Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MÃE E FILHO EM ESPANHA - PARTE 8 (FINAL)

- Carinho, se você transar igual como me saboreou minha xoxota, eu morro, não aguento duas semanas contigona cama, porque acabará com toda a minha energia, que bela maneira de comer a cona da mamãe, hein? Nunca tinha sentido nada igual, meu rei,de que maneira tão gloriosa você fez, eu até joguei meus liquidos na sua cara, filho! Ela estava exausta de tanto prazer... – Mãe, sabe o que aconteceu enquanto eu te chupava? – Sim, filho, gozei um montão de vezes e gritei como uma louca, me comeu a vagina que foi uma coisa de louco, enlouqueci de prazer, nunca pensei que pudesse me mijar de prazer! – Mae, voce não se mijou, você gozou, ejaculou, sua cona ejaculou fluido! –EJACULOU???? Pensei que sá os homens fizessem isso, eu quase morri, pensava que não podia aguentar tanto prazer e quase desmaiei de gosto quando comecei a soltar esse liquido a chorros, eu cheguei a pensar, Eduardo, que ficaria inconsciente de tanto tesão, até já esqueci as vezes em que cheguei ao orgasmo, mas se ejaculei mesmo, bendito seja, filho, porque eu nem sabia que uma mulher podia faze-lo e nunca tinha me acontecido algo nem parecido!

Minha mãe falava enquanto se recuperava do fabuloso sexo oral que eu havia dado a ela.

- Neném, você não gozou e está com a pica enorme, vejo que tambem tiveste alguns bons momentos enquanto me comia a xoxtinha, hein? – E eu, tenho uma apaixonada e quente amante em casa agora, não é? Minha mãe apoiou-se sobre um lado e virou-se para mim, pos cara de pena e me diz com voz infantil: - Você quer meter na sua mamãe agora, menininho? – Estou desejoso, mamãe!! – Então vem,meu macho, sobe aqui e mostra como você me quer, Eduardo, que estou morrendo de vontade de ser bem fodida por você! – Mas, mãe, estou muito excitado e não sei quanto tempo vou poder aguentar, vou acabar gozando logo que meter, já aviso!! – Não te preocupe, bobo,que eu me contento em Ter dois segundos dessa pica dentro de mim, eu hoje já gozei mais que toda a minha vida, você crê que sou uma maquina de fuder ou que? – Eu adoraria que você fosse uma maquina de fuder, mamãe! – E eu serei, amor, se continuarmos a esse ritmo e gozo tantas vezes como hoje e com essa pica tão gostosa que você tem, vou virar uma maquina de foda, querido!!

Ambos ficamos rindo enquanto eu me colocava sobre ela e abria as suas pernas, me coloquei entre suas belas coxas, ela levantou os quadris contra mim, minha piroca estava poderosa, estava na porta da xoxota de mamãe, ela dobrou os joelhos e ficaram suspensos no ar, eu agarrei minha piroca e meti entre os labios vaginais de mamãe; - Animo, nenem, me fode como sá você sabe, me faz tua para sempre, meu amor, me mostra como você trepa com a sua mãe! Ela me animava ao dizer isso enquanto eu começava a empurrar sobre ela, minha pica começou a penetrar sua vagina, e ela com a sua linda cara de tesão, lançou um OHHHHHHHHHHH escandaloso enquanto eu ia penetrando... – FILHOOOOOOOOOOO, QUE GRANDE QUE É... AAHHHHHHHHHHH... OHHHHHHHHHHHHHH... AHHHHHHHH... Antes de Ter a pica inteira dentro dela, ela começou a mover-se violentamente gritando: - ME FODE, EDUARDO, ME FODE RAPIDOOOOO, PORQUE VOU GOZARRR, FILHOOOOO, VOU GOZARRRRRR... Minha mãe já estava quase gozando outra vez e eu ainda não tinha metido toda a minha pica, então de um golpe meti tudo e comecei a sacar e a meter bem depressa,tal e qual ela pedia...

Era escandaloso, eu jamais pensei que uma mulher pudesse gritar daquela maneira enquanto transava, ou que pudesse disfrutar tanto de uma foda. Era impressionante ver a cara de mamãe enquanto eu trepava com ela, era tudo um prazer, suficiente para eu gozar, mas como nesse dia já tinha batido duas punhetas,além da foda no palheiro, aguentei um pouco mais, porque senao era certo que tinha gozado sá de ouvi-la gritar e olhando para a sua cara de gozo, com seus olhos fechados,e abrindo a boca; seus gritos eram verdadeiramente escandalosos, ressoavam em toda a casa, ela continuava se movendo como uma louca e sua cintura estava seguindo na perfeição minhas investidas, seus seios bailavam ao compasso da bela trepada que estavamos dando, seus bicos estavam eretos, e eu chupava como podia enquanto continuava investindo com força em sua buceta, ela fechava as pernas a altura dos meus ombros, e não parava de gritar: VOU GOZARRRRRR, FILHO, VOU GOZARRRRRRRRR DE NOVO, OHHHHHHHHHHH... Eu já não podia aguentar mais tambem, ia gozar a qualquer momento, meus testiculos golpeavam a bunda de mamãe e sentia um prazer especial por isso,estava concentrado nisso enquanto mamãe, vermelha como um tomate e totalmente molhada pelo suor, abriu os olhos e me disse: - GOZAAAAAA, FILHO, GOZA DENTRO DE MIMMMMM!!! Nesse exato momento veio a minha descarga de porra, foi como levar uma porrada, comecei a ver luzes coloridas enquanto tirei a pica da cona de mamãe e colocava sobre seu ventre, ali comecei a soltar todo o meu leite quente, ela agarrou fortemente a cabeça do meu caralho e fechou os dedos sobre o mesmo, aqui comecei a gritar como um louco, enquanto largava leite e mais leite sobre a mão dela, sobre seu ventre e sobre suas tetas... – AHHHHHH MÃE, TOU GOZANDOOOOOOO, MAEEEEEEEE....OHHHHHHHHHHHHH!! Esvaziei o saco e mamãe me abraçou com a mão cheia de leite.

