Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SOZINHA EM CASA

Boa noite gente, hoje vou contar uma experiência minha que assim como as outras que contei, foi muito gostosa rsrs... Foi em uma terça feira quente, tinha sido um dia daqueles, chatos e cansativos, onde tudo o que se quer quando chega em casa é ficar bem a vontade, aliviar o stress a tenção e tomar aquele banho para ajudar a relaxar mais, e o que ajuda muito porque depois disso em pouco prazo fico muito melhor.rnNesse dia a noite eu estava sozinha em casa, pois meu pai estava viajando e minha mão trabalhando de horário sá ia chegar em casa depois das onze da noite, como estava calor, e eu podia e queria ficar bem a vontade, depois do banho sá coloquei um shortinho mais solto e uma blusa, roupinha bem leve mesmo, e fui ver TV, de repente meu cel toca, vi no identificador que era uma amiga minha (não muito amiga, ela é meio frete), atendi, e conversamos um pouco, ela perguntou se podia vir na minha casa, ela mais o namorado dela e um outro mocinho que ela tava querendo que eu namorasse, mas que eu já conhecia, e até na verdade, eu já estava ficando com ele escondido há pouquinhos dias, mas ainda não tínhamos feito nada mais ?adulto? vamos dizer assim, mas ela não sabia, Murilo era o nome dele, confesso que não tava muito afim, mas quando disse que ele ia vim, pensei que seria uma boa, pois podia aproveitar a casa livre, concordei e fiquei esperando. rnPassou pouco tempo eles chegaram, atendi eles, e entraram, ficamos na sala conversando um pouco em frente a TV, o casalzinho no chão perto do sofá e eu sentada com as pernas para cima do braço do sofá, queria esticar elas e assim podia ficar provocando... Como estava sá de shortinho e blusa, atraiu bastante os olhos dos dois, e para não ficar ruim ou até mal entendido, evitei muito contato com o namorado dela, fiquei no sofá em uma posição que meu corpo estava meio de diagonal a visão dele, então ele podia ver conforme eu iria deixar né rsrsrs. Aproveitei que sá ele podia apreciar a visão e fiz com que ele pudesse ver um pouco do que o shortinho cobria, acho que a inicio ele não percebeu que estava sem calcinha, mas estava bem atento ao movimento de minhas coxas, e sempre que eu deixava ele via por entre elas, deixava ele ver até onde minha coxa se unia com minha virilha, e assim fazia um joguinho de esconde-esconde, onde a cada momento ele ficava mais atento, e eu mostrava mais e mais, e isso me dava prazer e tesão, era quase perceptível o volume nos shorts dele, e eu com a ponta dos peitos duros e a xaninha já molhada, foi nessa hora que mostrei mais, abri um poucos as pernas em direção dele, e com muito jeito mostrei não sá que tava sem calcinha, mas também um lábio da minha bucetinha, agora eu sabia que precisava despistar com as velas e como o assunto não tava muito bom, ela sugeriu da gente sair e ir em algum lugar, mas como não estava afim, pisquei para o Murilo e disse que estava com um pouco de sono e que meu dia tinha sido cansativo, ele deu um sorriso, piscou e disse..?é melhor a gente ir, amanha também tenho que fazer outras coisas, e quero descansar?, ao final todos concordaram, e saíram, nos despedimos, o Murilo foi para um lado e os outros dois para outro. rnFiquei de olho no relágio, desliguei a TV em menos de 5 minutos a campanhinha tocou e era ele, já veio me abraçou e me beijou, foi um abraço forte e beijo suculento, que me cobriu de arrepios, ele dizia que já tava louco de tesão, e que não via a hora de ficar sá comigo, e poder me mostrar o quanto ele estava com desejo, e eu estava na mesma situação, cheia de tesão e vontade de dá minha bucetinha que estava molhada e cheia de tesão, ao me abraçar sentia o seu pau encostar em mim, e estava mesmo duro, a curiosidade me pediu e eu quis tocar para sentir melhor, estava quente, bem duro e pulsando, no ponto para eu acariciar com minha boca, lábios e a língua, desci, me ajoelhei, comecei a despi-lo da cintura para baixo, assim que retirei sua cueca, aquela vara suculenta já pulou na minha cara, sem nem pensar já comecei a chupar, e assim ele terminou de se despir, ficando totalmente nu, eu ainda estava de blusa e shortinho que já estava molhada pelo meu tesão que escorria em gozo da minha xotinha para as pernas, meu prazer precisava ser saciado, e o dele também, me levantei, peguei em sua mão lá ia levar ele para meu quarto, ele me segurou por trás, e disse no meu ouvido de uma forma forte mas doce, ?onde pensa que vai hein? rsrs? deu um sorriso e me tirou a blusa, me virei o beijei e depois disse, ?para minha cama?, ele fez sinal de não com a cabeça e nem disse nada, apenas me deitou no sofá, e foi me beijando, eu estava sem ação, não queria interromper, podia ser na cama ou no sofá, isso era o de menos rsrs, foi descendo e beijou e acariciou meus seios, elogiou eles e disse que eram muito lindos, confesso que elogios ajudam nessa hora, foi continuando, até chegar no shortinho, desceu até a parte de baixo dele que estava molhado, e apenas o arredou de maneira que