Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADA PEITUDA

Meu nome é Marcos e o que relato agora se passou a pouco mais de três meses. Sourncasado a 20 anos e tenho dois filhos, moro no Rio de Janeiro e no mesmo quarteirão da rnminha casa mora meu cunhado, sua esposa Luciana e sue filho de 20 anos e tudo rnaconteceu quando meu cunhado precisou viajar a trabalho e por lá ficaria uns 5 dias, foi então que logo no primeiro dia em que minha cunhada ficaria sá em casa, pois o filho faz faculdade e chega sempre por volta das 23h, ela me liga por volta das 18h dizendo que o chuveiro dela não estava esquentando a água(fazia frio naquela noite) e se eu podia dar uma olhada e eu prontamente saí do trabalho e antes de ir para minha casa fui até lá e como o porteiro já me conhece fui logo entrando e tocando a campainha, mas ninguém atendia, mas pude ouvir uma musica alta que vinha de dentro então meti a mão na maçaneta e fui entrando devagarzinho em direção da musica que vinha do quarto, quando cheguei na porta observei minha cunhada estava dançando com um vestidinho que mal escondia sua deliciosa bunda e aqueles grandes peitões, foi então que ela me viu e sorriu, abaixou a musica, veio em minha direção e me deu um beijo que praticamente foi na minha boca, disse a ela que iria ver o defeito do chuveiro mas precisaria de algumas ferramentas, ela então foi até um quarto onde guardava essas coisas e me chamou pois não conhecia as ferramentas e quando cheguei no quarto ela estava sentada em um banco com as pernas abertas e sem calcinha e levemente abaixada o decote no vestido denunciava aqueles enormes e deliciosos peitos, ela sorriu e me disse para ajuda-la a procurar e foi quando me abaixei e aquela buceta ficou de cara comigo e meu pau na mesma hora começou a latejar dentro da minha calça e eu mal conseguia procurar algo a não ser sua buceta e aqueles enorme seios, ela para me provocar mais ainda suspendeu seu vestido e me deu um sorriso sacana, mas quando eu ia atacar ela me disse para irmos ate o banheiro para testar o chuveiro, nos levantamos e eu não fazia questão de esconder minha piroca que já estava dura e babando, eu entrei no banheiro e quando ia ligar o chuveiro ela entrou na minha frente e sua bunda ficou roçando na minha piroca e ela ligou o chuveiro e a água esquentou, então ela me disse que devia ser um mal contato ela me disse que agora ela iria tomar o banho, mas falou para que eu esperasse ela acabar, nisso saí do banheiro e ela apenas encostou a porta deixando uma boa parte aberta dizendo que era para podermos ir conversando enquanto tomava seu banho, de repente ela começou a tirar sue vestido lentamente e entrou no chuveiro que tem uma porta blindex transparente e pude do lado de fora ficar olhando tudo, imediatamente coloquei meu pau para fora e comecei a bater uma punheta vendo aquela vadia tomando banho e se ensaboando devagarzinho seu peitos, sua coxas, sua bunda enorme e gosotosa e sua bucetinha linda e fiz questão de deixa-la me ver com a rnpiroca na mão, então ela me chamou e pediu que passasse sabão em suas costas eu rnrapidamente entrei no banheiro tirei a camisa e com a piroca pra fora comecei a rnensaboa-la lentamente as costas descendo até a bunda e logo tirei minha calça e cueca e encostei minha piroca naquele bundão e comecei a alisar seus peitos descendo até sua buceta e naquela loucura total o tesão era tando que precisávamos meter sá que o rnchuveiro era muito pequeno para tanta carne, desligamos o chuveiro e fomos molhados e cheios de sabão para cama, minha piroca deslizava entre suas pernas e Luciana gritava de prazer, virava seus olhos sentindo e transmitindo um tesão que eu nunca tinha tido em mulher nenhuma, me levantei da cama fiquei em pé na frente dela e ela sentou na cama e coloquei minha piroca no meio daqueles enorme e deliciosos peitos e fiz a melhor espanhola da minha vida, seus peitos largaram minha piroca e ela já pegou e começou a chupar gostoso e a essa altura meu tesão já tinha me consumido de prazer e pedi que ela ficasse de quatro e aquela bunda descomunal estava todinha olhado pra mim, com nossos corpos ensaboados coloquei a cabeça da piroca na portinha e fui empurrando tudinho naquele cuzinho ela urrava de prazer principalmente quando eu socava forte e segurei com força seus cabelos e socava mais forte, foi quando ela disse que ia gozar e eu ouvindo isso não aguentei e gozei juntinho, logo apás cada um caiu para um lado para dar uma descansada e fomos tomar uma banho bem gostoso e combinarmos as nossas fodas pelos práximos 5 dias.