Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMOR DE FILHA (CONTINUAÇÃO)

Depois do banho ela pediu para dormir comigo na minha cama, assim fomos dormir.rnEla me abraçou e logo pegou no sono, eu ainda demorei um pouco, pensando no que tinha acontecido e como iria lidar com essa situação e com a mãe dela. Mas como estava exausto, logo adormeci. rnNa manhã seguinte acordei com minha filha me fazendo carinho na barriga, e imagina, sempre acordo com o pinto duro, com o carinho dela ainda, não teve como não estar mais duro que o normal, ela percebendo isso foi direto dar uns beijinhos na ponta do meu pinto, nossa que delicia logo cedo, nisso ela veio me deu um celinho e no meu ouvido falou: papai quero ser penetrada por você, mas sei que não vai querer na bucetinha, mas eu quero no cuzinho, estou molhadinha e morrendo de vontade que sentir você dentro de mim, mesmo que seja por traz. Nossa fiquei doido, ele virou e pegou no criado-mudo o hidratante que a mãe usa antes de deitar, passou na mão e espelhou pelo seu cuzinho, molhou o dedinho dela na bucetinha e enfiou no cuzinho também, passou mais um pouquinho de hidratante na mão e passou na cabeça do meu pinto, ai ficou de quatro ao meu lado e falou: papai vai doer mas quero, vem devagar, a minha bucetinha está pingando de tanto tesão, e estava mesmo. Me posicionei atrás e comecei a encostando meu pinto no cuzinho rosadinho dela, nossa ela estava super molhada de hidratante e tesão, quando encostei na portainha do cuzinho ela deu um gemidinho, mas continuei forçando aos poucos e ela se com torcendo e gemendo, quando me afastei um pouco para ver se ela estava bem, ela falou, continua não esta doendo, esta bom demais, depois dessas palavras, voltei a forçar a entradinha, e realmente ele começou a entrar e ela gemendo mais e mais, até que a cabeça entrou, ela deu um gritinho, eu parei, ela suspirou e disse: nossa dái, mas papai continua, agora estou melhor... fui bem lentamente, e ela começou a me ajudar forçando para traz sua bundinha, estava uma delicia, e ela estava gostando também, pois sá gemia e se masturbava ao mesmo tempo, sentia seus dedinho na sua bucetinha, e as vezes ela segurava minhas bolas e passava a mão na bundinha. Eu estava maravilhado com a sua calma e seu tesão, até que ela disse: papai, estrou com muita vontade de fazer xixi, vamos para o banheiro, assim posso fazer xixi na sua barriga enquanto você me come. E para lá nos fomos. Deitei no chão do box, ela passou mais um pouco de hidratante no cuzinho e veio por cima, como eu estava deitado ela controlava a entrada do pinto, e ela foi soltando seu corpo até o pinto entrar todinho, ela gemendo disse: vou fazer xixi, e ao mesmo tempo subindo e descendo, começou a fazer xixi, quando senti aquele líquido quente em mina barriga vendo ela subindo e descendo e se masturbando tudo ao mesmo tempo, nossa não aguentei e anunciei que ia goza, ela acelerou os movimentos e gozamos juntos, eu acho que em toda minha vida nunca tinha gozado tanto, foram vários jatos dentro do cuzinho dela e ela me apertando e gozando também, gemendo bem alto. Nossa estava sem ar de tanto gozar. Quando acabamos de gozar ela deitou em cima, com xixi e tudo, estava uma meleca sá, e percebi que meu pinto estava ficando mole, veio o desespero, pois estava cheio de esperma se entrasse na bucetinha dela, poderia ficar grávida, ai tive que pensar rápido, pedi para ela continuar ajoelhada no chão e levantasse para eu sair debaixo dela e para ela não fechar o cuzinho, tentar manter ele relaxado e aberto para o gozo sair. Ela levantou e quando o pinto saiu de entro do seu cuzinho, começou a escorre minha porra, ela ficou ajoelhada no chão falei para ela forçar como para fazer coco, ela ficou assustada, pai vou fazer coco no box? Não tem problema filha, nisso liguei a ducha e comecei a lavar por