podia ver minha bucetinha sem tirá-lo, foi aí que ele a tocou e chupou um pouco, e brincava usando o tecido do short para me excitar ainda mais, então ele tirou meu short, sentou-se e me coloquei em seu colo, peguei em seu pau e brinquei um pouco com ele na portinha, até poder encaixar certinho, e comecei aos poucos a me movimentar sobre ele, enquanto Murilo me segurava e abraçava forte, me beijava e acariciava meus peitos, estava tudo muito bom, então comecei a pular mais e a rebolar para aumentar o tesão, sentia que não ia demorar a gozar, e em pouco tempo anunciei com gemidos e palavras...?eu vou gozar... eu vou gozar... to gozando...aaaaahhh ooohh!?... ele me beijou se deitou no sofá, e me deitou de costas para ele, e continuou a me comer, ele disse que ia acabar comigo, e estava acabando, estava metendo forte e muito gostoso, me segurava pela barriga e a outra mão pela perna direita e a colocava para cima, assim facilitava para minha buctinha levar vara, estava toda dominada e quase gozando de novo, quando ele começou a meter com mais força e velocidade e a gemer um pouco mais, eu já sabia o que isso significava, ele estava quase gozando também, e foi quando eu ia anunciar que estava gozando de novo que ele disse no meu ouvido..?a gatinha quer leitinho??? nessa hora eu gozei, e fiquei me contorcendo, e não disse nada, sá gemi, então ele disse...?gozou de novo? rsrs? eu sá acenei com a cabeça, passei a mão na minha boceta, ela tava bem molhada, e mostrei para ele, aí veio a pergunta final..?eu vou gozar também, to cheio de porra para te dar, onde tu quer ganhar leitinho??... eu queria tudo dentro da minha xota, então eu peguei a mão dele, levei até minha bucetinha, segurei a mão dele e disse com a voz meio tremula ..?aqui dentro,tudo aqui dentro.. mi goza!?... e foi nessa hora que ele gozou, e muito, me senti toda inundada, estava toda melada, que a porra até escorria para minha coxa...fiquei totalmente sem forças, então ele me abraçou forte e disse que adorou cada minuto, eu ri e disse que tinha sido muito bom também, ficamos abraçados um pouco, e depois tomamos banho, limpamos onde tinha molhado o sofá, e depois ele foi para casa, depois disso me deitei e tive uma noite átima de sono, também estava exausta, depois deixamos nosso relacionamento ficar aberto a todos. rnEspero que tenham gostado, fiquei muito excitada escrevendo este rsrs, beijos a todos.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto de puhetacontos gordinha casadachupador de pica de casados conto eróticocontos eroticos casada infelizcontos eroticos taradinhascontos e eróticos meu cu aguentou tutocasa dos contos eroticos eu ensinei minha afilhada virgemcontos eroticos guaritarelatos íntimos incestos mãe crente grávida mais lidosegua q gosta de da a buceta para tratadormostrar vidio de novinha metendo com negao pausudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico tarado velhoconto erotico/viadinho da mamãecontos eroticos comendo mae do amicontos eróticos eu e minha a esposa no chacara nudistacontos eróticos a f*** decontos eroticos toma putoconto erotico gay chupando tio bebadoconto erotico bebado estranho me comeu no becoconto clube de amamentacao de adultossentadanocolosexocontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhaeu e minha prima tomando banho juntas transavamoscontos eroticos a dona da lanchoneteminha iniciação gay contostia gozou no meu pau ao lado do primo contocontos meu primo malvado me comeuzoofilia gay extraordinárias bizarrospretinha conto eroticoporno recepção contocontos sado marido violentoscontos incesto comendo minha Irma no parque.contos eroticos a filha do pastorconto avo e netinhascontos de novinha dando a bunda no escuroconto no mato espiando a filha tomar banho no riucontos eroticos o garotinho comia minha mulhercontos eróticos minha vagabundacontos eróticos de comi a mãe do meu amigocontos eroticos com velhas msgrasContos eroticos meu sogrocontos eróticos irmão e irmasimulei assalto para comer mae contos eriticoscontos eroticos amiga dormindo soniferocontos horoticos verdadeiras pelotasa calcinha toda travada no raboesposa puta do meu tio corno contocontos eróticos bucetinha arrombadaconto comi o cu do branquinhocontos eroticos tirando as prega do cuvideo porno no cinema julio dantasconto primeira peitinhocontos eroticos arrombando a gordacontos vi pau enorme cheio de veiascontos eroticos meu compadre comeu meu cuzinho com a ajuda da minha comadre safadinhacontos eroticos de casada pedindo ao marido outro homemesposa puta do meu tio corno contomulher faz strip antes de comecar zofiliasardentinhas ninfetasmadrasta cuzinho apertado e bunda branca avantajada contosContos currada pelo molequeDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãoconto eróticos menina de 9aninho mamando na pica do tio da vam Contos eroticos de mulheres casadas de manauscontos eroticos meu cunhado de cuecacontos eroticos botei tudo no garotinhoPron irimo bebadocontos eroticos natalcontos eroticos depravadacontos erotico ensinando o menino