Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA NO ZEUS BAR SP

Vou me apresentar, meu nome e Paulo, tenho 36 anos, cara de garotão, minha esposa Carem tem 39 anos, morena clara, coxas grossas, bem gostosa que chama muito a atenção. A algum tempo ja incluímos uma terceira pessoa em nossas transas, sempre percebo que ela fica muito excitada quando sussurro no seu ouvido uma terceira pessoa, de 2 anos pra ca tento convencer ela a irmos em um bar de garotas de programas para assistirmos alguns strip tease até que um belo dia ela topou, combinamos que iríamos a uma boate onde existem muitas garotas de programa e strip de hora em hora.rnCarem se produziu toda, um belo vestido curto, sem calcinha e um salto gigante que destacava bem as pernas dela, ao chegarmos na Boate logo na entrada um aquário enorme e muita gente ja na area do bilhar, coloquei a Carem atras de mim e vim guiando ela, no primeiro momento ja fiquei super excitado, todos olhavam para ela, como se uma puta nova chegava no pedaço para ser disputada, fomos práximos ao palco e sentamos em uma área como se fosse um camarote pequeno. Pedimos uma bebida cada um para dar uma aquecida, no primeiro momento ainda estávamos acostumando os olhos ao ambiente meio escuro e entendendo como era o funcionamento da casa, apás 30 minutos iniciou o primeiro show strip, assistimos e ja dava conta do entrosamento da Carem, com duas batidas de abacaxi ela já mostrava sinal de estar avontade, logo percebemos que vários homens que claro estavam ali atras de uma putinha gostosa para transar não paravam de olhar para a minha gostosa de pernas cruzadas naquele vestido super curto que mal escondia sua bucetinha. Não tenho como explicar, mas aquilo me deixava louco, e vi que ela estava extremamente excitada, minha mão dedilhava sua bucetinha que estava completamente molhada, babando porra, decidi ir ao banheiro e percebi na volta que tinha um cara, de uns 45 anos, boa pinta ao lado dela conversando, cheguei e ele se apresentou, senti que a Carem não estava muito avontade e logo avisei o colega que queríamos ficar sás, ela comentou que o coroa chegou se apresentando, perguntado se ela frequentava a casa a muito tempo etc etc e que ele foi com as mão em sua coxa e que de cara ela sentiu um tesão enorme seguido de medo, mas quando me viu veio uma sensação de alivio.rnPedi ara ela então tentar chamar mais atenção de dentro do nosso pequeno camarote, então ela começou a cruzar as pernas e descruzar, ficar de pe e abaixa para pegar algo no chão, vimos que os caras a vota não tiravam o olho dela e a Carem entrando cada vez mais no espírito, certo momento chegou a ora da minha linda esposa putinha ir ao banheiro que ficava no outro lado da boate, me postei em uma cadeira onde poderia acompanhar toda travessia dela ate o outro lado, ela se levantou, abaixou um pouco o vestido e foi caminhando lentamente, rebolando, aquilo era a melhor imagem de se ver, os caras piraram, vários tentaram acompanhar falando coisas que claro não escutei e os mais assanhados passaram a mão na bunda dela. Passado uns 8 minutos lá vem a minha putinha particular, claro que novamente sendo disputada por todos que estavam no caminho dela, quando se sentou estava maluca de tesão, ouviu de tudo pelo caminho, que ela estava se sentindo uma verdadeira puta nova no pedaço sendo disputada por todos aqueles homens sedentos por uma carne nova e que não sabe enumerar as passadas de mão na sua bunda, ela estava louca, senti então que era hora de fazer uma proposta para ela, perguntei se ela toparia receber um destes tarados no nosso camarote, que eu iria ao banheiro e ela poderia receber qualquer um, que eu ficaria de longe olhando e me aproximaria e que se estivesse bom para ela me sinalizando com um sorriso manteríamos a pessoa controlada no nosso camarote com a minha presença, claro que ninguém ali sabia que ela era a minha esposa. A safada da minha esposa disse que aquel coroa que anteriormente teria abordado ela no camarote não tirava os olhos dela e que ela realmente estava com tesão naquele coroa, disse a ela que iria ao banheiro e pra ela ficar muito avontade, sai de lá então e me dirigi ao banheiro, logo sai do banheiro e fiquei de bem longe observando a cena dela flertar para o coroa e ele se aproximando e sentando ao lado dela, decidi