Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI COMIDA POR UM CAVALO

Oi gente, meu nome é Sabrina, tenho 19 anos e sou do interior de São Paulo. Sou travesti iniciante, assumido e quero compartilhar com vocês uma coisa muito desagradável que aconteceu comigo semana passada. Marquei um encontro com um carinha, filhinho de papai com carro importado e muito dinheiro para gastar e achei que ele sabia que eu era travesti. No anúncio que coloquei no jornal prestando meus serviços, eu disse que era travesti. Jamais menti para ninguém sobre minha opção sexual.rn O cara me pegou no lugar combinado e me levou para um motel. Lá chegando, tomou todas e estava custando a falar. Depois de muito esperar, foi melhorando do fogo e foi logo me agarrando e beijando com toda brutalidade. Sou novinha, bonitinha, tenho um corpo muito certinho, 1,68 m de altura, morena clara, cabelos longos muito lisos e escuros, lábios carnudos, seios fartos e durinhos, uma cintura fininha, 98 cm de quadris, um bumbum empinadinho, malhadinho e carnudo e os lábios grossos e sensuais. Pareço uma mulher mesmo. A única coisa que eu não tenho de mulher é a vagina o resto sou uma mulher perfeita.rn Depois de me jogar com força na cama mandou que eu fizesse um boquete nele e mal comecei, já tinha gozado na minha boca. Achei aquilo estranho, mas como ele estava pagando, deixei rolar numa boa. Depois foi tirando minha roupa, mordeu e lambeu meus seios até ficarem doloridos e quando tirou minha calça e viu que eu não era mulher, me desferiu um tapa no rosto violentíssimo que cai de costas na cama sem conseguir levantar. rn Aos berros dizia que eu tinha feito de propásito para pegar o dinheiro dele, que ele estava ali para comer uma buceta e não sujar o pau com bosta de homem e coisas desse gênero. Tentei explicar que aquilo não era verdade e levei outro tapa do outro lado do rosto que voltei a cair na cama. Ele continuou me insultando de tudo quanto era jeito, disse que ia me arregaçar se eu contasse alguma coisa para os amigos dele e um mundo mais de asneiras. Humildemente, pedi desculpas e disse que ia embora e ele não precisava gastar o dinheiro com um cu sujo de bosta. Posso ser o que for, mas sou limpinha e jamais cliente nenhum reclamou da minha higiene.rn Depois de acalmar um pouco, mandou que eu tirasse o resto da roupa que ia transar comigo assim mesmo e não importava com o dinheiro. Fiz o que ele mandou e fiquei esperando pedir os serviços que ele desejasse, estava disposta a cumprir com as minhas obrigações.rn Sem paciência nenhuma, mandou que eu ficasse de quatro na cama, porque viado dá é o cu de quatro e sem preservativo sem nada deu umas estocadas no meu ânus que não estava lubrificado e sendo nova na profissão, senti uma dor insuportável, mas não podia reclamar de nada para não deixar ele mais nervoso.rn Mesmos sem o pênis entrar direito, gozou na minha bunda e com o esperma ele lubrificou o pênis e me penetrou pela segunda vez, desta vez com toda vontade e ádio que sentia. Estocava meu ânus com força que eu sentia muitas dores apesar de estar mais lubrificado do que a primeira vez. Gozou pela segunda vez e ao tirar o pênis no meu ânus mandou que eu chupasse até tirar o cheiro de bosta que tinha ficado. Como sabia que estava tudo limpo, fiz o que ele pediu e fui para o banheiro me trocar. Estava humilhada e desprezada naquele quarto e preferia ir embora a sujeitar aquele animal falando da minha higiene. rn Ao ver que eu estava saindo, me pegou pelos cabelos me jogando com força na cama e dizendo que não tinha terminado. Apesar de ser um traveco, eu tinha a bunda mais gostosa do que muitas mulheres que ele tinha comido. Voltou a me mandar ficar de quatro e desta vez fez com calma e gozou como queria aproveitando o meu físico que não perdia nada por mulher nenhuma.rn No final, pediu desculpas pela estupidez, alegou que estava bêbado e não sabia o que estava dizendo, me pagou dobrado pelos serviços e