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos bucetao marcando leggingn resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contocontos eroticos relatados por mulheresconto gay negao casado deumedica ver garoto pelado e assusta/contoseroticoscontos erotico o assalto meu marido participoucontos eroticos dando o cu para manter o empregoMãe boqueteirá contoseroticoscontos eroticos de coroas com meninoscontos eroticos de casada pedindo ao marido outro homemcontos eróticos cu saindo pra foracaseiromendingoComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos eroticos comendo a coroa virgem de saiachupando minhas tetas cheias de leitecontos eroticosporno pulando carnaval com a tia contos fudi minha cunhada emplena lua de melcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos erotico de jornalista sendo errabada na academiatransei com a cunhadacontos eroticos as amigas da minha filhameu pau doeu quando comi o cutive que comer ela /contoContos eroticos barcoCONTOS EROTICO COM A PRIMA E TIAcontos eroticos dei a xota pro mendigocontosbisexcontos eróticos pai sabe o k faz incestopai comendo a filha virgem dormindo dimenorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha filha veridicomeu marido foi corneado no nosso casamentoconto elotico mae safadacoki a amiga da esposa contosSentir a cabeça entrar fingi gemi baixinho tão novinhos contopriminha de dez aninhos mais bem safada contoscontos porno 28cmconto lesb velhas fumoleque no ônibus contos eróticos gaymeu cao meu machomenin fodeno n priContos maes gravidas dando cuconto - so cabia um dedinho na bucetinha delagorda lendo jornal e der repente e fuda por dois caras um na buceta peluda e outro no cucoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandehomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casaesposa puta do meu tio corno contomachos colosso por caralhoscontos eroticos comi a irmazinhaxvide surpeendindo pela impregadacontos eróticos de mulheres casadas que curtem zoofilliacasada bruna tomamdo gozadacontos eroticos gay bebendo com meu padrinhocontos eroticos com cu ragadosfodendo gostosa e esporo contos eróticosFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasamiguinha d minha bem magrinha putinhao cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscontos/violada e enrabada na frente do maridovelha da buceta grande contosContos eroticos transei com meu cachorroComia+bucetia+da+mia+sobria+conto+eroticofudeu a fretista gostosa contosvideo de porno com machos a força brutameneteContos eroticos no restauranterelatos eróticos sexo com aluno especialmeu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticoum cu para muitos caralhoscuzudas contospapai e mamaeme fuderao contosexo zoofilia gato felino chupando buceta de mulherpau casa tio correndo meu sentada transamos noite toda mais alguns diascontos de tio fudendo bucetinha da bebezinhaContos erotico no matocontos com caseirocontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorrohistoria de contos eroticos com pasteleiroconto erotico coroa catadora papelaosou umacoroa bunduda contosconto erotico travesti desobediente castigada pelo donoconto erotico vendo meu subrinho mamando pedi um pouco para minha irmacontos como dopar maridomeu neguinho gostosocontos eroticos pai estupra filha com amigosas meninas brincaram com meu pau contoscontos eroticos estava menstruadacontos ta doendo papaiconto eróticos calcinha pedreiroscontoserotico tia e primaconto erotico gay: arrombado por um emo dotadocontos eróticos o contrabandista e sua esposa