Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONSEGUI UM MACHO PRA SER O DONO MEU CUZINHO

CONSEGUI UM MACHO PRA SER O DONO MEU CUZINHOrnQuem já sabe a descrição do putinho aqui pode pular para o segundo parágrafo, que é onde inicia-se o conto. Sou mineiro, BISSEXUAL não assumido, loiro, alto, branco, pau de 16cm, rosado, grosso e cabeçudo, de onde sai muita porra cremosa. Não tenho nada de super, sou um cara normal, tenho barriguinha saliente, já que estou fora de forma. Porém, compenso tudo na cama, onde faço o que o tesão mandar, sou bem safadinho e sem pudores. Fico e deixo o parceiro ou parceira louco de tesão. Estou sempre pronto pra arrombar um cuzinho ou uma bucetinha, nos quais meto forte e fundo, mas também com muito carinho, fazendo a putinha ou putinho gemerem, gritarem e gozarem bem gostoso. Meu rabo branco é muito volumoso, bem desenhado e afeminado, já que não tenho pêlos na bunda, que é bastante firme e com certeza o macho vai encher a mão com meu rabão branco gostoso, grande e guloso. Terei muito prazer em rebolar na cara do safado que quiser lamber meu cuzinho que é pequeno e apertado, visto que tenho estreitamento do esfíncter e portanto, apesar de meu cu já ter sido invadido, ele continua apertadinho, então o trate com carinho. Gosto de ser fodido bem de leve, com carinho, quero sentir a pica entrar e sair bem gostoso do meu cu. Quero sentir os pentelhos do macho roçarem meu rabo branco, sentir a barriga do safado bater contra meu bundão. Se me foder assim, vou gritar e gemer feito uma puta, como uma cadelinha no cio, como uma verdadeira vadiazinha, já que vou ser sua puta na cama.Meu cuzinho é muito guloso e anseia por recepcionar línguas ávidas, dedinhos exploradores e pirocas bem limpas, cheirosas, gostosas, com bastante leitinho pra jorrar no fundo do meu cu ou na minha garganta, já que tenho cede de leite-de-pau, o qual recebo entre meus lábios e engulo tudo, deixando o pau limpinho. Minha boca é bem desenhada, tenho lábios carnudos, volumosos e rosados, prontos para engolir cacete e chupar bucetinhas e cuzinhos. Mamo feito um bezerrinho, chupo os ovos, enfio o cacete todo na boca, até engasgar com a cabeça do pau batendo em minha garganta, amo fazer garganta profunda. Deixo o pau todo melado, pronto pra me fazer de fêmea, pronto pra entrar e sair do meu cuzinho, deixando-o arrombado, terei prazer em ser sua puta, sua cachorra vadia. A mesma boca que chupa pica, chupa e lambe buceta. Enfio minha língua toda dentro de uma bucetinha, chupo o clitáris com força, até a vadia safada gozar na minha boca. Sorvo todo o gozo da putinha e deixo a xaninha pronta pra receber meu caralho. Também amo lamber cuzinhos e sentir o puto ou puta rebolando em minha cara, se contorcendo de tesão. Gosto de machos que gozam bastante, pois gosto de ficar meladinho de porra, senti-la escorrer por meu rosto. Gosto de sentir a porra encher minha boca e quando gozam no meu cu, gosto de senti-la escorrer pra fora, descendo por minhas pernas. Quero conhecer machos safados que queiram me foder bem gostoso e que me dêem seu leitinho quente em abundância. Quero conhecer fêmeas trepadeiras safadas que amem dar a bucetinha, na qual quero meter muito gostoso até a vadia gozar no meu pau e em minha boca. Quero conhecer casais safados pra foder a esposa ou a esposa e o marido e chupar a buceta da safada apás o maridão ter gozado nela. Quero chupar a bucetinha da esposa enquanto o marido fode meu cu. São várias fantasias a realizar e espero a cooperação dos safados e safadas de plantão. Quem se interessou é sá me adicionar no MSN ou mandar e-mail para [email protected] que terei o maior prazer em responder às mensagens e iniciar contato para, quem sabe, começar uma amizade bem gostosa. Meu pau está de pé e meu cu aberto a proposta de casais, machos e fêmeas safadas para amizade, curtição e prazer, sempre com sigilo, discrição, educação e muita putaria. Beijos do seu putinho - [email protected] e amigas, informo a todos que reencontrei um amigo de infância e o mesmo, apesar de casado, quer ser o dono do meu cuzinho. Como todos sabem, não gosto de homem, gosto de rola, e a dele eu posso dizer: é deliciosa. O Wil, abreviação do seu nome, é 07 anos mais velho que eu, é um homem