me convidou para voltar no dia seguinte sábrio e fazer novamente. Dei meu cartão para ele me ligar e combinar, vesti a roupa e quando estava saindo do quarto ele disse: ?boneca, sabia que essa sua bunda dá de 19 no rabo fedorento da minha namorada?? eu concordei com um gesto de cabeça, despedi e sai. Mesmo pagando o triplo, como este nunca mais.rn rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico meu marido bobãocontos massagem na tiacontos eróticos virgindade com o porteiroconto de uma testemunha de jeová casadacontos e roticos cornos bravosContos eróticos manabaixinha de 1m 60 porno boa fodavisinha casada linda e mais gostosa do.predio contoscontos eroticos familia rentcontos eróticos corno e viadinhofemdom contosmeu cunhado pega cunhada casada nas chantagenscontos com travestiporno gorda loira q mechia no selularcontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemContos d maridos que leva homem pirocudo pra comer sua esposa em ksacontonovinho tarado pela sua mae gordinhaeu comfesso do o cu pro meu patraoousadia docasalcontocontos tia da banho em sobrinho.conto eroticos.chupcontos eroticos coroa casada executiva viaja sozinha a trabalho e trai com funcionario do hotelcontos gozarmulher de vestidinho tira e transa gostoso até gozáDepravando a casada contosminha mae me ensinou a ser putinha/contossnua e corpo inteiro melado de margarinaconto comendo minha mae.gorda apertadacontos eroticos bunda da casadinhaconto erotico gay chupando tio bebadoconto arumei um pauzudo pra minha esposa e ela vicioucontos eroticos minha tia me seduziuguero asistir filmi porno as freiras virgem goxando na bucetaconto erotico gay chupando tio bebadoContos olhando a mãe daesposa puta do meu tio corno contoestuprada pelo padrinho contos eroticosfudendo com manequim na fazenConto er¨®tico menino novinho dando o cu a troco de ingresso conto erótico comendo a irma do amigocontos eroticos de tio fodendo sobrinha a forçacontos minha mae comeucontos picante de esposa bem vagabundaO pivete gozou dentro da minha bucetinhaColocou mão no meu peito onibus contoscontos putinha galeracontos de cú de coroa viuvaConto erótico com foto no interior vizinha peludacontos eroticos ele comeu toda a famíliacontos eroticos uma bebezinhacomi minha enganado contos eroticosconto comi o cu da minha tia a forçacontos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridocontos eroticos cuzinho da bunduda da academiafui errabada pelo meu avomeu pai me ensinou a fodercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto de sexo comi o cu da minha vócontos forçada a ser a puta da empresaConto erotico garotinho perdeu cabaço do cu e se cagouconto erotico gay chupando tio bebadocontos gays em São Vicentecontos eroticos sogra de camisolaContos erótico pai tanto banho filhacontos casado chupando picasúltimo contos anal de sobrinhaConto com conhada gravidaconto erotico gay chupando tio bebadoPutinha do papai contoConto eu peguei meu genro me brechando no banhozoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos na marracontos minha primeira vez como travestiContos rebolo na cacetecontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaPeituda negra casada camisinhaafilhadacontoContos eroticos realizando fantasia da esposaconto senhora safadacontos eroticos esposa do meu amigo no tanquecontos de calcinha furada no cucontos eroticos orgia eu marido com as casais de amigos na chacaraputa dos tios contosviuva louca por uma cenoura contos,contos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordacontos gays com gémeoscontos de incesto pequeninao meu padrasto me arrastou pro matagal contoscontos veridicos de japa com dotados de pau gigantesvoyeur de esposa conto eroticoconto gay crackmadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioucontos eróticos minha esposa em sabe quem enrabou elacontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuconto erotico mihna mulher disse que o meu negocio exupa piça