permanecer ainda de longe para que ela pudesse relaxar e ficar mais avontade, claro que novamente o cara foi com as mão nas coxas dela e ela não evitou. Apos longos 19 minutos kkkkk retornei e percebi que os dois estavam avontade e que ela estava com um sorriso na cara, o coroa estava todo assanhado perguntando porque eu ainda não havia subido com ela para transar, disse que tinha fechado com ela a noite toda e que queria curtir a noite, me perguntou se ele poderia permanecer ali por algum tempo, disse que sim, olhei para a Carem e ela sorriu, quer dizer o sim estava na cara dela, a cena era linda, ela no meio de dois homens, sendo que percebo a algum tempo nas nossas transas que a terceira pessoa seria um coroa bonito. A noite foi passando, o cara sempre passando a mao nas pernas, hora dedilhando sua buceta meladissima, seus peitos lindo e éla com as mãos passando no meu e no pau do cara. Permanecemos ali por um bom tempo, no fim nos despedimos do coroa, e saimos os dois extremamente excitado ela me fazendo uma xupeta no carro indo enm direção a um motel onde transamos como nunca, claro que adicionando aquele coroa na nossa imaginação.rnrnAbraço a todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico velho fode viadinhocomendo minha sogra crente nuaporno varias vadia fudendo.mesmo tenpogarotinha de fil dental2paus nu mesmu buracutaras de ficar olhando outroa fudercontos eróticos mostrei o pau pra minha mãevideo porno 80 cm de rola na negra bebadacontos eroticos lesbico casadas e travestieu sei que ele quer um pau, contosamor louco incesto contoscontos sado lesbico de incestocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos comeu a ex cunhadamais taradas por picar nu rabo grosa. du filho. xxx. comconto erotico gay escolacontos enrabando mae filha e tiascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de mulheres casadas que curtem zoofilliacontos erticos gozao no cu da minha mulhercontos erotikos comendo o cu da minha madrinhaconto eróticos escravasporno minha amiga descobri lesbicas dedilioscontos baba chupando garotinhoContos sou casada com um travecocontos amigo dorme em casa esposacasado chupa travesti contoconto erotico gay chupando tio bebadoTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eróticos minha filha viajou e meu genro me fodeuconto porno mulher gosta pau 25cmcontos eroticos gay tio pegando sobrinhodominada pela amiga lesbico contos eroticosContos eroticos novinhas inocentes com coroascontos minha irmã deixagozei dentro da minha irman contos eroticos podolatriafoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroPutinha do colegio contossou amante do meu sobrinho contosmeu pai me ensinou a bater punhetaPorn contos eroticos noivo nempercebeuapremira vez da fenandinhabrincadeira perigosa contos de incestocontos eróticos aiiii tesão chupa a buceta aiiicontos porno chupando cona cheia de porracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico meu padrasto enfia uma concha na minha xoxotaconto vadiazinha adoroSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeucontos eróticos meu sobrinho virgem fiquei doidinha queimadinhacontoseroticos/pauzudocasadaminha primeira traiçãoSexo anal "nunca mais fui a mesma"transo com meu primo de primeiro graupornocrente mae filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedeixamos ela bebada e comemos gostosocontos eroticos dei para meu sobrinho e os amigos delelésbicas buracos brotados cheios de cremecomeu o cu sa cunhada contosmarido leva esposa na cabine erotica contoscontos erotico de puta fudendo com velhoconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos de arrombando cu do escravoMinha mulher adora reparar na piroca dos machoscontos eróticos mãe do meu amigo carentecontos sexo eu meu marido e meu filhocontos erótico sogrocontos eroticos casada gosta de negro pauzudocomeno a xaninha da menina bem pequenapatroa de perna abertacoleguinha liberal gay contosConto erotico madrinha e sinacontos gay virei escravo de molequecontos eróticos comi minha filha gordacontos eroticos de bbw do cu arrombadocontos eróticos minha tia viu eu de cueca boxputaria em familia contoscontos de mulheres que gosta esfregadaMinha mulher pedio pra mim errabar ela contosContos erotico gays moto boymulher traindo marido com u sogro aloprado conto errotico