moreno, baixo, peludo, careca, tem o biotipo forte apesar de não malhar, nada de barriga e tem o pau de uns 15cm, marrom, cabeça comprida e marrom claro, peludo e tem o saco enorme. O Wil se mudou para São paulo com sua mãe, sendo que duas de suas irmãs foram embora pra Montes Claros e apenas uma outra permanece em nossa cidade natal, onde eu resido também, apesar de ficar muito em Montes Claros. Eu estava na porta da casa de um amigo onde sempre me hospedo em Montes Claros e ouvi um chamado. Olhei e vi um rapaz baixo e moreno me olhando, demorei alguns segundos pra identificar. Então sorri e fui o cumprimentar apás desligar o telefone. Combinamos de nos encontrarmos mais tarde pra tomarmos umas cervejas e colocarmos o papo em dia. às 20:00 horas eu passei na casa de sua irmã e o peguei, fomos a um bar do outro lado da cidade. Colocamos o papo em dia, o informei dos nossos demais amigos, ele me disse que está casado há 3 anos e tem 2 filhos e a conversa fluía até que lá pelas tantas começamos a relembrar o passado, isso apás termos tomado umas 8 cervejas e 4 doses de uísque. Estávamos bem alegres e soltos, falando besteiras, fazendo gozações, nem parecia que não nos víamos há 4 anos. o papo descambou pra quando eu fazia troca-troca com os meninos e o Wil ficava sá olhando e batendo punheta. Até que ele lembrou de algo que nem passava por minha cabeça que foi uma vez que ele tentou me comer, mas por ele ser 7 anos mais velho seu pau já era muito grande e eu não aguentei, comecei a chorar e ele teve que parar e ficou enfiando o dedo no meu cuzinho, tentou meter de novo e não conseguiu e então se deitou sobre minha bunda e ficou fazendo movimentos de vai em vem com o pau encaixado no meu rego até me encher o rego da bunda de porra. Tentamos outras vezes mas ele nunca conseguiu me comer, então eu apenas batia punheta pra ele que queria que eu o chupasse, mas na época eu tinha nojo. Tanto eu quanto ele já demonstrávamos que estávamos com tesão, notei isso mais ainda quando ele se levantou pra ir ao banheiro, pois fazia um volume em sua bermuda. Alguns segundos apás ele entrar no banheiro eu fui atrás e usei um mictário ao lado do seu. Como não havia ninguém no banheiro olhei pra seu pau e disse: "é exatamente como me lembro". Ele sorriu e virou sua rola pra mim, deixando que eu a visse melhor. Fiquei de costas pra ele e abaixei a parte de trás de minha bermuda e perguntei: "é como você se lembra?". Ele arregalou os olhos, respirou fundo e apertou meu rabo com uma das mãos dizendo: "caralho, que rabão! É melhor do que me lembro. cresceu muito." Notei que seu pau cresceu, o segurei e apertei. Soltei rapidamente e voltei para a mesa e logo depois ele veio. Nos olhamos e eu disse que queria sentir sua rola, expliquei pra ele minha situação, que já havia dado meu cu, que gosto de rola, não de homem, que sou bissexual e que gostaria muito de dar meu cuzinho pra ele que confidenciou: "às vezes estou com minha mulher e fico lembrando de quando éramos mais novos e do quanto você tentava me dar o cu e não aguentava, fico louco nesses momento e meto nela pensando em você". Aquilo me espantou, fiquei feliz e disse que realizaria seu sonho. Paguei a conta e entramos em meu carro nos dirigindo ao motel. Entramos e já fui tirando minha roupa, ficando nu pra meu macho me foder. Ele delirou ao ver meu rabo. Meu corpo não é bonito, mas meu rabo é uma delícia. Fiquei de costas pra ele que já veio agarrar minha bunda e se esfregar nela. Me abaixei um pouco pra sentir seu pau no meu rabo e ele o encaixou no meu rego, o que me fez lembrar de quando éramos mais novos. Ele esfregava sua rola no meu rego, dava leves mordidas em minhas costas e apertava minha bunda. Eu rebolava e gemia, pedia pra ele me foder, me fazer sua fêmea, que seria sá dele se ele quisesse. Ele me empurrou pra cama me colocando de 4 com o rosto colado ao colchão, o que deixava meu grande rabo branco empinado e à sua disposição. Olhava pelo espelho aquele pequeno homem peludo com o rosto enterrado na minha bunda lambendo meu cu, arrancando gemidos e me fazendo arrepiar. Eu rebolava em sua cara e dizia que ele era meu macho gostoso e que seria sua puta. Ele babava muito, pois sentia a baba escorrer e pingar no colchão. Ele passou a inserir um dedo