- Ohhhhhhh, filho, meu Ediardo que goza como um campeao, como me preenche, vida minha, me fode como um maestro,nem imagina as vezes que eu gozei, me deixou satisfeita para dois ou tres meses pelo menos, mas carinho, queria que você gozasse dentro de mim,queria sentir seu semen dentro de mim, que se passou, amor?? Ela me falava com uma doçura incrivel, eu ainda estava atonito com a foda e disse: - Mãe, não queria te engravidar, por isso não gozei dentro! – Bem, filho, tem razão, eu ainda posso ficar gravida, mas não se preocupe que nem sempre que você goze dentro de mim eu vou ficar gravida!

Rimos os dois e fomos nos lavar, estavamos arrebentados de tanto prazer, sobretudo ela, Enquanto estavamos na ducha, ela me lavava a piroca (“Esta coisa tem que ser bem cuidada”, disse ela) e não deixavamos de falar das coisas relacionadas com sexo, sempre tinhamos um elogio para dedicarmos um ao outro, inclusive antes de dormirmos, eu estive mamando nas tetas dela por uma meia hora, ela dizia que lembrava dos tempos em que eu era um bebê e ao final chupei seus bicos como se estivesse fazndo algo importante, e mais uma vez mamãe acabou por gozar enquanto eu mordia os bicos duros de seus seios. Nessa noite dormimos como crianças.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay de pai com vaqueiroComo posso acaricialo com tesaocontos tia da banho em sobrinho.mae entra no quarto de filho sem calcinhaconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhascontos coroas terceira idadecontos comendo o primo travesticomi minha sobrinha contos eroticos18oras.porncontos traindo com garoto de programanovinho sentando no colo conto eróticocontos eroticos familia rentContos pornos de incesto-fodi minha mulher e nossa filha juntascontos sou o macho da minha sobrinhachupando pintaoooconto empuraram dois pinguelo na minha buceta ao mesmo tempocontos eroticos mulher carinhosacontos er deixa que levoContos gays incerto irmaosconto dei para o cachorrinhocontos eróticos Isabela e sua mãegay e travesti.momentos novo punhetaGozou na minha buceta contos eroticosmulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cucontos erotico minha mulher com o coroamorena dano cu na casa das primascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhocontos meu vizinho taradomoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoseu meu marido e a ex noiva lesbica deleIzildinha gozando na buceta da outracontos eroticos tio e tiacontos eroticos de mulheres casada de manauscontos eroticos de quem perdeu a virgindade com mulher coroacontos eroticos/narrafos safadod/gemidoscontos eroticoscomendo aenpregada novinha e sua filinhacontos eroticos punhetascontos de encoxadasqual é o conto erótico que a prima e agora é mulher do seu primo viuvocontos de coroas carentes traindo seus maridos com jovensContos eroticos meu primo nao aguentou e chupou a xoxota de minha esposa rabudacontos eroticos maninha safadinhasporno contos eroticos filhinhas enrabadasprimeira vez que brinquei com meu grelo contosContos corno mansoconto novinha na surubacasada traindo marido com o cachorro pintudoContos eroticos estrupei minha cunhada contoreaisComi.a cunhada na marra contospegou a crente novinha contocantos eroticos de casada dando o cu vergicontos eroticos casada gravicontos porno eu amo caga na picaminha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticosconto empregada casada safadasexo aforcado com gays q mente a mao todacontos esposa branquinhacontos fudi a minha chefecontos eroticos comendo minha maninha crenteescrava do meu namorado contoconto me encheu de porracontos eroticos com escravas sendo humilhadachantagie cunhada bucetuda pr comer elaConto erótico gay caçamba de carro de madrugadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico d mae do meu amigo m seduziumulher sentando na embragem com o cu e buceta Contos wroticos raspei a xoxota da minha enteascontos erótico esposa e marido no cinema pornô contos vendada gozou caracontos eroticos lesbico casadas e travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto erotico duas coroasconto erotico gay chupando tio bebadoContos Eróticos de. Como Dei Para o Amigo do Meu Filhocontos fui chupa a bucetinha da minha amiguinha na infancia ele mijou em minha bocacontos casada se imaginando no filme pornoMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu paucontos eroticos gay de negaocontos eróticos putas da ruao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto de sexo com bela coroaEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticoAbusei de uma obesa bebada contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesposa puta do meu tio corno conto