Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO CONSULTÓRIO DA DENTISTA

Olá, me Chamo Maximus, e o fato que passo a relatar a vocês aconteceu comigo a cerca de uns 19 anos. Estava em tratamento dentário aqui em BH com a Dra. Ana(Ficticio), uma coroa de aproximadamente 42 anos, pele clara, 1,70 de alt, cabelos e olhos cor de mel, um par de seios volumosos e uma bunda de dar inveja a qualquer mulher fruta por aí...eu sou um cara de 1,78 alt, 97 kg, cabelos e olhos castanhos, gordinho...pois bem, estava com uma consulta marcada para as 18:30hs pois seria o último horário e saíra do trabalho direto para o consultário, cheguei por volta das 18:00h informei a secretária e fiquei aguardando pois a Dra estava com um paciente, passados uns 20 minutos ela saí do consutário com o tal paciente se despede e me avisa: "vamos Maximus?"....disse a secretária que podia ir embora, pois eu era o último paciente e hj iria demorar um pouco...pensei que ela estava falando apenas do tratamento..rrrsss, a secretária saiu, a Dra trancou a porta principal e fechou a do consultário, começamos o tratamento e no decorrer do mesmo percebia que ela estava com um olhar diferente, um jeito malicioso, mas logo pensei, isso é coisa da minha cabeça...em dado momento quando ela foi colocar agua em minha boca com aquelas mangueirinhas deixou que caísse sobre minha camisa um quantidade considerável...meio sem jeito pediu desculpas e sugeriu:" tire a camisa e coloque atras da estufa, estamos sá nás aqui, não quero que fique resfriado" e deu um sorriso malicioso...obedeci e deixei meu peito que é coberto de pelos amostra, mas como já tinha recebido a primeira deixa, resolví arriscar e investir um pouco: "Uma pena não ter sido a sua camisa que se molhou...", ela então sorriu e me perguntando de maneira bem sacana: vc quer que eu a molhe?, se vc for tirá-la quero sim...pronto o clima estava mais que aquecido e o cheiro de sexo já tomava conta do consultário, ela então molhou um pouco sua camisa branca e dava pra ver todo o seu colo, grudado junta a blusa branca transparente, não resisti e sem dizer uma palavra fui desabotoando aquela camisa e começei a beijar aquela boca quente e que beijo ela sabia dar....meu pau duro feito rocha, tirei a camisa dela e desabotoando o sutiã, saltaram um par de seios grandes e duros, como uma mulher na meia idade tinha peitos tão duros....começei a chupá-los e ela gemendo de tesão, levou a mão sobre minha calça e ficou acariciando meu pau e pedia que eu mamasse na minha putinha, que hj ela iria dar leitinho pro seu bebê, pra eu não parar de mamar...derepete a coloquei deitada na cadeira de dentista em que eu estava e fui descendo com minha lingua por todo o seu corpo ela tremia e falava coisas sem sentido, passei por seu umbigo e fui abrindo sua saia lentamente e puxando para baixo, até que surgiu uma linda calcinha que guardava uma bucetinha inchada e toda melada, não resisti e tirei sua calcinha e fui chupando aquela buceta como se fosse a última buceta do mundo, ela se contorcia e me chamava de puto, dizia que iria gozar na minha boca, que eu era um filho da puta, nossa aquilo me deixava ainda mais louco...foi quando ela não aguentando mais gritou como uma cadela no cio....estou gozando seu puto, lambe tudo, engole meu mel....caralho que tesão...aproveitei cada espasmo do seu gozo...ela então me puxou para cima e disse agora é minha vez, desabotoando minha calça e tirando-a de uma sá vez...começou a mamar meu cacete, enfiava tudo na boca até encostar os lábios em minha pelves, ficava com ele todo na boca e voltava puxando como se quisesse arrancar meu pau do corpo, como ela chupava gostoso....se ela continuasse a chupar logo iria gozar, foi então que a coloquei de quatro e de uma sá vez meti naquela buceta quente e molhada, ela dava gemidos de tesão, me pedia pra foder mais e mais...rebolava como uma cadela no cio...estava prestes a gozar quando ela pediu: "mete no meu rabo", "mete no cuzinho da sua doutora mete?" ajeitei