no meu cu e ficava mordendo minha bunda que já estava vermelha. Ele alternava mordidas com tapas e eu gemia e gritava feito putinha o chamando de gostoso. O safado se levantou com seu pau em riste, tirou o resto da roupa e subiu na cama, apontou para meu cu e o penetrou. Seu pau escorregava pra dentro do meu rabo e eu sentia minhas pregas romperem, estalarem, ardeu muito mas eu não poderia decepcionar meu macho e pouco a pouco seu pau se agasalhou no fundo do meu cu. Senti seu peso sobre mim e ele começou a se movimentar. Seu pau entrava até o fundo e me levava à loucura. Eu gemia, gritava, pedia pra o safado meter gostoso, dizia que meu cu era dele, que era sua putinha, sua cachorra. ele apenas metia e gemia, dava tapas no meu rabo que já ardia e estava muito vermelho. Olhava pra trás e via aquele safado de olhos fechados, fazendo biquinho e com o rosto levemente levantado delirando no meu rabo. Olhava pelo espelho e era uma delícia de contraste o tom de sua pele morena com a minha pele branca. Queria aquele tarado todo dentro de mim, queria suas bolas em mim, comecei a empurrar meu rabo pra frente e pra trás na tentativa de enterrar ainda mais seu pau no meu cuzinho que já estava dilacerado e ardia devido à surra de pica que levava. Peguei um travesseiro e o posicionei na cama sob meu abdômen, deitei e fiquei de bruços com o bumbum empinado, o Wil continuou dentro de mim e se deitou sobre meu corpo. Sentia seu corpo suado, sentia o peso do meu macho sobre mim, seus pêlos roçando minhas costas lisas. Ele enterrava o pau no meu rabo e gemia, agora perto dos meus ouvidos. Ele mordiscava minhas orelhas e me chamava de puta gostosa, de puta safada e não parava de meter no meu cu. Ele me dava um banho de suor, um banho de tesão. Ficamos de lado e eu ergui minha perna pra que ele entrasse até o fundo do meu reto, ele metia rápido e sem parar, tem um fôlego enorme e aquela posição estava meio desconfortável pra mim. O coloquei deitado na cama e de costas pra ele encaixei seu pau no meu cuzinho e me coloquei a cavalgar. Subia e descia fazendo seu pau quase sair e novamente ser enterrado no meu cu. Fiquei quicando em sua rola até ele, literalmente, gritar que ia gozar. Quiquei mais rápido e senti seu pau pulsar no meu cu e ele agarrar mais forte meu rabo. Tranquei meu cuzinho, apertando seu pau e quando relaxei um pouco senti o primeiro jato inundar meu reto. Seu pau pulsava e logo em seguida vinha um jato de porra que já começava a vazar do meu cu. Fiquei lá, com aquela tora alojado no meu cuzinho até ele começar a amolecer. Nos deitamos e ele me abraçou por trás, agradecendo por ter realizado seu sonho e que queria fazer mais vezes, pois uma vez ao mês ele teria que vir a Montes Claros. Fiquei feliz e disse que seria um prazer dar meu cuzinho pra ele quando quisesse. Ele apenas me pediu segredo, visto que é casado. Claro que aceitei, afinal muita gente não sabe que dou o rabo. Começamos a ver tv e a beber novamente. Apás uns 40 minutos e depois de termos nos banhado o chamei para irmos embora, contudo não sem antes eu mamar sua rola gostosa. Amo mamar rola, ainda mais de machos gostosos. Sou apaixonado por rola, não por homens. Homem pode ser feio, desde que seja saudável, limpo e tenha uma rola gostosa e bem tratada! rs Ficamos na posição 69, chupava seu pau e ele lambia meu cu e batia uma punhetinha pra mim. Mamei seu pau de cima a baixo, seu saco peludo, lambia a cabeça do seu pau e o safado delirando, lambendo meu cu, batendo punheta pra mim e às vezes metia um dedo no meu rabo. Estava prestes a gozar e avisei ao Wil que aumentou o rítmo da punheta. Quando gozei em sua barriga, senti seu pau pulsar. Tirei da boca e o primeiro jato veio em minha cara. Foi um jato ralo, então engolir seu pau e o resto foi em minha boca. Cheguei em casa com o cu ardido e ainda está assim, contudo é muito gostoso ter uma rola daquelas dentro de mim. Claro que esta semana ainda vamos brincar mais. afinal ele é meu macho, apesar de casado e tem uma rola deliciosa. Se algum macho roludo quiser me dar seu pau pra brincar, estou às ordens. Podem ser casados, solteiros, viúvos, quero pica. obs.: já transei sem camisinha em momentos de loucura. Com o Wil sá fiz sem porque o conheço de longa data e sei do seu caráter e índole. Sexo, sá com camisinha. Bjs meus deliciosos, sua putinha. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos comendo a velha horrosa dormindominha mulher se exibiu pra váriosrabudas gostosas con bucetao e ormescontos eroticos tentei corrercontos herotico minha mae e uma puta que todarua come elacoroa viuva arrombada pelo dog gigante contocontos eroticos bucetao marcando leggingconto erotico gay chupando tio bebadocontos.encochando.uma.negra.bundudaporque eles bunduda gostosaperdi meu cabaço da buceta pra um cavalo contosminha cunhada meu desejocontos casada com porteirocontos erotico de veia safadavideo de sexo sogra provoca o genro do lado da mulher.e se da malvideo gayzinho afeminado com seu cuzinho lisinho dando o cuzinho pornodoidocontos eróticos analconto dei minha buceta pro mendigocontos eróticos dupla penetraçãocontos eróticos, enteadoContos eróticos família liberal.2,contos zoo velha carenteOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contomeu padrasto meteu o piru na minha buceta em contoscontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me estuprou dormindo quando eu tinha nove anosconto erotico arrastaram minha namorada na festacontos incesto com pai ajudado o filho come a mãe pela primeira vez Contos eroticos com irmãs caçulas fodidasprofessoras rabudas contoscontos sado lesbico de incestodelicia conto heterocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos lesbiscos sobre virgensPrimeira vez q dei o cu vestido de travestContos eroticos eu adoro beber porra desde pequenaContos eroticos de manaus amConto.minha.neta.ja.ten.cabelo.na.bucetacontos eroticos sou manicure e tive que chupa o marido da minha clientecontos eroticos com eu minha esposa e nossa melhor amigarasgou minha bucetas contoscontos eroticos uma bebezinhaconto erotico comendo a gostosa no provador da lojacontos eroticos de gay rebolei e gozei gostoso pelo cucontos eroticos de colegiocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico gay chupando tio bebadoContos erotico da titia coroaContos eróticos de esposas coroas de amigosConto erotico bunda a enteada mas velha.porno efiando o dedo na esposa e chupa a buceta dela gostosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico vendo meu subrinho mamando pedi um pouco para minha irmacontos eroticos lebisca amogacontos eroticos amiga seduz sua amigacontos eroticos arrombando a gordaLóira safada narra conto metendo na coberturaContos eroticos descobri q o chefe de minha mulher levava ela pra uma surubatio velho gay contoscasa contos para de gozar puta castigadaEmpregada Triscando no meu pau contoconto gay crackmassagem pés madrasta conto eróticotravesti novinha de 15 aninhos contos eroticoshistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva biconto de mulher casada. com lesbicacontos eróticos comendo grama grávidadei para o comedor do bairro filhos contocontos eróticos praia de nudismo dois idosos gays fudendo contosgostozade 19 anos fodeno gostozocontos de gordinhas dando de mamar no seioconto erotico chupei a bucetinha virgem da taina dormindoContos erotico de travesti lindas.conto ajudando meu filhoqueria experimentar esperma contoconto fui pedir ajuda ao vizinho e levei rola a forçaCasada narra conto dando o cuviolou o anus da sogra bêbada com todos em casa contosesposa puta do meu tio corno contoxortinhocurtinhocunhada irmã da minha esposa muito gostosa tronco daler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiocontos desejada pelo cunhadoflagua mulher onibus matrupadofala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristao filho dos meus patrões ricos ele tirou o cabaço da minha buceta e o cabaço do meu cu eu sou agora sua mulher conto eróticowww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contopelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefeconto erotico maria alicequebrando cabcinhoscontos eroticos peguei carona com desconhecido e ele me enrabo sem do e meu marido nao sabeContos minha filha de biquínimimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaycontos eróticos cuzinho da filha da namoradairma contoscontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbfragrância zoofilia caseiro incesto casa dos cantos eriticosConto tia a massageava o pau