviadaporno home gozando forddecontos eróticos policiais comem viadocontos eroticos traindo com o gatinho Ler contos eroticos de casais casados fudendo dentro de cinemas com outros homenscontos de sexo bebada depiladacontos sarrando ninfetasCasa dos Contos Eróticos tirando as pregas da sogratio estrupa sobrinhà gostosaconto porno amigo punheta apostaContos eroticos de mae chegando a cagar dando o cucontos eroticos eu travesti tranzando com meus irmaoscontos eróticos vovó dando o cuconto sobrinho mamar na tiaera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contocontos eroticos enbebedei minha prima pa poder comer seu cusinho aforsaConto erotico sou negro motorista do onibus escolar e tirei o cabaço do viadinho novinhorelatos eróticos gay meu cuzinho era a alegria de todos da rua até adultoscontos eroticos tia coroacontos eroticos praia nudismo em familiasentada no balcao do armazem mostrando so o fio dentalo homem dando a rola para moqueisecontos eróticos d incesto irmã médica dormindo peladacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos casadasnoiva de corno contorelatos erotico brasil surubacontos sado lesbico de incestocontos eroticos sou casada tenho filhos meu marido otavio meu sobrinho parte 3como botar o travesseirona buceta e sozinhacontos com fotos tia e sobrinho baixinho realcontos eróticos fábrica dos prazereseu e minha amiguinha demos a bucetinha para meu titio contoConto erotico jogando baralho com a filhaconto erotico gay chupando tio bebadoContos erotico travesti na cadeiaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos gay recem casadoConto erotico coroa no onibusconto dado para minha familia a xoxotacontos eroticos gay nao resisti"gostosona de fortaleza"conto erotico familia zoofiliaconto erotico chupada pelos meninosContos eroticos9aninhoscontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarContos eroticos comeu meu cu pois ru estava mestruadaConto erotico comendo Cliente e Crentecomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15Minha sogra me pergunto se eu deichava ela chupa no meu penisRelatos de sexo anal com irmãcomo erotico dei para ocavalochupei a pica do colega de escola eu gostei sou gayconto conheci e comiminha esposa crente depois de umas cervejinhas ela foi arrombada por outroConto erótico com foto no interior vizinha peludacontos eróticos estupro concedidoconto erotico meu padrasto enfia uma concha na minha xoxota