meu pau na entrada do cuzinho e enfiei de uma sá vez, ela gritou e logo em seguida começou a rebolar e gemer gosotoso, mete, mete no meu cú caralho...fode meu rabo, com força...fode sua dra puta fode, fode o cuzinho dela fode....estava em extase...meu pau parecia que iria explodir...socava cada vez mais forte e ela rebolando...gozei feito um animal no cuzinho da dra...chegou a escorrer por entres as pernas dela...que delicia...ficamos parados por uns instantes e logo nos recompomos novamente, dei um beijo daqueles na boca dela novamente, peguei minha camisa, nos vestimos, e ela me pediu sigilo, pois era casada, mãe de dois filhos e tinha um nome a zelar na sociedade mineira...lágico que obedecí e por algumas outras vezes a comí novamente, mas isso fica para um práximo conto...se vc mulher, profissional liberal, médica, dentista, arquiteta...tiver a fantasia de ser fudida em seu escritário, consultário me add no msn e podemos nos entender, e se vc gostou do conto e quiser uma aventura tbm pode [email protected]é breve!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos locador com comeu a inquilinacontos amor gaycontos eroticos formatura da secretariacontos namorada chupa rola de outro escondidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erótico com sogro saradaopura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradacontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhoincesto pai bolinando filha de dez anos no balletsentando na rola do meu pai contos. eróticos buceta carnuda comtos de sexosou crente marido conto erotico amante pauconto erotco mae chora no pau fihocontos eroticos fodir ater perde a vondecontos eroticos arrombando a gordatentou no cu contoscontos eroticos gay papai e eubotando caralho no cu do bebadocontos gay estrada calcinhaxvidio peittinhoconto droguei minha esposa loira muito gostosa pra ver outro comendo elacontos eroticos arrombando a gordacontos safadinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos que fisioterapeuta que fode gostosoconto esposa gozadacontos eroticos homem casado tarado pra da o cu pra um novinho e a esposa ajudouna praia com sogra contoscontos de coroa com novinhoxvidio peittinhocontos eroticos de esposa puta marido viadoconto erótico marido bêbedo amigo comendo à mulher delecontos eróticos comendo as Vizinhas ciarececontos eroticos cornosneguinha deitada de bunda pra cima gemendo com enorme peni dentro do cucache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php contos comendo a vizinha velha.nao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem quereprima safadinha querendo me dar escondido da minha tiacontos eróticos esconde esconde gaycontos eroticos gratis estupro chantagem submissão coroas casadascontos eroticos com velhoscontos de sexo com casada coroaimcestos minha filha novinha cabacinho quiz fuder compapai vcontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos porno velhos e meninasvideo porno vizinha mandando fechar o fecho da roupaConto erótico marcinho enteadoContos eroticos meu pai tirou minha virgindadecontos porno rasguei o cu da mamae com ajuda do papaicontos reais meu marido fez uma deliciosa DP com seu amigoconto erótico vovô fode Eu e minha mãecumi a minha namorada chamada juliacoleguinhas loirinhos gay novinhos trepandoela pediu pra parar mas continuei contosaçeitou suruba com amigos sua vizinhadei para o comedor do bairro filhos contocontos incesto fudidinha no cuzinholekinho pau contossou bi gostei quando um amigo de minha esposa me deu um sarrozoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maerelatos de comadre dando a buceta pro compAdreadoro sentar no colo do meu padrastocontos eroticos meu cunhado me fez chupar o pau dele na casa de praiao homem dando a rola para moqueiseconto.to.viciado em chupar buceta menstruadaconto eroticos de novinhos com amigosConto erotico de travesti biancaxorei no pausao do titiu na minha xotinha contosFoto picudo estotando a bucetinha da casadacontos comendo cu mae do amigo