baixo dela, e falei: faz coco filha e assim ela fez um pouco, era uma mistura de coco com porra, mas tinha mais cheiro da porá que do coco, ela ficou meio constrangida, mas disse que era para o esperma não entrar em contato com a xaninha dela. Ela entendeu e continuei com a ducha jogando na xaninha e ele fez mais coco até não ter mais nada, nos levantamos e nos lavamos e lavamos o box também, ela terminou seu banho e foi pegar produto de limpeza para larvar o banheiro, lavamos e fomos para o quarto, foi quando ela me disse que esta com o cuzinho ardido mas muito feliz, quer iria me amar todos os dias da sua vida. Expliquei que aquilo era momentâneo pois ela iria encontrar um homem ou mulher que amasse de verdade e seria feliz com ele ou ela. Mas até a mãe dela voltar repetimos isso quase que todos os dias, sá que foi tudo com camisinha para protegê-la de qualquer problema com gravidez e eu de uma infecção urinária. O difícil foi ficar sem o cuzinho dela quando a mão dela voltou. Não sabia se contava. Não sabia como lidar com isso, mas decidi contar tudo para minha esposa.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvidios gemios incestocontos eroticos meu amigo comeu minha mae e minha namoradacontos eroticos meu irmao arrombou meu cuzinhona praia com amiga da minha mulher conto eroticocontos eroticosirmazinhaconto o filho rabudo gay da vizinhaContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos eroticos de travestis ativahistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaFilinha chupa pau do papaiaso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoso carteiro me pego com roupas femininas gaymetia na minha mae, contoesposa puta do meu tio corno contovideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfputinha de peitinhos bicudos contosContos gay com oamigo do meu pairelatos eroticos de lesbicas minha mulher e outracontos eroticos de chantagemGozano na boca das menina de quizemfinalmente contou quando chupar pau do ex delaFodendo com mamae bunduda contoscontos encoxando viado busaoconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos podolatria gayEncoxada no sarado bundudocomedor comido contosmulhe baxinha danddo a bulceta pro minino de16conto erótico na despedida de solteiro do meu cunhado novinha transa com elecontos eroticos fodi minhas enteada gemeascontos eroticos de travestis fudendo o tiopapai me come contoscontos eroticos marido nem desconfiaContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornocontos eróticos esposa na garupa de um cavalocontos eroticos arrombando a gordaCHANTAGEADA PELO AMIGO DO MEU FILHO CONTOpau na prima contos eróticosVideos travestis ativos sado contosme fode me arromba seu velho safadoconto erotico mae onibus lotadoconto noiva cabaço cu 5Eu e meus amigo filha contos eroticoscontos pornos mae e irmacontos calcinhachavecou a coroa na pra fude com ele deu sertoconto lekecontos eroticos real sexo cm 13 aninhoscontos eroticos de incesto filho arromba fode mãe carenteuma.gradi.rola gozano.nabuçetaconto erotico gay chupando tio bebadoconto fui corno pela segunda vezcontos incesto minha mae mandou meu pai ne fuderahora que paugozacontos eroticos comi cu cadelacontos eróticos tias iniciando sobrinho novonovinha virgem cheia de espinha contos querendo rolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesonhar q mulher está bulinando outra nulhervideo pornodoido machueiContos arrombei minha tia idosaconto menino eu era fudido pelos meninos negrosContos eroticos barcocontos erótico professor e alunacontoeroticoencestoconto minha estagiáriacontos eróticos esposa de 60anos com farra na camameu tio me dava a mamadeiraconto real casada moro na casa do fundoacumeo a mulher com o marido dormindo ao lado relatos eroticos encoxando a irma no onibuscontos eroticos traindo na Lua de Melconto erotico sou madura cadela